A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NOT AN OFFICIAL UNCTAD RECORD. Cronologia 1995-1998 – Início das articulações pelo gasoduto de transporte; Acordo DF-GO; preponderância do traçado do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NOT AN OFFICIAL UNCTAD RECORD. Cronologia 1995-1998 – Início das articulações pelo gasoduto de transporte; Acordo DF-GO; preponderância do traçado do."— Transcrição da apresentação:

1 NOT AN OFFICIAL UNCTAD RECORD

2 Cronologia – Início das articulações pelo gasoduto de transporte; Acordo DF-GO; preponderância do traçado do Triângulo Mineiro 2000 – Criação da CEBGÁS e da GOIÁSGÁS – Crise energética – Nova etapa das articulações; Gasoduto Brasília

3 Traçados sugeridos Gasoduto Brasília Campinas-Ribeirão Preto- Triângulo Mineiro- Sul Goiano-Goiânia-Brasília Penápolis-S.J.Rio Preto- Triângulo Mineiro- Sul Goiano-Goiânia-Brasília São Carlos - Ribeirão Preto -Triângulo Mineiro - Goiânia -Brasília Campo Grande -Sudoeste Goiano -Goiânia - Brasília Cuiabá - Sudoeste Goiano - Goiânia –Brasília São Carlos Uberaba Itumbiara Brasília Anapolis Goiânia Cuiaba Campo Grande Jatai Rio Verde

4 Sudoeste Goiano Extensão total: 1040 km Trecho Campo Grande-Rio Verde: 600 km Trecho Rio Verde-Brasília: 440 km Triângulo Mineiro Extensão total: 830 km Trecho São Carlos-Uberlândia : 400 km Trecho Uberlândia-Brasília: 430 km Gasoduto Brasília Principais traçados

5 EXTREMO CENTRO-OESTE Roraima Amazonas Acre Rondônia Para Amapá Maranhão Tocantins Piauí Paraná Espírito Santo Minas Gerais Rio de Janeiro Bahia Sergipe Alagoas Pernambuco Rio Grande do Norte Ceará Paraiba Mato Grosso Goiás Distrito Federal Mato Grosso do Sul São Paulo Santa Catarina Rio Grande do Sul A distribuição assimétrica de gasodutos no Centro-Oeste CENTRO-OESTE PRÓXIMO

6 Postos de GNV Total de postos Postos BR PE CE 28 PB 13 7 AL 137 SE 10 5 BA MG 5514 ES 139 RJ SP RS 14 9 SC RN PR 615 MS 4 3 Capacidade instalada: 6 milhões de m 3 /dia Total de municípios: 101 Atualizado em fevereiro de 2004

7 Alguns indicadores do balanço energético do Centro-Oeste (2002) Estado Consumo resid. de GLP (mil m 3 ) Consumo resid. de eletricidade (GWh) Capacidade instalada de geração térmica (MW) Capacidade instalada de geração hidrica (MW) Goiás DF Mato Grosso M.G.do Sul Fonte: MME Gasoduto Brasília

8 IPI Demanda potencial do eixo Goiás-DF Veicular Comercial Público Industrial/agro-industrial; cogeração Termelétrica Residencial Gasoduto Brasília EstadoMilhão de R$ GO285 DF139 MT82 MS33 MA78 PI43 Fonte: Receita Federal

9 Palmas Imperatriz São Luiz Terezina A proposta da rede básica de gás natural

10 Nova leitura da proposta do Gasoduto Brasília A Rede Básica de Gasodutos – impacto econômico, social (e ambiental) no interior do país. O horizonte a evolução da demanda de GN do eixo Goiás-DF. A questão financeira – CDE, PPP. O traçado do Sudoeste Goiano (tarifa por distância). Gasoduto Brasília

11 À GUISA DE CONCLUSÃO A oferta de GN não tem limitações à vista. Faz sentido a abordagem gradualista (GNC GNL Gasoduto de transporte). O gasoduto Fortaleza-São Luis gera efeitos benéficos para Goiânia e Brasília. O traçado do Triângulo Mineiro pode tornar-se viável com o gás de Santos. Gasoduto Brasília

12 José Carlos Vidal Gasoduto Brasília


Carregar ppt "NOT AN OFFICIAL UNCTAD RECORD. Cronologia 1995-1998 – Início das articulações pelo gasoduto de transporte; Acordo DF-GO; preponderância do traçado do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google