A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial"— Transcrição da apresentação:

1 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

2 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
HISTORIAL DA EMPRESA Fundada em 1992, a INSULAC – Produtos Lácteos Açoreanos, S.A., iniciou a sua actividade em 1995 numa nova fábrica localizada nos arredores da cidade da Ribeira Grande, em São Miguel Com uma distribuição que cobre todo o território nacional (Continente, Madeira e Açores), a INSULAC também exporta queijo para as comunidades portuguesas no Canadá e Estados Unidos e, ainda, para Angola. Vende produtos industriais, nomeadamente leite e soro em pó em países como a Espanha e Holanda. Projectada para fabricar produtos lácteos de qualidade, as suas instalações fabris estão equipadas com os melhores e mais modernos meios para a transformação e controlo de produção. Especializada na produção de queijo, a INSULAC comercializa sob a marca VALFORMOSO uma vasta linha de produtos. DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

3 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
ANÁLISE DO MEIO ENVOLVENTE CONTEXTUAL Contexto Tendências Impacte Positivo Impacte Neutro Impacte negativo Económico Aumento das taxas de juro Aumento de Desemprego Apreciação do Euro Excesso de oferta Diminuição consumo Exportações Sócio - Cultural Isolamento dos Açores Maior preocupação com a saúde Produtos dietéticos Custos transporte Diminuição procura Politico - legal Subsídios Exploração Quotas Leiteiras Diminuição custos Dificuldade no fornecimento Tecnológico Novas tecnologias Qualidade produtos Melhoramento da capacidade produtiva DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

4 Clientes Continentais: A nível internacional:
ANÁLISE DO MEIO ENVOLVENTE TRANSACCIONAL Clientes Açorianos: Insco, SA (Modelo) Caetano e Montalverne, Lda (Sol Mar) Pequenos comerciantes Consumidores finais Clientes Madeirenses: Jorge Sá Percoris Clientes Continentais: LIRL & Cª Grupo ITMI Grupo AUCHAN A nível internacional: Canadá, EUA,Angola,Espanha,Holanda DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

5 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
ANÁLISE DO MEIO ENVOLVENTE TRANSACCIONAL Concorrentes Unileite Lacto Ibérica Lacto Gal Grupo Bell Fornecedores: Produtores de leite Tetra Pack Transitário Bentrans (Mutualista Açoriana) EDA Beincon (nafta) Puntucel (caixas de cartão) Vaestein Schuemaker (parafinas) Sudpack A6 (filmes) Chycvac (sacos para silos) Chr Hansen (fermentos) Comunidade: A maior capacidade de produção dos Açores está relacionada com os negócios dos lacticínios, devido às características naturais das ilhas e à pureza das matérias-primas, que levam à qualidade dos produtos. DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

6 ATRACTIVIDADE DA INDÚSTRIA
Potencial de novas entradas Poder negocial dos fornecedores Poder negocial dos clientes Pressão dos produtos substitutos Rivalidade entre concorrentes Baixo Alto Médio Atractividade: Baixa DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

7 FACTORES CRÍTICOS DE SUCESSO
Factores Chave de Compra Factores de Competição Factores Críticos de Sucesso Preço Rede de distribuição Gama dos produtos Qualidade Acesso a Matérias-primas Gama de produtos Política de comunicação Imagem Diferenciação do produto Imagem de marca Prazo de entrega Localização Sabor Comunicação Prazos de validade Capacidade técnica Exclusividade Inovação Prazo de validade DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

8 Competências Centrais Política de comunicação Especialização da gama
ANÁLISE DA EMPRESA ADEQUAÇÃO ESTRATÉGICA Competências Centrais Distribuição Inovação Imagem Preço Qualidade Gama de produtos Localização Política de comunicação 4 5 3 Capacidade técnica Política de vendas Especialização da gama Insuficiente (1) a Excelente (5) DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

9 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
ANÁLISE SWOT Curto/M. Prazo Alemanha 2006 Santo Cristo M./Longo Prazo Turismo Mercados emergentes Novos hábitos de consumo Pontos Fortes: Imagem Qualidade/Preço Gama de Produtos Inovação Logística Fazer contratos com as organizações responsáveis por eventos festivos, para o fornecimento dos queijos como aperitivos. Produção da manteiga sem sal e ou sem colesterol Produção de margarinas. Produção de queijo Filadélfia com aromas. Reforço da rede de distribuição. Produção de produtos lacticínios com característicos de outros países. Produção de iogurtes. Cobrir novos mercados. Realizar feiras gastronómicas de forma a mostrar aos turistas os bons sabores dos produtos VALFORMOSO, cativando assim. Pontos Fracos Distância entre mercados Fraca política de comunicação Dependência marca de clientes Vender as natas para os consumidores finais. Apostar mais na marca VALFORMOSO. Investir no marketing Criação de uma fábrica fora da região DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

