A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

QUEM VAI AO MÉDICO ??. Vamos entender um pouco mais sobre NÓS e nossa VIDA por intermédio da medicina com o maior professor......Dráuzio Varella é.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "QUEM VAI AO MÉDICO ??. Vamos entender um pouco mais sobre NÓS e nossa VIDA por intermédio da medicina com o maior professor......Dráuzio Varella é."— Transcrição da apresentação:

1 QUEM VAI AO MÉDICO ??

2

3

4 Vamos entender um pouco mais sobre NÓS e nossa VIDA por intermédio da medicina com o maior professor......Dráuzio Varella é um médico oncologista, cientista e escritor brasileiro, formado pela Universidade de São Paulo, na qual foi aprovado em 2° lugar de 5 vagas, conhecido por popularizar a medicina em seu país, através de programas de rádio e TV. Foi também um dos fundadores da Universidade Paulista e da Rede Objetivo, onde lecionou física e química durante muitos anos.

5 Viagem Fantástica do Corpo Humano, o incrível processo do Nascimento a Morte Assista ao vídeo clicando abaixo

6 PROFISSÃOMÉDICO

7 O médico, antigamente também chamado de físico, é o profissional autorizado pelo Estado para exercer a Medicina; se ocupa da saúde humana e/ou animal, prevenindo, diagnosticando, tratando e curando as doenças, o que requer conhecimento detalhado de disciplinas acadêmicas (como anatomia e fisiologia) por detrás das doenças e do tratamento - a ciência da medicina - e também competência na sua prática aplicada - a arte da medicina. Tanto o papel do médico e o significado da palavra variam significativamente ao redor do mundo, mas como compreensão geral, a ética médica requer que médicos demonstrem consideração, compaixão e benevolência frente a seus pacientes. Os médicos podem ser generalistas, isto é, não especializados em nenhuma área específica da medicina, ou especialistas, quando especializados em alguma área.

8 ATIVIDADEEXTERNA

9 Museu da História da Medicina da Associação Paulista de Medicina

10 A Associação Paulista de Medicina é uma entidade do terceiro setor, sem fins lucrativos e de utilidade pública que representa os médicos do Estado de São Paulo na capital e interior. Presidida atualmente por Florisval Meinão, reúne 14 Distritais compostas por mais de 80 Regionais e um Núcleo, além de 68 Departamentos Científicos e Comitês Multidisciplinares. Dos cerca de 100 mil médicos existentes no território paulista, cerca de 30 mil fazem parte do quadro associativo da entidade.

11

12 Fundada em 29 de novembro de 1930, a APM é a Federada da Associação Médica Brasileira (AMB) no Estado de São Paulo. Esta, por sua vez, é filiada à Associação Médica Mundial (WMA – Word Medical Association). Os associados da APM têm direito a uma vasta gama de produtos, serviços e benefícios que facilitam seu dia a dia. A entidade possui parceria com empresas privadas que oferecem descontos especiais, além de manter compromisso com a sociedade, em diversas ações de responsabilidade.

13

14 A Associação Paulista de Medicina também contribui para a elaboração das políticas de saúde e qualificação da assistência médica, lutando pela valorização do trabalho médico nos âmbitos público (Sistema Único de Saúde) e privado (planos de saúde). Para isso, se faz presente no Congresso Nacional, na Assembleia Legislativa, nos Conselhos de Saúde, na Agência Nacional de Saúde Suplementar, na Agência Nacional de Vigilância Sanitária e em outras instâncias do Poder Executivo, sempre representando os interesses dos médicos e da sociedade.

15

16 Com o slogan "Somos inspirados por suas paixões", a Associação Paulista de Medicina (APM), de 80 anos, entra em uma nova fase de sua história. Humana, moderna, representativa e dinâmica, a nova marca da instituição já nasce carregada de tradições e expectativas. A imagem reflete uma APM madura, voltada ao futuro e cada vez mais pronta para cuidar dos interesses e das paixões dos médicos.

17

18 A troca constante de informações – com seus associados, parceiros e a comunidade – tem papel central neste conceito mais atual, tanto que o ícone da nova marca é um balão de diálogo, em que está inserida também uma releitura do símbolo da medicina. A decisão de dar mais ênfase à sigla é outra estratégia para facilitar o reconhecimento e flexibilizar a comunicação, deixando-a mais incisiva. Já os traços curvos, cantos arredondados e a nova tonalidade de cores apontam para um visual acolhedor.

19 Museu da História da Medicina da Associação Paulista de Medicina

20 Localizado na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, o Museu de História da Medicina foi construído com o intuito de valorizar o patrimônio histórico da Medicina, no apoio à pesquisa e à difusão cultural. Possui em seu acervo registros sobre a profissão no Brasil e no mundo, tais como documentos históricos, livros raros, equipamentos cirúrgicos, louças com representações de eventos médicos, bustos, estatuetas de grandes nomes da medicina e da ciência, medalhas, fotografias, entre outros.

