A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ordem de Operações. O Plano de Operações é: O Plano de Operações é: - planejado para uma hipótese de emprego ; ou - para operações futuras Quando.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ordem de Operações. O Plano de Operações é: O Plano de Operações é: - planejado para uma hipótese de emprego ; ou - para operações futuras Quando."— Transcrição da apresentação:

1 Ordem de Operações

2

3

4 O Plano de Operações é: O Plano de Operações é: - planejado para uma hipótese de emprego ; ou - para operações futuras Quando as condições necessárias para a hipótese do plano ocorrerem, este vira uma Ordem de Operações.

5 a. Generalidades A Ordem / Plano consolida a decisão do Cmt quanto à realização de uma Op. Deve ser lida em detalhes pelo O Com para buscar dados a fim de realizar o seu trabalho de assessor de Com e GE. A Ordem / Plano é dividida em: A Ordem / Plano é dividida em: - cabeçalho - texto - fecho.

6 ___________________ (Classificação Sigilosa) EXEMPLAR Nr de cópias 8ª Bda Inf Mtz RESENDE (54-18)‏ Mai A ICF

7 c. Composição dos Meios - É a base para o planejamento do QLN - Referência para os planejamentos do sistema de Com. - Especial atenção para a mudança de composição durante a operação. FT 82º BIMtz - 82º BIMtz - 1º Esqd/8º RCMec FT 83º BIMtz - 83º BIMtz - 2º Esqd/8º RCMec 84º BIMtz 8º GAC 8ª Bia AAAé 8ª Cia E Cmb 8ª Cia Com 8º B Log Tr Bda - Cia C/ 8ª Bda Inf Mtz - 8º Pel PE Reserva - 8º RCMec (-1º e 2º Esqd C Mec) - 8º RCMec (-1º e 2º Esqd C Mec)

8

9

10 3) Subparágrafo c. Meios Recebidos e Retirados Poderá ter implicações para a Cia Com quanto a alocação de meios para outras OM ou meios recebidos em reforço. Poderá ter implicações para a Cia Com quanto a alocação de meios para outras OM ou meios recebidos em reforço.

11 1. SITUAÇÃO a. Forças inimigas - Anexo A: Inteligência - Anexo A: Inteligência b. Forças amigas 1) A 9ª Bda Inf Mtz realizará o Atq Pcp da 8ª DE no Fl N e a 22ª Bda C Mec atacará no nosso Fl S, realizando o Atq Sec da 8ª DE; 2) a 2ª Cia GE está com a missão tática de Ap Cj GE à 8ª DE; 3) a 3ª Bda C Mec Vd apoiará a nossa ultrapassagem; 4) a FATOT tem condições de manter a superioridade aérea local para as ações do ataque coordenado da 8ª DE; 5) a intenção do Cmt 8ª Bda Inf Mtz é surpreender o inimigo, realizando ações com a máxima rapidez, negando-lhe a possibilidade de oferecer resistência à progressão e destruir a maioria de seus meios. c. Meios recebidos e retirados

12

13 2. MISSÃO a. A fim de cooperar com a 8ª DE na Conq de VISCONDE DE MAUÁ ( ) (O3), ultrapassar Elm da 23ª Bda C Mec Vd e atacar, em D/0630, na direção PORTO REAL ( ) – Serra do PALMITAL ( ) para Conq a R de MORRO DA INOCÊNCIA – GABIROBA ( ) (O1). Ficar ECD, Mdt O, realizar uma Infiltração tática de 02 (dois) Btl pelo Itn Prog VITÓRIA, para Conq e Mnt O3. Ficar ECD, ainda, de empregar 01(um) BIMtz como F Acomp Ap da 9ª Bda Inf Mtz e somente Ultr a Lct PAMPA, Mdt O.

14

15

16

17 3. EXECUÇÃO a. Conceito da Operação 1) Manobra a) Ultrapassando Elm da 23ª Bda C Mec Vd, a 8ª Bda Inf Mtz atacará, em D/0630, na direção PORTO REAL ( ) – Serra do PALMITAL ( ) empregando: (1) a FT 82º BIMtz, ao N, para fixar o Ini em sua Z Aç; (2) a FT 83º BIMtz, ao S, realizando o Atq Sec da Bda, para Conq a R de P Cot 450 (O1); (3) o 84º BIMtz, ao C, realizando o Atq Pcp, para Conq a R de MORRO DA INOCÊNCIA (O2); b) Ficará ECD, Mdt O, de realizar uma infiltração tática com o 82º e 84º BIMtz pelo Int Prog VITÓRIA, para Conq e Mnt O3; c) Ficará ECD, ainda, de empregar o 83º BIMtz como F Acomp Ap da 22ª Bda C Mec; d) Somente poderá Ultr a LCt PAMPA, Mdt O. e) Manterá em reserva: - O 8º RCMec (- 02 Esqd C Mec). f) Anexo B: Calco de Operações da 8ª Bda Inf Mtz 2) Fogo b. FT 82º BIMtz 1) Somente ultrapassar a L Ct PAMPA Mdt O; 2) Deverá planejar uma infiltração pelo Itn Prog VITÓRIA, para Conq e Mnt a R de VISCONDE DE MAÚA (O3), com execução, em princípio, após Conq de MORRO DA INOCÊNCIA (O2) pela Bda, e Mdt O, devendo para tal reverter o Esqd C Mec para o 8º R C Mec. c. FT 83º BIMtz 1) Somente ultrapassar a L Ct PAMPA Mdt O; 2) Deverá planejar o Dsl para R de ITATIAIA (O2) para ser empregado como F Acomp Ap da 22ª Bda C Mec, Mdt O, que poderá Pross em Apvt Exi pelo E Prog VESPA, devendo para tal reverter o Esqd C Mec para o 8º RCMec.

