A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UM BREVE OLHAR ETNOGRÁFICO SOBRE A FEIRA DO PASSARINHO Maceió-AL 2006 APRESENTAÇÃO Apresento o seguinte trabalho como resultado da observação participante.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UM BREVE OLHAR ETNOGRÁFICO SOBRE A FEIRA DO PASSARINHO Maceió-AL 2006 APRESENTAÇÃO Apresento o seguinte trabalho como resultado da observação participante."— Transcrição da apresentação:

1 UM BREVE OLHAR ETNOGRÁFICO SOBRE A FEIRA DO PASSARINHO Maceió-AL 2006 APRESENTAÇÃO Apresento o seguinte trabalho como resultado da observação participante que realizei na Feira do Passarinho, localizada na cidade de Maceió-AL, conforme me foi exigido como trabalho final para avaliação da disciplina Antropologia V. Apresento uma breve descrição dos aspectos relevantes da estrutura, do cotidiano, da dinâmica e identidades da feira. Pretendi ao longo da etnografia deixar claro todos os momentos em que estive me limitando a descrever, mas também os momentos em que fiz minhas inferências e demonstrei alguns conceitos e categorias importantes peculiares à mesma. Uma região da feira está localizada sobre os trilhos de um trem e é conhecida como "Feira do Rato". Foi principalmente nesta parte da feira em que foquei minha atenção durante a observação. Foram vários os motivos. Um deles foi o inusitado estabelecimento de parte de uma feira sobre os trilhos de uma ferrovia em pleno funcionamento diário. Um outro motivo foi a grande maioria dos trabalhos a respeito da feira e a quase totalidade dos meus informantes, que sugeriam que esta seria uma região à parte da feira, com uma estrutura, um cotidiano e até uma identidade diferente, a qual inclusive, dava o que poderíamos chamar de uma "má fama" à Feira do Passarinho como um todo, devido ao que chamo durante o trabalho de práticas ilícitas, ali correntes. OBJETO E OBJETIVOS > Feira do Passarinho / Feira do Rato. > Analisar a estrutura, cotidiano, dinâmica e identidades relativas à Feira do Passarinho e à Feira do Rato. > Verificar a influência das macro estruturas. > Analisar a formação das duas identidades diferentes na mesma feira. > Analisar as implicações da ocorrência das práticas ilícitas. METODOLOGIA >ETNOGRAFIA: Observação Participante: Permanência na feira por alguns dias, em seus horários de maior movimentação. > Caderno de campo e gravação de áudio como formas de armazenamento dos dados durante a pesquisa. > Realização de entrevistas concedidas por pessoas que freqüentam e por outras que trabalham na feira. RESULTADOS > A determinação geográfica apresenta-se como um fator determinante na ocorrência das práticas ilícitas, já que a Feira do Rato, por localizar-se sobre os trilhos do trem dificulta a fiscalização e a repressão do poder público. > A ocorrência de duas identidades diferentes na mesma feira: Feira do Rato e Feira do Passarinho. Onde a identificação de Feira do Rato denota a pejoratividade criada sobre a mesma com o intuito de demonstrar que esta é gerada devido às práticas ilícitas ali correntes. BIBLIOGRAFIA: EVANS-PRITCHARD, E.E. Algumas Reminiscências e Reflexões sobre o Trabalho de Campo. In: Bruxaria, Oráculos e Magia entre os Azande. Rio de Janeiro. Zahar Editoras MALINOWSKI, Bronislaw. Prólogo e Introdução. In: Argonautas do Pacifico Ocidental. São Paulo. Ed.Abril, ª edição. PEIRANO, Marisa. A favor da etnografia. Rio de Janeiro, Relume-Dumará, GEERTZ, Clifford. "Uma descrição densa: por uma teoria interpretativa da cultura". In: A interpretação das culturas. Rio de Janeiro. Zahar, 1978.


Carregar ppt "UM BREVE OLHAR ETNOGRÁFICO SOBRE A FEIRA DO PASSARINHO Maceió-AL 2006 APRESENTAÇÃO Apresento o seguinte trabalho como resultado da observação participante."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google