A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rupa Basu Environmental Health, California. Neste estudo a relação entre aumento de temperatura e mortalidade foi revisada a partir de estudos epidemiológicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rupa Basu Environmental Health, California. Neste estudo a relação entre aumento de temperatura e mortalidade foi revisada a partir de estudos epidemiológicos."— Transcrição da apresentação:

1 Rupa Basu Environmental Health, California

2 Neste estudo a relação entre aumento de temperatura e mortalidade foi revisada a partir de estudos epidemiológicos que utilizaram uma abordagem estatística moderna (“time series” e “case-crossover”). O artigo também revisou estudos que contemplavam a ação de poluentes atmosféricos e os efeitos do aumento de temperatura em grupos vulneráveis.

3 Características ambientais, amplitude térmica regional, condições sócio- econômicas, sexo, raça, e idade, podem modificar a severidade dos efeitos do calor.

4 Critérios de inclusão/exclusão:  Todos os estudos incluidos foram publicados entre Janeiro de 2001 e Dezembro  PubMed foi usado para pesquisar as seguintes palavras chaves: “temperature”, “apparent temperature”, “heat”, “heat index” e “mortality”.  Na Tabela 2, foram adicionadas as palavras “air pollutants”, “ozone” ou “particulate matter”.  Na Tabela 3 foram adicionadas “vulnerable”, “suscetible sub- groups/groups”.

5 Critérios de inclusão/exclusão:  A pesquisa foi limitada a estudos epidemiológicos de língua inglesa.  Estudos que avaliaram mortalidade ou excesso de mortes seguidas de ondas de calor foram excluídos para que o foco se mantivesse na exposição da temperatura ambiente geral para evitar viés.  Estudos que avaliaram temperaturas baixas também foram excluídos.

6  A revisão centrou-se, principalmente, em estudos quantitativos relacionando temperatura ambiente e mortalidade.  A revisão comtemplou estudos que utilizaram metodologias de “time series” e “case- crossover”.

7  Foram analisados 36 artigos que comtemplaram os critérios de inclusão.  14 estudos analisaram mortalidade e aumento de temperatura.  14 estudos consideraram poluição do ar fator de confusão ou modificador de efeito.

8  6 estudos fizeram análise dos sub-grupos vulneráveis.  29 estudos uitilizavam desenho de “time-series” e 10 o “case-crossover”.  Os trabalhos analisados incluiam as seguintes regiões: EUA, Canada, América Latina, Europa, Austrália e outros*. * O autor não cita estas regiões (n=10).

9 Avaliação da exposição Os dados de temperatura são geralmente colhidos perto das estações de monitoramento de aeroportos e analisados ​​em nível municipal ou estadual. Estudos Independentemente do método escolhido (“time- series” e ”case-crossover”) eles devem produzir resultados semelhantes, o que tem sido demonstrado em estudos de mortalidade e temperatura.

10  Estudos segerem que material particulado e gás ozônio podem ser fatores de confusão.  Alguns trabalhos sugerem um efeito sinérgico do gás ozônio (O 3 ) com aumento de temperatura.  Aclimatação – acomodação corporal à temperatura – tem relação estreita com mortalidade. Algumas pessoas têm mais maior dificuldade de aclimatação.

11  Existência de subgrupos vulneráveis (extremos de idade, mulheres, raça negra, condições socio-econômicas rebaixadas, doentes cardíacos e respiratórios).  Aponta para a necessidade da criação de políticas de saúde para evitar mortalidade.  Áreas urbanas = ilhas de calor  Morte por causas cardiovasculares é o principal motivo quando relacionadas ao calor

12  Necessidade de estudos futuros sobre identificação de grupos vulneráveis, intercorrências no nascimento e procura da relação do aumento de temperatura e doenças crônicas.

13  Mecanismos biológicos de morte causado por aumento da temperatura: 1. Redistribuição do sangue para termoregulação = sobrecarga do coração e pulmões – levando a falência desses 2. Transpiração leva a um aumento de viscosidade do sangue – sobrecarga miocárdica. 3. Falta de capacidade de acomodação térmica.

14  Métodos dependem de variáveis ecológicas e temperatura.  Difícil a comparação entre as estimativas de estudos por causa do tipo de análise – diferentes valores –  Número insuficiente de estudos para criar uma meta-análise de resultados ou outros tipos de quantificação.  Algum viés decorrente da escolha dos estudos

15  A relação entre aumento de temperatura e mortalidade parece estar bem estabelecida.  Evidências sugerem que partículas sólidas e O 3 podem ser fatores de confusão atuam no aumento da temperaturas em meses quentes.  Temperatura e a poluição do ar agem de forma independente na mortalidade.

16  Foram identificados grupos vulneráveis.  O autor ressalta a importância de novos estudos focados na população pediátrica e idosa.  O trabalho aponta a necessidade da criação de políticas de saúde para regiões e população alvo.

