A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Ensino de Jesus Introdução: Ensinar - Esforço orientado para a formação ou a modificação da conduta humana; a isto dá-se o nome de educação. Um ensina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Ensino de Jesus Introdução: Ensinar - Esforço orientado para a formação ou a modificação da conduta humana; a isto dá-se o nome de educação. Um ensina."— Transcrição da apresentação:

1

2 O Ensino de Jesus Introdução: Ensinar - Esforço orientado para a formação ou a modificação da conduta humana; a isto dá-se o nome de educação. Um ensina para ter subalternos, outro para ter seguidores. Um ensina para ganhar algum dinheiro, outro ensina para criar um homem independente e útil. Todos são ao mesmo tempo professores e alunos. Aprendemos enquanto ensinamos e ensinamos enquanto aprendemos. Este é o grande ciclo da vida. Enquanto vivermos, estaremos aprendendo e ensinando.

3 A habilidade de ensinar é um dom de Deus. “Os que recebem os Seus dons para que possam reparti-los com outros, tornam-se semelhantes a Cristo”. White, CSE, 177. “Erguei o véu dos mistérios da redenção perante os alunos na escola e as congregações que se ajuntam para ouvir a Palavra”. White, CPPE, 398 “...tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar- te”. (Dt 6:7) “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele”. (Pv 22:6) O Ensino de Jesus

4 Aos Seus apóstolos, que seriam os mestres da igreja, Ele apresentou a Si mesmo como exemplo: “Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também” (Jo 13:15). Ele foi um Mestre que ensinou oração orando, ensinou jejum jejuando, ensinou sacrifício sacrificando-se. Ele ensinou humildade sendo humilde (Mat 11:29) e esperou que Seus seguidores imitassem Seu exemplo. Ele ensinou amar “... amando-os até o fim” (João 13:1). Ensinou a trabalhar trabalhando, “Mas ele lhes disse: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também” (Jo 5:17). “É necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar” (Jo 9:4). 1.Cristo enfatizou o ensino por meio de exemplos.

5 Ensinou a perdoar perdoando, “Respondeu ela: Ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus: Nem eu tampouco te condeno; vai e não peques mais” (Jo 8:11). Ensinou a salvar, salvando. “Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido”. (Lc 19:10) Como mestre, certifique-se de viver tudo o que ensinar ou pregar. Paulo exorta: “...se ministério, dediquemo-nos ao ministério; ou o que ensina esmere-se no fazê-lo”; (Rm 12:7) e ainda estimula seu amigo Timóteo: “Ordena e ensina estas coisas”. (1Tm 4:11, 12) “... torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza”. (verso 12) “Sede meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam” (Fil 3:17). “... mas para vos dar em nós mesmos exemplo, para nos imitardes” (2Tss 6:9). 1.Cristo enfatizou o ensino por meio de exemplos.

6 “Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo” (1Co 11:1). Não espere que nenhum de seus filhos (irmãos de igreja, empregados; alunos; etc.) viva num nível mais alto do que o exemplo que você dá. “Em tudo te dá por exemplo de boas obras” (Tito 2:7) E Jesus afirmou: “... porque pelo fruto se conhece a árvore”. (Mt 12:33) “Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também” (Jo 13:15). Jesus Cristo ensinou por meio do exemplo. 1.Cristo enfatizou o ensino por meio de exemplos.

7 “E ele lhes disse: Os reis dos gentios dominam sobre eles... Mas não sereis vós assim; antes, o maior entre vós seja como o menor, e quem governa, como quem serve... Eu porém, entre vós sou como aquele que serve” ( Lc 22:25-27). Pedro complementa: “Pastoreai o rebanho de Deus que há entre vós, não por constrangimento, mas espontaneamente, como Deus quer; nem por sórdida ganância, mas de boa vontade;... de ânimo pronto; nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo no rebanho” (1Pe. 5:2,3). Nenhum cristão deve olhar seus irmãos de cima; demonstrar autoridade ou a usar sua posição ou função para tirar vantagens especiais. O “rebanho é do Senhor” e não nosso. Devemos nos lembrar sempre de que Cristo é o Pastor Supremo. Somos apenas subpastores. Devemos servir àqueles a quem ensinamos. Paulo e Pedro gostavam de chamar-se “servos” de Cristo Jesus. Não devemos nunca perder a atitude do serviço. 2. Cristo enfatizou o ensino por meio do serviço:

