A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola de Médiuns Seara Espírita Caminho, Verdade e Vida Aula de hoje: A Prece - Pedi e Obtereis (Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap. 27)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola de Médiuns Seara Espírita Caminho, Verdade e Vida Aula de hoje: A Prece - Pedi e Obtereis (Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap. 27)"— Transcrição da apresentação:

1 Escola de Médiuns Seara Espírita Caminho, Verdade e Vida Aula de hoje: A Prece - Pedi e Obtereis (Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap. 27)

2 O QUE É A PRECE ? A palavra prece se origi- na do latim prex, precis que significa pedidos, sú- plicas; votos, desejos. A oração é a chave da manhã e a tranca da noite. ( Mahatma Gandhi)

3 Ensinada por Jesus e pelos Espíritos Su- periores, a prece é uma manifestação da alma em busca da Presença Divina ou de seus prepostos. É uma conversa com o Criador ou com seus emissá- rios e, por isso, deve ser des- pida de todo e qualquer for- malismo.

4 A Prece é um ato de Adoração * Orar a Deus é pensar nEle ; é aproximar - se dEle; é pôr-se em comunicação com Ele. * A três coisas podemos propor-nos por meio da prece: Louvar. Pedir. Agradecer. * Pode-se dizer, também, que a prece é uma invocação, mediante a qual o homem entra, pelo pensamento, em comunicação com o ser a quem se dirige.

5

6

7

8 tir de um coração contrario a todo senti- mento contrario a caridade”. Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. 27, item 4.

9

10  Fluido Cósmico Universal É a menor partícula existente em todo Universo. No seu estado primitivo preenche todos os espações vazios do Universo. Nos encontramos mergulhados nele as- sim como os peixes se encontram mergu- lhados na água. É também o veiculo de transporte dos pensamento.

11 Ação da Prece Transmissão do Pensamento

12 Ação da Prece Transmissão do Pensamento

13 Ação da Prece Transmissão do Pensamento

14 Ação da Prece Transmissão do Pensamento  Depois de atingirem os seres e os luga- res para onde endereçamos, retornam a nós, potencializados pelas vibrações re- colhidos naqueles lugares.

15 Ação da Prece Transmissão do Pensamento  Espíritos do bem atendem aos bons sentimentos.

16 Ação da Prece Transmissão do Pensamento

17 Ação da Prece Transmissão do Pensamento EEspíritos do mal atendem aos maus sentimentos.

18

19

20

21

22

23 PPensamentos elevados atraem a atenção dos bons espíritos PPensamentos dese- quilibrados atraem os maus espíritos

24 456. Os Espíritos veem tudo o que fazemos ? – Podem vê-lo, pois estais incessantemen- te observados por eles. Mas cada um só vê aquilo a que dirige a sua atenção, porque eles não se ocupam das que não lhes interessam. Ação da Prece Transmissão do Pensamento

25 457. Os Espíritos podem conhecer os nos- sos pensamentos mais secretos? – Conhecem até mesmo, aquilo que dese- jaríeis ocultar a vós mesmos ; nem atos, nem pensamentos podem ser dissimulados para eles. Ação da Prece Transmissão do Pensamento

26 Podemos pedir a Deus que nos perdoe as faltas, mas só obteremos o perdão mudan- do de proceder, As boas ações constituem a melhor Prece boas ações são a melhor prece e os atos va- lem mais que as palavras. porque as O Livro dos Espíritos Questão - 661

27 Eficácia da Prece Todas a nossas preces são ouvidas? Sim, pois Jesus nos afirmou: Pedi e Obtereis.

28 Se são ouvidas, porque não são atendidas? – Todas as preces são atendidas, nós é que muitas vezes não prestamos atenção nas respostas.

29 Qual é o mecanismo de recepção da prece no Mundo Espiritual?

30 Mecanismo de recepção das Preces no Mundo Espiritual – Um caso real

31

32 Local: Pavilhão de um dos Postos de Socorro na cidade Espiritual Campo da Paz Descrição do Ambiente feita por André Luiz  Extensas filas de leitos no chão ocupadas por 1980 doentes.  Espíritos em sono profundo. A Prece de Ismália Livro Missionários da Luiz – André Luiz – Chico Xavier

33 Explicação de Aniceto – Mentor Espiritual  São criaturas que nunca se entregaram ao bem ativo e renovador em torno de si mesmo.  Outros que acreditavam convictamente na morte como sendo o nada, o fim de tudo, o sono eterno.  Dormem porque estão magnetizados pelas próprias concepções negativistas.

