A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Curso Técnico em Informática Modalidade Integrado Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre Professora Michelle Nery Banco de Dados Instituto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Curso Técnico em Informática Modalidade Integrado Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre Professora Michelle Nery Banco de Dados Instituto."— Transcrição da apresentação:

1 Curso Técnico em Informática Modalidade Integrado Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre Professora Michelle Nery Banco de Dados Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre

2 Conteúdo Programático Conceitos sobre Banco de Dados Seperação entres os programas e o Banco de Dados Abrastração de Dados Esquema Instância Independência dos Dados Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 2

3 Conceitos sobre Banco de Dados Abordagem Banco de Dados X Abordagem Processamento Tradicional de Arquivos Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 3 Uma característica importante da abordagem Banco de Dados é que o SGBD mantém não somente os dados, mas também a forma como os mesmos são armazenados, contendo uma descrição completa do banco de dados. Estas informações são armazenadas no catálogo do SGBD, o qual contém informações como a estrutura de cada arquivo, o tipo e o formato de armazenamento de cada tipo de dado, restrições, etc. A informação armazenada no catálogo é chamada de “Meta Dados”. Qualquer alteração na estrutura do banco de dados é alterada apenas no catálogo, não alterando os programas.

4 Conceitos sobre Banco de Dados Abordagem Banco de Dados X Abordagem Processamento Tradicional de Arquivos Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 4 No processamento tradicional de arquivos, a estrutura dos dados está incorporada ao programa de acesso. Qualquer alteração na estrutura de arquivos implica na alteração no código fonte de todos os programas.

5 Conceitos sobre Banco de Dados Separação entre Programas e Dados Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 5

6 Conceitos sobre Banco de Dados Abstração dos Dados Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 6 Num sistema de Banco de Dados o usuário vê uma visão abstrata, o sistema esconde certos detalhes de como os dados são armazenados ou mantidos. A eficiência de um Banco de Dados, leva a concepção de estruturas de dados complexas para a representação dos dados no Banco de Dados. Uma vez que o Sistema de Banco de Dados são freqüentemente usados por leigos na área de algoritmo da computação, esta complexidade precisa ser escondida dos usuários. Existem três níveis de abstração: Nível Físico, Nível Conceitual e Nível Visão.

7 Conceitos sobre Banco de Dados Abstração dos Dados Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 7 Nível Físico o nível mais baixo de abstração, no qual se descreve como os dados são realmente armazenados no “disco”. Neste Nível estruturas complexas, de baixo nível, são descritas em detalhes. Nível Conceitual também chamado de Nível Lógico, é considerado o nível secundário de abstração, no qual se descreve quais dados são realmente armazenados no BD e quais os relacionamentos entre eles. Nível Visão o mais alto nível de abstração, no qual se expõem só a parte do Banco de Dados que um determinado usuário necessita.

8 Conceitos sobre Banco de Dados Abstração dos Dados Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 8 O sistema pode proporcionar diversas visões do mesmo Banco de Dados. O inter-relacionamento entre esses três níveis de abstração.

9 Conceitos sobre Banco de Dados Esquema Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 9 Em qualquer modelo de dados utilizado, é importante distinguir a “descrição” do banco de dados do “banco de dados” por si próprio. A descrição de um banco de dados é chamada de “esquema de um banco de dados” e é especificada durante o projeto do banco de dados. Geralmente, poucas mudanças ocorrem no esquema do banco de dados.

10 Conceitos sobre Banco de Dados Instância Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 10 Os dados armazenados em um banco de dados em um determinado instante do tempo formam um conjunto chamado de “instância do banco de dados”. A instância altera toda vez que uma alteração no banco de dados é feita.

11 Conceitos sobre Banco de Dados Esquema: Arquitetura em Três Esquemas Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 11 A principal meta da arquitetura “três esquemas” é separar as aplicações do usuário do banco de dados físico. Os esquemas podem ser definidos como: nível interno: descreve a estrutura de armazenamento físico do banco de dados; descreve detalhadamente os dados armazenados e os caminhos de acesso ao banco de dados; nível conceitual: descreve a estrutura do banco de dados; é uma descrição global do banco de dados, que não fornece detalhes do modo como os dados estão fisicamente armazenados; nível externo: descreve as visões do banco de dados para um grupo de usuários; cada visão descreve quais porções do banco de dados um grupo de usuários terá acesso.

12 Conceitos sobre Banco de Dados Esquema: Arquitetura em Três Esquemas Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 12

13 Conceitos sobre Banco de Dados Independência dos Dados Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 13 A habilidade de modificar a definição de um esquema em um nível sem afetar a definição de esquema num nível mais alto é chamado de independência de dados. Existem dois níveis de independência de dados: Independência física de dados é a habilidade de modificar o esquema físico sem a necessidade de reescrever os programas aplicativos. Objetivo: aprimorar o desempenho. Independência lógica de dados é a habilidade de modificar o esquema conceitual sem a necessidade de reescrever os programas aplicativos. As modificações no nível conceitual são necessárias quando a estrutura lógica do banco de dados é alterada. A independência lógica de dados é mais difícil de ser alcançada do que a independência física, pois os programas são bastante dependentes da estrutura lógica dos dados que eles acessam.

14 Lista de Exercício Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre 14 Responda: Com uma palavra defina esquema e instância. Com duas palavras descreva os três níveis de abstração. Qual o objetivo da independência dos dados?

15 Bibliográfica Bibliografia Básica ELMASRI, R.; Navathe, S. B. Sistemas de Banco de Dados. 6ª ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, KORT, Henry F. et all. Sistema de Bancos de Dados. 5ª Ed. São Paulo: Campus, MILANI, A. MySQL: Guia do Programador. São Paulo: Editora Novatec, Bibliografia Complementar ABREU, M; MACHADO, F. N. R. Projeto de banco de dados – Uma visão prática. 16. ed. São Paulo: Erica, ALVES, W. P. Banco de dados – teoria e desenvolvimento. São Paulo: Erica: HEUSER, C. A. Projeto de banco de dados. 6. ed. Porto Alegre: Bookman Companhia, RAMAKRISHNAN, R.; GEHRKE, J. Sistemas de gerenciamento de banco de dados. 3. ed. São Paulo: McGraw Hill - Artmed: ROB, Peter; CORONEL, Carlos. Sistemas de Banco de Dados – Projeto, Implementaçao e Administração. São Paulo: Cengage Learning: 2010.

16 Regras 1. Banheiro e tomar água é durante o intervalo. 2. Celular em sala de aula é proibido por lei. 1. Acessórios como os fones de ouvido também são proibidos durante a aula. 3. O horário de aula, ou seja, o tempo em sala de aula, está descrito no plano pedagógico do curso, portanto sair mais cedo ou chegar mais tarde, somente a critério do professor.


Carregar ppt "Curso Técnico em Informática Modalidade Integrado Instituto Federal do Sul de Minas, câmpus Pouso Alegre Professora Michelle Nery Banco de Dados Instituto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google