A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vírus transmitidos por alimentos: uma potencial ameaça Maria São José Nascimento uma ameaça real.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vírus transmitidos por alimentos: uma potencial ameaça Maria São José Nascimento uma ameaça real."— Transcrição da apresentação:

1 Vírus transmitidos por alimentos: uma potencial ameaça Maria São José Nascimento uma ameaça real

2 Doenças transmitidas através dos alimentos Bactérias têm sido tradicionalmente responsabilizadas por este tipo de doenças MAS HOJE: Os vírus são reconhecidos como os principais responsáveis pelos surtos epidémicos associados à ingestão de águas e alimentos

3 Foodborne Illnesses by etiology (in thousands) 14 milhões 62 milhões _________ 76 milhões 67,2% 2,6% 30,2% Mead et al, Emerging Infectious Diseases 1999:5(5); vírus Sem agente etiológico

4 Astrovírus Rotavírus Vírus hepatite A *emergentes NOROVÍRUS ( Norwalk-like virus) NOROVÍRUS ( Norwalk-like virus)66,6% 0,6 %

5 02,000,0004,000,0006,000,0008,000,00010,000,000 Norwalk-like virus Campylobacter Salmonella C. perfringens Giardia S. aureus Most common causes of foodborne Illness Mead et al, Emerging Infectious Diseases 1999:5(5);

6 Norwalk-like virus Outbreaks Settings Total: % 26% 16% 10% 5% Restaurants/ catered events Nursing homes Schools/ daycares Vacation/ cruise ships Other Not given Mode of transmission Total: % 16 % 3% 23 % Food borne Water Person-to- person Not determined Mead et al, Emerging Infectious Diseases 1999:5(5);

7 Top etiologies of Foodborne Outbreaks (1998 – ) Gentimente cedido por Jan Vinjé, Head Calivirus Laboratory, CDC

8 –Nos EUA estima-se que causem 23 milhões de casos de gastrenterite/ano –São responsáveis por extensos surtos epidémicos devido: - elevada infecciosidade (dose infectante baixa / viriões ) - muito estáveis no meio ambiente - muito resistentes aos desinfectantes comuns - alta transmissibilidade pessoa-a-pessoa Difícil controlar a sua transmissão através das medidas sanitárias habituais Os norovírus são hoje reconhecidos como o principal agente da gastrenterite aguda epidémica transmitida pelos alimentos

9

10 FFUP Fórum de intercâmbio de informação e de cooperação científica entre os vários Estados Membros Objectivo: -aumentar o conhecimento do papel dos alimentos e do ambiente na transmissão das infecções víricas entéricas - reforçar a área da Virologia Ambiental e do Alimento na Europa - reforçar a área da Virologia Ambiental e do Alimento na Europa

11 Projecto Europeu - 6º PROGRAMA QUADRO Comissão Europeia Specific Targeted Research Project 1 Janeiro Março 2007 Métodos para a Concentração e Detecção de Adenovírus e Norovírus em Águas Balneares Europeias como referência para a revisão da Directiva das Águas Balneares 76/160/EEC

12 Universidade de Santiago de Compostela - Institución Jefe de Fila Centro Tecnológico del Mar - Fundación CETMAR Instituto de Investigaciones Marinas Instituto de Investigação das Pescas e do Mar (IPIMAR) Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa (ESB-UCP) Escola Superior de Tecnologia e Gestão - Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESTG-IPVC) Centro Interdisciplinar Investigação Marinha Ambiental - Universidade do Porto (CIIMAR-UP) Área de Cooperação : Galiza – Norte de Portugal

13 É nosso objectivo neste Projecto: Avaliar a contaminação de bivalves e águas conquícolas da Costa Peninsular por norovírus GI e GII e vírus da hepatite A. Demonstrar a eficácia de novos indicadores virais (adenovírus e poliomavírus humanos) na avaliação da contaminação viral fecal de bivalves e suas águas de cultivo e evidenciar a ineficácia dos indicadores bacteriológicos (E. Coli) impostos pela Directiva 91/492/CEE nesta avaliação. PORQUE a qualidade dos alimentos e da água na Europa só mede a contaminação bacteriana e não monitoriza a contaminação viral … Contribuir para o aumento da qualidade e segurança alimentar de bivalves garantir produtos de maior segurança no mercado impacto positivo Saúde Pública e a nível económico

14 327bp C+ S1 S2 S4 S5 S6 C – (GII) Avaliação da contaminação de bivalves da Costa Peninsular por Norovírus humanos (GI e GII) FFUP/ IPIMAR Junho 2008 S1 = Ostra / Estuário Rio Lima S2 = Berbigão / Rio Douro S4 = Amêijoa Tellina / Aguda S5 = Amêijoa Branca / Aguda S6 = Amêijoa Boa / Estuário Rio Lima


Carregar ppt "Vírus transmitidos por alimentos: uma potencial ameaça Maria São José Nascimento uma ameaça real."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google