A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto Ilha Grande Sustentável Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras Socioambiental Consultores Associados Marcos Da-Ré.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto Ilha Grande Sustentável Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras Socioambiental Consultores Associados Marcos Da-Ré."— Transcrição da apresentação:

1 Projeto Ilha Grande Sustentável Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras Socioambiental Consultores Associados Marcos Da-Ré

2 Capacidade de Suporte Medida em impacto, não em pessoas; Dinâmica; Preditiva e ajustável; Componentes limitantes: naturais, comportamental, tecnológico e infraestrutural. “ [...] Capacidade do ambiente suportar o uso antrópico sem afetar suas funcionalidades ecológicas no longo prazo [...]”. 2

3 Capacidade do Ambiente produzir Água. 3 Variáveis

4 Capacidade do Ambiente em absorver e depurar esgotos e resíduos. 4 Variáveis

5 Soluções tecnológicas e de infraestrutura. 5 Variáveis

6 Consumo Energia. 6 Variáveis

7 Resiliência dos Atrativos Naturais. 7 Variáveis

8 Experiência. 8 Variáveis

9 CADEIA DA ATIVIDADE TURÍSTICA (fortalecimento) CONDIÇÕES SOCIOAMBIENTAIS INDICADORES AMEAÇAS / RISCOS 9 Diretrizes Estratégicas do Projeto

10 DOIS RIOS ABRAÃO PARNAIOCA AVENTUREIRO PROVETÁ PRAIA VERMELHA ARAÇATIBA PRAIA DA LONGA ENSEADA DO SÍTIO FORTE MATARIZ BANANAL FREGUESIA DE SANTANA GUAXUMA (JAPARIZ) ENSEADA DAS ESTRELAS (SACO DO CÉU) ENSEADA DAS PALMAS S01 S02 S03 S04 S05 S06 S07 S08 S09 S10 S12 S11 S13 S15 S14 10 Capacidade de Suporte – Sistemas Regionais

11 11 Contextualização e dados balizadores

12 12 População Flutuante

13 13 População Total

14 ABRAÃOZINHO LOPES MENDES DOIS RIOS VILA DO ABRAÃO PARNAIOCA AVENTUREIRO PROVETÁ PRAIA VERMELHA ARAÇATIBA PRAIA DA LONGA ENSEADA DO SÍTIO FORTE MATARIZ BANANAL FREGUESIA DE SANTANA GUAXUMA (JAPARIZ) SACO DO CÉU ENSEADA DAS PALMAS Fornecimento de Energia Elétrica. REDE LESTE REDE OESTE SEM REDE Fonte: Plano de Manejo PEIG – FASE 2 (Agosto 2010) 14 Aplicação na Ilha Grande

15 34 14 Fornecimento de Energia Elétrica Variável Energia – Impacto no número de pessoas 15

16 16 Fornecimento de Energia Elétrica Variável Demanda – Impacto no fornecimento

17 Aplicação na Ilha Grande 17 Situação atual

18 18 Gráfico Acelerado r Situação Ótima/BoaSituação Boa/RegularSituação Regular/Ruim Ótimo Bom Regular Ruim

19 Capacidade: NBV diário = | NBV anual = Aplicação na Ilha Grande Badalado... Selvagem... DOIS RIOS ABRAÃO PARNAIOCA AVENTUREIRO PROVETÁ PRAIA VERMELHA ARAÇATIBA PRAIA DA LONGA ENSEADA DO SÍTIO FORTE MATARIZ BANANAL FREGUESIA DE SANTANA GUAXUMA (JAPARIZ) ENSEADA DAS ESTRELAS (SACO DO CÉU) ENSEADA DAS PALMAS População atual total (pico de visitação) / dia

20 20 Disp. Hídrica = Aplicação na Ilha Grande Investimentos em Curso

21 Badalado... Selvagem... DOIS RIOS ABRAÃO PARNAIOCA AVENTUREIRO PROVETÁ PRAIA VERMELHA ARAÇATIBA PRAIA DA LONGA ENSEADA DO SÍTIO FORTE MATARIZ BANANAL FREGUESIA DE SANTANA GUAXUMA (JAPARIZ) ENSEADA DAS ESTRELAS (SACO DO CÉU) ENSEADA DAS PALMAS Capacidade: NBV diário= | NBV anual = Soluções em fase de Implementação 21 Aplicação na Ilha Grande

22 22 Aplicação na Ilha Grande Novos Investimentos Disp. Hídrica = 726

23 Badalado... Selvagem... DOIS RIOS ABRAÃO PARNAIOCA AVENTUREIRO PROVETÁ PRAIA VERMELHA ARAÇATIBA PRAIA DA LONGA ENSEADA DO SÍTIO FORTE MATARIZ BANANAL FREGUESIA DE SANTANA GUAXUMA (JAPARIZ) ENSEADA DAS ESTRELAS (SACO DO CÉU) Capacidade NBV diário = | NBV anual = Novos investimentos ENSEADA DAS PALMAS 23 Aplicação na Ilha Grande

24 Capacidade: NBV diário = | NBV anual = Aplicação na Ilha Grande Limitante Experiência 24

25 Badalado... Selvagem... DOIS RIOS ABRAÃO PARNAIOCA AVENTUREIRO PROVETÁ PRAIA VERMELHA ARAÇATIBA PRAIA DA LONGA ENSEADA DO SÍTIO FORTE MATARIZ BANANAL FREGUESIA DE SANTANA GUAXUMA (JAPARIZ) ENSEADA DAS ESTRELAS (SACO DO CÉU) Capacidade NBV diário = | NBV anual = ENSEADA DAS PALMAS 25 Aplicação na Ilha Grande Novos investimentos

