A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aprender a inovar Do planejamento estratégico a uma ecologia do conhecimento Prof. Dr. Klaus North Universidade de Wiesbaden, Alemânia k.north@bwl.fh-wiesbaden.de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aprender a inovar Do planejamento estratégico a uma ecologia do conhecimento Prof. Dr. Klaus North Universidade de Wiesbaden, Alemânia k.north@bwl.fh-wiesbaden.de."— Transcrição da apresentação:

1 Aprender a inovar Do planejamento estratégico a uma ecologia do conhecimento Prof. Dr. Klaus North Universidade de Wiesbaden, Alemânia

2 Integração de produtos físicos e de serviços
Componente de serviço Valor (elementos tangíveis e intangíveis) produto físico 1990 2030 Tempo

3 Desenvolve as vantagens locais
A empresa do século 21 Desenvolve as vantagens locais De produtos físicos a soluções completas De recursos à relações De fatores tangíveis a intangíveis dificulta a imitação

4 Capacidade competitiva Gestão operacional da informação
Planejamento estratégico de competências: A Escada do Saber é a base para a empresa inteligente Capacidade competitiva Gestão Estratégica do conhecimento Competência + singularidade “ser melhor que o resto” + Atuação correta (agir corretamente) Agir Saber Fazer + Motivação Conhecimento + aplicação + inter-relações (contexto, experiências. expectativas) Informações Dados + significado Gestão operacional da informação Signos + sintaxe 12

5 Análise estrategica Que competências/capacidades esperam nossos clientes de nós mesmos nos próximos 3 anos? ü      O Que devemos fazer para desenvolver essas competências/capacidades? O Que nós fazemos melhor do que os nossos competidores? ü      Como podemos fortalecer essas vantagens? O Que os nossos competidores e inovadores fazem melhor do que nós mesmos? ü      O Que podemos aprender com eles ?

6 La metáfora tradicional da empresa: o capitão e sua tripulação

7 A nova metáfora: o jardineiro na ecologia do conhecimento

8 Diseñando con alegría el futuro
alegre, abierto y ante el futuro Todos nosotros somos creativos y valientes entusiasmados por aprender y con iniciativa autónomos y cumplidores Todos nosotros nos guíamos según los principios básicos de la gestión empresarial Asumimos los retos Nos autoorganizamos Nos automotivamos Nos autocontrolamos Nuestras pautas de relación son abiertas, „fair play“ y llenas de confianza.

9 Building the Entrepreneurial Corporation
The Renewal Process Sustaining bottom-up energy and commitment Managing operational interdependencies Creating and pursuing opportunities Building and maintaining organizational flexibility Linking skills, knowledge and resources Rewiewing, developing and supporting initiatives Managing the tension between short-term performance and long-term ambition Developing and embedding organizational values and purpose Establishing strategic mission and priorities The Integration Process The Entrepreneurial Process Front-line "Entrepreneurs" Senior level "Coaches" Corporate "Leaders" (Source: Ghoshal and Bartlett, 1995)

10 Duas estratégias de inovação
O sistema alemão de inovação promove ... Produtos de alto valor agregado segundo linhas de desenvolvimento em setores maduros O sistema anglo-saxão de inovação promove..... inovações em novos setores e novas tecnologias Inovação radical Inovação incremental (BMBF, 1998:Zur technologischen Leistungsfähigkeit Deutschlands)

11 Inovação incremental se baseia em.... (primeira parte)
Plataformas tecnológicas (acumulação de conhecimentos, provedores como parceiros de desenvolvimento) A visão enfatisa a continuidade (“tecnologias proibidas”) Produção diversificada de alta qualidade (inovação em processos, contato “estreito” com clientes, melhora contínua)

12 Inovação incremental se baseia em....(segunda parte)
Reduzida mobilidade de empregados, (reter empregados, assegurar a troca de conhecimentos) Formação específica para ocupações, setores, empresas ( conhecimentos implícitos! Distribuição ampla de conhecimentos) Transferência cooperativa de tecnologia (fóruns de intercâmbio, projetos comuns) Normas técnicas consensuais

13 Inovação radical se baseia em......
Tecnologia de ponta combinada com serviços (saltos tecnológicos moderados) A visão enfatiza a troca (“não existe tabus”) “Economia de idéias” (Inovações moderadas de processos de ciclo de vida curto) Alta mobilidade de empregados/experts entre ocupações, setores e empresas (elites de conhecimento) Capital de risco financia a inovação Normas técnicas se estabelecem por competência

14 5 campos de ação para promover a inovação incremental
1. Estabelecer uma capacidade própria e contínua de P&D 2. Desenvolver uma cultura e dispositivos de qualidade 3. Promover o intercâmbio tecnológico 4. Desenvolver sensores de mercado(“intimidade” com o cliente) e sensores tecnológicos 5. Desenvolver ama cultura de aprendizagem

15 Três campos de ação para o desenvolvimento da empresa inteligente
1 Gestão estratégica do conhecimento: Quais são as competências necessárias para competir no futuro? 2 Criação das condições adequadas (“ecología do conhecimento”): Valores, motivação (incentivos), “o gestor jardineiro” 3 Criação de uma infra-estrutura de comunicação , informação e documentação

16 Literatura Iansiti, M. and Levien, R. (2004): Strategy as ecology, Harvard Business Review, March 2004, pp Leibold/ Probst/ Gibbert (2002): Strategic management in the knowledge economy, Erlangen: Wiley/ Publicis North, K., Rivas, R. (2004): Gestión empresarial orientado al conocimiento, Buenos Aires: Editorial Dunken (www.dunken.com.ar)

17 O conhecimento é humano!


Carregar ppt "Aprender a inovar Do planejamento estratégico a uma ecologia do conhecimento Prof. Dr. Klaus North Universidade de Wiesbaden, Alemânia k.north@bwl.fh-wiesbaden.de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google