A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Que tal 2 minutos da sua vida só para cuidar da sua casa - o nosso mundo...

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Que tal 2 minutos da sua vida só para cuidar da sua casa - o nosso mundo..."— Transcrição da apresentação:

1

2 Que tal 2 minutos da sua vida só para cuidar da sua casa - o nosso mundo...

3 Búfalo – animal ecologicamente sustentável... Sua importância para o Meio Ambiente...

4

5 Alem da vantagem econômica, a carne bubalina é mais saudável, assim como a carne do frango caipira em relação ao de granja. Queremos dizer que é um animal menos contaminado, que se alimenta de forrageiras variadas, nativas, muitas delas rejeitadas por outros bovinos, o que lhe dá uma característica peculiar, própria de um animal mais orgânico, cuja carne é de um paladar incomparável. Contudo, em termos de sabor, as pessoas não conseguem detectar diferenças em relação à carne do boi, desde que tenha havido o mesmo preparo e os animais tenham recebido ração da mesma espécie. · Não é deveras maravilhoso? Após o acidente de Chenarbil, o leite de búfala foi o alimento que eliminou mais rapidamente os resíduos tóxicos da radioatividade; · Na Índia, os cientistas fizeram uma grande descoberta: “Os humanos não possuem cárie dentária, porque tomam muito leite de búfala, que possui 59% mais de cálcio em relação ao leite de outro bovino” (Lá se concentra o maior rebanho bubalino do mundo); COMPARATIVOS: · Leite da búfala: média de 7% de gordura - 18% de matéria seca · Leite da vaca: " 3,8% " 11% " " · Nota-se que, há quase o dobro de propriedades para efeitos laticínios. É por isso que, com o mesmo tanto de leite, se faz quase o dôbro de queijo. · E o mais importante: 30% menos colesterol, apesar de ter mais gordura.

6

7

8 Porque o búfalo se atrela a cadeia alimentícia? Porque costuma se banhar nos lagos e rios, onde defeca, cujas fezes prenhes de microorganismos servem de alimento a várias espécies de peixes (Embrapa da Amazônia Oriental): · O búfalo é um animal ecológicamente sustentável, sim. Ele sobrevive muito bem com pastagens naturais, inclusive em terras inundáveis. Não é tão seletivo quanto o boi. Alimenta-se de muitas forrageiras nativas e de baixa qualidade e que são rejeitadas por outros bovinos (Embrapa da Amazônica Oriental). Tem maior poder conversor de pastagens fracas em proteína. Assim sendo, na ausência de forrageira de melhor qualidade, consome espécies rústicas, digerindo a fibra melhor que os bovinos (da mesma fonte); · Pastagens nativas como cerrados e varjões não pastoreados, as forrageiras se desenvolvem muito no período das águas formando grandes camadas de vegetação, ficando seca no inverno (macega). Quando pega fogo ninguém consegue controlar a devastação da biodiversidade vegetal e animal; · A contrário senso, isto é, quando o varjão é pastoreado por búfalos que se alimentam de vegetação variada, inclusive mais "dura" e seca, fica mais difícil a propagação do fogo, facilitando, portanto, o seu controle, e consequentemente evitando a destruição da flora e fauna; · Se o Brasil tivesse búfalos no lugar de outras espécie de bovinos, nosso panorama ecológico seria outro, bem diferente do atual. Ainda teríamos mais de 50% dos nossos cerrados e varjões no seu estado natural, (pastagem ecológica) bem como todo complexo da biodiversidade. Isto, porque, muitas pastagens naturais, tais como varjões e cerrados, não teriam sido trocados por forrageira mais nobres a fim de atender a demanda da pecuária bovina. Contudo, deve se evitar a SUPERPULAÇÃO, que é um desastre para qualquer espécie animal e para o meio ambiente. É justamente isto que está ocorrendo com a espécie humana. Cada ser humano a mais colocado em nosso planeta, maior será a porcentagem de devastação da flora nativa, poluição e desiquilíbrio ecológico. Pena que nossos ECOLOGISTAS nada falam da importância do controle de natalidade. Sua preocupação está concentrada nos efeitos. Não perceberam ainda que a causa da destruição do nosso planeta é a superpulação humana.