17

18  Environmental Health: A Global Access Science Source, Califórnia.  Qualis: - B4 em saúde coletiva

19  Rupa Basu - Universidade da Califórnia em San Diego: BS, Biologia – Universidade da Califórnia, Los Angeles - Escola de Saúde Pública: MPH, Ciências da Saúde – Universidade Johns Hopkins: PhD, Epidemiologia (Ambiental e Ocupacional) – Atualmente é Cientista / epidemiologista Cal EPA / OEHHA - Indústria de Pesquisa. - Já foi Cientista Sênior Expoente e pesquisador na EPA

20 The Open Dentistry Journal, 2010, 4, 84-91

21  a) Houve um desenho “a priori”? (+)  b) Houve demonstração dos critérios de inclusão / exclusão? (+)  c) O projeto continha a pergunta de pesquisa PICO (População, Intervenção, Comparação e Resultados)? (-)

22  a) Deve haver, de maneira implícita ou explícita, pelo menos dois pesquisadores responsáveis pela coleta de dados. (-)  b) Há uma declaração de consenso entre os pesquisadores ou protocolo para que os pesquisadores entrem em consenso em caso de não concordância? (-)  c) As divergências entre os pesquisadores devem ser resolvidas corretamente, de maneira implícita ou explícita.(-)

23  a) Pelo menos duas fontes eletrônicas devem ter sido pesquisadas. (-) Apenas PubMed  b) A metodologia deve incluir o ano de publicação e as bases de dados que foram utilizadas. (+) PubMed  c) As palavras chaves devem ser citadas, a estratégia de busca deve ser fornecida para que se possa demonstrar o processo de filtragem dos artigos incluídos. (+)  d) As referências dos artigos utilizados foi complementada e revisada (referência cruzada). (-)

24  a) Os autores devem declarar que procuraram dados em estudos independentemente do seu tipo de publicação. (-)  b) Os autores devem declarar se excluíram ou não estudos em função do tipo de publicação, idioma etc. (+)  c) Estudos em outros idiomas foram traduzidos ou os pesquisadores dominam suficientemente este idioma? (-)  d) Não há restrição de outros idiomas ou falta de reconhecimento de outros estudos que não os da língua mãe. (-)

25  BASE DE DADOS: PubMed  PALAVRAS CHAVE: “temperature”, “apparent temperature”, “heat”, “heat index” e “mortality”. Na Tabela 2, foram adicionadas as palavras “air pollutants”, “ozone” ou “particulate matter”. Na Tabela 3 foram adicionadas “vulnerable”, “suscetible sub-groups/groups”.  IDIOMA DE BUSCA: Inglês  PERÍODO DE BUSCA: Jan de 2001 – Dez de 2008

26  a) Houve uma tabela ou lista dos artigos incluídos? (-)  b) Foram demonstrados os artigos excluídos seja no artigo ou em outra fonte de dados (on-line, por exemplo)? (-)  c) O autor fundamenta os motivos que o fizeram excluir os estudos que não foram incluídos? (+)  d) Os leitores são capazes de refazer a pesquisa encontrando os artigos excluídos / incluídos em qualquer parte do estudo? (-/+)

27

28  a) Foram fornecidos, em uma tabela por exemplo, os dados dos estudos utilizados, as intervenções e resultados? (+)  b) Foram fornecidos dados importantes como raça, idade, sexo, dados socioeconômicos, dados da doença, duração, gravidade entre outros? (+)  c) As informações parecem ser completas e precisas? (+)

29

30  a) Os métodos e desenhos de estudos foram fornecidos e são adequados para o tipo de estudo em questão? (+)  b) A qualidade científica dos estudos incluídos parece ser significativa? (+)  c) Houve discussão, reconhecimento e conhecimento do nível de evidência? (-)  d) O nível de evidência foi avaliado e classificado com instrumentos de avaliação adequados? (-)

31  a) O rigor metodológico e a qualidade científica dos estudos incluídos foram analisados na elaboração da conclusão? (+)  b) O rigor metodológico e a qualidade científica dos estudos incluídos foram explicitados na formulação de recomendações? (+)  c) Houve uma conclusão capaz de levar a um consenso clínico? NA  d) Este consenso clínico aponta para uma revisão ou confirmação de diretrizes clínicas? NA

32  a) Houve declaração de que critérios foram usados para decidir se os resultados dos estudos são semelhantes o suficiente para serem combinados? (-)  b) Um teste deve ser feito para garantir a homogeneidade dos resultados agrupados. (-)  c) Existe uma declaração da heterogeneidade ou da não heterogeneidade dos dados? (+)  d) Se existir homogeneidade o autor deve incluir uma razão ou um critério estatístico. NA

33  a) Declaração de fontes de apoio/financiamento. (-)  b) “Não há conflito de interesse”. Essa afirmação é subjetiva e, portanto, requer alguma dedução ou pesquisa. (+)  c) Houve declaração de conflito de interesse ou de apoio nos estudos incluídos? (+)

34


Carregar ppt "Rupa Basu Environmental Health, California. Neste estudo a relação entre aumento de temperatura e mortalidade foi revisada a partir de estudos epidemiológicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google