A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNEMAT Universidade do Estado de Mato Grosso. “GUATÓ” Unemat e a Cultura Grupo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNEMAT Universidade do Estado de Mato Grosso. “GUATÓ” Unemat e a Cultura Grupo."— Transcrição da apresentação:

1 UNEMAT Universidade do Estado de Mato Grosso

2 “GUATÓ” Unemat e a Cultura Grupo

3 Guató: uma nação quase extint a

4 matá – fogo mabae – chuva mabíro – estrela múpina – lua mikó – jacaré mádar – árvore gua-dá-can – pantanal chicha – bebida feita da fermentação do acuri mifau – feio mipagó – onça mévêe – mulher manaã – canoa magng – água Sua língua resiste misteriosamente viva na memória desse povo canoeiro e exímio caçador de onças

5 Para entender um Guató Eles já foram dados como extintos. Hoje, sabe-se que são menos de 500 índios, sem terra demarcada. Mas sua língua resiste misteriosamente viva na memória dos últimos remanescentes desse povo canoeiro, o primeiro a domar as águas do Pantanal.Uma língua rápida, doce, monossilábica.

6 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO INSTITUTO DE LINGUAGEM CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CÁCERES DEPARTAMENTO DE LETRAS ESCOLA DE APLICAÇÃO. PROJETO: INTEGRARTE PARTICIPANTES: INSTITUTO DE LINGUAGEM FACULDADE DE EDUCAÇÃO FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CÁCERES DEPARTAMENTO DE LETRAS DEPARTAMENTO DE PEDAGOGIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA ESCOLA DE APLICAÇÃO E VALORIZAÇÃO HUMANA “LÁZARA FALQUEIRO DE AQUINO” ADUNEMAT COMUNIDADE NOME DO SUB-PROJETO: EXPOARTE DE NOSSA UNIVERSIDADE

7 PERÍODO DE EXECUÇÃO: BIÊNIO 2002/2003 PÚBLICO ALVO: ALUNOS DA ESCOLA DE APLICAÇÃO ACADÊMICOS DA UNEMAT DOCENTES DA ESCOLA DE APLICAÇÃO E DA UNEMAT FUNCIONÁRIOS DA UNEMAT COMUNIDADE ESCOLAR DO MUNICÍPIO DE CÁCERES RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO DO PROJETO: Elaboradores: PROFª MS. NILCE MARIA DA SILVA – Coord. Campus Universitário de Cáceres PROF. ESP. CELSO FERREIRA DA CRUZ VICTORIANO – Lotado Deptos. Pedagogia /Matemática Idealizadores: PROF. ESP. CELSO FERREIRA DA CRUZ VICTORIANO PROFª ESP. ZELMA MARIA DE ASSUNÇÃO MENDES Coordenação: PROF. CELSO FERREIRA DA CRUZ VICTORIANO PROFª. ZELMA MARIA DE ASSUNÇÃO MENDES

8 Equipe de Professores: Profª. Ms. GRACIELA CONSTANTINO Coordenadora da EAVHLFA Profª. ELIANA CRISTINA DIAS BRAVO Professora de Educação Física e Artes da EAVHLFA e Demais professores da EAVHLFA Cláudia Cristina Vilela Duarte José Márcio de Miranda Minervini Zandra Mara Fanaia Fontes Miguel Ramos Édson Flávio

9 O Projeto Guató da Unemat revitaliza a Cultura local por meio de suas práticas como:

10 A dança; artes plásticas ; poesia; teatro; artesanato; culinária; etc, voltadas para a Cultura Pantaneira. XIII FALE NO PANTANAL CÁCERES UNEMAT / JUNHO / 2002 FÓRUM DE ENSINO E EXTENSÃO TANGARÁ DA SERRA / UNEMAT / JULHO / 2002 XXIII FIP CÁCERES / PANTANAL / BRASIL / SET / 2002 I JORNADA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNEMAT / OUT / 2002

11 Tem como objetivo sensibilizar os elementos comprometidos com o processo participativo do ensino-aprendizagem da importância da divulgação da cultura Mato- grossense, como também conscientizar a Comunidade de preservá- la, como legado histórico.

