A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Distensibilidade Vascular Elisa de Almeida Tito Araújo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Distensibilidade Vascular Elisa de Almeida Tito Araújo."— Transcrição da apresentação:

1 Distensibilidade Vascular Elisa de Almeida Tito Araújo

2 Pressão X Tensão P = F P = F A Força do sangue sobre a parede do vaso Força do sangue sobre a parede do vaso T = F r Força que a parede faz sobre o vaso

3 Lei de Laplace T = P X r T = P X r Toda vez que alterar a pressão ou o raio, a tensão também varia, pois são diretamente proporcionais. Toda vez que alterar a pressão ou o raio, a tensão também varia, pois são diretamente proporcionais.

4 Aneurisma Dilatação na parede do vaso, aumentando o raio Dilatação na parede do vaso, aumentando o raio Aumenta a pressão porque o fluxo é turbulento Aumenta a pressão porque o fluxo é turbulento Aumenta a tensão para não deixar o vaso estourar Aumenta a tensão para não deixar o vaso estourar

5 Distensibilidade vascular É a capacidade que os vasos sangüíneos possuem de aumentar seu diâmetro em resposta a um aumento de pressão, diminuindo a resistência interna do vaso e,conseqüentemente, aumentando o fluxo sangüíneo. É a capacidade que os vasos sangüíneos possuem de aumentar seu diâmetro em resposta a um aumento de pressão, diminuindo a resistência interna do vaso e,conseqüentemente, aumentando o fluxo sangüíneo. Todos os vasos sangüíneos são distensíveis. Todos os vasos sangüíneos são distensíveis.

6 Unidades de Distensibilidade Vascular É expressa como o aumento fracional do volume para cada aumento da pressão de 1mmHg: Distensibilidade = aumento de volume_______ vascular aumento de pressão X volume original vascular aumento de pressão X volume original

7 Histologia Artéria X Veia

8

9 Distensibilidade X Elasticidade Capacidade do vaso de aumentar seu volume, ou seja, de se distender. Capacidade do vaso de aumentar seu volume, ou seja, de se distender. Capacidade do vaso de voltar ao normal depois de se distender.

10 Varizes Varizes Ocorrem em veias que se distendem e não voltam porque não tiveram elasticidade suficiente. Ocorrem em veias que se distendem e não voltam porque não tiveram elasticidade suficiente. O sangue acumula porque as válvulas ficam mais afastadas graças à distensão. O sangue acumula porque as válvulas ficam mais afastadas graças à distensão. Meias elásticas: conferem elasticidade para as veias. Meias elásticas: conferem elasticidade para as veias.

11 Complacência (Capacitância) Quantidade total de sangue que pode ser armazenada em um vaso para cada 1mmHg de aumento de pressão. Complacência vascular = aumento de volume aumento de pressão aumento de pressão

12 Capacitância X Distensibilidade Um vaso altamente distensível, mas de volume pequeno, tem a capacidade de armazenar menos sangue do que um vaso menos distensível mas de maior volume. Capacitância = Distensibilidade X Volume

13 Distensibilidade e Capacitância das Artérias A distensibilidade das artéria permite acomodar o débito pulsátil do coração, uniformizando as pulsações da pressão e mantendo o fluxo sangüíneo uniforme e contínuo. A distensibilidade das artéria permite acomodar o débito pulsátil do coração, uniformizando as pulsações da pressão e mantendo o fluxo sangüíneo uniforme e contínuo. Quanto menor for a capacitância do sistema arterial, maior será a elevação da pressão para determinado débito sistólico de sangue bombeado para as artérias. Quanto menor for a capacitância do sistema arterial, maior será a elevação da pressão para determinado débito sistólico de sangue bombeado para as artérias.

14 Arteriosclerose Artéria ficam endurecidas devido ao crescimento de placas ateromatosas, tornando-se relativamente não- complacentes, o que aumenta em muito a pressão de pulso.

15 Tipos de Vasos Vasos de Condutância: conduzem sangue do coração para a periferia do corpo. Vasos de Condutância: conduzem sangue do coração para a periferia do corpo. Vasos de Capacitância: armazenam sangue por serem mais distensíveis. Vasos de Capacitância: armazenam sangue por serem mais distensíveis. : oferecem resistência ao sangue por serem finos. Vasos de Resistência: oferecem resistência ao sangue por serem finos. : fazem trocas de nutrientes com as células dos tecidos. Vasos de Trocas: fazem trocas de nutrientes com as células dos tecidos.

16 Complacência Retardada O vaso exposto a volume aumentado exibe, primeiramente, grande aumento da pressão, mas o estiramento progressivo retardado da parede do vaso permite que a pressão retorne ao normal dentro de um período que vai de minutos a horas.

17 Circulação Pulmonar A distensibilidade das veias pulmonares é semelhante a das veias da circulação sistêmica. A distensibilidade das veias pulmonares é semelhante a das veias da circulação sistêmica. As artérias pulmonares atuam sobre uma pressão 1/6 menor que as artérias da circulação sistêmica e suas distensibilidades são 6 vezes maiores do que as das artérias sistêmicas. As artérias pulmonares atuam sobre uma pressão 1/6 menor que as artérias da circulação sistêmica e suas distensibilidades são 6 vezes maiores do que as das artérias sistêmicas.

18 Referências Bibliográficas Guyton A. C., Hall J. E.:Tratado de Fisiologia Médica,10ª ed. Guanabara Koogan, Guyton A. C., Hall J. E.:Tratado de Fisiologia Médica,10ª ed. Guanabara Koogan, Junqueira L. C., Carneiro J.: Histologia Básica, 10ª ed. Guanabara Koogan, Junqueira L. C., Carneiro J.: Histologia Básica, 10ª ed. Guanabara Koogan,


Carregar ppt "Distensibilidade Vascular Elisa de Almeida Tito Araújo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google