34  A maioria não poderá fugir, mais tarde, à enfermidade e a perturbação. André Luiz – Chico Xavier – Missionários da Luz

35  Tratamento comandado pelo Espírito Alfredo.  Manutenção maxima de silêncio.  Dos 1980 os 400 mais suscetíveis de próximo despertar foram atendidos.  80 Auxiliares desencarnados atenderiam cada um 5 doentes.  Os demais recebiam alimentos mais denços e medicação uma vez por dia. Descrição do Tratamento

36 A Prece de Ismália  Ismália começou a orar acompanhada por todos em silêncio.  Todos seguiam a rogativa frase por frase.  Repetiam, em pensamento, cada expres- são a fim de imprimir ao máximo ritmo e harmonia, ao verbo, ao som e a ideia, nu- ma só vibração.

37 Ocorrências Luminosas Durante a Prece Ismália irradiava luzes dia- mantinas por todo o corpo. As senhoras que a acompa- nhavam, emitiam luzes azuis. Depois vinha Alfredo cuja luz era um verde suave. Depois vinham cooperado- res e André Luiz com luzes Fracas

38 Resposta do Alto à Prece de Ismália  Grande quantidade de flo- cos de luz caiam em quan- tidade iguais sobre os que oravam.  Saiam da fronte e do peito de cada uma na coloração que os revestia na direção dos que dormiam.

39  As emitidas por Ismalia eram em maior quantida- de, e atingiam maior quan- tidade de necessitados.  Cada qual revelava o valor próprio na cooperação que pode prestar. Resposta do Alto à Prece de Ismália

40 *Os flocos partiam dos trabalhadores, e caiam sobre os pacientes, penetrando-lhes as células. *As múmias começavam a dar sinais de vida, uns gemiam, outros falavam desconexos em voz alta, moviam os pés e mãos. *Apenas dois se levantaram.

41 As boas ações constituem a melhor Prece velações importantes a respeito da prece. Eis sinteticamente o que eles nos ensinam: Nas questões 658 a 666 de O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec, os imortais fizeram re-

42 1- A prece é sempre agradável a Deus, quando ditada pelo coração. É, assim, preferível ao Senhor a prece vin- da do íntimo à oração lida, por mais bela que seja, se for lida mais com os lábios do que com o coração. As boas ações constituem a melhor prece 2- A prece é um ato de adoração, com o qual podemos propor-nos três coisas: Louvar. Pedir. Agradecer.

43 3- A prece torna melhor o homem, porque aquele que ora com fervor e confiança se faz mais forte contra as tentações do mal e Deus lhe envia bons Espíritos para assisti-lo. As boas ações constituem a melhor prece

44 4- O essencial não é orar muito, mas orar bem. Existem pessoas, no entanto, que supõem que todo o mérito está na lonjura da prece e fecham os olhos para os seus próprios de- feitos. Essas criaturas fazem da prece uma ocu- pação, um emprego do tempo, nunca um estudo de si mesmas. As boas ações constituem a melhor prece

45 6- As provas por que passamos estão nas mãos de Deus e há algumas que têm de ser suportadas até o fim; mas Deus leva sempre em conta a resignação. A prece traz para junto de nós os bons Espíritos, que nos dão a força de suportá-las corajosamente. As boas ações constituem a melhor prece

46 7) A prece nunca é inútil, quando bem feita, porque fortalece aquele que ora. 8) A prece não pode ter por efeito mudar os desígnios de Deus, mas a alma por quem oramos experimenta alívio e sente sempre um refrigério quando encontra pessoas cari- dosas que se compadecem de suas dores. As boas ações constituem a melhor prece

47 9- Pode-se orar pelos Espíritos e aos bons Espíritos, porque estes são os mensageiros de Deus e os executores de suas vontades. O poder deles está, porém, relacionado com a superioridade que tenham alcançado e dimana sempre do Senhor, sem cuja per- missão nada se faz. As boas ações constituem a melhor prece

48 A PRECE TEM LIGAÇÃO INSTANTÂNEA NO INTERCAMBIO MENTAL. PODENDO SER : VERTICAL – ASPIRAÇÕES REALMENTE ELEVADAS. HORIZONTAL – ANSEIOS VULGARES, ENCONTRARÁ RESSONÂNCIA JUNTO AOS ESPÍRITOS LIGADOS AOS PROBLEMAS DA TERRA DESCENDENTE – SÃO OS PETITÓRIOS INADEQUADOS, EXPRESSANDO DESESPERO, RANCOR, PROPÓSITO DE VINGANÇA, AMBIÇÕES.. LIGAÇÃO COM ENTIDADES DE BAIXO TEOR VIBRATÓRIO – INVOCAÇÃO

49 Cada prece, tanto quanto cada emissão de força, se caracteriza por determinado potencial de frequência e todos estamos cercados por inteligências capazes de sintonizar com o nosso apelo, à maneira de estações receptoras Entre a terra e o céu, André Luiz

50

51


Carregar ppt "Escola de Médiuns Seara Espírita Caminho, Verdade e Vida Aula de hoje: A Prece - Pedi e Obtereis (Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap. 27)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google