A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RELATO DE UM CERTO ORIENTE AUTOR: MILTON HATOUM _ORIENTE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RELATO DE UM CERTO ORIENTE AUTOR: MILTON HATOUM _ORIENTE."— Transcrição da apresentação:

1 RELATO DE UM CERTO ORIENTE AUTOR: MILTON HATOUM _ORIENTE

2 RELATO DE UM CERTO ORIENTE Autor: Milton Hatoum Escola Literária: Literatura Contemporânea Ano de Publicação: 1989 Gênero: Romance Divisão da Obra: 8 capítulos Local: Manaus

3 Milton Hatoum *Nasceu em Manaus (Amazonas) no ano de *É professor de literatura na Universidade Federal do Amazonas. *Foi professor visitante da Universidade da Califórnia em Berkeley. * Escreveu três romances: Relato de um Certo Oriente, Dois Irmãos e Cinzas do Norte. * Os enredos se passam em Manaus e contam histórias de lares familiares que vão aos poucos se acabando. * Atualmente mora em São Paulo

4 Milton Hatoum O AUTOR Milton Hatoum (1952) Nasceu em Manaus, em 1952, e lecionou na Universidade Federal do Amazonas. Filho de pai libanês, aos quinze anos, deixa a cidade e vai viver em Brasília, Madri, Barcelona e, a partir dos aos 70, em São Paulo. Foi professor visitante da Universidade da Califórnia, em Berkeley. Participou de antologias de contos brasileiros no México e na Alemanha e publicou contos nas revistas Europe e Grand Street. Colabora para revistas e suplementos literários brasileiros.

5

6 Bibliografia Romance: Relato de um Certo Oriente (1989), Dois Irmãos (2000), Cinzas do Norte (1989). Os dois primeiros ganharam o prêmio Jabuti de melhor romance e foram publicados nos Estados Unidos, no Líbano e em sete países da Europa.

7 A ESCOLA LITERÁRIA Literatura Contemporânea - a partir da década de 60 - Contexto histórico Últimas décadas do século XX- aceleração no avanço científico e tecnológico > criação de computadores de alta velocidade. Rápidas mudanças: as possibilidades e a instantaneidade das comunicações, a obtenção e as trocas de informações pela Internet, o desenvolvimento aeroespacial, com o envio de sondas a distâncias e o uso de satélites com diversas finalidades. A engenharia genética > desenvolvimento de organismos transgênicos animais e vegetais, as clonagens e novas formas de combate a doenças. O esfacelamento do bloco soviético e a criação de mercados comuns.

8 Contexto histórico Alargamento do fosso entre ricos e pobres > benefícios atendessem a uma pequena parcela da comunidade planetária. Nos países subdesenvolvidos ou em via de desenvolvimento> é restrito o acesso a computadores pessoais e às telecomunicações. Ressurgimento de doenças relacionadas à pobreza e à falta de saneamento ( como a tuberculose, a sífilis e a dengue, o avanço da aids entre as populações menos favorecidas foi mais um dos aspectos negativos do fim do milênio.) Segunda metade do século XX > inúmeras guerras, pela xenofobia, pelo crescimento de grupos de extrema direita nos moldes nazistas e pelos extremismos religiosos que ainda geram conflitos com milhares de mortes. (In: Português Maia. Ática, p462, 2005)

9 Contexto histórico brasileiro No Brasil, nos anos 60 (cujo governo era JK), uma grande euforia política e econômica, com amplos reflexos culturais: Bossa Nova, Cinema Novo, teatro de Arena, as Vanguardas e a Televisão. Com a crise após a renúncia de Jânio Quadros e o Golpe Militar que derrubou João Goulart, diminuiu muito essa empolgação, e um clima de censura é estabelecido no país (fechamento do Congresso; jornais censurados, revistas, filmes, músicas; perseguição e exílio de intelectuais, artistas e políticos). A cultura usou disfarces ou recuou.

10 Contexto histórico brasileiro Na década de 1970, após a conquista do tricampeonato mundial de futebol, uma onda de nacionalismo ufanista toma conta do país, e as pessoas parecem ficar "adormecidas" por um bom tempo (Brasil: ame-o ou deixe-o). Durante o governo de Figueiredo, em 1979, foi sancionada a lei da anistia. Assim, os exilados voltam ao Brasil. Na década de 1980, inicia-se uma mobilização popular pela volta das eleições diretas, que só veio a concretizar-se em 89, com a posse de Fernando Collor de Mello, cassado em 1991.

