A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 1 Quantos somos e onde vivemos. DELFIM MARTINS/PULSAR JUCA MARTINS/OLHAR IMAGEM O que você já sabe População brasileira Colheita de tabaco (RS) Família.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 1 Quantos somos e onde vivemos. DELFIM MARTINS/PULSAR JUCA MARTINS/OLHAR IMAGEM O que você já sabe População brasileira Colheita de tabaco (RS) Família."— Transcrição da apresentação:

1 1 1 Quantos somos e onde vivemos

2 DELFIM MARTINS/PULSAR JUCA MARTINS/OLHAR IMAGEM O que você já sabe População brasileira Colheita de tabaco (RS) Família caiçara (RN) 1 2

3 População brasileira O que você já sabe 3 MARCELO SOKAL/FERRO FOTOS Rua comercial, Itajaí (SC) 4 PAULO LIEBERT/AE Membros de família do quilombo Cafundó, Salto do Pirapora (SP)

4 LUIZ ABREU/NEXTFOTO JUCA MARTINS/PULSAR O que você já sabe População brasileira Fábrica de plástico, Igaratiba (SP)Moradores de rua, Porto Alegre (RS) 56

5 1. Quantos somos e onde vivemos Países mais populosos do mundo

6 Para calcularmos a densidade demográfica de uma localidade, dividimos o número da população pela extensão territorial. 1. Quantos somos e onde vivemos Pesquisas sobre população

7 1. Quantos somos e onde vivemos Crescimento da população brasileira

8 1. Quantos somos e onde vivemos Distribuição da população pelo território

9 A atual distribuição da população brasileira reflete a desigualdade econômica entre as regiões. 1. Quantos somos e onde vivemos Brasil: população, área e densidade demográfica por região

10 Distribuição da população por estado 1. Quantos somos e onde vivemos Dados de 2000

11  Até o século XIX: baixo crescimento populacional devido à elevada taxa de mortalidade  Fim do século XIX até meados do XX: o crescimento populacional intensificou-se por causa dos fluxos migratórios e das altas taxas de natalidade. 1. Quantos somos e onde vivemos Desenvolvimento demográfico brasileiro Taxa de crescimento da população brasileira, de 1970 a 2000  Fim do século XX até os dias atuais: diminuição no ritmo de crescimento populacional, principalmente pelo uso de métodos contraceptivos e pelas mudanças socioeconômicas.

12 A pirâmide etária é um tipo de gráfico que representa os dados do crescimento da população masculina e feminina por idades. 1. Quantos somos e onde vivemos Pirâmide etária

13 1. Quantos somos e onde vivemos Leia o mapa

14 A taxa de crescimento vegetativo de uma região ou país é a diferença entre as taxas de natalidade e de mortalidade. Ela é considerada um dos fatores de medição do desenvolvimento 1. Quantos somos e onde vivemos Leia o gráfico

15 2 2 Diversidade da população brasileira

16 2. Diversidade da população brasileira Canta Brasil As selvas te deram nas noites teus ritmos bárbaros Os negros trouxeram de longe reservas de pranto Os brancos falavam de amores em suas canções E dessa mistura de vozes nasceu o teu canto Alcir Pires Vermelho/David Nasser. Canta Brasil. In: Meu nome é Gal. Universal Music, Mistura étnica

17 HAROLDO PALO JR. Parte da população indígena brasileira vive em áreas protegidas demarcadas pela União. TUCA VIEIRA/FOLHA IMAGEM Há indígenas que vivem aculturados nas cidades, muitos em precárias condições de vida. 2. Diversidade da população brasileira Indígenas

18 2. Diversidade da população brasileira Africanos STEFAN KOLUMBAN/PULSAR IMAGENS Capoeira: arte marcial brasileira de raízes africanas

19 2. Diversidade da população brasileira Comunidades remanescentes de quilombos

20 COLEÇÃO GAENSLY & UNDEMANN 2. Diversidade da população brasileira Imigração para o Brasil O navio San Gottardo chega a Santos trazendo imigrantes italianos no final do século XIX.

21 2. Diversidade da população brasileira Portugueses Cavalhada na Festa do Divino, Pirenópolis (GO): tradição portuguesa no Brasil DELFIM MARTINS/PULSAR IMAGENS

22 2. Diversidade da população brasileira Italianos Festa de Nossa Senhora Achiropita: tradição italiana em São Paulo desde 1926 FERNANDO MORAES/EDITORA ABRIL

23 ROSICLER RIEGER/FERRO FOTOS Pomerode (SC): ‏ influência arquitetônica dos imigrantes alemães 2. Diversidade da população brasileira Alemães

24 2. Diversidade da população brasileira Japoneses Bairro da Liberdade, núcleo da colônia japonesa na capital paulista JUCA MARTINS/OLHAR IMAGEM

25 2. Diversidade da população brasileira Eslavos LEONID STRAELIAEV/NEXTFOTO Dança típica polonesa, Guarani das Missões (RS)

26 2. Diversidade da população brasileira Árabes Mesquita árabe na cidade de São Paulo (SP) GUSTAVO ROTH/FOLHA IMAGEM

27 2. Diversidade da população brasileira Outras correntes migratórias Vista geral do departamento de imigração e colonização em 1911 MEMORIAL DO IMIGRANTE

28 2. Diversidade da população brasileira Distribuição da população segundo a cor

29 3 3 Os movimentos migratórios no Brasil

30 3. Os movimentos migratórios no Brasil O que é migração e por que as pessoas migram O meu pai era paulista Meu avô, pernambucano O meu bisavô, mineiro Meu tataravô, baiano… Chico Buarque. Paratodos. BMG Ariola, NETFALLS/SHUTTERSTOCK

