A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Panorama do Novo Testamento. Conteúdo a ser estudado Contexto político, social, religioso e cultural da época Os Evangelhos - Sinópticos e o Evangelho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Panorama do Novo Testamento. Conteúdo a ser estudado Contexto político, social, religioso e cultural da época Os Evangelhos - Sinópticos e o Evangelho."— Transcrição da apresentação:

1 Panorama do Novo Testamento

2 Conteúdo a ser estudado Contexto político, social, religioso e cultural da época Os Evangelhos - Sinópticos e o Evangelho de João A Vida de Jesus De Jerusalém à Roma A Vida de Paulo A explicação e as implicações das Epístolas e o do Apocalipse

3 Panorama do NT

4 Divisão do NT Evangelhos – Histórico Epístolas – Paulinas Gerais Apocalipse

5 Ao passo que o AT compreende milhares de anos, o NT compreende um período de aproximadamente 1 século – acredita-se que o primeiro dos livros foi escrito por volta de 45 d.C. e o último livro em 95 d.C. É nesse período que observamos o cumprimento da promessa da vinda do Messias, o surgimento da Igreja e o fenômeno que é o surgimento do Cristianismo.

6 Período Inter-Bíblico A história do AT se encerra após o cativeiro imposto pela Assíria ao Reino do Norte,Israel; com o cativeiro Babilônico imposto ao reino do sul, Judá e com o retorno dos outrora cativos e a implantação da hegemonia persa no século VI e V a.C. A partir desses eventos surge um período que os estudiosos bíblicos chamam de Período Intertestamental ou inter-bíblico.

7 Dentre os fatos mais importantes dessa época vale destacar o Reinado de Alexandre O grande que estabeleceu seu império dos Bálcãs região da Europa ligada a Albânia, Bulgária, etc até a Índia - tornando-se Senhor do antigo Oriente Médio.

8

9 A cultura Grega que estava em processo de disseminação cresceu ainda mais com a expansão de Alexandre – o Processo de helenização ganhou força a ponto do Grego ter se tornado uma língua comumente falada mesmo após a queda do império grego e estabelecimento do Império romano. Após a morte de Alexandre e muitas brigas internas seu reino foi dividido em quatro partes: Cassandro, Lisímaco, Ptolomeu e Seleuco

10

11 Primeiro os ptolomeus dominaram a palestina por 120 anos ( 320 – 198 a.C) havia respeito a fé dos judeus. Foi nesse tempo que surgiu a famosa tradução dos setenta. Em 198 a.C – os selêucidas conquistam a Palestina e começa um processo de helenização de Jerusalém :

12 cultura esportiva grega invocação de Deuses pagãos cirurgias para remoção das marcas de circuncisão mudança de nomes Hebreus para grego (cephas – Pedro) proibiu-se o guardar o sábado, a circuncisão, possuir cópias do AT um altar a Zeus foi erigido no templo e implantou-se a prática de prostituição religiosa no templo.

13 Revolta dos Macebeus Surge os hasmodeus – que se uniram aos Hassidims que originaram os fariseus. REVOLTA DOS MACABEUS – 170 – 140 a.C

14 Contexto Religioso Paganismo – uma mistura do politeísmo grego, superstições, sincretismo, religiões de mistério Judaísmo – que estavam basicamente divididos nas seguintes categorias:

15 Principais Festas Religiosas dos Judeus Páscoa

16 Festa de Pentecostes -

17 Festa das Tendas - João 7:37 e Isaías 12

18 O Templo

19 O Templo era centro da vida política, social e religiosa de Israel toda vida de um Israelita girava sobre o eixo da religião

20 Hierarquia no Templo O Líder era o sumo sacerdote – que era auxiliado pelos seguintes cargos de assessoria 1- Comandante do Templo 2- Chefe das Sessões de 24 Horas 3 – 3 Tesoureiros

21 Os Sacerdotes Eram 7 mil, que se dividiam em 24 turmas e cada uma servia 05 semanas por ano – o serviço era hereditário desde que duas condições fossem cumpridas 1- mãe judia 2- o filho fosse física e mentalmente sadio

22 Os Levitas São aproximadamente 10000, também divididos em 24 classes, servindo em média 05 semanas por ano. Estão divididos em dois grupos Os Músicos Porteiros

23 Os Escribas

24 Outras expressões da religiosidade judaica Sinagogas – que eram lugares para reuniões de adoração, estudo, resolução de questões jurídicas entre os judeus, e formação dos jovens. Sinédrio – a suprema corte judaica, contando inclusive com uma força policial. Com 70 membros mais o sumo sacerdote.

25 Grupos Político-Religiosos Saduceus - o nome da palavra Zadoque (2 Sam 8:17) – tinham controle sobre o templo e sobre o culto. Era o partidos dos sacerdotes. Eram apegados ao Pentateuco. Negando a Ressurreição e vida pós morte. Tem um conceito de santificação ligado ao Templo. São pela manutenção do status quo.

26 Fariseus - separados. Observância extrema a Lei - foram os pais do jeitinho “judaico”. São o caso típico de uma boa idéia deturpada. Tinham como objetivo reconstruir a espiritualidade judaica, mas ficaram atados a regrinhas que nem eles podiam cumprir.

27 Essênios – um grupo que vivia uma vida ascética ; em extremo rigor e separação do mundo. Aguardavam um sinal de Deus para que pudessem então entrar em guerra contra o mal. Zelotes – grupo extremista radical, que estava disposto a empunhar armas pela libertação de Israel.

28 Marcas desse tempo Religiosidade vazia Expectativa messiânica Domínio romano Pressão religiosa


Carregar ppt "Panorama do Novo Testamento. Conteúdo a ser estudado Contexto político, social, religioso e cultural da época Os Evangelhos - Sinópticos e o Evangelho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google