A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fisiologia do Sistema Endócrino Regulação endócrina da reprodução humana Profa Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Dra. Associada III do Depto. Ciências.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fisiologia do Sistema Endócrino Regulação endócrina da reprodução humana Profa Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Dra. Associada III do Depto. Ciências."— Transcrição da apresentação:

1 Fisiologia do Sistema Endócrino Regulação endócrina da reprodução humana Profa Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Dra. Associada III do Depto. Ciências Fisiológicas CCB-UFSC

2 ESQUEMAS PARA FACILITAR O ESTUDO E O ACOMPANHAMENTO DE MINHAS AULAS Bibliografia recomendada Livros-textos: “Fisiologia” Costanzo, 2007, 3ª Ed. (Ed. Elsevier) “Fundamentos de Fisiologia”, Berne et al, 2006, 4ª Ed.(Ed. Elsevier) “Berne & Levy: Fisiologia” Koeppen & Stanton, 2009, 6ª Ed. (Ed. Elsevier) “Fisiologia” Berne et al., 2004, 5ª Ed. (Ed. Elsevier) “Tratado de Fisiologia Médica” Guyton & Hall, 2006, 11ª Ed. (Ed. Elsevier) “Fisiologia” Aires, M. M., 2008, 3ª Ed. (Ed. Guanabara Koogan) “Fisiologia: texto e atlas” Despopoulos e Silbernagl, 2003 (Ed. Artmed)

3 AS FIGURAS AQUI UTILIZADAS FORAM RETIRADAS DE WEBSITES E, QUANDO POSSÍVEL, SÃO SEGUIDAS PELO ENDEREÇO NA INTERNET. PARA CONSULTA A TEXTOS E OUTROS RECURSOS ONLINE, VEJA EM: PRESERVE O DIREITO AUTORAL CITANDO A FONTE.

4 Endocrinofisiologia da reprodução humana

5  GnRH Final da infância: surgimento da secreção de GnRH, de LH e de FSH

6  GnRH Final da infância: surgimento da secreção de GnRH, de LH e de FSH  LH e FSH  FSH e LH

7 GnRH: hormônio liberador de gonadotrofinas, LHRH; Gonadotrofinas: LH (hormônio luteinizante) e FSH (hormônio folículo-estimulante)  LH e FSH  FSH e LH PUBERDADE: secreção de GnRH, LH, FSH e dos hormônios gonadais  GnRH

8  LH Crescimento e maturação dos caracteres sexuais primários e surgimento dos carcteres “secundários” como crescimento linear; pelos axilares e púbicos, surgimento da libido e etc.  GnRH PUBERDADE: Ações das gonadotrofinas  FSH  Crescimento testicular (9-14 anos)  Ciclos ovulatórios (10-14 anos) mas após surgimento dos caracteres sexuais 2º s  Crescimento ovariano secreção de Estradiol (8-12 anos)  Secreção de Testosterona (10-17 anos)

9

10

11 São ações da Testosterona: 1) Induzir a diferenciação, o desenvolvimento e o crescimento dos órgãos reprodutores masculinos internos e externos garantindo a aptidão para a penetração e fecundação. O APARELHO REPRODUTOR MASCULINO ADULTO 2) Determinar a manutenção funcional dos órgãos relacionados à reprodução 3) Estimular a produção de espermatozóides ou espermatogênese garantindo assim a aptidão para fecundação. Saladin, Anatomy and Physiology, cap. 27, 2002

12 Inibina B Testosterona Túbulos seminíferos e o interstício As células endócrinas testiculares

13 Eixo hipotálamo-hipófise testicular e controle da secreção de gonadotrofinas Leydig T túbulos T (-) Hipotálamo FSH (+) LH (+) esperma testículo Antunes-Rodrigues, 2006 pg. 313 Sertoli Inibina B (-) do FSH GnRH (+)

14 O aparelho reprodutor feminino adulto 2) Habilitar a mulher adulta, a cada ciclo menstrual, a ovular, copular, ser fecundada e eventualmente gerar um indivíduo (gravidez e lactação). Isto é possível graças às suas ações sobre os órgãos reprodutores, em especial o próprio ovário, a vagina, o útero e as tubas uterinas. São ações dos Estrógenos e da Progesterona: 1) Habilitar a mulher adulta a se reproduzir, determinando na puberdade o crescimento e a maturação dos órgãos sexuais externos e internos.

15 Efeitos dos estrogênios na puberdade (antes mesmo da menarca) tecido adiposo: EST: deposição em locais tipicamente femininos (mamas, quadris, ombros, abdome e coxas) = reserva energética Ossos: EST: estimulam o crescimento e a maturação óssea e contribuem para a manutenção da fisiologia óssea na mulher adulta.

16 OVÁRIO ADULTO Notar a existência simultânea de estruturas foliculares em muitos estágios diferentes de desenvolvimento e do corpo lúteo. Os Estrógenos e a Progesterona são os hormônios esteróides secretados pelo ovário adulto. Porém o perfil de secreção desses hormônios varia de acordo com a fase do ciclo ovariano que resulta no ciclo menstrual.

17 Notar a existência simultânea de estruturas foliculares em muitos estágios diferentes de desenvolvimento e do corpo lúteo. Fase folicular Fase luteínica 1º dia 25º dia ovulação Características do ciclo ovariano Organelas 14º dia 28º dia Folículos primordiais, primários, secundários, maduro e de Graaf corpo lúteo e corpo amarelo

18 Notar a existência simultânea de estruturas foliculares em muitos estágios diferentes de desenvolvimento e do corpo lúteo. Fase folicular Fase luteínica 25º dia ovulação Pós-ovulatória ou progesterônica Pré-ovulatória ou estrogênica Características do ciclo ovariano Fases hormonais 14º dia 28º dia Estrógenos Progesterona Quais seriam as funções dos hormônios esteróides secretados pelos folículos e pelo corpo lúteo durante o ciclo ovariano? 1º dia

19 O ciclo hormonal ovariano prepara os órgãos reprodutores femininos para a cópula, a concepção e eventuais gravidez e parto.

20 Fase menstrual (±5 dias) Fase pré- ovulatória ( ± 9 dias) ovulação Fase pós- ovulatória (14 dias) Fase menstrual ( ± 5 dias) O CICLO HORMONAL OVARIANO INDUZ OS CICLOS DOS EPITÉLIOS UTERINO E VAGINAL

21 Fisiologia do Sistema Endócrino Veja mais na página do Moodle dedicada à Disciplina Moodle Profa Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Dra. Associada III do Depto. Ciências Fisiológicas CCB-UFSC


Carregar ppt "Fisiologia do Sistema Endócrino Regulação endócrina da reprodução humana Profa Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Dra. Associada III do Depto. Ciências."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google