A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Engenheiro Zacarias Linhares Junior 1 Primeira Unidade Curricular Informações básicas sobre eletricidade e riscos decorrentes Primeira Unidade Curricular.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Engenheiro Zacarias Linhares Junior 1 Primeira Unidade Curricular Informações básicas sobre eletricidade e riscos decorrentes Primeira Unidade Curricular."— Transcrição da apresentação:

1 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 1 Primeira Unidade Curricular Informações básicas sobre eletricidade e riscos decorrentes Primeira Unidade Curricular Informações básicas sobre eletricidade e riscos decorrentes

2 Engenheiro Zacarias Linhares Junior Objetivos específicos : Discutir os conceitos das principais grandezas relacionadas à eletricidade; Identificar os perigos e avaliar os riscos associados às atividades com eletricidade.

3 Engenheiro Zacarias Linhares Junior Conteúdos : Eletricidade; Tensão, Corrente e Resistência; Sistema Elétrico de Potência; Riscos nas atividades com energia elétrica; Efeitos da tensão e corrente no corpo humano; Riscos indiretos em trabalhos com eletricidade.

4 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 44 3 – Desenvolvimento dos conteúdos

5 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 55 Eletricidade É um fenômeno físico atribuído a cargas elétricas estáticas ou em movimento.

6 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 66 Arte: Átomo do carbono 12 Próton: + Elétron: - Nêutron: 0 Próton: + Elétron: - Nêutron: 0

7 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 77 Carga Elétrica (Q) = Elétron livre |Q| = n. e - e = 1,60 x C n → número de elétrons C → Coulomb Arte:

8 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 88 Carga Elétrica (Q) - Exemplo Um elemento com o átomo composto por 5 prótons e 6 elétrons está eletrizado negativamente. Determine Q do núcleo deste átomo.

9 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 99 Carga Elétrica (Q) - Exemplo n = 6 – 5 = 1 elétron em excesso. Q = n. e = 1. 1, Q = 1, C Arte:

10 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 10 Artes: Corrente Elétrica (I) Elétrons livres em movimento ordenado.

11 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 11 Arte: Corrente Elétrica (I) t → tempo (s) q → carga elétrica (C) I → corrente (A) t → tempo (s) q → carga elétrica (C) I → corrente (A)

12 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 12 Corrente Elétrica (I) - Exemplo Uma I = 5 A percorre um fio condutor. Determine o valor de Q que passa através de uma secção transversal em 1 minuto.

13 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 13 Corrente Elétrica (I) - Exemplo I = 5 A ΔQ = ? Δt = 1 min = 60s

14 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 14 Amperímetro Aparelho que mede a corrente elétrica. Foto:

15 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 15 Tensão elétrica (U) = d. d. p É a pressão exercida pelo desnível de potencial elétrico que favorece o escoamento de elétrons livres. Arte:

16 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 16 Tensão elétrica (U) → analogia com H 2 O Arte: A água fluirá naturalmente.

17 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 17 Tensão elétrica (U) → analogia com H 2 O Arte: A água fluirá naturalmente.

18 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 18 Tensão elétrica (U) → Unidade: volt (V) Foto: Voltímetro automotivo → Voltímetro de bancada ← Foto:

19 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 19 Resistência elétrica (R) → Unidade: Ohm Representa a dificuldade que a I encontra quando passa por um condutor. Ω Arte:

20 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 20 Resistência elétrica (R) → 1 a Lei de Ohm Arte: Associação série → R eq. = R eq. = 10Ω I = U / R eq I = 12 / 10 = 1,2A

21 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 21 Resistência elétrica (R) → 1 a Lei de Ohm Arte: Associação paralela → Associação paralela → U = U 1 = U 2 = U 3

22 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 22 Resistor elétrico (R) Arte e foto: 1º Dígito = dezena 2º Dígito = unidade 1º Dígito = dezena 2º Dígito = unidade 3º Dígito = n o de zeros 4º Dígito = ± precisão 3º Dígito = n o de zeros 4º Dígito = ± precisão (4700 ± 3) Ω 1MΩ ± 5%

23 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 23 Condutores Facilitam a passagem de corrente. Ex.: Metais Condutores Facilitam a passagem de corrente. Ex.: Metais Isolantes Não permitem a passagem de corrente. Ex.: Borrachas Isolantes Não permitem a passagem de corrente. Ex.: Borrachas

24 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 24 Cobre Arte e foto:

25 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 25 SEP – Sistema Elétrico de Potência SEP – Sistema Elétrico de Potência

26 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 26 BT – Baixa Tensão U ≤ 1.000V → I CA para f < 400Hz U ≤ 1.500V → I CC 380V – 220V Foto:

27 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 27 AT – Alta Tensão U > 1.000V → I CA U > 1.500V → I CC 13,8kV Foto:

28 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 28 Riscos nas atividades com energia elétrica O maior de todos os riscos Arte:

29 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 29 Choque elétrico: Perturbação que se manifesta no corpo quando percorrido por uma corrente elétrica. Foto:

30 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 30 Choque elétrico: consequências diretas Contrações musculares, Fibrilação ventricular, Parada cardíaca, Queimaduras, Asfixia, anoxia, anoxemia. Diminuição de O 2 transportado pelo sangue arterial Ausência de O 2 Arritmia cardíaca grave

31 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 31 Choque elétrico: consequências indiretas Quedas de altura, Batidas, Fraturas, Traumatismos, Perda de membros. Foto:

32 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 32 Choque elétrico: consequência extrema Morte Fotos:

33 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 33 Limiar de sensação (Percepção): Percepção: I CA ≥ 1 mA; Percepção: I CC ≥ 5 mA Sem dor: 1mA ≤ I CA ≤ 8 mA; Há dor suportável: 8 mA ≤ I CA ≤ 15 mA. Foto:

34 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 34 LIMIAR DE NÃO LARGAR: 15mA ≤ I CA ≤ 20mA Choque doloroso; Perda no controle dos músculos. A pessoa não consegue soltar o fio. Haverá morte por asfixia ou parada cardíaca se o contato não for logo desfeito.

