A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Formação de palavras II CAPÍTULO 10. A FORMAÇÃO DE PALAVRAS POR PREFIXAÇÃO E SUFIXAÇÃO Do ponto de vista da formação das palavras, podemos considerá-las.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Formação de palavras II CAPÍTULO 10. A FORMAÇÃO DE PALAVRAS POR PREFIXAÇÃO E SUFIXAÇÃO Do ponto de vista da formação das palavras, podemos considerá-las."— Transcrição da apresentação:

1 Formação de palavras II CAPÍTULO 10

2 A FORMAÇÃO DE PALAVRAS POR PREFIXAÇÃO E SUFIXAÇÃO Do ponto de vista da formação das palavras, podemos considerá-las primitivas e derivadas. Palavras primitivas são aquelas que não foram formadas a partir de alguma outra palavra já existente na língua. Ex: Pedra. Palavras derivadas são aquelas que se formam a partir de outras palavras já existentes na língua. Ex: Empedrado.

3 Derivação O processo de derivação se dá pelo acréscimo de afixos (prefixos e sufixos) a um radical. Tipos de derivação: Prefixal: Acréscimo de prefixo a uma palavra primitiva, alterando seu sentido original. Prefixos gregos e latinos são empregados neste tipo de derivação. Ex: desfazer (negação do sentido de fazer). Sufixal: Acréscimo de sufixo a uma palavra primitiva, provocando alterações no sentido original. Ex: amigão.

4 Os substantivos, adjetivos e advérbios do português são formados por meio do processo de derivação sufixal. Sufixos nominais – juntam-se a radicais nominais (substantivo e adjetivo) ou verbais para formar substantivos e adjetivos. Ex: fugir – fugitivo; cruel – crueldade; amigo – amiguinho.

5 Sufixos verbais – se juntam a radicais nominais para formar verbos. Ex: escuro – escurecer; salto – saltitar. Sufixos adverbiais – o sufixo “mente” associado ao radical forma advérbios. Ex: loucamente; verdadeiramente.

6 Outros processos de derivação Derivação regressiva – consiste na redução fonológica da palavra derivada em relação à primitiva. Ex: abalo – abalar; busca – buscar. Derivação parassintética – quando um mesmo radical agrega simultaneamente um prefixo e um sufixo. Ex: descontroladamente; desalmado.

7 Derivação imprópria – ocorre quando uma palavra muda de classe gramatical sem que sua forma original seja alterada. Ex: Tenho medo de monstro. (substantivo) Peguei um trânsito monstro. (adjetivo)

8 Derivação Derivação prefixal Derivação sufixal Sufixo nominal Sufixo verbal Sufixo adverbial Derivação regressiva Derivação parassintética Derivação imprópria

9 Tarefa Pg. 145 (ex. 1 a 3); Pg. 148 (ex. 1 a 9); Pg. 151 (ex. 1 a 3); Pg. 153 (ex. 1 a 4);


Carregar ppt "Formação de palavras II CAPÍTULO 10. A FORMAÇÃO DE PALAVRAS POR PREFIXAÇÃO E SUFIXAÇÃO Do ponto de vista da formação das palavras, podemos considerá-las."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google