A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 1 de 14 Quem é o Servo Sofredor em “Isaías 53”? Parte I – A Interpretação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 1 de 14 Quem é o Servo Sofredor em “Isaías 53”? Parte I – A Interpretação."— Transcrição da apresentação:

1 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 1 de 14 Quem é o Servo Sofredor em “Isaías 53”? Parte I – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Lição Anti-Missionária Por Uri Yosef, Ph.D., Director of Education Virtual Yeshiva of the Messiah Truth Project, Inc. [O artigo discutido nesta apresentação - ]http://thejewishhome.org/counter-pt/Isaias53PrtI.pdf Copyright © Uri Yosef 2011 for the Messiah Truth Project, Inc. Tradução: Renato Santos Grun Todos os direitos reservados Educação Anti-Missionária

2 Introdução O teste de nossa hipótese continua na Fase de Validação do Método Científico com a análise versículo por versículo do Segmento 3 - Isaías 53:5-8. No Segmento 1 a "voz" de D’us nos diz sobre o futuro status de Israel e sua influência no mundo. No Segmento 2 uma mudança de "voz" ocorre, projetando-nos para a futura era messiânica, onde os líderes das nações testemunham os acontecimentos, começam a refletir sobre sua atitude e conduta passado para com o povo judeu. Eles agora percebem que suas percepções antigas sobre Israel eram completamente diferente do que eles estão vendo agora, e começam a compreender o seu papel no sofrimento de Israel através dos anos de submissão a eles. Como veremos, essa "revelação e realização" continua no segmento 3. Hipótese: Israel é o servo no Quarto Cântico do Servo. (“Isaías 53”) 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 2 de 14

3 Segmento 3 – Isaías 53:5-8 A tradução da versão King James apresenta indicações para passagens cruzadas no Novo Testamento. Essas referências são retiradas da New American Standard Bible (NASB). No entanto, as passagens correspondentes abaixo da tabela são citados a partir das traduções em língua portuguesa para consistência. 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 3 de 14

4 Segmento 3 – Isaiah 53:5-8 Referências cruzadas das passagens da tabela no Slide 3 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 4 de 14

5 Testando a Hipótese: Segmento 3 Fase de Verificação Quem está falando?O “eu-lírico” dos líderes das nações. Qual é a mensagem?As nações percebem que sua própria doença e pecado tornaram-se um veículo para oprimir o povo judeu ao longo dos anos, e não castigo divino contra Israel para seu próprio comportamento pecaminoso (Jeremias 10:25, 50:7). Na Era Messiânica, as nações também serão beneficiadas - serão curadas de sua doença (o antissemitismo, a idolatria e outras abominações. O sofrimento de Israel, que eles tenham infligido, acabará por levar a redenção do mundo, da qual as nações também serão beneficiadas. 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 5 de 14

6 Testando a Hipótese: Segmento 3 (continuação) A análise dos erros de tradução destacadas nesta passagem e sua resolução: As expressões e e não são intercambiáveis [as preposições hebraicas correspondentes para os dois casos são מִ-\מֵ- (mei-\mi-); ambas são abreviações da preposição מִן ( MIN ), significando de, por causa]. O sofrimento de Israel deveu-se às ações pecaminosas das nações, e não a expiação vicária que expiavam seus pecados. O substantivo composto hebraico חֲבוּרָה (havu RAH ) aparece na versão cristã como, i.e., golpes ou pancadas, como transmitidos por um chicote, enquanto a tradução judaica tem. por causa pelas feridas ferimentos 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 6 de 14

7 Testando a Hipótese: Segmento 3 (continuação) A análise dos erros de tradução destacadas nesta passagem (continuação): Para a frase hebraica, que é uma expressão idiomática a versão cristã tem, onde a tradução judaica tem. A primeira palavra na frase em hebraico, נִרְפָּא (nir PA ), está na 3 ª pessoa, singular, masculino, passado conjugação da raíz verbal רפא ( RESH - FEI - ALEF ), geralmente aplicado no contexto de curar, do tronco nif‘ AL (reflexivo e passivo do tronco simples QAL, dos verbos hebraicos), dando o significado de [ele] foi curado. A segunda palavra na frase hebraica, לָנוּ ( LA nu), significa para/por nós. Portanto, a tradução literal da frase é [ele] foi curado por nós, referindo-se a uma enfermidade, de onde a expressão idiomática obtém o significado. Claramente, a tradução cristã é um erro em todos os aspectos e que, infelizmente, pende na direção do ponto de vista cristão. fomos sarados fomos curados נִרְפָּא־לָנוּ  Pergunta: Israel (como servo de D’us) se encaixa em Isaías 53:5?  Resposta : SIM! fomos curados. 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 7 de 14

