A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oficina de Apropriação de Resultados SABE 2013. Oficina de Apropriação de Resultados de MATEMÁTICA

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oficina de Apropriação de Resultados SABE 2013. Oficina de Apropriação de Resultados de MATEMÁTICA"— Transcrição da apresentação:

1 Oficina de Apropriação de Resultados SABE 2013

2 Oficina de Apropriação de Resultados de MATEMÁTICA

3 SABE 2013 Objetivos Analisar e compreender os resultados das avaliações aplicadas no Sistema de Avaliação Baiano da Educação – SABE (constituído pelos programas de avaliação Avalie Alfa e Avalie Ensino Médio).

4 SABE 2013 Conhecendo o outro... Formação do grupo!

5 SABE 2013 Edições: – 2011, 2012, Etapas avaliadas em 2013: – 2º ano EF; 1ª, 2ª e 3ª séries do EM; Educação Profissional Integrada (2ª, 3ª e 4ª ´serie). Disciplinas avaliadas em 2013 – Avalie Alfa: 2º ano do EF em Língua Portuguesa (leitura e escrita) – Avalie EM: Linguagens, Códigos e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias; Ciências Humanas e suas tecnologias e Ciências da natureza e suas tecnologias. Sistema de Avaliação Baiano da Educação

6 MATRIZ DE REFERÊNCIA SABE 2013

7 Cont. sócio- cultural Investigação e Compreensão Representação e Comunicação Referenciais Curriculares e Matriz de Referência PCN

8 SABE 2013 Referenciais Curriculares e Matriz de Referência

9 SABE 2013 Referenciais Curriculares e Matriz de Referência PCN Selecionar estratégias de resolução de problemas. MATRIZ Resolver problemas que envolvam a localização de pontos no plano cartesiano. Resolver problemas que envolvam função do 2º grau.

10 SABE 2013 Matriz de Referência de Avaliação de Matemática I.Espaço e Forma II.Grandezas e Medidas III.Números e Operações/ Álgebra e Funções IV.Tratamento da Informação

11 SABE 2013 Atividade – Matriz de Referência Formação de grupos com 4 pessoas. Cada grupo receberá um número que corresponderá ao tópico a ser explorado: 1.Espaço e Forma 2.Grandezas e Medidas 3.Números e Operações/ Álgebra e Funções 4.Tratamento da Informação Atividade de cada grupo: discutir os conteúdos matemáticos do tópico indicado; elaborar uma ATIVIDADE para sala de aula, para uma das etapas avaliadas, com base em um ou mais conteúdos discutidos. Detalhar cada passo da atividade! PARTE 1

12 SABE 2013 Atividade – Matriz de Referência Com a matriz em mãos, cada grupo deve associar os conteúdos da atividade elaborada com os descritores da matriz. Analise as seguintes questões: Quais os conteúdos abordados na atividade? Quais deles estão presentes na matriz? Quais desses conteúdos não estão presentes na matriz? Apresente possíveis motivos para esses conteúdos não serem avaliados pelo sistema. Cada grupo apresentará sua atividade, apontando os conteúdos trabalhados e associando com o currículo e os descritores da matriz. PARTE 2

13 SABE 2013 Atividades e Itens

14 SABE 2013 Atividades e Itens

15 SABE 2013 Atividades e Itens

16 SABE 2013 Atividades e Itens

17 SABE 2013 Atividades e Itens

18 SABE 2013 Atividades e Itens

19 SABE 2013 Atividades e Itens

20 SABE 2013 Atividades e Itens

21 SABE 2013 Atividades e Itens

22 SABE 2013 Atividades e Itens

23 SABE 2013 Atividades e Itens

24 SABE 2013 Atividades e Itens

25 SABE 2013 Atividades e Itens

26 SABE 2013 Atividades e Itens

27 SABE 2013 Atividades e Itens

28 SABE 2013 Atividades e Itens

29 SABE 2013 Atividades e Itens

30 SABE 2013 Atividades e Itens

31 SABE 2013 Atividades e Itens

32 SABE 2013 Atividades e Itens Atividades podem apresentar o desenvolvimento de diversas habilidades; O item avalia apenas uma habilidade; Atividades são desenvolvidas com base em diversos instrumentos e recursos didáticos; O item é, geralmente, desenvolvido por meio de questões de múltipla escolha.

33 SABE 2013 Matriz de Referência Apresenta habilidades que estão no currículo; Podem apresentar descrições de habilidades diferentes do que está apresentado no currículo, mas relacionado ao mesmo conteúdo; Apresenta habilidades possíveis de aferir em um teste de múltipla escolha.

34 PERCENTUAL DE ACERTO POR DESCRITOR SABE 2013

35 Acerto por Descritor Vamos analisar o percentual de acerto por descritor para cada uma das três séries do Ensino Médio Para cada descritor, temos o percentual de itens que os alunos responderam corretamente no teste

36 SABE 2013 Acerto por Descritor Ao observar o percentual de acerto por descritor para cada etapa de escolaridade, vamos ficar atentos: – aos descritores que apresentam percentuais mais baixos; – ao resultado dos descritores que estão relacionados (por competência, por exemplo).

