A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Disciplina: Sistemas Operacionais Professor: Cristiano Mariotti

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Disciplina: Sistemas Operacionais Professor: Cristiano Mariotti"— Transcrição da apresentação:

1 Disciplina: Sistemas Operacionais Professor: Cristiano Mariotti

2  Seu objetivo básico é representar e organizar os recursos de armazenamento de um sistema;  Em UNIX que derivou para o Linux, um sistema de arquivos pode conter, também, processos, portas e canais de comunicação entre processos.

3 Existem vários sistemas de arquivos que podem ser suportados pelo sistema Linux, a saber: ext2, ext3, ext4, ReiserFS, VFAT, JFS, XFS entre outros.

4  O sistema de arquivos ext2 é conhecido como "Second Extended FileSystem". Foi desenvolvido para ser mais "eficiente" que o sistema de arquivos "Minix", seu antecessor. O Minix era muito utilizado nas primeiras versões do Linux, e foi utilizado por muitos anos. O sistema de arquivos ext2 não possui journaling e foi substituído pelo ext3.

5  O sistema de arquivos ext3 é uma versão do ext2 com suporte a journaling. Portanto, o ext3 tem as mesmas características do ext2, mas com suporte journaling. Essa característica foi uma evolução e tornou o ext3 um sistema de arquivos muito estável e robusto.  Como no ext3 só foi adicionado o suporte a journaling, podemos converter um sistema de arquivos ext2 para ext3, adicionado suporte a journaling, e também podemos converter um sistema de arquivos ext3 para ext2, removendo o suporte a journaling.

6  O sistema de arquivos ReiserFS foi criado recentemente. Mas atualmente quase todas as distribuições Linux o suportam. Sua performance é muito boa, principalmente para um número muito grande de arquivos pequenos.  ReiserFS também possui suporte a journaling.

7  O sistema de arquivos XFS também possui suporte a journaling. Foi desenvolvido originalmente pela Silicon Graphics e posteriormente disponibilizado o código fonte.  O XFS é considerado um dos melhores sistemas de arquivos para banco de dados, pois é muito rápido na gravação.  XFS utiliza muitos recursos de cache com memória RAM, e para utilizar XFS é recomendado utilizar sistemas que possuem redundância de energia.

8  O sistema de arquivos VFAT é também conhecido como FAT32 (M$ Windows).  O sistema de arquivos VFAT não possui suporte a journaling. É utilizado normalmente para transferir dados entre sistemas M$ Windows e o Linux instalados no mesmo disco, pois pode ser lido e escrito por ambos os sistemas operacionais.  Se você utilizar VFAT no Linux, esteja certo de perder alguns atributos, tais como: permissão de execução, links simbólicos, entre outras coisas.

9  SWAP é um espaço reservado para troca de dados com a memória RAM.  Altamente recomendável como forma de otimizar o desempenho do seu computador com sistema Linux.

10  mount: realiza a “montagem” de um sistema de arquivos Linux em disco; ◦ Exemplo: mount /dev/hda1  umount:realiza a “desmontagem”; ◦ Exemplo: umount /dev/hda1  Uma lista sobre os sistemas de arquivos “montados” em um sistema Linux é mantida atualizada em /etc/fstab

11  fuser: usado para saber quem está acessando um determinado recurso, como um diretório por exemplo; ◦ Exemplo: $/sbin/fuser –u /etc ◦ Como resposta, informa qual ou quais são os UIDs que estão tendo acesso ao diretório /etc naquele instante.  Pode ser que, ao tentar-se desmontar um sistema de arquivos, o kernel emita um comunicado em código informando o porquê do usuário não poder desmontá-lo naquele momento.

