A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design C ENTRO DE E NSINO S UPERIOR DO A MAPÁ Curso de Design Design e Meio Ambiente Prof. Msc. Themístocles Raphael Gomes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design C ENTRO DE E NSINO S UPERIOR DO A MAPÁ Curso de Design Design e Meio Ambiente Prof. Msc. Themístocles Raphael Gomes."— Transcrição da apresentação:

1 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design C ENTRO DE E NSINO S UPERIOR DO A MAPÁ Curso de Design Design e Meio Ambiente Prof. Msc. Themístocles Raphael Gomes Sobrinho

2 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Efeitos da competição global poder nas mãos do comprador. Direito dos consumidores pauta das negociações comerciais. Qual o perfil do consumidor?

3 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Ele passará a privilegiar não apenas preço e qualidade dos produtos, mas, principalmente, comportamento social das empresas fabricantes desses produtos.

4 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Os programas de rotulagem ambiental adotados em diferentes países foram criados com base em análise de ciclo de vida e conferido por instituições independentes, sejam governamentais ou não-governamentais (Green Seal / EUA, Bra Miljoval / Suécia, Marca AENOR Médio Ambiente / Espanha).

5 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL A primeira iniciativa para o estabelecimento de um selo verde no Brasil ocorreu na década de 1990 (ABNT/IBPA). Esquema voluntário de certificação ambiental (Programa Piloto); Categoria de produtos pré-selecionados (papel, calçados e couros, eletrodomésticos, detergentes biodegradáveis, cosméticos, aerossóis livres de CFC, bateria de automóveis, lâmpadas, móveis de madeira e produtos para embalagem). Diretrizes: atender à realidade brasileira e ser compatível com modelos internacionais.

6 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL O mercado de negócios ambientais, ou de negócios verdes, oferece um imenso leque de oportunidades rentáveis para a iniciativa privada. Tecnologia limpas, projetos de desenvolvimento sustentável, gestão de resíduos sólidos industriais e materiais, etc. Esse foco transformou-se no principal foco de negócios de empresas como Latasa, Resotec, Plantar, etc.

7 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Latasa – (reciclagem de latas de alumínio) US$ 15 milhões anuais; Resotec – (gestão de resíduos industriais); Plantar – (crédito de carbono);

8 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Reciclagem de lixo (espaço promissor no Brasil e na América Latina). América Latina: produz 350 mil toneladas de resíduos sólidos por dia; Apenas 49% da população tem acesso ao saneamento básico (2008).

9 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL A indústria de reciclagem no mundo já movimenta anualmente, 600 milhões de toneladas anuais de lixo e fatura US$ 160 bilhões. No Brasil esse setor gera recursos da ordem de US$ 1,2 bilhão por ano, apenas 20% do potencial existente.

10 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL A gestão socioambiental, portanto, torna-se um importante instrumento gerencial para capacitação e criação de condições de competitividade para as organizações, qualquer que seja o seu segmento.

11 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Ações voltadas a melhorar a qualidade de vida ou preservar o meio ambiente já não são bandeiras exclusivas das organizações não governamentais. A iniciativa privada descobriu na “onda verde” um excelente filão de negócios e se tornou poderosa aliada das Ong’s.

12 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL GREENPEACE – Lojas Renner, TAM, Indústria gráfica Jandaia, Free Way Boots & Shoes, Unibanco. S.O.S MATA ATLÂNTICA – Cinemark, Laboratório Boehringer Ingelheim, Bradesco, Cabana21, Hopi Hari, Abril, Embratur, Kolynos.

13 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL WWF – Motorola, Suzano Papel e Celulose, Banco Real, Gazeta Mercantil, Alcan, Bank of American, Brinquedos Estrela, Citizen, Ed. Abril, Ed. Caras, Ed. Globo, Rede Bandeirantes, Rede Globo, TV Cultura/SP, GMC, Kodac, Mc Donald’s. - Exemplo da Natura (Linha EKOS) – Projeto “Carbono Neutro”.

14 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Os programas de rotulagem ambiental adotados em diferentes países foram criados com base em análise de ciclo de vida e foram conferidos por instituições independentes, sejam governamentais ou não- governamentais. Alemanha – Blau Rngel (1977); Canadá – Environmental Choice Program (1988); Japão – EcoMark (1989);

15 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Conselho Nórdico – NordieSwan, Noruega, Suécia, Finlândia e Islândia (1991); Nova Zelândia – Environmental Choice (1990); Índia – Ecomark Program (1991); França – NF – Environment (1991); Áustria – Umweltzeichen (1991); União Européia – Ecolabel (1987); Países Baixos – Stichting Miliekvr (1992); Cingapura – Greenlabel (1992); Coréia do Sul – Ecolabel (1992);

16 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Croácia – Environmentally Friendly (1993); República Tcheca – Environmente Friendly Product (1993); Brasil – ABNT – Qualidade Ambiental. No Brasil os princípios definidos foram transcritos na norma ISO

17 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design

18 M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL A adoção da rotulagem ambiental, naturalmente, resulta em benefícios para as empresas que as adotam, conforme inerência da pesquisa, na forma de: Aumento da competitividade das exportações; Atendimento ao consumidor verde; Atendimento da pressão de organizações ambientalistas; Conformidade com a política social da empresa; Melhoria da imagem perante a sociedade; Atendimento de exigência licenciamento/regulamentação; Aumento da lealdade e preferência do seu cliente;

19 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design M ERCADO V ERDE E R OTULAGEM A MBIENTAL Ajuda no acesso a novos mercados e na construção de uma marca mais forte; Sustentação de sua estratégia de comunicação, reforçando os valores da organização; Reforço da motivação e o comprometimento dos colaboradores, com melhoria na qualidade de seus produtos e processos, Melhoria da gestão de sua cadeia produtiva, e Redução dos custos do processos industriais.

20 GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design Obrigado !!!


Carregar ppt "GOMES SOBRINHO, T. R. Curso de Design C ENTRO DE E NSINO S UPERIOR DO A MAPÁ Curso de Design Design e Meio Ambiente Prof. Msc. Themístocles Raphael Gomes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google