A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PJMP do Nordeste refletindo o seu Plano Político Pastoral, para fortalecer a ação. Palmares-PE 13 à 16 de Setembro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PJMP do Nordeste refletindo o seu Plano Político Pastoral, para fortalecer a ação. Palmares-PE 13 à 16 de Setembro."— Transcrição da apresentação:

1 PJMP do Nordeste refletindo o seu Plano Político Pastoral, para fortalecer a ação. Palmares-PE 13 à 16 de Setembro

2 Programação do Nordestão Sexta-Feira 07:00 – Café da Manhã 08:00 - Acolhida (Boas Vindas) 08:30 - Oração 09:00 - Exposição da Temática 10:30 – Lanche 10:45 – Trabalho em Grupo 11:30 – Plenária 12:30 - Almoço

3 Programação do Nordestão Sexta-Feira (Tarde) 14:00 – Um olhar para a realidade Eclesial e Nacional. 16:00 – Lanche 16:15 – Trabalho em Grupo 16:45 – Plenária 17:15 – Apresentação da Missão da PJMP e os Objetivos do Plano 17:30 – Apresentação das Linhas de Ação em comum com a PJB. 18:30 – Jantar

4 Equipe da Celebração Cida (Bonfim) Isa Carla (Bonfim) Edja (Maceió) Welington (Maceió) Maria Guerra (Palmeira dos Índios) Ir. Núbia (Natal)

5 APRESENTAÇÃO O presente plano busca melhorar a organização e a ação da PJMP no Brasil; Neste sentido, este plano político pastoral não é uma camisa de força. É um guia para a caminhada da PJMP em todo o Brasil nos próximos três anos que pretende orientar diretamente as ações da articulação nacional e subsidiar a caminhada nos regionais e dioceses; A Assembléia nacional de 2002, em Campinas (SP), entendeu que ele era um instrumento necessário na caminhada; É um documento construído a partir das análises do contexto e das intenções e proposições ali formuladas e que agora conformam o Plano Político-Pastoral da PJMP para o triênio

6 Este documento apresenta inicialmente uma identificação da PJMP:Quem somo? Quais as nossas principais conquistas nos últimos anos? Em seguida há uma análise do contexto nacional e eclesial procurando enfatizar aí a situação da juventude e os desafios posto para a PJMP; a missão da PJMP, os objetivos do plano, uma análise da situação da e cada um eixos das ações priorizados no plano, a metodologia, os indicadores de resultados e o detalhamento das atividades previstas para o triênio. Finalizando são apresentadas a estrutura de organização da PJMP, As definições quanto ao monitoramento, avaliação do plano e as considerações finas.

7 1.Pastoral de Juventude do Meio Popular- PJMP: quem somos e principais conquistas dos últimos anos A Pastoral da juventude do Meio Popular(PJMP) específica que integra a PJB( Pastoral da Juventude do Brasil) que por sua vez está vinculada a Comissão Laicato da CNBB(Conferência Nacional dos Bispo do Brasil). Nasceu em 1978 no Recife (PE) como fruto das sementes jogadas pela Juventude Operária Católica destruída pela ditadura com golpe militar de 1964; O chão da PJMP é o da juventude empobrecida da periferia, sofrida pela falta de emprego, falta de uma educação de qualidade e até das necessidades básicas de sobrevivência, mas que assume a sua identidade e está consciente de sua realidade social, buscando maior engajamento e participação na construção da cidadania;

8 Numa sociedade marcada pela pluralidade e subjetividade, a PJMP tem se preocupado em se inserir no atual contexto buscando o que há de positivo dentro do mundo atual.(Igreja e Sociedade); Para a PJMP a juventude não é homogênea, nem é apenas uma fase da vida comum a todo ser um humano. A juventude brasileira tem raça, classe, social, oportunidades desiguais na sociedade; Ainda neste espaço o plano apresenta dados colhidos no Congresso dos 25 anos realizado em 2004 no Rio Grande do Norte;

9 TRABALHO EM GRUPO Os seguintes dados apresentam de fato a realidade da juventude da PJMP do Nordeste? De que maneira as iniciativas apresentadas(p.21) no PPP têm contribuído para o fortalecimento da PJMP do Nordeste?

10 APONTAMENTOS Público dos grupos: Adolescentes (maioria); Constatam-se transformações estatísticas; Inversão de prioridades (Igreja x Sociedade); Influência dos Meio de Comunicação de Massa; Confiança nas instituições e/ ou pessoas; Atualizadas o perfil dos jovens da PJMP; Contribuição das CEBS e de Setores Sociais Diocesanos para o fortalecimento da PJMP; CEBS x GRUPO DE BASE DA PJMP.