31 3. Os movimentos migratórios no Brasil Migrações NOREBBO/SHUTTERSTOCK

32 3. Os movimentos migratórios no Brasil Migração externa: imigração no Brasil A feira dominical na praça Kantuta, na capital paulista, reúne muitos bolivianos. LULUDI/ÉPOCA/EDITORA GLOBO

33 3. Os movimentos migratórios no Brasil Migração externa: emigração brasileira

34 3. Os movimentos migratórios no Brasil Migração interna ( )

35 3. Os movimentos migratórios no Brasil Migração interna ( ) Tabela de estados com o maior número de migrantes em 2004

36 O principal movimento migratório interno no Brasil, ao longo de várias décadas, se deu do campo para a cidade. Esse movimento é denominado êxodo rural. 3. Os movimentos migratórios no Brasil Migração interna: êxodo rural

37 CLAUS MEYER/TYBA  Migração temporária é o deslocamento populacional que ocorre em certos períodos do ano para lugares onde há trabalhos temporários.  Migração pendular é o movimento diário de vaivém da população que se desloca da periferia para o centro de uma cidade, e vice-versa. 3. Os movimentos migratórios no Brasil Migrações temporária e pendular Muitos projetos agrícolas fracassaram na tentativa de ocupar a Amazônia. Isso aconteceu porque o solo, após o desmatamento, tornou-se improdutivo.

38 3. Os movimentos migratórios no Brasil Aplique seu conhecimento

39 MAURICIO SIMONETTI/PULSAR ALAOR FILHO/AE 3. Os movimentos migratórios no Brasil Leia as fotos

40 4 4 A população e o trabalho no Brasil

41 4. A população e o trabalho no Brasil População Economicamente Ativa (PEA) Segundo o IBGE, fazem parte da PEA as pessoas que possuem entre 10 e 65 anos de idade e que estão trabalhando ou procurando emprego. Na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2005, os dados revelaram que o Brasil tinha 96 milhões de pessoas compondo a PEA (54,3 milhões de homens e 41,7 de mulheres).

42 4. A população e o trabalho no Brasil A mulher no mercado de trabalho Cerca de 20% das mulheres brasileiras encontram-se fora da PEA, fazendo trabalhos domésticos. ZE ZUPPANI/PULSAR IMAGENS

43 4. A população e o trabalho no Brasil A PEA e a distribuição de renda

44 RICARDO AZOURY/OLHAR IMAGEM 4. A população e o trabalho no Brasil O desemprego e seus fatores Os fatores conjunturais estão ligados às crises econômicas. Nos períodos recessivos, há queda na produção e perda de vários postos de trabalho. Os fatores estruturais correspondem aos avanços tecnológicos que substituem a mão de obra humana por máquinas e robôs. IRMO CELSO/EDITORA ABRIL

45 OPÇÃO BRASIL A mecanização e a automação dos processos produtivos fazem desaparecer algumas profissões e dão origem a outras. 4. A população e o trabalho no Brasil Novas profissões

46 JUCA MARTINS/OLHAR IMAGES 4. A população e o trabalho no Brasil Trabalho na economia informal Camelô expondo diversos produtos na calçada, São Paulo (SP)

47 ANTONIO GALDÉRIO/FOLHA IMAGEM Meninos garimpeiros (RO) 4. A população e o trabalho no Brasil Trabalho infantil: região Norte Total de crianças (5 a 17 anos) ocupadas:

48 4. A população e o trabalho no Brasil Trabalho infantil: região Nordeste Total de crianças (5 a 17 anos) ocupadas: Criança quebrando coco de babaçu (MA). PATRÍCIA SANTOS/FOLHA IMAGEM

49 4. A população e o trabalho no Brasil Trabalho infantil: região Centro-Oeste Total de crianças (5 a 17 anos) ocupadas: Menino trabalhando em carvoaria (GO). SALOMON CYTRYNOWICZ/OLHAR IMAGEM

50 4. A população e o trabalho no Brasil Trabalho infantil: região Sudeste Total de crianças (5 a 17) ocupadas: TUCA VIEIRA/FOLHA IMAGEM Menina vendendo bala (SP).

51 4. A população e o trabalho no Brasil Trabalho infantil: região Sul Total de crianças (5 a 17 anos) ocupadas: Criança em colheita de algodão (PR) ORMUZD ALVES/FOLHA IMAGEM

52 DELFIM MARTINS/PULSAR 4. A população e o trabalho no Brasil Leia a foto Comércio de rua em Recife (PE) DELFIM MARTINS/PULSAR

53 NIELS ANDREAS/FOLHA IMAGEM Atividades integradas Muro pichado por integrantes de movimento racista Debate na geografia

54 Alfabetização cartográfica Introdução à análise de mapa temático O mapa qualitativo mostra uma característica especial que ocorre na superfície terrestre, como os mapas de vegetação e os climáticos.

55 Alfabetização cartográfica Introdução à análise de mapa temático O mapa quantitativo mostra uma característica especial que ocorre na superfície terrestre, como o mapa de fluxo migratório. As transformações ou movimentos são representados em mapas por setas. A espessura delas varia conforme a quantidade ou o volume dos fenômenos representados.

56 Alfabetização cartográfica Leia o mapa

57 Alfabetização cartográfica Leia os mapas

58 Inforresumo Território e população


Carregar ppt "1 1 Quantos somos e onde vivemos. DELFIM MARTINS/PULSAR JUCA MARTINS/OLHAR IMAGEM O que você já sabe População brasileira Colheita de tabaco (RS) Família."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google