37 SABE 2013 Acerto por Descritor D32 - Associar o gráfico de uma função modular à sua representação algébrica ou vice-versa. Domínio: ESPAÇO E FORMA Competência: Aplicar relações e propriedades

38 SABE 2013 Acerto por Descritor D35 - Determinar a solução de um sistema linear associando-o à uma matriz. Domínio: NÚMEROS E OPERAÇÕES/ÁLGEBRA E FUNÇÕES Competência: Utilizar procedimentos algébricos

39 SABE 2013 D09 - Resolver problema s que envolvam a distância entre dois pontos no plano cartesiano Acerto por Descritor Domínio: GRANDEZAS E MEDIDAS Competência: Medir grandezas

40 ANÁLISE DE ITENS SABE 2013

41 Análise de Itens ENUNCIADO COMANDO DISTRATORES GABARITO

42 SABE 2013 Análise de Itens Ao analisar um item observe os seguintes aspectos: 1.Qual o descritor avaliado? 2.Qual a resposta correta? 3.Quais são as possíveis estratégias de resolução deste item? 4.Em relação aos distratores, quais são as possíveis estratégias utilizadas, pelos estudantes, para encontrar tal resultado? 5.Como trabalhar o conteúdo com os estudantes que assinalaram essas respostas incorretas?

43 SABE 2013

44 Análise de Itens 1. Qual o descritor avaliado? D01 - Resolver problemas que envolvam a localização de pontos no plano cartesiano. (1ª, 2ª e 3ª EM) 2. Qual a resposta correta? Letra E 3. Quais são as possíveis estratégias de resolução? Estudantes devem conhecer o plano cartesiano, sabendo que um ponto é representado por um par ordenado. O primeiro valor representa a abscissa, que se localiza no eixo x, e o segundo, a ordenada que é um valor do eixo y. (...)

45 SABE 2013 Análise de Itens Devem reconhecer ainda que os eixos nada mais são do que retas numéricas, nesse caso, de números inteiros. A partir daí, os estudantes devem se atentar aos pontos informados no enunciado e procurar no suporte dado as coordenadas que se relacionam a eles. Os estudantes que assinalaram a alternativa E provavelmente consolidaram a habilidade avaliada pelo item.

46 SABE 2013 Análise de Itens 4. Em relação aos distratores, quais são as possíveis estratégias utilizadas, pelos estudantes, para encontrar tal resultado? Quando se trata de plano cartesiano, as dificuldades mais comuns dos estudantes estão relacionadas à ordem do par que representa o ponto, que é frequentemente invertida por eles, ou mesmo à orientação dos eixos, o que leva alguns deles a identificarem de forma incorreta a localização dos pontos que têm pelo menos uma das coordenadas negativas.

47 SABE 2013 Análise de Itens 5. Como trabalhar o conteúdo com os estudantes que assinalaram essas respostas incorretas? O conhecimento da reta numérica é diretamente ligado à habilidade de localizar pontos no plano cartesiano, uma vez que esse é composto por duas retas perpendiculares assim como o domínio do conjunto numérico que está sendo utilizado para compor os pares ordenados informados no problema.

48 SABE 2013

49 Análise de Itens 1. Qual o descritor avaliado? D24 - Resolver problemas que envolvam porcentagem. (1ª, 2ª e 3ª EM) 2. Qual a resposta correta? Letra C 3. Quais são as possíveis estratégias de resolução? Os estudantes devem perceber que para determinar a área devastada, é preciso calcular uma porcentagem. Uma estratégia é a transformação da porcentagem 15% no decimal 0,15 e, posteriormente, a multiplicação de 0,15 pela área total, que é de km². (...)

50 SABE 2013 Análise de Itens Outra forma de se obter os 15%, é calcular separadamente 10% e 5% da área total e, em seguida, somar esses resultados, pois essa pode ser uma operação mais viável para o discente, principalmente quando utilizam o cálculo mental.

51 SABE 2013 Análise de Itens 4. Em relação aos distratores, quais são as possíveis estratégias utilizadas, pelos estudantes, para encontrar tal resultado? Os estudantes que assinalaram a alternativa A, possivelmente, pensaram na estratégia de calcular 1% de km² para, posteriormente, encontrarem o valor de 15%, porém, realizaram apenas o primeiro cálculo. Já aqueles que marcaram a alternativa B, provavelmente, equivocaram-se no cálculo da porcentagem multiplicando 0,015 por , calculando 1,5% da área e não 15%. (...)

52 SABE 2013 Análise de Itens Os estudantes que assinalaram a alternativa D, possivelmente, calcularam a área não devastada, ou seja, 85% de km². Já aqueles que marcaram a alternativa E, provavelmente, não se apropriaram do enunciado e calcularam um acréscimo de 15% sobre a área devastada.

53 SABE 2013 Análise de Itens 5. Como trabalhar o conteúdo com os estudantes que assinalaram essas respostas incorretas? É esperado que um estudante do Ensino Médio tenha desenvolvido um senso crítico sobre a aplicação de porcentagem, interpretando-a nos diversos contextos nos quais pode estar inserida. Para isso, é essencial que eles tenham se apropriado dos conceitos de porcentagem, associando seu símbolo a uma fração, bem como desenvolver estratégias de cálculo com números racionais.

