A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fundamentos de Biomecânica e Posturas para Trabalhar Dr. Pedro Luiz Dragone Médico do Trabalho Santa Casa de Limeira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fundamentos de Biomecânica e Posturas para Trabalhar Dr. Pedro Luiz Dragone Médico do Trabalho Santa Casa de Limeira."— Transcrição da apresentação:

1 Fundamentos de Biomecânica e Posturas para Trabalhar Dr. Pedro Luiz Dragone Médico do Trabalho Santa Casa de Limeira

2 Biomecânica do Ser Humano Característica 1 Pouca capacidade de desenvolver força física Movimentos de grande velocidade Grande amplitude, porém contra Pequenas resistências Decorrência do tipo de alavanca predominante

3 Alavanca de 1º grau Alavanca interfixa Pescoço Coluna

4 Alavanca de 2º grau Alavanca inter-resistente

5 Alavanca de 3º grau Alavanca inter-potente

6 Característica 2 Adaptado a fazer contrações musculares dinâmicas Contrações musculares estáticas causam dor e fadiga precoce Fadiga por esforço estático são aliviadas pelo relaxamento do músculo

7 Característica 3 Força Resistência Flexibilidade Velocidade Potência Agilidade Equilíbrio e Coordenação Propriedades dos músculos

8 Definição das propriedades Força –É potência máxima que pode ser exercida numa única contração voluntária Resistência –É a capacidade de resistir. –É definida e medida como a capacidade de repetição de contrações submáximas ou o tempo de sustentação de esforço submáximo

9 Definição das propriedades Flexibilidade –É a amplitude de movimentos através da qual os membros são capazes de se mover. Velocidade –Inclui o tempo de reação e o tempo de movimento

10 Definição das propriedades Potência –É a combinação de força e velocidade (é a distância percorrida pelo músculo em determinada carga em determinado tempo) Agilidade –É a capacidade de mudar de direção e posição, com precisão e sem perda do equilíbrio

11 Definição das propriedades Equilíbrio –É a capacidade de manter o posicionamento correto do corpo durante movimentos vigorosos Coordenação –É a relação harmoniosa entre os movimentos repetidos e de alta velocidade

12 Característica 4 Regras para aproveitamento racional –Nunca usar esforço excessivo de uma só vez –Ginástica de aquecimento e de alongamento –Garantir adaptação do automatismo dos movimentos de forma gradativa

13 Característica 5 Limite de segurança para algum esforço físico isolado –50% da força máxima Acima de 50% aumenta incidência de distúrbios e lesões

14 Característica 6 Quanto mais freqüente o esforço, menor é a porcentagem da força máxima que pode ser usada –Esforços dinâmicos valor seguro 1/3 da força máxima do grupamento muscular –Esforços estáticos 15% da força máxima pode ser problemático

15 Característica 7 Melhor postura para trabalhar: –Alternar as diversas posições Sentado De pé andando

16 Situações de Sobrecarga 1.Tenha que exercer grande força física Inadequada Antiergonômica Resultados: Desarranjos biomecânicos Distensões músculo-ligamentares Compressões nervosas Desinserção da extremidade de fixação do tendão no osso

17 Situações de Sobrecarga Todas as situações de esforço estático: Corpo fora do eixo vertical natural Sustentação de cargas com os membros superiores evitando seu deslocamento Postura de pé, parado, durante grande parte da jornada Postura de pé, apoiado sobre um dos pés Braços acima do nível dos ombros

18 Situações de Sobrecarga situações de esforço estático (cont.) Movimentação, manuseio e levantamento de cargas pesadas Pequenas contrações musculares estáticas (trabalho em computador) Braços suspensos Antebraços suspensos Uso da mão como morsa

19 Situações de Sobrecarga Alavanca biomecanicamente desfavorável Pequena distância da potência ao ponto de apoio Longa distância da resistência ao ponto de apoio

20 Exemplo

21 Situações de Sobrecarga Desagregação do esforço muscular Esforço lento sob controle contrário à ação motora natural Ex.: colocar caixa pesada lentamente no chão 5.Falta de aquecimento muscular e de alongamento do grupamento envolvido 6.Trabalhador novo sem devida adequação de seus músculos e ligamentos para a tarefa exigida

22 Situações de Sobrecarga Trabalhador em atividades de alta repetitividade sem o devido tempo necessário para o automatismo 8.Atividades de pé, parado na maior parte do tempo ou com pouca movimentação 9.Sentado durante toda jornada 10.Posição forçada durante parte significativa da jornada

23 Recomendações de Ergonomia 1 1.Reduzir esforço muscular na realização da tarefa 2.Tronco na vertical 3.Eliminar situações de contração estática 4.Fazer exercícios de aquecimento e alongamento 5.Atividade estática: pausas e distensionamento (micro)

24 Recomendações de Ergonomia 2 6.Escolher a melhor postura De pé Sentado Semi-sentado 7.Adotar flexibilidade postural 8.Pausas 9.Tapetes anti-fadiga

25 Reduzir esforço muscular na realização da tarefa Esforço muscular de alta intensidade –Trocar por meios mecânicos Persistência de esforço –Garantir redução na intensidade Aumentar braço de potência e/ou Diminuir braço de resistência

26 Tronco na vertical Altura dos postos de trabalho – Regra: –Trabalhos pesados Púbis –Trabalhos moderados Cotovelo –Trabalho com microcomputador Teclado ao nível dos cotovelos Braços na vertical Monitor na projeção horizontal dos olhos

27 Tronco na vertical – cont. Regra: –Empenho visual para perto Plano de trabalho na altura da linha mamilar Postos de trabalho com regulagem de altura Na dúvida, instalar um pouco mais alto

28 Eliminar contração estática Apoiar segmentos corpóreos Instalar talhas ou trilhos suspensos Instalar equipamentos de movimentação de cargas pesadas Colocar botoeiras em lugar de pedais Colocar sargentos e presilhas (morsa)

29 Aquecimento e Alongamento Início de jornada de trabalho Imediatamente antes de esforço muscular significativo

30 Atividade estática Trabalhos prolongados em computadores: –Pausas –Ginástica de distensionamento durante as pausas

31 Melhor Postura De Pé: –Levantamento e manuseio de cargas mais pesadas que 2 kg –Esforço muscular significativo –Fazer força para baixo –Comandos e peças além de 35 cm

32 Melhor Postura 2 De Pé (cont.): –Andar com freqüência –Operações muito no alto Sentado: –Precisão de movimentos –Não existência de situações de pé

33 Melhor Postura 3 Semi-sentado: –Posto de trabalho exige que se fique parado durante grande parte do tempo

34 Flexibilidade Postural Prever revezamentos: –Sentados possam ficar de pé –De pé possam se sentar em outra tarefa do rodízio –Rodízio ótimo = cada 2 horas

35 Pausas Permanentemente sentados 10 min. cada 2 horas Não sendo possível rodízios, adotar pausas Permanentemente de pé, parados ou pouca movimentação Posições muito forçadas 15 min cada 90 min. Descanso quando necessário ou 2 pessoas

36 Anti-fadiga Locais com pouca movimentação ou muito tempo de pé: –Tapetes com maciez adequada –Degraus para descanso das pernas Permite alternância de desconforto

37 FIM


Carregar ppt "Fundamentos de Biomecânica e Posturas para Trabalhar Dr. Pedro Luiz Dragone Médico do Trabalho Santa Casa de Limeira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google