35 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 35 ACIDENTES COM ELETRICIDADE Sem perdas dos sentidos; Estado de morte aparente. Dois grandes grupos. Fotos:

36 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 36 SEM PERDA DOS SENTIDOS: Simples choques (sem consequências) ; Choques com contração elétrica (ocorrem no momento do contato) Com AT ou BT

37 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 37 Choque com contração elétrica: AT → A pessoa é lançada à distância por uma contração muscular violenta. Pode cair e ter lesões traumáticas.

38 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 38 Choque com contração elétrica: BT → a pessoa fica presa ao condutor. Podem resultar lesões profundas (queimaduras). Risco de quedas por relaxamento da vítima; Risco de quedas por reflexos de afastamento, no momento do corte da I CA.

39 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 39 Estado de morte aparente As vítimas perderam os sentidos no momento do contato ou segundos após. Pode haver morte por fibrilação ventricular. Ou prolapso em órgãos internos; Ou por paralisia dos músculos respiratórios.

40 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 40 SINTOMATOLOGIA DO CHOQUE ELÉTRICO Dores musculares; Agitação; Taquicardia; Tonturas; Desmaio (perda total dos sentidos); Momentânea ou prolongada.

41 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 41 SINTOMATOLOGIA DO CHOQUE ELÉTRICO Convulsão; Tromboses vasculares; Hemorragias; Fraturas por quedas; Rompimentos de músculos e tendões; Foto:

42 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 42 SINTOMATOLOGIA DO CHOQUE ELÉTRICO Queimaduras; Parada cardíaca; Parada Respiratória. As mais graves nas correntes de AT

43 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 43 SINTOMATOLOGIA DO CHOQUE ELÉTRICO Insuficiência Renal: principalmente nas lesões por AT Por haver grandes destruições musculares. Há liberação de toxinas que necrosam o tecido renal.

44 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 44 Fatores determinantes para haver choque Contato com condutores nus energizados; Contato com partes vivas de equipamentos; Condições e atos inseguros; O não uso de EPI e EPC

45 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 45 Fatores determinantes para haver choque Falta de capacitação; Falta de treinamento; Falta de habilidade; Falha na isolação; Total displicência Dentre outros.

46 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 46 Falhas na isolação elétrica - Possibilidades Calor e temperaturas elevadas; Umidade; Oxidação; Radiação; Sua absorção produz diminuição da capacidade de isolação.

47 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 47 Falhas na isolação elétrica - Possibilidades Produtos químicos; Desgaste mecânico; Fatores biológicos; Sobretensões. Ação de roedores, insetos, fungos. Dentre outras.

48 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 48 Efeitos da U e I no corpo humano Alta Tensão : Produz a destruição massiva do tecido na área de contato afetada.

49 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 49 Efeitos da U e I no corpo humano Alta Tensão : Produz a destruição massiva do tecido na área de contato afetada. Reduz a R à passagem da I..

50 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 50 Efeitos da U e I no corpo humano Corrente elétrica : Produz os efeitos negativos e severos do choque. A umidade ou sudorese fazem com que a R do corpo humano diminua.

51 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 51 Efeitos estimados da eletricidade.

52 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 52

53 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 53 Caminho da corrente através do corpo Percurso 1 Quando o choque fica limitado a 2 dedos da mesma mão, não há risco de morte. Percurso 1 Poderá haver, no entanto queimaduras ou perda de dedos.

54 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 54 Caminho da corrente através do corpo Percurso 2 A corrente entra por uma das mãos e sai pela outra, percorrendo o tórax. Percurso 2 Percurso perigoso que pode produzir parada cardíaca.

55 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 55 Caminho da corrente através do corpo Percurso 3 A corrente entra por uma das mãos e sai por um dos pés. Percurso 3 Percorre parte do tórax, centro nervosos, diafragma. Percurso 3 Poderá haver asfixia, fibrilação e parada cardíaca.

56 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 56 Caminho da corrente através do corpo Percurso 4 A corrente vai de um pé a outro, através de coxas, pernas e abdômen. Percurso 4 O perigo é menor que nos dois casos anteriores. Percurso 4 Poderá haver perturbações dos órgãos abdominais e músculo.

57 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 57 Duração do choque elétrico Choque de curta duração: Pode ser somente uma experiência dolorosa para a pessoa. Arte:

58 Engenheiro Zacarias Linhares Junior 58 Duração do choque elétrico Choque de duração considerável: A morte é inevitável. Dependerá da intensidade da corrente.

59 Obrigado! Engenheiro Zacarias Linhares Junior 59


Carregar ppt "Engenheiro Zacarias Linhares Junior 1 Primeira Unidade Curricular Informações básicas sobre eletricidade e riscos decorrentes Primeira Unidade Curricular."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google