A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANIMAIS PEÇONHENTOS: PERCEPÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL Stevan Corrêa ¹, ² ¹ Mestrando da Universidade de Brasília, ² Bolsista CAPES. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANIMAIS PEÇONHENTOS: PERCEPÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL Stevan Corrêa ¹, ² ¹ Mestrando da Universidade de Brasília, ² Bolsista CAPES. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS."— Transcrição da apresentação:

1 ANIMAIS PEÇONHENTOS: PERCEPÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL Stevan Corrêa ¹, ² ¹ Mestrando da Universidade de Brasília, ² Bolsista CAPES. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BIZERRIL, M.X.A. O Cerrado e a escola: uma análise da educação ambiental no ensino fundamental do Distrito Federal. Tese de Doutorado, Departamento de Ecologia, Universidade de Brasília, Brasília BRANDÃO, R. A., ARAÚJO, A. F. B. Herpetofauna associada às matas de galeria do Distrito Federal. In: Recuperação e conservação das Matas de Galeria do Distrito Federal. Embrapa. Brasília, CODEPLAN. Recanto das Emas. Disponível em: . Acesso em 02/06/2004. CORRÊA, S. C. & COSTA, E.M.M. Percepção ambiental dos alunos dos ensinos fundamental e médio do Recanto das Emas sobre a ofidiofauna. Monografia de graduação, FACS, UniCEUB, MARQUES, O.A.V. et al. Serpentes da Mata Atlântica. Holos. Ribeirão Preto, SEBBEN, A. et al. Cartilha de ofidismo – cobras do Distrito Federal e entorno. Universidade de Brasília. Brasília, BOCHNER, R. & STRUCHINER, C.J. Exploratory analysis of environmental and socioeconomic factors related to snakebite incidence in Rio de Janeiro from 1990 to Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 20(4): , CARVALHO, M.A. & NOGUEIRA, F. Snakes from the urban area of Cuiabá, Mato Grosso: ecological aspects and associated snakebites. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 14(4): , LINDIONEZA, A.R. & TANÚS, J.M.. ACIDENTE POR SERPENTES DO GÊNERO BOTHROPS: SÉRIE DE CASOS. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 30(6): , NUNES, C.S., BEVILACQUA, P.D., Jardim, C.C.G. Demographic and spatial aspects of scorpionic accident in the northwest region of Belo Horizonte city, Minas Gerais, Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 16(1): , BOCHNER, R. & STRUCHINER, C.J. Snake bite epidemiology in the last 100 years in Brazil: a review. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 19(1):7-16, SOARES, M.R.M., AZEVEDO, C.S., MARIA, M. Scorpionism in Belo Horizonte, MG: a retrospective study. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 35(4): , MOTTA, P.C. Primeiro registro de 'Bothrlurus asper' Pocock (Scorpiones, Bothriuridae) no Distrito Federal, Brasil. Rev. Bras. de Zoologia. 23(1): , março SANTOS, M.G. Nature and pollution: Biased perceptions of scholl children from the periphery of Belo Horizonte, Minas Gerais State. Ciência e Cultura, BOWD, A.D. Children's Fears of Animals. The Journal of Genetic Psychology EAGLES, P.F.J. & MUFFITT, S. An Analysis of Children's Attitudes Toward Animals. Journal of Environmental Education, FRANCISCO, L. R. Répteis do Brasil. Editora Amaro. São Paulo, KINGSLEY, R., MILLIDGE, J. Cobras, guia prático. Nobel. Cyngapura, BORGES, R. C. Serpentes peçonhentas brasileiras. Atheneu. São Paulo, Universidade de Brasília Para que seja feito com sucesso um trabalho de conservação, é preciso que haja a participação da sociedade, sendo, portanto de suma importância os trabalhos de educação ambiental e previamente de percepção ambiental com as comunidades envolvidas (Bowd, 1983; Santos, 1994 ; Corrêa & Costa, 2004). Animais peçonhentos costumam ser temidos pela população que tende a ter atitudes violentas em relação aos mesmos, entretanto a diferenciação entre os animais peçonhentos e não-peçonhentos pode ser difícil para um leigo (Fig.1) (Bowd, 1983; Santos, 1994; Eagles & Muffit, 1999). No Brasil os acidentes com esses animais foram apenas recentemente considerados como um problema de saúde pública (Sebben et al., 1996), sendo a fauna associada a eles composta por ofídios, artrópodes (lacraias, aranhas e escorpiões), além de animais aquáticos (ouriços, cnidários e peixes). Foi avaliado o estado da arte em relação a pesquisas que tem como foco os acidentes com animais peçonhentos e a percepção ambiental das pessoas em relação aos mesmos (Federson Jr. et all., 1997; Francisco, 1997; Kingsley & Millidge, 1999; Borges, 2001). Existem populações mais expostas a esses acidentes por fatores ecológicos ou sócio-econômicos, sendo evidenciada nessas comunidades uma ampla falta de conhecimento sobre a fauna em questão e sobre os cuidados a serem tomados em caso de acidentes. Isso pode ocorrer, em parte, pelos erros conceituais presentes nos livros didáticos dos níveis fundamental e médio e pela falta de um programa de educação ambiental (Bizerril, 2001). O avanço da malha urbana sobre os ecossistemas naturais tem aumentado a ocorrência de acidentes nessas áreas, apesar de não haverem ainda muitos estudos a este respeito (Codeplan, 2004). O sentimento mais freqüente entre as pessoas em se tratando do assunto é o medo, apesar de haver bastante curiosidade das mesmas sobre o tema (Corrêa & Costa, 2004). É importante - e existe uma grande receptividade da população - que sejam criados programas de educação ambiental para as populações mais expostas ao risco de acidentes com esses animais que, apesar de considerados nocivos, têm papel importante no equilíbrio ecológico (Brandão & Araújo, 2001; Marques et al., 2001). Fig. 1: Serpentes e outros animais ápodes que podem ser confundidos como peçonhentos


Carregar ppt "ANIMAIS PEÇONHENTOS: PERCEPÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL Stevan Corrêa ¹, ² ¹ Mestrando da Universidade de Brasília, ² Bolsista CAPES. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google