11 A literatura contemporânea Difícil caracterização: 1.º porque ainda estamos vivendo o período; 2.º há uma grande mistura de estilos entre os autores. Por consequência observamos apenas “Tendências contemporâneas”. As temáticas são muito abrangentes: homossexualismo, solidão do homem nas grandes cidades, guerra, futebol, imigração, regionalismo, política, história, economia, violência, drogas, cotidiano etc.

12 A literatura contemporânea Grandes nomes desse nosso momento literário no Brasil: Rubem Fonseca, Rubem Braga, Antônio Callado, João Ubaldo Ribeiro, Fernando Sabino, Luís Fernando Veríssimo, Moacyr Scliar, Dias Gomes, Ariano Suassuna, Nélson Rodrigues, entre tantos outros.

13

14 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS  Emile  matriarca da família;  mãe adotiva da narradora-protagonista,  toda a história da família gira tendo essa personagem como eixo.

15 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS  Narradora-protagonista  mulher responsável por montar um documento com relatos da história e de recordações da família e enviá-lo ao irmão que morava em Barcelona - Espanha.  Quando inicia a história, a moça acabara de sair de uma clínica de repouso em São Paulo.

16 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS  Samara Délia  filha de Emilie;  teve uma menina quando ainda era adolescente e, por isso, foi rejeitada por toda a família.

17 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS Soraya Ângela  filha de Samara e neta de Emilie;  a menina nasceu surda-muda,  era desprezada pela maioria das pessoas e morre ainda criança.

18 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS  Hakim  filho de Emilie  sai de casa por não suportar algumas atitudes dos pais, tais como, maltratar os empregados.

19 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS  Emílio e Emir  irmãos de Emile  Emir se suicida em Manaus.

20 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS  Marido de Emilie  o pai da família que não é nominado pelo autor  vive sempre quieto, solitário e lendo o Alcorão.

21 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS  Hindié Conceição  amiga, vizinha e confidente de Emilie.

22 OS PERSONAGENS Relato de um certo Oriente: OS PERSONAGENS  Anastácia Socorro  empregada e lavadeira de Emilie.

23 Enredo: Relato de um certo Oriente  Tema bastante comum: a família e seus dramas.  A memória, a identidade e a reconstituição de lembranças são os temas deste romance.  Retrata as dificuldades presentes na convivência diária de familiares e amigos, seus segredos e diferentes comportamentos.

24 Enredo: Relato de um certo Oriente  O romance mostra que o refúgio da memória é a interioridade do indivíduo, reduzido e isolado na sua própria história, quase que incomunicável com outro mundo que não seja o dele.  A personagem protagonista de Relato de um certo Oriente consegue, por meio da rememoração de seu passado e com a ajuda das lembranças de outros, enriquecer sua vida, dar sentido e valor à sua origem.

25 Enredo: Relato de um certo Oriente  (Re)Constrói o passado de forma interessante, pois a narradora utiliza de diferentes recursos para reanimá- lo: odores, vozes, lugares.  A obra é um relato composto de outros relatos (metarrelatos), distribuídos em oito capítulos.  Eles se assemelham ou resgatam a forma oral do narrar.

26 Enredo: Relato de um certo Oriente  Uma história é evocada para completar outras à medida que é um ou outro narrador quem detém a posse de certa informação. Tal informação vai esclarecer uma outra apontada anteriormente (uso da anáfora), ou outra que ainda virá (uso da catáfora).  Fala-se em narrativa de encaixe porque se vão reunindo pequenos relatos para que o todo se completo.

27 Enredo: Relato de um certo Oriente  A trama se passa numa cidade marcada pelo hibridismo cultural e atravessada pelas ideias de fronteira e trânsito: Manaus, uma capital que se separa da floresta pelas águas fluviais e se situa num estado que faz divisa com três outros países.

28 Enredo: Relato de um certo Oriente  Manaus também é a cidade natal do escritor.  No livro, estão presentes a diversidade de costumes, línguas, e a convivência entre indivíduos de diferentes nacionalidades.


Carregar ppt "RELATO DE UM CERTO ORIENTE AUTOR: MILTON HATOUM _ORIENTE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google