A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MOVIMENTOS POPULACIONAIS. Os movimentos populacionais (migrações) remontam a tempo pré-históricos. Os seres humanos estão sempre à procura de lugares.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MOVIMENTOS POPULACIONAIS. Os movimentos populacionais (migrações) remontam a tempo pré-históricos. Os seres humanos estão sempre à procura de lugares."— Transcrição da apresentação:

1 MOVIMENTOS POPULACIONAIS

2 Os movimentos populacionais (migrações) remontam a tempo pré-históricos. Os seres humanos estão sempre à procura de lugares que ofereçam melhores condições de vida.

3 FATORES QUE CONTRIBUEM PARA A MIGRAÇÃO Políticos; Conflitos religiosos; Conflitos étnicos raciais; Naturais; Econômicos.

4 TIPOS DE MIGRAÇÃO MIGRAÇÕES DEFINITIVAS: quando o migrante se estabelece de forma permanente no local de seu destino. Ex.: no Brasil, os imigrantes italianos, japoneses, e das emigrações de nordestinos para outras regiões do país;

5 MIGRAÇÕES TEMPORÁRIAS: quando o migrante se desloca por um tempo determinado. Podem ser diárias, quando um trabalhador se desloca de um local para outro para trabalhar, realizadas com fins de lazer, como no caso do turismo, dentre outras.

6 IMIGRANTE ≠ EMIGRANTE IMIGRANTE é aquele que chega a determinada região. EMIGRANTE é aquele que sai de determinada região.

7 EM RELAÇÃO AO ESPAÇO DE DESLOCAMENTO, AS MIGRAÇÕES PODEM SER CLASSIFICADAS EM MIGRAÇÕES INTERNAS OU NACIONAIS: quando realizadas dentro de um mesmo país. As migrações internas são chamadas de intrarregionais, quando feitas de uma região para outra. Já as migrações internas, feitas dentro da mesma região, são denominadas de inter- regionais. MIGRAÇÕES EXTERNAS: quando realizadas de um país para outro.

8

9 TIPOS DE MIGRAÇÕES ÊXODO RURAL: constitui-se no deslocamento de pessoas do campo para a cidade.

10 CAUSAS DO ÊXODO RURAL Mecanização do campo; Desastre natural (seca, geada); Baixa remuneração; Falta de infraestrutura; Qualidade de ensino.

11

12 MIGRAÇÃO DE RETORNO Entende-se como migração de retorno, a migração de uma pessoa que deixa o seu estado natal, reside algum tempo em outro estado e depois regressa ao seu lugar de nascimento. Geralmente, o motivo da saída dos indivíduos é de ordem econômica

13 MIGRAÇÕES SAZONAIS OU TRANSUMÂNCIA Estão relacionadas às diferentes estações do ano. Essas migrações são do tipo “vai e volta”, isto é, o indivíduo desloca-se de sua área de origem para outra área, retornando posteriormente. No Brasil, podemos citar como exemplo o deslocamento de nordestinos do Agreste, durante a estiagem, para a Zona da Mata, para a colheita

14 NOMADISMO Caracteriza-se pelo deslocamento constante de povos ou tribos em busca de alimento, pastagem, etc...

15 MIGRAÇÕES DIÁRIAS OU PENDULARES São típicas das grandes cidades industriais e das metrópoles mundiais. Constituem deslocamentos diários de milhões de trabalhadores que moram na periferia e nos subúrbios, pela manhã, em direção ao centro, retornando a seus lares, após a jornada de trabalho

16 MIGRAÇÕES EXTERNAS Com a colonização, nos séculos XVI e XVII, ocorreram migrações espontâneas de povoamento e migrações forçadas, como foi o caso do comércio de escravos africanos. A partir do século XVIII, em especial durante o século XIX e na primeira metade do século XX, o mundo conheceu um movimento migratório de grandes proporções.

17 XENOFOBIA Um problema grave e muito frequente enfrentado por imigrantes nos países ricos é a xenofobia, que é a aversão da população nativa a pessoas de fora, que são, comumente, hostilizadas e agredidas em território estrangeiro.

18 DESTERRITORIALIZAÇÃO É o caso de populações inteiras expulsas de seus territórios, o que ocorre em geral em países da Ásia e da África. Esses povos sem território, minorias oprimidas, dispersos em outros países, procuram um lugar para chamar de pátria.

19 “FUGA DE CÉREBROS” Fuga de capital humano, também conhecida como fuga de cérebros, é uma emigração seletiva de indivíduos com aptidões técnicas ou de conhecimentos, normalmente, por causa de fatores como conflitos étnicos e guerras civis, falta de oportunidades, risco à saúde, instabilidade política nesses países.

20 CONSEQUÊNCIAS DAS MIGRAÇÕES Contribuição e influência no processo de ocupação e povoamento, na distribuição geográfica da população e, é claro, no próprio desenvolvimento econômico; Contribuição no processo de miscigenação étnica e na ampliação e difusão cultural entre os povos ;

21 Quando a emigração significa a perda de trabalhadores adultos qualificados, bem como a de técnicos cientistas de alto nível, o prejuízo para os países emigratórios é grande. Já para os países imigratórios, as vantagens econômicas são muito grandes.

22 Podem acarretar mudança de costumes, concorrência à mão de obra local e problemas políticos, ideológicos, raciais. Vantagens econômicas para os países que não possuem condições de atender às necessidades básicas de sua população, tais como emprego, moradia, saúde e educação

23

24 Imigração Histórica A partir do século XIX, devido ao fim da escravidão e a necessidade de mão-de-obra para a cafeicultura paulista. Tese racista: o governo federal ofereceu emprego na Europa para “branquear” a população brasileira, objetivando civilizar nosso país. Regiões que atraíram mais os imigrantes: sudeste e sul. A mão-de-obra italiana foi a mais usada durante o ciclo do café no Brasil e 1920

25

26

27

28 Espanhóis, franceses, judeus A entrada de estrangeiros no Brasil era proibida pela legislação portuguesa no período colonial, mas isso não impediu que chegassem espanhóis entre 1580 e 1640, quando as duas coroas estiveram unidas; judeus (originários, sobretudo da península ibérica), ingleses, franceses e holandeses.

29 Imigrantes Entrados no Brasil ( ) Por Nacionalidades

30 A partir de 1908, o governo brasileiro passou a aceitar a entrada de imigrantes japoneses. O navio Kasato Maru atracado no Porto de Santos, Vieram 165 famílias (781 pessoas) que foram trabalhar nos cafezais do oeste paulista.

31 Capa da revista "O Imigrante",1908.

32 A migração interna no Brasil acontece principalmente por motivos econômicos e desastres ecológicos. País em movimento.

33


Carregar ppt "MOVIMENTOS POPULACIONAIS. Os movimentos populacionais (migrações) remontam a tempo pré-históricos. Os seres humanos estão sempre à procura de lugares."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google