12

13

14

15  Arquivos de dispositivos de caracteres: permitem que os programas se comuniquem com o hardware e periféricos do sistema; ◦ Podemos criá-los com o comando mknod e eliminá-los com o comando rm.  Sockets de domínio local: são conexões entre processos que permitem a eles se comunicarem de uma maneira sadia; ◦ São criados com a chamada de sistema socket e podem ser eliminados com o comando rm ou com a chamada de sistema unlink;

16  Pipes com nomes: assim como os sockets de domínio local, permitem a comunicação entre processos residentes e executando no mesmo host (máquina hospedeira); ◦ Também são conhecidos como arquivos FIFO (First in, First Out); ◦ Podem-se criar com o comando mknod e se eliminar com o comando rm;  Links simbólicos: aponta para um arquivo pelo nome; ◦ Podem ser criados pelo comando ln –s e eliminados pelo comando rm.

17 PERMISSÕES SOBRE ARQUIVOS E DIRETÓRIOS

18  Usadas para vários fins, mas servem principalmente para proteger o sistema e os arquivos dos usuários;  Manipular permissões é uma atividade interessante, mas complexa ao mesmo tempo;  Tal complexidade, no entanto, não deve ser interpretada como dificuldade e sim como possibilidade de lidar com uma grande variedade de configurações, o que permite criar vários tipos de proteção a arquivos e diretórios.

19

20  chmod: modifica as permissões de um recurso (arquivo, diretório, pipe, socket etc); ◦ Exemplo: chmod u+w teste.old  chown: modifica o proprietário (dono) de um recurso; ◦ Exemplo: chown daiana /var  chgrp: modifica o grupo de usuário responsável por um recurso. ◦ Exemplo: chgrp grupodedestino /diretório

21

22  Exemplo:  chmod 761 arquivo.txt ◦ Atribui a permissão de leitura, escrita e execução para o usuário dono do arquivo, somente leitura e escrita para o grupo do dono do arquivo e somente execução para os demais grupos.

23  Comando usado como uma máscara para ajustar a permissão de arquivos e diretórios;  Se você usar o comando umask sem parâmetros será mostrado o valor atual que este comando está usando.

24  Se você quiser alterar este valor você deve usar o comando umask com o valor da máscara como argumento:

25 EXERCÍCIOS

26  A estrutura de diretórios do Linux segue o subpadrão para Hierarquia de Sistema de Arquivos conhecido, também, como:  ◦ A) FHS; ◦ B) FSF; ◦ C) GPL; ◦ D) LSB.

27  Qual é a função do diretório /boot do Linux?  ◦ A) Armazenar os arquivos de inicialização críticos do sistema; ◦ B) Armazenar os arquivos necessários de configuração do superusuário; ◦ C) Armazenar os arquivos necessários para interação entre o usuário e o núcleo do sistema; ◦ D) Armazenar os arquivos necessários para reinicialização do sistema.

28  Considere as seguintes declarações sobre o sistema Linux, assinale a alternativa que encontra-se correta abaixo:  ◦ A) Ao digitar um comando no Terminal de Comandos, os caracteres minúsculos e maiúsculos são tratados de forma diferenciada; ◦ B) Existem arquivos com a extensão.EXE para programas executáveis; ◦ C) Os arquivos que terminam com um asterisco são considerados ocultos; ◦ D) Os comandos que são executados com $(cifrão) no início da frase é uma indicação de que o Terminal de Comandos está no modo de superusuário

29  No sistema operacional Linux, o comando:  ◦ A) chown manipula os privilégios de um arquivo / diretório, definindo-os e alternando-os; ◦ B) kill destrói um diretório; ◦ C) who lista os usuários conectados ao computador pela rede; ◦ D) shutdown -h +5 faz com que o sistema reinicie após cinco minutos.

30  Qual é a principal ferramenta utilizada para monitorar processos, obtendo informações, tais como usuário que está executando, memória, prioridade e terminal de controle dos processos?  A) ps  B) init  C) nice  D) renice

31  São gerenciadores do processo de inicialização utilizados pelo Linux:  A) MBR e GRUB  B) MBR e LILO  C) LILO e GRUB  D) MBR e /dev/hda

32  Sobre os arquivos de dispositivos de caracteres, pode-se afirmar que:  A) Podemos criá-los com o comando mknod e eliminá-los com o comando rm.  B) Podemos criá-los com o comando mkdir e eliminá-los com o comando rmdir.  C) Podemos criá-los com o comando mkdir e eliminá-los com o comando rm.  D) Podemos criá-los com o comando mknod e eliminá-los com o comando rmdir.