10 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
MISSÃO, OBJECTIVOS E ESTRATÉGIA MISSÃO ”Seremos uma das maiores e melhores empresas de lacticínios dos Açores, com presença consolidada nos mercados Nacional e Internacional, por ser associada a produtos de grande qualidade. Também sejamos uma empresa sólida e que acompanhe as novas tecnologias que vão aparecendo na área dos lacticínios”. OBJECTIVOS Objectivos não financeiros: a empresa pretende investir no marketing, para que os produtos sejam mais promovidos, tornar-se mais independente das marcas exteriores e criar valor acrescentado aos produtos através da qualidade. DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

11 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
MISSÃO, OBJECTIVOS E ESTRATÉGIA ESTRATÉGIA A Insulac é uma empresa de Produtos Lácteos, nomeadamente, queijos com marca própria ou não destinados ao consumidor final e comercializados através de grandes superfícies e, também, leite e soro em pó destinados à indústria de alimentação humana e animal e comercializados através de Traders. O nosso mercado de queijos é principalmente Portugal e demais regiões de países com forte predominância da Cultura Portuguesa. Fazemos isso pela forte tradição do leite e do queijo Açoreanos. DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

12 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
PRODUTOS-MERCADOS MATRIZ DE PRODUTOS-MERCADOS Produtos Lácteos HORECA Indústria Grande distribuição Rendimento familiar Hotéis Restaurantes Cafés Baixa Média Alta Queijo tipo ilha Flamengo – barra Flamengo – bola Pasta mole Dietético Mozzarella Queijo fresco Leite em pó Lactosoro Manteiga Natas DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

13 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
PRODUTOS-MERCADOS Modelo de Ansoff: A Insulac, numa primeira fase, produzia para o mercado regional, queijo flamengo bola e barra e queijo pasta mole. De seguida, dedicou-se à extensão do produto, introduzindo novos produtos, como o queijo Tipo Ilha e Mozzarella, para os mesmos segmentos de mercado. Mais tarde, estendeu o mercado para Portugal Continental, Madeira e para países além fronteiras. A empresa continuou adoptar estas vias de desenvolvimento. Produto / Serviço Actual Novo Mercado Penetração no mercado Extensão do produto Extensão do mercado Diversificação DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

14 Foco com diferenciação
PRODUTOS-MERCADOS VANTAGEM COMPETITIVA Modelo das estratégias genéricas de Porter: Vantagem Competitiva Custos Baixos Diferenciação Âmbito Competitivo Mercado Amplo Liderança pelos custos Mercado Restrito Foco com custos baixos Foco com diferenciação Insulac Insulac DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

15 Cadeia de valor Operacional:
PRODUTOS-MERCADOS INTEGRAÇÃO VERTICAL Cadeia de valor Operacional: Controlo de Qualidade Matérias-primas e subsidiarias Expedição Armazenamento Distribuição Refrigera-ção e Tratamento de Leite Actividades Internalizadas Actividades Externalizadas DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

16 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
INTERNACIONALIZAÇÃO Uma vez definidas as orientações estratégicas para o país de origem, a empresa deve analisar a possibilidade de transporás suas operações para outros mercados geográficos. Para esse efeito, a empresa teve que decidir para onde e como internacionalizar. Sendo assim, a Insulac optou por uma internacionalização via transacções, comercializando os seus produtos para outros países. Estas transacções assumem a forma de exportações via agentes ou distribuidores, ou seja, a empresa recorre a terceiros para comercializar os seus produtos nos mercados seleccionados e exportações spot (venda ocasional de produtos nos mercados externos). Após a empresa ter decidido a modalidade de entrada nos mercados externos, optou por se adaptar às características do meio envolvente local, tendo para isso, que cumprir com as normas dos países, relativamente à configuração das embalagens. Para essa internacionalização a Insulac aproveitou a proximidade cultural e geográfica, relativamente a alguns desses países. DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial

17 DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial
FIM Trabalho Realizado por: Luís Franco Kevin Bulhões DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial


Carregar ppt "DEG - Universidade dos Açores Estratégia Empresarial"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google