9 Ecologicamente viável... sim

10 Um bovino que seja inigualável em termos de precocidade e ganho de peso a ponto de superar qualquer cruzamento industrial? Ainda mais, cujo custo de produção seja 20% menor em relação ao do boi (Fonte: Unesp Botucatu); Mas, não é só isso. Lá no pantanal, as piranhas devoram os tetos das vacas. Mas, este bicho, cujo couro sendo mais grosso é menos danificado pelos espinhos, logo, é menos atacado pelas piranhas (Fonte: Instituto Agropecuário de Campinas); É mais do que isso, chega a ficar até dois minutos a dois metros de profundidade se alimentando, inclusive de muitas forrageiras rejeitadas pelo boi (Fonte Embrapa da Amazônia Oriental); Sobre tudo, ele faz parte da cadeia alimentícia. Não é maravilhoso para o Pantanal, um bovino, cujas fezes tenham microorganismos, que deixadas nos lagos e rios onde toma banho servem de alimento a várias espécies de peixes (Fonte: Embrapa da Amazônia Oriental)? Ainda mais, é um bovino que não perde um filhote para as onças, porque aprendeu inclusive a se defender de leões e tigres. Só que não sabe dar coice nem pular; Alem de tudo isto, o índice de mortalidade é muito menor em relação ao do boi. Em terra firme 2,5% para 4% e em terras alagadas na razão de 4% para 12% (Fonte: Instituto Agrário de Campinas); É... estamos falando daquele bicho recomendado pela FAO (órgão da ONU) após a segunda guerra mundial, por ser o mais ideal para mitigar a fome que rondava o nosso mundo e por ser o animal mais pacífico, que serve o homem.

11 Para se ter uma idéia, de pessoas poderiam estar recebendo 200 gramas de carne diariamente de graça e por tempo indeterminado, apenas levando em conta os 20% menor no custo de produção em relação a outros bovinos abatidos anualmente só no Brasil, que ultrapassa a cifra de cinco milhões de toneladas (carcaça aproveitável) Mas, não acabou ainda. Qual seria o impacto na saúde dos consumidores desta proteína considerada light pela Universidade Federal do Pará? Basta dar uma olhadinha na Revista Veja edição de dezembro de Lá está a estatística de óbitos marcada pela alta porcentagem de mortes (35%) prematuras oriundas de doenças cardiovasculares e diabetes; Pena que esses nossos irmãos perderam suas vidas ainda na flor da idade. Poderiam viver muitos anos se no lugar de carne de boi tivessem se alimentado de um produto light, como é a carne do búfalo, com 55% menos calorias, 40% menos colesterol, 11% mais proteínas e 10% mais minerais. Menos colesterol até do que o frango e peru (Fonte: UFPA); Mas, porque não se alimentaram de búfalo, se tem o mesmo sabor da carne do boi e possui toda essa superioridade em termos de qualidade? Simplesmente porque não sabiam. Não sabiam porque na grade curricular do ensino fundamental não existe uma disciplina destinada a nutrição humana... que pena; No dia em que o consumidor tomar conhecimento da importância desta proteína para sua saúde, procurará por ela junto às casas do ramo. O varejista, tendo em vista a procura, buscará esta mercadoria até no fim do mundo para coloca-la a venda; Quando isso acontecer, a carne bubalina será mais valorizada que qualquer outro bovino. Aliás, isso já ocorre nos paises do primeiro mundo, onde o produtor vende o búfalo pelo dobro do preço em relação ao do boi e até o triplo, como ocorre na Itália com o leite da búfala em relação ao da vaca.(Fonte: Associação de Criadores de Búfalos da Inglaterra) Você que já sabe um pouco deste fabuloso animal, que ficou esquecido devido a um erro na política do agronegócio, se quiser mais informações neste sentido, no final deste trabato, há vários Links que lhe darão mais detalhes sobre a importância do búfalo na economia, saúde e ecologia.

