A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unidade 4 Processamento de Texto em Microsoft Word.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unidade 4 Processamento de Texto em Microsoft Word."— Transcrição da apresentação:

1 Unidade 4 Processamento de Texto em Microsoft Word

2 A História da Escrita

3 A Escrita A escrita é o processo de registo de caracteres através de um meio, com a intenção de formar palavras e/ou outras amplas construções de linguagem. O(s) instrumento(s) usados nesse registo, e o meio no qual o registo é feito, podem ser quase infinitos, e podem ser realizados através de qualquer instrumento capaz de produzir marcas numa superfície que os aceitará; a escrita já foi feita até mesmo num nível quase atómico. A escrita pode ser feita num grão de arroz. A durabilidade pode ser boa, mas muito volátil, como por exemplo o que se obtém ao escrever na areia. Escrever num quadro negro também representa um uso a curto prazo, uma vez que a informação ali contida é frequentemente apagada após minutos ou horas.

4 Na Pré-História o homem procurou comunicar através de desenhos feitos na paredes das cavernas. Através deste tipo de representação (pintura rupestre), trocavam mensagens, passavam ideias e transmitiam desejos e necessidades. Porém, ainda não era um tipo de escrita, pois não havia organização, nem mesmo padronização das representações gráficas.

5 Foi somente na antiga Mesopotâmia que a escrita foi elaborada e criada. Por volta de 4000 a.C, os sumérios desenvolveram a escrita cuneiforme. Usavam placas de barro, onde cunhavam esta escrita. Muito do que sabemos hoje sobre este período da história, devemos as placas de argila com registros quotidianos, administrativos, económicos e políticos da época.

6 Os egípcios antigos também desenvolveram a escrita quase na mesma época que os sumérios. Existiam duas formas de escrita no Antigo Egipto: a demótica (mais simplificada) e a hieroglífica (mais complexa e formada por desenhos e símbolos). As paredes internas das pirâmides eram repletas de textos que falavam sobre a vida do faraó, rezas e mensagens para espantar possíveis saqueadores. Uma espécie de papel chamada papiro, que era produzida a partir de uma planta de mesmo nome, também era utilizado para escrever.

7 Já em Roma Antiga, no alfabeto romano havia somente letras maiúsculas. Contudo, na época em que estas começaram a ser escritas nos pergaminhos, com auxílio de hastes de bambu ou penas de patos e outras aves, ocorreu uma modificação em sua forma original e, posteriormente, criou-se um novo estilo de escrita denominado uncial. O novo estilo resistiu até o século VIII e foi utilizado na escritura de Bíblias lindamente escritas

8 Na Alta Idade Média, no século VIII, Alcuíno, um monge inglês, elaborou outro estilo de alfabeto atendendo ao pedido do imperador Carlos Magno. Contudo, este novo estilo também possuía letras maiúsculas e minúsculas.

9 No ano de 1522, um outro italiano, chamado Lodovico Arrighi, foi o responsável pela publicação do primeiro caderno de caligrafia. Foi ele quem deu origem ao estilo que hoje denominamos itálico.

10 Com o passar do tempo outros cadernos também foram impressos, tendo seus tipos gravados em chapas de cobre (calcografia). Foi deste processo que se originou a designação de escrita calcográfica.

11 Entre o século XIII e o XV, se desenvolve em toda a Europa a encadernação gótica e durante todo século XVI, os manuscritos são luxuosos, convivendo com livros populares com o objetivo de satisfazer todos os gostos e necessidades. Com a aparição do papel, material muito mais barato, a nova tecnologia foi batizada com o nome de "Galaxia Gutenberg" e o manuscrito será uma forma de arte e produto exótico frente a obra mecânica que o tempo se encarregará de converter o invento na maior revolução da história da cultura.

12 Introdução ao processamento de texto Gutenberg, ao inventar a impressão de textos em série, no séc. XV revolucionou a comunicação. Não será exagero afirmar que a possibilidade de escrever e manipular textos num computador é uma nova revolução.

13 O Processador de Texto O processador de texto é uma ferramenta informática que nos permite realizar trabalhos no computador de uma forma rápida, eficaz e com um aspecto profissional.

