A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Segurança do Trabalho ERGONOMIA NR 17. Para entender o que é ergonomia: A definição oficial de Ergonomia é a seguinte: "A ergonomia é o estudo científico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Segurança do Trabalho ERGONOMIA NR 17. Para entender o que é ergonomia: A definição oficial de Ergonomia é a seguinte: "A ergonomia é o estudo científico."— Transcrição da apresentação:

1 Segurança do Trabalho ERGONOMIA NR 17

2 Para entender o que é ergonomia: A definição oficial de Ergonomia é a seguinte: "A ergonomia é o estudo científico da relação entre o homem e seus meios, métodos e espaço de trabalho. Seu objetivo é elaborar, mediante a contribuição de diversas disciplinas científicas que a compõem, um corpo de conhecimentos que, dentro de uma perspectiva de aplicação, deve resultar numa melhor adaptação ao homem dos meios tecnológicos e dos ambientes de trabalho e de vida." (Congresso Internacional de Ergonomia, 1969)

3 . Técnicos: tipo de tecnologia, ferramentas, máquinas, equipamentos, softwares, manutenção…; Humanos: características e limitações físicas e cognitivas (mentais), perfil da população de trabalhadores, capacitação, experiência na função, critérios para contratação, aspectos sociais…; Organizacionais: organização do trabalho, políticas da empresa, características da produção, layout, metas, exigências das tarefas, condições de execução, normas e procedimentos…; Ambientais: iluminação, ruído, temperatura, etc.

4 A pesquisa foi desenvolvida na cozinha de uma escola.

5 A pesquisa foi desenvolvida no turno da tarde que tem início às 14hs.

6 Funcionária 1: Vanda Maria Quintanilha Santana, 53 anos, casada, casa própria, 3 filhos, contratada. Trabalha há 21 anos como merendeira, não tem problemas com excesso de obesidade. Carga horária: 14hs às 20hs

7 Funcionária 2: Erica Cláudia Freitas Mendes, 31 anos, casada, casa própria, 3 filhos, contratada. Trabalha há 2 anos como merendeira,está um pouco acima do peso e tem dificuldades para perder peso. Carga horária: 15hs às 21hs

8 Funcionária 3: Maria Lúcia Lima da Silva, 55 anos, solteira, casa própria, 3 filhos, concursada. Trabalha há 8 anos e 6 meses como merendeira, não tem problemas com obesidade. Carga horária: 15hs às 21hs

9 Sentem alguma dor,tem alguma doença gerada pelo trabalho? Funcionária 1:Sente dor no punho, dormência nas mãos, dores nos pés e dores nas costas. As doenças estão aparecendo agora, ainda não foi ao médico para diagnosticar. Funcionária 2:Não sente dores. Não tem doenças do trabalho. Funcionária 3: Sente dores nas costas, dormência nas mãos. Quando começou a trabalhar como merendeira já tinha Bico de papagaio e agravou e as dores que sente ainda não foi ao médico para ver o que são.

10 Tem algum afastamento durante o mês? Funcionária 1: Nunca pegou um atestado. Funcionária 2: Durante 2 anos só deu um atestado por doença dos filhos. Funcionária 3: Média de 1 atestado a cada 4 meses.

11 Onde ficam os materiais cortantes, tem condições adequadas para cortar os alimentos? São guardados junto com as colheres grandes dentro de um balde. São cortadas sobre o balcão. Medidas: Ter uma gaveta somente para guardar materiais cortantes.

12 Conhece os produtos de limpeza, quais são e como é feita a limpeza? Possuem uniformes? Todas utilizam sabão em pó e cloro. Não é fornecido luvas para limpeza. Receberam apenas uma muda de uniforme cada uma.

13 O ambiente é arejado ou quente? É arejado pois possui duas janelas que passa corrente de ar. Possui também um ventilador. A iluminação é adequada? Para elas a iluminação está boa.

14 Se tem extintor e se sabem utilizar: Possui um extintor com selo de vistoria e está em boas condições e na validade. Para fogo de classe A. Funcionária 1: Não sabe manusear, pois nunca teve orientações. Funcionária 2: Sabe manusear o extintor, mas aprendeu no seu antigo trabalho. Funcionária 3: Não sabe manusear.

15 Há algum acompanhamento de nutricionistas, médico ou fisioterapeutas? Tem apenas acompanhamento de nutricionistas. Quanto pesa as panelas? (+ ou -) As panelas vazias pesam em média de 2kg e com alimentos chegam em média aos 8kg.

16 Há manutenção dos equipamentos como canos e fogão. E como é o espaço de trabalho. Possui exaustor? Sempre há manutenção de canos, fogão e parte elétrica. O espaço é bom para trabalhar conseguem se movimentar bem sem ter que ficar esbarrando uma na outra. Não possui sistema de exaustão pois é arejada.

17 A altura da pia, das bancadas e dos armários são adequadas? Funcionária 1: Para ela a altura está boa, consegue fazer tudo normalmente. Os armários apesar de serem no baixo, não há dificuldade para pegar as coisas. Funcionária 2: Para ela a bancada e a pia são baixas. Funcionária 3: Para ela as bancadas e a pia são um pouco altos.