21

22 O local está aberto a visitas de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, na sede da APM – Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 278 – 5º andar – com entrada gratuita. Para crescer, o museu recebe apoio dos médicos por meio de doações de materiais, fotos, aparelhos, instrumentos, mobiliários ou qualquer objeto que auxilie na reconstituição da história da Medicina. Quem tiver interesse, pode ajudar a ampliar o acervo fazendo a sua doação. O Museu da APM foi implantado em abril de 2000 e inaugurado em 18 de outubro de 2002, sob a curadoria de doze anos do Prof. Dr. Jorge Michalany ( ), que doou grande parte de seu acervo.

23 Sobre o fundador Prof. Dr. Jorge Michalany: Nasceu no dia 24 de agosto de 1916, formou- se pela Escola Paulista de Medina em Professor titular aposentado de Anatomia Patológica da EPM. Foi médico patologista do departamento de Profilaxia da Lepra de São Paulo; professor titular de Anatomia Patológica da Faculdade de Medicina da UNOESTE; membro emérito da Academia de Medicina de São Paulo; sócio emérito da Sociedade Brasileira de Patologia; sócio colaborador da Sociedade Brasileira de Dermatologia; curador do Museu de História da Medicina da Associação Paulista de Medicina. Faleceu no dia 9 de julho de 2012, aos 95 anos.

24 Desde a sua fundação, o estoque vem sendo ampliado e recebendo importantes doações dos médicos, de hospitais, empresas, entre outros, formando um expressivo acervo bibliográfico, de peças e de obras de valor histórico. Hoje, conta com um acervo de cerca de mil peças, tais como documentos, livros raros, equipamentos cirúrgicos, louças com representações de eventos médicos, bustos, estatuetas de grandes nomes da medicina e da ciência, medalhas, fotografias, entre outros. Além disso, também expõe painéis que contam a história da medicina e de instituições médicas.

25 L O C A L I Z A Ç Ã O Museu da História da Medicina da Associação Paulista de Medicina End.: Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 278 – Bela Vista – Centro – São Paulo. Horário de funcionamento: de segunda a sexta- feira, das 8h30 às 17h3. SÁBADO SÓ PARA NÓS Tel.: (11)

26

27 NORMAS COMPORTAMENTAIS NA VISITA CARO MONITOR, DETALHAR AS MESMAS NORMAS E PROCEDIMENTOS QUE FOI DETALHADO PARA AS TURMAS DE 2ª À 6ª FEIRA. Todos sabem que as mesmas normas e procedimentos aplicadas dentro da simultaneidade SERÃO aplicadas na ATIVIDADE EXTERNA.

28 SANTO AMARO HORÁRIOS: TURMA A & D = 09:00 ÀS 10:00 – ZONA SUL TURMA B & F = 10:00 ÀS 11:00 – ZONA SUL TURMA E = 11:00 ÀS 12:00 – ZONA SUL TURMA C = 12:00 ÀS 13:00 – ZONA SUL

29 NORMAS COMPORTAMENTAIS NA VISITA CARO MONITOR, DETALHAR AS MESMAS NORMAS E PROCEDIMENTOS QUE FOI DETALHADO PARA AS TURMAS DE 2ª À 6ª FEIRA. Todos sabem que as mesmas normas e procedimentos aplicadas dentro da simultaneidade SERÃO aplicadas na ATIVIDADE EXTERNA.

30 VILA CARRÃO HORÁRIO NÃO PODE TROCAR DE TURMA TURMA A = 11:00 ÀS 12:00 – ZONA LESTE ________________________________________ HORÁRIO NÃO PODE TROCAR DE TURMA TURMA B = 13:00 ÀS 14:00 – ZONA LESTE

31 NORMAS COMPORTAMENTAIS NA VISITA CARO MONITOR, DETALHAR AS MESMAS NORMAS E PROCEDIMENTOS QUE FOI DETALHADO PARA AS TURMAS DE 2ª À 6ª FEIRA. Todos sabem que as mesmas normas e procedimentos aplicadas dentro da simultaneidade SERÃO aplicadas na ATIVIDADE EXTERNA.

32 CARAPICUIBA HORÁRIO NÃO PODE TROCAR DE HORÁRIO T O D O S = 13:00 ÀS 14:00 – ZONA OESTE


Carregar ppt "QUEM VAI AO MÉDICO ??. Vamos entender um pouco mais sobre NÓS e nossa VIDA por intermédio da medicina com o maior professor......Dráuzio Varella é."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google