33  Qual dos sistemas de arquivos em Linux abaixo NÃO fornecem suporte a journaling? ◦ A) EXT2 ◦ B) EXT3 ◦ C) REISERFS ◦ D) XFS

34  Qual dos sistemas de arquivos abaixo não oferece suporte a processadores de 64 bits?  A) VFAT  B) EXT4  C) ReiserFS  D) XFS

35  Num sistema Linux cuja pasta /home está definida como ponto de montagem de uma partição de disco, qual é o recurso utilizado para descobrir essa partição?  A) ls /home  B) /etc/fstab  C) mount /home  D) sudo umount /home

36  O uso de memória virtual em sistemas Linux permite que o sistema operacional utilize uma partição do HD para fazer paginação. Essa partição é chamada de:  A) IDE  B) MBR  C) SATA  D) SWAP

37  Sobre o comando chmod a-x teste.doc,pode-se afirmar que:  A) Elimina a opção de execução do arquivo teste.doc somente para seu dono.  B) Elimina a opção de execução do arquivo teste.doc para o dono e para o grupo do dono.  C) Elimina a opção de execução do arquivo teste.doc somente para o grupo do dono e para os demais grupos.  D) Elimina a opção de execução do arquivo teste.doc para todos (dono/grupo do dono e demais grupos).

38  Podem ser criados pelo comando ln –s e eliminados pelo comando rm:  A) Links simbólicos.  B) Arquivos de blocos de caracteres.  C) Pipes.  D) Sockets.

39  Qual é o comando utilizado para exibir as contas de usuários presentes no sistema?  A) ps  B) pwd  C) who  D) whoami

40  Qual é o comando utilizado para destruir um diretório?  A) kill  B) rm  C) rmdir  D) mkdir

41  Qual é o comando utilizado para exibir os detalhes do diretório em execução?  A) ls  B) ls –a  C) ls –la  D) ls -ld

42  Qual é o comando utilizado para identificar o diretório que está em execução?  A) cd  B) ps  C) pwd  D) who

43  Após executar o comando abaixo, pode-se afirmar que: ◦ #chown pedro finanças oficio.pdf ◦ #chmod 640 oficio.pdf a)O usuário pedro foi inserido no grupo finanças b)O usuário pedro pode executar o arquivo ofício.pdf c)Os usuários do grupo finanças podem escrever em ofício.pdf d)O usuário pedro é o novo proprietário de oficios.pdf

44  Um arquivo possui as seguintes permissões a seguir: -rwxrwxr--. Assinale a afirmativa correta dentre as opções abaixo:  ◦ A) O dono do arquivo possui somente permissão de leitura sobre o arquivo; ◦ B) O dono do arquivo possui somente as permissões de leitura e escrita sobre o arquivo; ◦ C) O grupo do dono do arquivo possui as permissões de leitura, escrita e execução do arquivo; ◦ D) Os demais grupos alheios ao grupo do dono do arquivo possuem todas as permissões possíveis sobre o arquivo.

45  Considere a seguinte resposta abaixo para o comando ls –la: -rw-rw-r— maria vendas 203 Jan 4 18:15 /home/joao/Plan.ods Qual das afirmações abaixo sobre a resposta exibida acima está correta: A) maria é o grupo do proprietário do arquivo. B) vendas é o dono (proprietário) do arquivo. C) Todos os usuários possuem a permissão de leitura sobre o arquivo. D) O arquivo foi criado em 04 de janeiro.


Carregar ppt "Disciplina: Sistemas Operacionais Professor: Cristiano Mariotti"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google