A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CISTICERCOSE Impacto sobre a saúde pública Estudo de caso Material adicional: TENIASE CISTICERCOSE - UMA REVISÃO DE LITERATURA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CISTICERCOSE Impacto sobre a saúde pública Estudo de caso Material adicional: TENIASE CISTICERCOSE - UMA REVISÃO DE LITERATURA."— Transcrição da apresentação:

1 CISTICERCOSE Impacto sobre a saúde pública Estudo de caso Material adicional: TENIASE CISTICERCOSE - UMA REVISÃO DE LITERATURA

2 Antecedentes preliminares Numa tarde, quando Eduardo se dirigia do seu local de trabalho a seu lar, repentinamente, começou a sentir dores de cabeça, as quais ele atribuiu ao cansaço e ao estresse. Ao chegar a sua casa, tomou dois comprimidos de ácido acetilsalicílico e foi descansar. No dia seguinte as dores não cessaram e ele decidiu ir consultar um amigo médico. O doutor Pérez lhe receitou ibuprofeno, com a advertência de que se a dor não passasse ele deveria ir ao hospital para que lhe realizassem um exame mais detalhado.

3 Discutir e responder (1) Qual atitude você teria tomado você no caso de Eduardo? O que teria sugerido no caso de Dr. Pérez? html/ html

4 Dois dias mais tarde e sem que a dor de cabeça tivesse diminuído, Eduardo se dirigiu ao Hospital Geral e obteve uma consulta no serviço de neurologia. O médico encarregado solicitou uma Tomografia Axial Computadorizada (TAC). A TAC permitiu visualizar algumas formas císticas disseminadas no parênquima cerebral.

5 Discutir e responder (2) Quais enfermidades poderiam estar associadas à presença de formas císticas visualizadas no cérebro? É necessário realizar uma prova adicional para confirmar o diagnóstico que se presume?

6 Uma suspeita inicial de infecção cerebral por cisticercose foi confirmada mediante o resultado com a prova sorológica de Eletroimunotransferência Blot (EITB) (positivo em 4 bandas reativas para cisticercose). Imediatamente, Eduardo foi submetido a um exame coproparasitológico e sorológico adicional, do qual resultou negativo à Taenia solium. Na anamnese realizada não se encontrou evidências de visitas a zonas endêmicas de cisticercose e teníase no Peru ou fora dele.

7 Discutir e responder (3) Qual o ciclo biológico da Taenia solium? Com os antecedentes que se têm até agora, se pode suspeitar de alguma forma de infecção? Que outra informação é necessário obter?

8 Eduardo informou que era casado e que teria dois filhos: Geraldo de 7 anos e Guilhermo de 4. Além do mais, indicou que teriam uma pessoa a seu serviço há 4 anos. Comentando acerca de sua rotina, mencionou que era o primeiro a sair de casa e portanto o primeiro em tomar café da manhã. Depois sua esposa tomava e mais tarde seus filhos que saiam para o colégio situado a não mais de 20 minutos da casa. Um dado que o médico considerou importante foi o fato de que todos os integrantes da família, incluindo a pessoa que trabalha com eles, faziam uso dos serviços higiênicos nas manhãs antes de tomar o café.

9 Discutir e responder (4) A informação oferecida por Eduardo colabora para que se determine a fonte de infecção? Que outros passos seguiram na busca da fonte de infecção? content/view/full/3346

10 Os médicos epidemiologistas do hospital recomendaram que se realizasse um diagnóstico de teníase e cisticercose em todos os membros da família e o pessoal que trabalha na casa. O resultado do mesmo apontou que a esposa e filhos de Eduardo teriam 1 banda reativa para cisticercose e que a pessoa que trabalha na casa resultou ser positiva para prova de sorologia e a prova de copro- antígeno para Taenia solium.

11 Os resultados encontrados permitem esboçar uma hipótese sobre os mecanismos da infecção de Eduardo? Como se explica que os demais membros da família não apresentaram respostas sorológicas similares às de Eduardo? Quais as medidas que você tomaria com relação à funcionária deles? Como ela adquiriu a teníase? Por que ela não apresentou sinais clínicos? Discutir e responder (5)

12 Fazendo a anamnese com a pessoa que trabalha com eles, ela indicou que tinha nascido e vivido em Patapuquio, um povoado da serra central do Peru, onde estudos epidemiológicos realizados há três anos atrás apresentaram uma soro- prevalência de cisticercose suína de 60% e uma prevalência de teníase de 5%. Depois disso foi trabalhar na casa de Eduardo há 4 anos.

13 Ao perguntar à respeito do que eles sabem sobre esta enfermidade, ela falou que em seu povoado esta doença no suíno se conhece como triquina e que os suínos infectados não eram descartados, mas eram vendidos a aproximadamente um terço do seu valor.

14 Com os antecedentes mostrados você poderia resumir como Eduardo teria se infectado com a cisticercose? Quais medidas seriam tomadas com Eduardo? Discutir e responder (6) Diagnosis/volume4.htm

15 Qual é o risco de vender suínos infectados com cisticercose? Quais medidas você tomaria para diminuir a prevalência de cisticercose suína e teníase humana?

16 Caso de estudo desenvolvido pelos integrantes SAPUVETNET II - Universidade Peruana Cayetano Heredia, fac. Veterinaria e Zootecnia, Lima (Peru) contatos: Guillermo Leguia: Nestor Falcon: Estudo de caso desenvolvido por: –Néstor Gerardo Falcón Pérez –Guillermo Leguia Puente Os autores agradecem ao Grupo de Cisticercose do Peru, em nome dos Drs. Armando González e Hugo García, pelas facilidades concedidas para o uso da informação produzida, a mesma que se anexa na ajuda para a solução do presente caso.


Carregar ppt "CISTICERCOSE Impacto sobre a saúde pública Estudo de caso Material adicional: TENIASE CISTICERCOSE - UMA REVISÃO DE LITERATURA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google