12 O Grupo composto por aproximadamente 90 componentes entre alunos da Escola deAplicação, Acadêmicos, Professores, Funcionários e Comunidade, tem em seu nome uma homenagem a nação Guató do tronco Macro-Jê, uns dos primeiros habitantes pantaneiros e exímios canoeiros, pescadores e caçadores, que domaram as águas do Pantanal e nos deixaram como herança, a viola de cocho; a canoa; a zinga e a chicha de acuri. O principal objetivo do grupo é a revitalização da cultura Mato-grossense. Weverton 4 Anos Comunidade Vila Irene

13 Art 43 A educação superior tem por finalidade: I. estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo; III. incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando o desenvolvimento da ciência e da tecnologia e da criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o entendimento do homem e do meio em que vive; VII. promover a extensão, aberta à participação da população, visando à difusão das conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica geradas na instituição. CAPÍTULO IV DA EDUCAÇÃO SUPERIOR LEI Nº 9394, de 20 de dezembro de LDB

14 Metodologia Grupo de pessoas da comunidade socializa para o público alvo do projeto seus conhecimentos a cerca da realidade artístico-cultural. As experiências obtidas pelo trabalho são retratadas nos desenhos, pinturas, aquarelas e papéis artesanais, que se constituem em produções artísticas desenvolvidas na Oficina de Artes Plástica.

15 Resultados do Trabalho Serão difundidos em apresentações, encontros e solenidades festivas da Universidade e comunidade externa municipal e estadual, demonstrando o crescimento da auto- estima das crianças e personagens envolvidos e a consolidação com as suas raízes. Pretende-se ainda, divulgar as potencialidades culturais e enriquecimento intelectual de nossas crianças/alunos, que por meio, da Oficina de Artes Plásticas, consegue trabalhar a sensibilidade e o potencial artístico dos acadêmicos da Unemat, que nesse aspecto, segundo o artista plástico, Benedito Amaro Dias, funciona, principalmente, como instrumento para a valorização da auto-estima desses alunos em apresentações e exposições realizadas pela Universidade ou pela sociedade, para que esse saber perpetue às futuras gerações e a nossa cultura tão rica e importante no cenário não venha com o tempo adormecer de vez e perder suas raízes.

16 I EXPOARTE DE NOSSA UNIVERSIDADE GRUPO GUATÓ ARTES PLÁSTICAS I CONGRESSO BRASILEIRO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA – UFPB – JOÃO PESSOA NOV/2002

17 I CONGRESSO BRASILEIRO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA – UFPB – JOÃO PESSOA II ENCONTRO NACIONAL DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA I FEIRA UNIVERSIDADE E SOCIEDADE João Pessoa, PB, de 9 A 12 de novembro de Espaço Cultural

18 Área de Abrangência do Projeto/Atividades 1. Artesanato 2.Artes Plásticas 3.Cultura Afro-brasileira 4.Cultura Indígena 5.Dança: Siriri, Cururu, Pericão, Catira, Cumbya, Rasqueado, Curussé etc. 6.Música 7.Patrimônio Cultural 8.Folclore 9.Poesia 10.Cavalhada 11.Teatro DIA DO RIO PARAGUAI UNEMAT/BIOLOGIA/NOV/2002

19 SEMANA DE ATIVIDADES PEDAGÓGICAS UNEMAT / PEDAGOGIA / NOV / 2002

20 II FÓRUM DO PROGRAMA DE PESQUISA NA GRADUAÇÃO UNEMAT/LETRAS NOV/2002

21 Agradeciment os Reitor: Prof. Ms. Taisir Mahmudo Karim Vice-reitor: Prof. Ms. Almir Arantes Pró-reitora de Extensão e Cultura: Profª Ms. Solange Kimie Ikeda Castrillon Pró-reitora de Ensino de Graduação: Profª Ms. Maria Helena Rodrigues Paes Pró-reitor de Pesquisa e Pós- graduação: Prof. Ms. Laudemir Luiz Zart Pró-reitor de Administração e Finanças: Wilbum de Andrade Cardoso

22 Pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional: Prof. Ms. Marcos Francisco Borges Coord. Campus Universitário de Cáceres. Profª. Ms. Nilce Maria da Silva Assessoria de Comunicação Projeto gráfico José Roberto Mercado Fotos: D`Laila Borges Aruanã Corrêa Elaine Tortorelli Edna Pedro Prof. Ms. José Luis Straub Profª Ms. Édna André Soares Melo Profª Evanil Pinheiro Cardoso Profª Orozina Cândida de Freitas _______________________________ Agradeciment os

23 Adunemat JC Som Posto Tuiuiu Juba Supermercado Posto Simarelli Colégio Imaculada Conceição Escola Municipal Duque de Caxias Escola de Aplicação Comunidade ________________________ Agradeciment os

24 O objetivo é valorizar nossa cultura regional, sufocada pelo desprezo, pelo comodismo e pela inércia. O homem sem raiz é igual a uma árvore sem raízes Ubiratan D`Ambrósio


Carregar ppt "UNEMAT Universidade do Estado de Mato Grosso. “GUATÓ” Unemat e a Cultura Grupo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google