A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Esteatose – Esteato Hepatite Não Alcoólica

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Esteatose – Esteato Hepatite Não Alcoólica"— Transcrição da apresentação:

1 Esteatose – Esteato Hepatite Não Alcoólica

2 Conceito Doença Hepática Gordurosa Não Alcoólica – DHGNA a
Evidencia de esteatose hepática por imagem ou histologia Ausência de fatores para acúmulo secundário de gordura como: álcool, medicamentos esteatogênicos ou doenças metabólicas(Guideline) Epidemia mundial Forma mais comum de doença hepática Evolução: esteato-hepatite, fibrose, cirrose, carcinoma hepatocelular em pctes sem histórias de etilismo “doença do mundo moderno” a

3 Epidemiologia 10 a 40% população Obesos: 50 a 75%
Obesos: > risco de EHNA 10% Síndrome Metabólica

4 Síndrome Metabólica PAS > 130 e/ou PAD > 85
Triglicerides > 150 HDL < 40 H / < 50 M Glicemia > 100 CA > 90 H / 80 M

5 Etiologia e Etiopatogenia
Ainda não bem esclarecida Multifatorial – relacionada a obesidade, DM tipo II, resistência a insulina, dislipidemia e hipertensão. Excesso de triglicérides > Resistencia a insulina > microbiota intestinal > lipólise > estresse oxidativo > esteato-hepatite > fibrose hepática > cirrose > carcinoma hepatocelular Microbiota intestinal X álcool endógeno EHNA

6 Etiologia e Etiopatogenia
Fatores de Risco: Dist. Metabolicos: obesidade, diabetes, resist. A insulina, dislipidemias, nutrição parenteral, perda de peso rápido Drogas: corticoides, estrogênios, amiodarona, bloq. Canis de cálcio, salicilatos, tetraciclinas, metrotrexato Doenças hereditárias: homocistinuria, lipodistrofia, hiperproteinemias, doença de Wilson Cirurgicos: bariátricas, by-pass jejunoileal Outros: toxinas, diverticulose, desnutrição, DII, HIV

7 Quadro clínico Historia clínica e exame físico:
Inicialmente assintomática Fadiga, desconforto no HcD, perda de peso, astenia, dispepsia Sobrepeso: IMC > 25 Kg/m², adiposidade visceral Aumento do TGP, DM, HAS Hepatomegalia Esplenomegalia Aranhas vasculares, ginecomastia, eritema palmar

8 Quadro clínico Diagnóstico: Laboratorial Imagem
Aumento moderado das aminotransferases ALT > AST Evolução: AST>ALT, GGT, plaquetas Diag. de exclusão: marcadores virais, ceruloplasmina, ferritina, IST, auto-anticorpos, atc para D. celíaca Imagem US, TC e RNM Fibroscan – ainda sem respaldo Espectroscopia por RNM Biópsias hepática

9 Diagnóstico Diagnóstico: Biópsias hepática “Padrão ouro”
Diag. de certeza Avaliação da gravidade Dúvidas diagnósticas Diferencia DHGNA de DHA Balonização, inflamação lobular, fibrose

10 Tratamento Porque tratar ? Evolução para CH e CHC
Mortalidade global maior que população controle Alta tx de mortalidade por doença cardiovascular Mortalidade elevada associada à falência hepática

11 Tratamento Atividade física: aeróbica 50 min, 5 x semana
Controle obesidade, DM e dislipidemias Sinvastatina, genfibrozila e fenofibrato Tratamento da resistência à insulina Glitazona e metformina( pode induzir a deficiência de Vit. B12 ) Redução consumo de álcool Cirurgia bariátrica: evitar by-pass Drogas específicas - EHNA: Vitamina E 800UI/ dia – antioxidante ( é a que mais protege o paciente da fibrose ) Pioglitazona ( Ca bexiga ) Probióticos Ácido ursodesoxicólico – Ursacol 150 e 300mg

12 Obrigado!


Carregar ppt "Esteatose – Esteato Hepatite Não Alcoólica"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google