11 APONTAMENTOS É preciso articular ações conjuntas para o bloco nordeste; Envolvimento e construção de atividades culturais; Motivação de cursinhos populares; Valoriza-se as ações sociais e esquece-se da intervenção da PJMP na Igreja; É necessário ocupar espaços de participação sócio-político-cultural a fim de contribuir para construção de uma sociedade democrática e participativa;

12 2- A Juventude do Meio Popular no Contexto Nacional e Eclesial Segundo o PPP da PJMP:(p.24) Vivemos num país uma realidade de grandes contradições entre o aprofundamento da pobreza, da desigualdade e um governo eleito com a promessa de romper com as históricas desigualdades sociais e políticas e inaugurar o começo da construção de um país de todos; No caso da juventude os desafios são enormes. Eles são 34,1 milhões de pessoas no Brasil atual, segundo dados do IBGE. A maioria experimenta muito fragilidades e vulnerabilidades; A pós-modernidade e a cultura neoliberal reforça o individualismo e representa um modo de ver e pensar desencantado diante da razão, optando por uma moral do imediatismo. Esta situação não atinge somente a igreja católica e se realiza no surgimento de outras denominações que atuam na mesma linha, valorizando o intimismo e a busca da satisfação pessoal.

13 SINAIS DE UMA IGREJA PROFÉTICA Há sinais de uma igreja profética, libertadora, comprometida com a causa do Evangelho que se revelam: 1- Concílio vaticano II 2 – Rio de Janeiro 3 - Medelim 4 - Puebla 5 - Santo Domingos 6 - Aparecida Conferência Latino Americana ° Inter-eclesial das CEB´s; 8 - 4° Semana Social Brasileira 9 - Documento Evangelização da Juventude

14 TRABALHO EM GRUPO Como a PJMP do Nordeste tem buscado superar esses desafios? (p.28)

15 Síntese da Discussão Missão Ações Formativas Assessores(as) Produção de Subsídios Valorização da Cultura Construir Parcerias Iniciativas estratégicas para ocupar espaço na Igreja Engajamento na Sociedade Construção de ações comunitárias Registrar a caminhada da PJMP

16 3- A MISSÃO DA PJMP Vivenciar e testemunhar a proposta do Reino de Deus estando presente na vida, na luta e nos sonhos dos jovens empobrecidos, visando evangelizar numa prática libertadora, contribuindo na transformação da pessoa humana e da sociedade.

17 3.1 A MISSÃO DE JESUS Evangelho de Lucas(4,18-19) O Espírito do Senhor está sobre mim, por ele mim consagrou com a unção, para anunciar a Boa Notícia aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos presos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos, e para proclamar um ano de graça do Senhor.

18 TRABALHO EM GRUPO Como temos vivenciado e testemunhado a missão da PJMP e qual relação da mesma com a missão de Jesus Cristo?

19 4- OBJETIVOS DO PLANO 1- Ser um guia para a caminhada da PJMP em todo o Brasil nos próximo três anos, orientados diretamente as ações da articulação nacional e subsidiando as definições e ações da PJMP nos regionais e dioceses; 2- Ampliar a articulação da PJMP no Brasil; 3- Favorecer o estabelecimento de parcerias na Igreja e na sociedade, sobretudo com outros movimentos e redes juvenis do país; 4- Fortalecer a inserção e contribuição da PJMP no conjunto da caminhada das Pastorais de Juventude do Brasil; 5- Contribuir no fortalecimento das instâncias da organização nacional: comissões, secretaria;

20 6- Ampliar o quadro de assessores efetivamente comprometidos com a caminhada nacional da PJMP; 7- Favorecer a produção de subsídios; 8- melhorar a comunicação interna e externa; 9- Buscar alternativas de sustentação financeira; 10- Desenvolver processos de formação de jovens e de assessores;

21 11- Fortalecer a mística e a espiritualidade da PJMP; 12- Possibilitar a sistematização de experiências e o tratamento adequado dos registros da historia da PJMP no País;

22 Linhas de Ação Comuns à caminhada da PJB

23 LINHAS DE AÇÃO 1- INTERVENÇAO NA SOCIEDADE OBJETIVO Proporcionar que as Pastorais da Juventude do Brasil tomem posicionamento político, com uma intervenção clara, frente às grande temáticas referentes aos adolescentes e jovens, no que se refere aos direitos sociais e á construção de políticas para a juventude.

24 LINHA DE AÇÃO 2- FORMAÇÃO Objetivo: Trabalhar a formação integral e capacitação dos jovens militantes e assessores em todos os níveis das Pastorais da Juventude do Brasil que ajudem a construir pessoas a partir dos valores evangélicos e éticos, em suas relações consigo, com o outro, com a natureza e com Deus, preparando-os tecnicamente e tornando-os protagonistas do novo na história.

25 LINHA DE AÇÃO 3- CULTURA Objetivo: Valorizar as expressões culturais, resgatando os valores presentes no mundo juvenil como potencialidade a serem garantidos e trabalhados no conjunto das Pastorais.

26 LINHA DE AÇÃO 4- ESPIRITUALIDADE Objetivo: Promover a espiritualidade encarnada e centrada na vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo, que possibilite a comunhão, e a participação do jovem, a vivência de uma fé pessoal e comunitária e ao testemunho de vida cristã.

27 LINHA DE AÇÃO 5- ARTICULAÇÃO DA AÇÃO PASTORAL Objetivo: Intensificar a participação social e eclesial, dialogando com as organizações populares e juvenis para potencializar forças frente à temáticas relacionadas a melhoria da vida da Juventude.