54 INTERVALOS DA ESCALA DE PROFICIÊNCIA – NÍVEIS SABE 2013

55 Atividade – Escala de Proficiência Formação de grupos com 4 pessoas. Atividade de cada grupo: discutir e associar o desenvolvimento das habilidades em cada padrão de desempenho (ordem de desenvolvimento); buscar habilidades semelhantes em cada nível, observando o desenvolvimento dos estudantes.

56 SABE 2013 MATRIZ D20 - Resolver problemas com números reais, envolvendo os diferentes significados das operações (adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação ) 250 – 300: Resolvem problema com números naturais de até dois algarismos, envolvendo diferentes significados da adição. 300 – 350: Calculam adição com números naturais de três algarismos, com reserva Níveis de Proficiência MUITO CRÍTICO 350 – 400: Calculam o resultado de uma subtração com números de até quatro algarismos, com reserva 400 – 450: Calculam resultado de subtrações mais complexas com números naturais de quatro algarismos e com reserva

57 SABE 2013 Cortes dos Padrões de Desempenho de Matemática Ensino Médio – Muito Crítico: até 450 pontos – Crítico: de 450 até 550 pontos – Básico: de 550 até 650 pontos – Avançado: acima de 650 pontos

58 SABE 2013 MUITO CRÍTICO: até 450 pontos 2EM A11,2% B7,5% C11,0% D (GAB)58,0% E10,9%

59 SABE 2013 CRÍTICO: de 450 até 550 pontos 1EM A15,1% B12,7% C (GAB)55,2% D9,0% E6,4%

60 SABE 2013 BÁSICO: de 550 até 650 pontos 3EM A47,2% B9,5% C18,4% D (GAB)14,7% E9,2%

61 SABE 2013 AVANÇADO: acima de 650 pontos 3EM A32,1% B28,7% C18,6% D (GAB)11,2% E8,5%

62 RESULTADOS SABE 2013

63 RESULTADOS  Resultados por Estado, Regional e Escola  Proficiência média  Participação  Percentual de estudantes por padrão  Resultados de proficiência média e percentual por padrão de desempenho  Percentual de estudantes por nível de proficiência

64 SABE 2013 RESULTADOS

65 RESULTADOS

66 PARTICIPAÇÃO Qual o percentual de participação na escola? Acima de 80%Generalizar o resultado Abaixo de 80% O número de alunos previstos é o mesmo dos alunos frequentes? Se sim, porque não fizeram a avaliação? Se não, quais os motivos para essa diferença?

67 SABE 2013  A proficiência tem oscilado em cada avaliação realizada? Como a proficiência tem oscilado nas edições do projeto? Tem sido realizado um trabalho em relação às metodologias e às práticas pedagógicas ao longo desses anos? São feitas intervenções pela direção e coordenação da escola, em relação ao planejamento escolar? Resultados de uma MESMA ETAPA em CICLOS DIFERENTES

68 SABE 2013  De acordo com os níveis de proficiência e os resultados alcançados, quais são as habilidades desenvolvidas pelo grupo de estudantes? Os estudantes alcançaram as habilidades esperadas no desenvolvimento deles para essa etapa de escolaridade? Como pode ser observado o processo de progressão dos estudantes de uma determinada etapa de escolaridade? Busque compreender qual a diferença entre as habilidades desenvolvidas pelos estudantes de um ano para o outro. Resultados de uma MESMA ETAPA em CICLOS DIFERENTES

69 SABE 2013  Qual o padrão de desempenho caracteriza o desenvolvimento dos estudantes de sua regional ou escola? Em relação à proficiência média alcançada pelos estudantes de sua escola, qual o padrão de desempenho caracteriza o desenvolvimento deles nas edições do projeto? Em 2013, os estudantes mudaram de Padrão de Desempenho em relação à(s) avaliação(ões) anterior(es)? Resultados de uma MESMA ETAPA em CICLOS DIFERENTES

70 SABE 2013  A proficiência dos estudantes desta regional (ou escola) tem aumentado a cada etapa de escolaridade avaliada?  Os estudantes têm desenvolvido habilidades mais complexas de uma etapa de escolaridade avaliada para outra mais avançada? (para isso, consulte a proficiência média e a descrição dos padrões de desempenho) Resultados de DIFERENTES ETAPAS

71 SABE 2013  Que habilidades são desenvolvidas pelos estudantes?  Como percebemos o desenvolvimento dos estudantes em cada etapa de escolaridade avaliada, ao observar a distribuição por padrão de desempenho. A cada etapa de escolaridade avaliada, o percentual de estudantes em padrão de desempenho mais baixos têm aumentado? Resultados de DIFERENTES ETAPAS

72 Obrigada pela atenção! SABE 2013


Carregar ppt "Oficina de Apropriação de Resultados SABE 2013. Oficina de Apropriação de Resultados de MATEMÁTICA"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google