18

19 Como fazem para tirar as panelas do fogão para passá-las para a bancada? Sempre pegam as panelas em 2 pessoas.

20 Observações e medidas conforme a NR 17.  Iluminação: a cozinha possui apenas uma lâmpada, mas como possui a iluminação do refeitório elas não reclamam. Porém não é uma iluminação uniformemente distribuída, conforme trata na NR  O fogão não é novo, mas como sempre há manutenção está em condições para uso, não agravando riscos de acidentes.

21 O transporte de panelas é feito por mais de uma pessoa, conforme NR  Conforme a NR sempre que puder o trabalho deve ser executado na posição sentada. Quando podem elas executam dessa forma, porém a maior parte do tempo executa o trabalho em pé.

22

23

24  Na cozinha não há ruídos no ambiente gerando boas condições, conforme a NR Há calor só perto do fogão o que é inevitável.

25 .  Os riscos expostos constantemente são: Ergonômico, Físico, Acidente e biológico. Risco químico apenas quando manuseiam produtos para limpeza do ambiente e lavando louças. Medidas: Para evitar o contato direto com os produtos deveriam utilizar luvas de borracha.

26 .  O ambiente de trabalho não tem como seguir o perfil psicofisiológico dos trabalhadores, pois as funcionárias possuem perfis diferentes, conforme a NR Medidas: As bancadas e pias poderiam ser um pouco mais altas para quem for mais alto e ter um apoio para que as mais baixas possam subir e ficarem na altura certa. Outra medida seria como possui duas pias poderia ser uma de cada altura, atendendo assim o perfil das funcionárias.

27 .  Não há organização do trabalho de acordo com o perfil psicofisiológico, conforme a NR 17.6, todas fazem a todas as funções. Fazem de tudo, pois tem que estar tudo pronto na hora certa, tem horário a cumprir. O lanche tem que estar pronto às 15h30min e o jantar às 20hs. Até tudo ficar pronto o ritmo é acelerado.

28 .  As funcionárias possuem banheiro com chuveiro e condições para atendê-las, conforme a NR 17 anexo II, 7.condições sanitárias de conforto(7.1)

29 .  O tanque para lavar panelas é inadequado, o tanque é grande e as torneiras são pequenas. Elas ficam em posição que provoca dor na coluna. E as condições sanitárias não são adequadas. Medidas: As torneiras deveriam se mais próximas e maiores, assim poderiam fazer suas funções sem ter que se curvar para frente. Ter a limpeza correta.

30

31 .  Todas usam toucas na cozinha como EPI o que também se torna um EPC, pois assim protege também as outras pessoas de cabelos na comida.

32 .  Apesar do espaço da cozinha ser bom, não é bem distribuído. Para limpar frango, por exemplo, a funcionária faz isso no tanque de lavar panelas o que não é correto( risco biológico) porém ela alega que não tem espaço para faze-lo dentro da cozinha. Medidas: modificar uma das bancadas e aumenta-la para que esse tipo de tarefa possa ser feito dentro da cozinha. Gerando assim condições de trabalho, conforme NR 17.5

33

34 .  A cozinha não possui um kit de primeiros socorros, todas as funcionárias relataram que já sofreram cortes e queimaduras e não tiveram nada para passar ou colocar de imediato nos ferimentos. Medidas: possuir um pequeno kit para que quando houver pequenos cortes ou queimaduras, possam cuidar de imediato como pomada para queimaduras, gases, esparadrapos, etc.

35  A bancada onde são colocadas as panelas para servir a comida é muito baixa para todas as funcionárias. Medidas: A bancada por ser muito baixa para qualquer pessoa deveria passar por uma reforma e ser aumentada, para que não cause dores lombares.

36 .  Em relação aos extintores seria adequado que as funcionárias tivessem um treinamento de como manuseá-lo, pois são elas que estão no local e caso ocorra algo elas estão dentro do local.

37 .  Ter acompanhamento médico e de fisioterapeutas, ensinar ginástica laboral para que evite dores por movimentos repetitivos e o médico possa fazer medição da pressão.

38 . Dificilmente são encontrados ambientes que estejam totalmente dentro das normas, mas alguns locais, como esta cozinha, com alguns ajustes podem se tornar um local onde as funcionárias poderiam trabalhar com mais conforto, pois apesar de ser apenas uma jornada de 6 horas diárias é um trabalho que exige muito das funcionárias.

39 Depoimento: Merendeira de outra escola. Isabel S. dos Santos é merendeira há 10 anos, concursada em Búzios. Com o passar dos anos foram aparecendo doenças causadas geradas pelo trabalho como dores na coluna, síndrome do túnel de carpo e tendinite. Hoje ela passa por inúmeras sessões de fisioterapia por conta da síndrome do túnel de carpo o que não gera muito resultado, pois não deixa de exercer suas funções. Como seu problema está se agravando logo será desviada de função ou submetida a uma cirurgia.

40 Ginástica laboral


Carregar ppt "Segurança do Trabalho ERGONOMIA NR 17. Para entender o que é ergonomia: A definição oficial de Ergonomia é a seguinte: "A ergonomia é o estudo científico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google