8 Testando a Hipótese: Segmento 3 (continuação) Quem está falando? O “eu-lírico” dos líderes das nações. Qual é a mensagem? D’us muitas vezes usaou nações como Sua "vara da disciplina" para punir Israel, mas eles abusaram de sua missão específica, fazendo Israel sofrer mais do que era necessário (por exemplo, Isaías 10:5, Habacuque 1:12). Alternativamente, as nações, como ovelhas perdidas, deixaram o caminho de sua missão designada para fazer o que queria e, por isso, o povo judeu orou e intercedeu em seu nome (por exemplo, Jeremias 29:7). O verbo הִפְגּיעַ ( hif GI 'a ), está na 3 ª pessoa, singular, masculino, passado, conjugação da raíz verbal פּגע ( PEH - GI mel- A yin) do tronco hif‘ IL (a forma causal ativa do verbo hebraico). Este verbo tem o uso comum no contexto de bater, infligir, insultar, e aplicações menos comuns no contexto de rezar, pedir, [suplicar (por exemplo, Gênesis 23:8, Isaías 53:12, 59:16, Jeremias 7:16, 27:18, Jó 21:15 e Rute 1:16) 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 8 de 14  Pergunta: Israel (como servo de D’us) se encaixa em Isaías 53:6?  Resposta : SIM!

9 Testando a Hipótese: Segmento 3 (continuação)  Pergunta: Israel (como servo de D’us) se encaixa em Isaías 53:7?  Resposta : SIM! Quem está falando? O “eu-lírico” dos líderes das nações. Qual é a mensagem? Os judeus foram massacrados como ovelhas destinadas ao matadouro, um simbolismo comum na Bíblia Hebraica (por exemplo, Zacarias 11:4-7, Salmo 44:12,23). Salmo 44, em particular, retrata uma nação em perigo, a opressão recorrente e a perseguição de Israel no exílio, mantendo-se sempre fiel a D’us, suplicando por forças para suportar essas condições até a redenção final. 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 9 de 14

10 Testando a Hipótese: Segmento 3 (continuação) Quem está falando? O “eu-lírico” dos líderes das nações. Qual é a mensagem? A mudança de atitude das nações ocorre em Isaías 53:4-7 culminando com cada líder das nações reconhecendo como as iniqüidades de sua própria nação infligiu o sofrimento em Israel, um povo que sobreviveu as muitas expulsões da "terra dos vivos", frase usada na Bíblia Hebraica, em referência à "Terra de Israel" (por exemplo, Ezequiel 26:20,32:23,24,25,26,27,32), e todos os tratamentos desiguais e injustos no exílio. 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 10 de 14

11 Testando a Hipótese: Segmento 3 (continuação) Análise da tradução errada em destaque nesta passagem e sua resolução: 1.As expressões e não são intercambiáveis aqui, como no v. 5 (vide #1 na página 6). 2.A palavra (la MO ) é traduzida como na tradução judaica e como na tradução cristã. Esta palavra é, na verdade, uma forma poética e sinônima do pronome hebraico לָהֶם (la HEM ), que significa, eles/eles mesmos, para eles/eles (mesmos)/, a eles/mesmos, & eles [tem]. Esta forma do pronome ocorre 55 vezes na Bíblia Hebraica. לָמוֹ eles ele 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 11 de 14 por causa pela

12 Testando a Hipótese: Segmento 3 (continuação) Os 11 casos no Livro de Isaías são mostrados com suas respectivas traduções judaicas e cristãs: O exemplo em Isaías 44:15 é um pouco ambíguo, embora uma análise do versículo no contexto do texto em torno dele, e o fato de que a palavra hebraica פֶּסֶל ( PE sel), ídolo, é um substantivo composto, resolve essa ambiguidade. 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 12 de 14

13 Testando a Hipótese: Segmento 3 (continuação) Existe uma evidência adicional, a partir de fontes de referência padrão sobre o significado de לָמוֹ. Evidência de um dicionário Hebraico-Hebraico Evidência de um dicionário Português-Hebraico  Pergunta: Israel (como servo de D’us) se encaixa em Isaías 53:8?  Resposta : SIM! 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 13 de 14

14 Sumário – Segmento 3: Isaías 53:5-8 Nossa hipótese: Resultados dos testes verso-a-verso: Hipótese: Israel é o servo no Quarto Cântico do Servo. (“Isaías 53”) 31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 14 de 14


Carregar ppt "31 de Março de 2011Isaías 53 – A Interpretação Judaica: Válida ou Não? Página 1 de 14 Quem é o Servo Sofredor em “Isaías 53”? Parte I – A Interpretação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google