A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 1 DG Sociedade da Informação, Comissão Europeia A acessibilidade `a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 1 DG Sociedade da Informação, Comissão Europeia A acessibilidade `a."— Transcrição da apresentação:

1 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 1 DG Sociedade da Informação, Comissão Europeia A acessibilidade `a Web no Plano de Acção e Europa 2002 Lisboa, 29 Novembro, 2000 A acessibilidade a sítios Web da Administração Publica - Design Universal -

2 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 2 e -Europe: 3 main objectives 1. A cheaper, faster, secure Internet a) Cheaper and faster Internet access b) Faster Internet for researchers and students c) Secure networks and smart cards 2. Investing in people and skills a) European youth into the digital age b) Working in the knowledge-based economy c) Participation for all in the knowledge-based economy 3. Stimulate the use of the Internet a) Accelerating e-commerce b) Government online: electronic access to public services c) Health online d) European digital content for global networks e) Intelligent transport systems

3 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 3 e -Europe - Participation... 2c). Participation for all in the knowledge-based economy The challenge... ensuring the widest possible accessibility to information technologies in general as well as their compatibility with assistive technologies....new technologies can often be easier for everyone to use if the usability requirements of all potential consumers are considered from the beginning of the design process.

4 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 4 1. Políticas para se evitar a info-exclusão 2. Adopção das linhas de referencia da Iniciativa de Acessibilidade `a Web (WAI) 3. Publicação de normas Design Universal 4. Rever legislação relevante & normas 5. Redes de Centros de Excelência e curriculum Europeu de Design Universal DG EMPL DG INFSO DG MARKT DG ENTR DG EAC SG Objectivos: 2001, 2002 DGs

5 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 5 ESDIS Grupo para o Emprego e Dimensão Social da Sociedade da Informação HLGD Grupo para os Deficientes GRUPOS de ALTOS FUNCIONARIOS dos E.M. Assistidos pelo Grupo de Peritos em e -acessibilidade Participação activa dos Estados Membros (E.M.) Excelente cooperação entre Serviços da CE RAPIDO PROGRESSORAPIDO PROGRESSO

6 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 6 Políticas para evitar info-exclusão benchmarking performance partilhar bons exemplos coordenação de políticas entre Estados Membros Ano 2001 Acções Actividades ESDIS estabelece benchmarks Estados Membros relatam bons exemplos Estados Membros Co- ordenam os objectivos para todas as áreas políticas

7 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 7 Adopção das linhas directivas WAI desenvolver um plano estratégico para a implementação de medidas que assegurem a acessibilidade dos sítios Web públicos ANO 2001 Acções Actividades Estados Membros adoptam as linhas directivas WAI Relatório do projecto WAI-DA Disseminação dos bons exemplos entre Estados Membros M. Monteiro

8 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 8 l Desenvolvimento técnico e de normas - W3C/WAI l Ferramentas para educação e apoio na acessibilidade l Apoiar a acessibilidade no design dos sítios Web l Analisar as barreiras de acesso aos sítios Web Europeus l Assegurar que as tecnologias Web garantem a acessibilidade l Disseminar as linhas de orientação para a acessibilidade Grupos de discussão em linha WAI-DA ( )

9 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 9 Publicação de normas Design- para-Todos (DpT) Workshop para o mandato sobre enfoque da implementação pela a Industria do Design-para-Todos e Ajudas Técnicas (AT) ANO 2002 Acções Actividades Produzir um relatório sobre normas no DpT e AT incluindo actuais standard e futuros desenvolvimentos Disseminar o relatório Identificar as medidas de implementação e envolver actores na definição do plano A. Lehouck

10 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 10 Rever legislação e normas relevantes para garantir conformidade com princípios de acessibilidade disseminação de experiências em estudos nacionais coordenação e definição de novos objectivos ANO 2002 Acções Actividades Estados Membros produzem um relatório sobre a actual situação Disseminação do relatório para todos os actores Estabelecer grupo de trabalho para analisar a legislação M. Donnelly

11 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 11 Estabelecer e garantir a rede de Centros de Excelência e criar o curriculum Europeu em Design- para-Todos identificar centros de excelência workshop para centros nacionais Curriculum Europeu DpT ANO 2002 Acção Actividades Estados Membros indicam lista dos centros de excelência Mecanismo para planear a rede (real e virtual) Grupo de trabalho para planear o curriculum DpT M. Monteiro

12 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 12 l Dissemination Activity Supporting Design-for-All l Portal para obter informações sobre Design-para-Todos l Identificar os actores Europeus chave (industria+política) l Produzir e disseminar produtos multimedia para informar/ treinar incluindo directivas para produzir produtos acessíveis na base do DpT l Identificar bons exemplos e praticas na industria l Analisar os perfis dos utilizadores finais Estabelecer uma rede de organizações com interesse no DpT DASDA ( )

13 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 13 e -Europe Initiative goes on-line index_en.htm The Information Society Technologies programme Information Society DG Persons with Special Needs

14 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 14 Demographics of disability: 10% - 15% of Europeans have a disability, of which: 2 % have a visual impairment 3% have a hearing impairment over 2% have learning difficulties 20% of the European population are over 60 years of age – many of whom have never tried to use a personal computer.

15 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 15 The access bottlenecks are all too familiar! 1. Telecommunications - Universal Access - Access to technologies is unevenly distributed across countries, social groups, regions… 2. Access for persons with disabilities - access to services, systems, software and content can be difficult or even impossible for persons with disabilities... Reduced access for all is holding back the delivery of the benefits of the Information Society to all.

16 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 16 Persons with special needs, including disabled and elderly persons A Vision of the Information Society for All An open, inclusive society, accessible to all citizens without discrimination Participation of all citizens, of all ages and abilities: - citizens seen as a resource and not a burden Increased possibilities to enhance all citizens capacities Opening up new markets and stimulating industry - to be driven by IST

17 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 17 Persons with special needs, including disabled and elderly persons RTD priorities Design-for-all' products, systems and services, including improved participatory design methods, multi-modal terminals and universal interfaces; adaptive systems: communication tools for persons with special requirements, mobility support devices, both at home or in the wider environment, robotics control systems; multimedia applications for supporting daily living and social integration at home, work, education, transport, leisure, etc., social support and intervention networks, new methods of service delivery; take-up: a key aspect will be validations and demonstrations.

18 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 18 IST Programme: a new research paradigm Ambient intelligence = ubiquitous computing + ubiquitous communication + intelligent interfaces which will allow…...The realisation of innovative, user-friendly, intelligent and communicating products and systems, delivering leading- edge services to persons with special needs, including disabled and elderly people.

19 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 19 IST Programme Examples of RTD themes in the IST Workprogrammes : IST Systems and services for independent living Intelligent assistive systems and interfaces to compensate for functional impairments Sustainable workplace design Extended home environments (Cross Programme Action) Advanced user interfaces, displays and sensors

20 Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 20 IST Programme Research and technological development in association with users and industry shall be a key driver of development towards the inclusive Information Society and shall provide support to the e-Europe initiative with projects and actions related to the 5 targets for e-Participation for all in knowledge-based economy.


Carregar ppt "Manuel Monteiro 29 Novembro 2000 DG INFSO-B.2 e Europa - e Participação para Todos 1 DG Sociedade da Informação, Comissão Europeia A acessibilidade `a."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google