18 d. 84º BIMtz 1) Somente ultrapassar a L Ct PAMPA Mdt O; 2) Deverá planejar uma infiltração pelo Itn Prog VITÓRIA, para Conq e Mnt a R de VISCONDE DE MAÚA (O3), com execução, em princípio, após Conq de MORRO DA INOCÊNCIA (O2) pela Bda, e Mdt O. e. Apoio de fogo e. Apoio de fogo - Sinal para suspensão do fogo: foguete de três estrelas vermelhas. f. Mobilidade, contramobilidade e proteção f. Mobilidade, contramobilidade e proteção g. 8ª Cia Com g. 8ª Cia Com h. 8º B Log L h. 8º B Log L i. Tropas da Bda i. Tropas da Bda j. Reserva j. Reserva - 8º RCMec (- 02 Esqd C Mec). l. Prescrições diversas 1) Assunção do comando da Z Aç: D-1/2345 2) Proibida a destruição de qualquer obra de arte; 3) EEI: a) Qual a localização da Res da Bda Ini e da Res dos Elm em Ctt? b) O Ini desloca suas Res? Quais os meios de Ap F disponíveis e suas localizações? Do Ap F identificado, houve mudanças de posição? c) Onde o Ini pretende empregar a maioria de seus meios? Qual tipo e valor das tropas Ini empregadas? d) Tem havido atuação de Elm Op Esp Ini? Onde? Quais as ações realizadas? e) O Ini tem empregado agentes químicos? De que tipo? Quais os meios de lançamento desses agentes? f) O Ini está preparando Pos em profundidade? 4) Considerar como Tva de oportunidade a travessia do Rio PARAÍBA DO SUL.

19

20 4. LOGÍSTICA a. Suprimento a. Suprimento 1) Cl I a) P Distr Cl I / 8º B Log: A Ap Log b. Manutenção - Prio Mnt A Ap Log: Armt L, Armt P, Com e equipamentos óticos c. Saúde - PS: localizado na Cia Cmdo Ap. - Pes Ev de outros Pt Z Aç (CN, Tu Rad, Tu Cnst) deverá ser atendido no PS. d. Transporte 1) Circulação e Controle de Trânsito a) An __: P Circ Ct Tran b) Restrições: (1) LEP: Rio do Caminho Q(6018) (2) LET: L Alt Mo Cad Edson, Cotas Gêmeas e. Engenharia f. Salvamento

21

22 6. PESSOAL,COMUNICAÇÃO SOCIAL E ASSUNTOS CIVIS - Atentar para o fluxo de refugiados nas Estr, em especial as que demandam do território VERMELHO em direção ao país AZUL.

23 j. Fecho - Assinaturas do Cmt (original) e do E3 (cópia)‏ - Lista de distribuição e - Anexos à O Op. Obs: A leitura dos anexos é importante, pois podem surgir missões deduzidas para o Elm Com, bem como facilidades e restrições. (a) Gen Bda FULANO DE Tal (a) Gen Bda FULANO DE Tal Comandante da 8ª Bda Inf Mtz Acuse estar ciente: Acuse estar ciente: Anexos: A – Inteligência B - Calco de Operações da 8ª Bda Inf Mtz C - PAF (a ser distribuído) D - Quadro de Enlaces (omitido) E - QRR (omitido) F - QSMC (omitido) G - Crt Itn Msg de Escala (omitido) H - Calco de Apoio Logístico (a ser distribuído) DISTRIBUIÇÃO: Conforme Lista “A” Confere: _______ E/3 E/3___________________ (Classificação Sigilosa)

24 - Resolução do TP - Apresentação do TP - Apresentação do TP

25


Carregar ppt "Ordem de Operações. O Plano de Operações é: O Plano de Operações é: - planejado para uma hipótese de emprego ; ou - para operações futuras Quando."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google