26 Capacidade de Suporte em Atrativos Naturais 26

27 Caracterizam uma condição de impacto fisicamente perceptível, devido à visitação, de um ambiente de análise cujas ações para mitigação e/ou minimização desses impactos são resultados indiretos de ações de manejo. Exemplo para Trilhas: FÍSICOSFAUNASANEAMENTOVANDALISMO Largura da trilha Profundidade da trilha Raízes expostas Ausência de serapilheira Antropização no comport. da fauna Presença de animais domésticos Lixo Fezes / urina / papel higiênico Indícios de fogueira Vegetação danificada / inscrições em árvores Inscrições em rochas Queimadas 37 Indicadores 27

28 Níveis de Impacto Tipo de Impacto 123 AMBIENTALImpacto INCIPIENTEImpacto NOTÁVELImpacto GRAVE FUNCIONAL NÃO afeta a funcionalidade do sistema AFETA a funcionalidade / Dificulta a utilização Apresenta RISCO ao Visitante ou IMPEDE a utilização / funcionalidade EXPERIÊNCIA NÃO afeta a experiência do Visitante 2 AFETA DIRETAMENTE na Experiência do Visitante FRUSTA a experiência 28 Impactos Ambientais da Visitação

29 29 Ficha de Monitoramento de Impactos - Trilha

30 Indicadores de Impactos Ambientais devido à Visitação Grau de Impacto do Visitante Identificação de Microssistemas e respectivos níveis de Impacto Grau de Manutenção do Atrativo 30 Capacidade de Suporte da Ilha Grande MONITORAMENTO DE IMPACTOS DA VISITAÇÃO EM ATRATIVOS NATURAIS

31 COMPLEXO LOPES MENDES / POUSO LOPES MENDES + Urbano+ Selvagem 31 Monitoramento e Controle da Visitação em Atrativos Naturais

32 Indicadores de Impactos Ambientais devido à Visitação Grau de Impacto do Visitante Identificação de Microssistemas e respectivos níveis de Impacto Grau de Manutenção do Atrativo Trilha Pouso – Lopes Mendes Praia Lopes Mendes 32 Monitoramento e Controle da Visitação em Atrativos Naturais COMPLEXO LOPES MENDES / POUSO LOPES MENDES

33 COMPLEXO PICO DO PAPAGAIO Utilização de Contador 70% do Limite (45 pessoas dia) Controle efetuado no início da Trilha Grupos de até 16 pessoas 33 Monitoramento e Controle da Visitação em Atrativos Naturais

34 34 Monitoramento e Controle da Visitação em Atrativos Naturais LAGOA AZUL

35 Indicadores de Impactos Ambientais devido à Visitação Grau de Impacto do Visitante Identificação de Microssistemas e respectivos níveis de Impacto Grau de Manutenção do Atrativo LAGOA AZUL 35 Monitoramento e Controle da Visitação em Atrativos Naturais

36 Utilidade Processos de Licenciamento Agilidade no processo e regularização dos Negócios 36

37 Novos negócios, novas Oportunidades. 37 Utilidade Planejamento do Desenvolvimento

38 Sistema de Gestão e Controle de Visitantes integrado ao Sistema de Reservas do Setor Hoteleiro. 38 Utilidade Controle Operacional (SOT)

39 39 Tipologia de Tarifação e Controle de Acesso de Visitantes

40 26 Cases analisados 162 práticas de ordenamento turístico identificadas Parque Nacional de Nahuel Huapi – Argentina Arquipélogo de Fernando de Noronha – PE Bonito - MG Arquipélago de Galápagos Ilha do Mel - PR Arquipélago los Roques Construção do sistema de ordenamento turístico

41 Parque Nacional de Nahuel Huapi – Argentina Arquipélogo de Fernando de Noronha – PE Bonito - MG Arquipélago de Galápagos Ilha do Mel - PR Arquipélago los Roques Construção do sistema de ordenamento turístico Taxa de Preservação Ambiental; Capacidade de Carga; Tipologias de Acesso; Pontos de Informação e Controle; Centro de Visitantes Sistema Informatizado para o Controle de Visitantes; Voucher Único; Capacidade de Carga nos Atrativos; Envolvimento da Oferta no SOT;

42 (Sistema de Pontuação Premiada) Cadastro nos Totens “ativa” o cartão para a pontuação Leitores / Totens nos estabelecimentos para registro dos pontos “Ranking” para premiação dos Consumidores e Exposição de Marca para os Estabelecimentos FUNÇÃO 3 Opcional Funções do Cartão de Controle de Visitantes Pré Cadastro e tarifação via Internet Tarifação e Controle Cadastro, Circulação e Consumo Opção 1– Cadastro pelo Website Oficial Ilha Grande + Opção 2- Cadastro nos Totens disponíveis nos Cais (pré embarque) FUNÇÃO 2 Obrigatório Opção 1 - Compra do cartão de acesso nas agências / operadoras e pontos credenciados + Opção 2- Compra do cartão de acesso integrado ao Sistema de Reserva de Pousadas do Setor Hoteleiro FUNÇÃO 1 Opcional 42 Utilidade Controle Operacional (SOT)

43 43 CONTINENTE 4 Pontos de embarque / desembarque no Continente 2 Ponto de embarque / desembarque na Ilha Fluxo máximo de pessoas considerado para a chegada em um mesmo momento na Ilha = ~3000 pessoas Áreas iniciais de implantação

44 Atores envolvidos Responsáveis pela Gestão & Operação Board Tático Agentes operacionais 44

45 Transição Transição da Solução concebida para a Plataforma de Negócios Sustentáveis Oferta Demanda 45

46 Marcos Da-Ré (48) OBRIGADO !!!


Carregar ppt "Projeto Ilha Grande Sustentável Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras Socioambiental Consultores Associados Marcos Da-Ré."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google