28 LINHA DE AÇÃO 6- COMUNICAÇÃO Objetivo: Elaborar e implementar um Projeto de Comunicação que garanta a interação da PJB, junto a Igreja e a Sociedade, em especial as organizações juvenis.

29 LINHA DE AÇÃO 7- SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA Objetivo: Criar mecanismos que possibilitem a auto-sustentação da PJB.

30 ANÁLISE SITUACIONAL Ao pensar os eixos que norteariam o presente plano, a PJMP entende que seis dimensões da caminhada deveriam constituir os eixos a partir dos quais seriam traçadas as ações do plano: articulação, finanças, secretaria, formação e espiritualidade.

31 A) ARTICULAÇÃO A articulação nacional hoje se efetiva a partir das reuniões da Comissão Nacional, da realização de encontros de formação e da assembléia nacional, visitas dos assessores e membros da coordenação nacional a regionais. O PROBLEMA: A falta de comunicação causado pela ausência de recursos humanos e pela inexistência de intercâmbios.

32 B) SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA A sustentabilidade financeira da caminhada da PJMP, em nível nacional, nos últimos anos tem sido uma das suas maiores dificuldades. Não há um caixa permanente, há a busca de recursos por atividade. O PROBLEMA: O fato de não se conseguir criar uma alternativa de sustentação financeira, pela falta de definição de papéis para a elaboração de projetos financeiros e negociação com organismos de cooperação.

33 C) SECRETARIA A Secretaria Nacional tem a função executiva. Gestão: Cristina - SP (até 2004); Chiquinho - CE (até 2008) PROBLEMA: A falta de apoio dos regionais.

34 D) FORMAÇÃO As atividades de formação ocupam um lugar central na vida da PJMP. Nacionalmente elas acontecem basicamente através de encontros específicos, para isto, reunindo jovens, militantes e encontros específicos para assessores. PROBLEMA: A falta de continuidade dos processos formativos causado pela falta de agentes formadores capacitados e de um programa de formação, além disso ausência de subsídios adequados e da falta de recursos humanos e financeiros.

35 E) ESPIRITUALIDADE É a busca da totalidade da vida. O que transforma o mundo não são somente as idéias, mas sim, a convicção, a paixão. Nos grupos de jovens da PJMP se busca momentos para aprofundar a fé, espiritualidade e a mística dos jovens empobrecidos. PROBLEMA: Ausência de subsídios e dificuldades de acesso aos existentes, poucos espaços de vivência, troca de experiências e intercâmbio da espiritualidade da PJMP.

36 F) ASSESSORIA A experiência de assessoria na PJMP realiza-se de forma coletiva, através da formação de equipes de assessoria. PROBLEMA: A fragilidade do quadro de assessores causada pela falta de formação permanente, pelas dificuldades de funcionamento da comissão nacional de assessores e pelo não comprometimento de alguns assessores com a comissão e com a caminhada.

37 METODOLOGIA DO PLANO Na PJMP, em todas as suas ações e em todos os seus processos formativos trabalha-se com a metodologia da Educação Popular, com a qual se identifica desde o seu nascimento.

38 TRABALHO EM GRUPO Diante dos objetivos e indicadores gerais do plano, os resultados foram alcançados? (p. 43 – 45)

39 Síntese dos Indicadores de Resultado Articulação do Bloco Favorecer a produção de subsídios Melhorar a comunicação interna e externa Buscar alternativas de sustentação financeira Todos sabem o endereço do site? Porque o site não serve? Se não há reunião da CN e CNAPJMP com há articulação?

40 ATIVIDADES Secretaria; Assessoria; Sustentabilidade; Formação; Espiritualidade; Articulação.

41 TRABALHO EM GRUPO Enquanto Nordeste, que atividades podemos priorizar em cada eixo? (p.45 – 46).

42 Articulação Prioridade: Congresso Nacional dos 30 Anos da PJMP Nacional. - Como fazer? 1- Apoio do Bloco Nordeste 2- Interação da CN e CNAPJMP com o Congresso (Envolvimento) 3- Encontro com a CN e CNAPJMP e as Comissões Regionais do Bloco Nordeste. (1º semestre de 2008 em Bom Jesus) 4- A partir deste encontro manter uma articulação trimestral até o Congresso. (Podendo haver um segundo encontro para avaliação e deliberação das próximas atividades a serem realizadas)

43 Formação Mapeamento dos Jovens e de assessores para formar a equipe de elaboração e publicação de subsídios em todas as instâncias.

44 Espiritualidade Disponibilizar no sitio uma seleção das produções existentes sobre a espiritualidade da PJMP.

45 Sustentabilidade Elaboração de um projeto para o bloco nordeste articulação e formação(curto prazo).

46 DOMINGO - DISCUSSÃO DO NE 2 Um olhar para as bases, Diocesano, Regional e Nacional. Como estamos? Onde estamos? Quantos Somos? Como estamos organizados? Essa estrutura funciona e atende a necessidade?


Carregar ppt "PJMP do Nordeste refletindo o seu Plano Político Pastoral, para fortalecer a ação. Palmares-PE 13 à 16 de Setembro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google