12 I- Rusticidade Inegualável: a) O búfalo tem as mesmas doenças do boi, porém em menor escala. Como exemplo, a desverminação se faz até os dois anos de idade. Daí para frente, tendo uma boa alimentação, adquire imunidade para o resto da vida contra os vermes (Fonte: Embrapa da Amazônia Oriental). Alem das vantagens acima constantes do gráfico, acrescenta-se ainda sua capacidade de sobrevivência em condições adversas a nível de clima, forrageiras, solos alagadiços, cerrados, etc. De acordo com a Embrapa da Amazônica Oriental, os búfalos se adaptam a qualquer tipo de pastagem, utilizando muito bem forrageira nativa e de baixa qualidade, digerindo as fibras melhor que outro bovino; I- Búfalo – o bicho certo no lugar certo: a) Dado seu hábito semi-aquático, rusticidade e maior poder que os bovinos para converter pastagens nativas pobres em proteína, nenhum outro mamífero se integra tão bem ao pantanal como o búfalo; b) É o animal certo para a produção orgânica ecologicamente sustentavel, desde que o manejo seja correto e evite a superpopulação ; c) A porcentagem de mortalidade em áreas alagadas é na razão de 4% x 12% ( Do livro Produção de Búfalos editado pelo Instituo Campineiro de Ensino Agrícola ). Isto é, 200% a mais para outros bovinos; d) e) Por ocasião das enchentes, nos lugares mais rasos, fazem a sua cama, já que é seu hábito ficar muito tempo dentro d`água, onde se refrescam e combatem a mosca do chifre e outros parasitas; f) Se toda a fazenda estiver tomada pela água, e se não for retirado o bovino, se perderá o rebanho inteiro por falta de alimento. Já com relação ao búfalo a realidade é outra, pois, se alimentará da vegetação submersa ( Do mesmo livro ).

13

14 L I N K S A F I N S: Lista de discussão sobre búfalos Lista de discussão sobre búfalos Mensagens enviadas pelos membros do grupo Associações Associação Brasileira de Criadores de Búfalos Site oficial Associação Brasileira de Criadores de Búfalos Associação Sulina de Criadores de Búfalos Associação Sulina de Criadores de Búfalos Site oficial Associação Argentina de Criadores de Búfalos Associação Argentina de Criadores de Búfalos Site Oficial (espanhol) Associação para Produção e Desenvolvimento do Búfalos na Argentina Associação para Produção e Desenvolvimento do Búfalos na Argentina Site Oficial (espanhol) Associação Colombiana de Criadores de Búfalos Associação Colombiana de Criadores de Búfalos Site Oficial (espanhol)

15 Criadores: Fazenda Santa Izabel Fazenda Santa Izabel Paraíso dos Búfalos em Mojú - PA - Brasil Sitio da Ingaí Sitio da Ingaí Búfalos Murrah Leiteiros em SP - Brasil Jafarabadi da Boa Vista Jafarabadi da Boa Vista Site da raça Jafarabadi - Jonas Camargo Assunção - SP - Brasil Antônio P. Faciola Antônio P. Faciola Aluno de zootecnia da Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil Fazenda PanoramaFazenda Panorama Criação de búfalos Mediterrâneo para corte do Rio Gde do Sul-Brasil Agricola La PisanaAgricola La Pisana Fazenda de Búfalos na Itália Buffalo MilkBuffalo Milk Fazenda de Búfalos na Inglaterra (inglês) Water Buffalo for sale Water Buffalo for sale Fazenda de Búfalos nos EUA (inglês)

16


Carregar ppt "Que tal 2 minutos da sua vida só para cuidar da sua casa - o nosso mundo..."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google