14 O Processador de Texto O processador de texto permite: Criar, abrir, fechar e guardar documentos em disco, disquete ou outro suporte de armazenamento para posterior utilização; Configurar páginas e vê-las na sua globalidade, antes de as imprimir; Copiar, cortar e colar texto com grande facilidade e flexibilidade; Procurar e substituir texto; Inserir numerações de página, cabeçalhos e rodapés;

15 O Processador de Texto O processador de texto permite: Inserir símbolos que não se encontram no teclado, comentários, notas, imagens e objectos gráficos; Ajudar o utilizador com ferramentas de ortografia e gramática, dicionários e textos automáticos; Geral em grande número, cartas, etiquetas, listas de distribuição de correio e de faxes; Desenhar tabelas e figuras geométricas simples; Etc.

16 Microsoft Word Existem vários processadores de texto, como o Lotus Word Pro (IBM), LYX, AbyWord, KWord e outros incluídos em pacotes como o caso do OpenOffice e StarOffice. Contudo, vamos basear-nos no Word da Microsoft visto ser um dos mais utilizados.

17 Menu INICIAR – Todos os Programas – Microsoft Office – Microsoft Word Menu INICIAR – Todos os Programas – Microsoft Word Ícone do Microsoft Word no Ambiente de Trabalho Como aceder?

18 Ambiente de Trabalho do Microsoft Word

19

20 Barra de Título Botões de redimensionamento Nome da aplicação Nome do documento aberto

21 Barra de Menus Os Menus são compostos por linhas de sub-menus. Para abrir ou escolher menus e sub-menus pode-se clicar sobre o menu ou pressionar a combinação de teclas ALT com a letra sublinhada no menu. Ex. FICHEIRO «=» ALT + F

22 Barra de Ferramentas Padrão Conjunto de ferramentas que pode ser personalizada através de Menu VER – Barra de Ferramentas - Personalizar

23 Barra de Ferramentas Formatação Conjunto de ferramentas associadas à formatação de texto do documento, esta barra também pode ser personalizada tal como a anterior.

24 Réguas Margens do documento Avanço da 1ª linha Avanço pendente

25 Barras de deslocamento Servem para o utilizador visualizar todas as áreas do documento que não estão visíveis. Para tal com o rato sobre estas barras irá deslocar para baixo, para cima, esquerda ou direita conforme o caso.

26 Barra de Desenho Conjunto de ferramentas que auxiliam o utilizador na edição e formatação de objectos tais como formas automáticas, WordArt, Imagens, diagramas, organogramas etc.

27 Painel de Tarefas Este painel tem diferentes aspectos conforme a tarefa que se pretenda executar. Por exemplo, este é o seu aspecto quando se pretender localizar determinado texto no documento.

28 Barra de Estado Esta barra tem carácter informativo, mostra ao utilizador informações sobre a localização do cursor no momento, o idioma seleccionado e a tarefa que de momento está a ser realizada.

29 Modos de visualização Vista Normal – é o modo de visualização mais rápido para escrever, editar e formatar texto. Mostra a formatação de texto mas simplifica o esquema da página, não mostra limites da página, cabeçalhos e rodapés, colunas nem fundos nem objectos de desenho. Vista Esquema Web – Modo para trabalhar em páginas para a Web. Vista Esquema de Impressão – Permite visualizar a forma como o documento será impresso. Permite ver cabeçalhos e rodapés, limites de página, colunas e objectos de desenho. Vista de Destaques – Permite ver, mover, copiar e reorganizar o documento arrastando os seus títulos.

30 Introdução de texto Basta com o rato clicar na área de edição de texto e com o teclado começar a digitar o texto. ENTER – permite mudar de parágrafo DELETE – permite apagar os caracteres à direita do cursor BACKSPACE ( ) – permite apagar os caracteres à esquerda do cursor

31 Introdução de texto CAPS LOCK e SHIFT ( ) – permite inserir texto em letras maiúsculas ALT e CTRL – podem usar-se estas teclas, em combinação de outras, para aceder a Menus e Comandos ALT GR – Permite inserir os caracteres que se encontram no canto inferior direito da tecla, ex «=» ALT GR + ALT GR + 2

32 Criar novos documentos Menu Ficheiro – Novo Ícone da Barra de Ferramentas Padrão No Painel de Tarefas aparecem as seguintes opções

33 Modelos Gerais

34 Ao clicar em Modelos Gerais temos acesso a um conjunto de modelos do Office que já possuem formatações e esquemas de organização de documentos. Ficha de Trabalho nº 1


Carregar ppt "Unidade 4 Processamento de Texto em Microsoft Word."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google