8 Servimos a Cristo ao servir a Seu povo. Ferimos a Cristo quando nos colocamos como senhores de Seu povo. Servimos a Cristo quando alimentamos bem os nossos filhos com a palavra de Deus; ferimos a Cristo quando desprezamos aqueles que nos deu em confiança. O marido serve a Cristo quando ama, protege dignifica a esposa; fere a Cristo quando a despreza, humilha ou trai. A esposa serve a Cristo quando cuida bem do seu lar, dos filhos, do esposo e de si mesma; fere a Cristo quando falha em seus deveres de dona de casa. O Jovem serve a Cristo quando honra o seu corpo, seus dons e seus pais; fere a Cristo quando pensa que ninguém tem nada a ver com suas ações. Cristo serviu ao Pai na realização de Sua obra: “Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra” (Jo 4:34). 2. Cristo enfatizou o ensino por meio do serviço:

9 “Tornando a retirar-se, orou de novo, dizendo: Meu Pai, se não é possível passar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade” (Mt 26:42). E mais: “A saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação”. (2Co 5:19). Servo não é aquele que realiza a obra do Senhor. Servo é aquele por meio de quem Deus realiza a Sua obra. Só seremos servos eficientes quando permitirmos que toda a obra de Deus seja feita em nós. “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus” (Mt 5:16). Jesus Cristo ensinou por meio do serviço. 2. Cristo enfatizou o ensino por meio do serviço:

10 “Que haja em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus... aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo... humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz” (Fil. 2:5-8). A vida inteira de Jesus na terra foi um sacrifício. Ele gastou alegremente Sua vida de forma sacrifical. O mestre santificado deve fixar seus olhos em Jesus, que suportou: A cruz, A vergonha e A oposição de homens pecaminosos (Heb. 12:2-3). O mestre cristão deve tomar a sua cruz diariamente e seguir Jesus (Lc. 9:23). “Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim” (Mt 10:37). 3. Cristo enfatizou o ensino do sacrifício.

11 Dizem os administradores que “para alcançar alguma coisa na vida, nós temos que abrir mão de algumas coisinhas pessoais, e que, para manter o que conseguimos, devemos abrir mão de outras coisinhas mais”. Não creio que seja diferente na vida cristã. Já abrimos mão de algumas, senão muitas, coisas quando decidimos entregar nossa vida pra Jesus. E certamente abriremos mão de muitas outras para permanecer nEle. Paulo: “Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo” (Fp 3:8) Este é o espírito do sacrifício! Na vida de Abraão, existe o monte Moriá. Monte do sacrifício. Monte do desprendimento, da dor, da fé, do sacrifício mas, monte da bênção. Só que para descer abençoado Abraão precisou subir se sacrificando cada passo. 3. Cristo enfatizou o ensino do sacrifício.

12 “Então, o mesmo Daniel se distinguiu destes presidentes e sátrapas, porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava em estabelecê-lo sobre todo o reino”. (Dn 6:3) Estamos dispostos a nos sacrificar como Ele se sacrificou? Ensinar por meio do exemplo. Padrão dos fiéis. Ensinar por meio do serviço. Como aquele que serve. Ensinar por meio do sacrifício. Importa que Ele cresça... “... pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigamos suas pisadas” (1Pe 2:21). “Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo” (1Co 11:1). Todo cristão deve ser capaz de dizer isto. Pr Gedeon Reis Encontro de Diretores Cacoal, setembro de Cristo enfatizou o ensino do sacrifício.


Carregar ppt "O Ensino de Jesus Introdução: Ensinar - Esforço orientado para a formação ou a modificação da conduta humana; a isto dá-se o nome de educação. Um ensina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google