A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudo sobre o uso das TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) POR PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR TERESA AVALOS PEREIRA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudo sobre o uso das TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) POR PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR TERESA AVALOS PEREIRA."— Transcrição da apresentação:

1 Estudo sobre o uso das TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) POR PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR TERESA AVALOS PEREIRA

2 INTRODUÇÃO Tecnologias da Informação (TI) *
1-4 Tecnologias da Informação (TI) * Conjunto de atividades e soluções que provêm de recursos de computação, armazenamento, acesso e uso da informação. Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) ** Conjunto de tecnologias associadas com o processamento de informação, envio e recebimento de mensagens. Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) *** Conjunto de diferentes mídias: tecnologias digitais, autoria individual e coletiva para além das fronteiras espaços-temporais da sala de aula. Inclui tecnologias como rádio, televisão, vídeo, DVD, telefone, sistemas de satélite, equipamentos e serviços associados a essas tecnologias, como videoconferência, e blogs. * Anderson J. ICT transforming education: a regional guide [Internet]. Bangkok: UNESCO; 2010 [cited 2013 May 20]. Available from: ** United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization. Information and communication technologies in schools. Paris: UNESCO, Division of Higher Education; 2005 [cited 2013 Sep 13]. Available from: *** Almeida ME, Valente JA. Integração currículo e tecnologias e a produção de narrativas digitais. Currículo sem fronteiras. 2012;12(3):57-82

3 2-4 TIC: instrumentos de auxílio no processo educativo. O professor precisa ter competência profissional para ensinar: formação inicial e continuada (Perrenoud, 2000). Mudança no processo de ensino e aprendizagem: integrar as tecnologias. Ensinar e aprender exige mais flexibilidade, menos conteúdos fixos e processos mais abertos de pesquisa e comunicação (Moran et al., 2012). Instrumento facilitador na aprendizagem: investir na produção acadêmica, repensar modelos teóricos e metodológicos integrando as TIC de modo eficiente e crítico (Belloni, 1998). Perrenoud P. Dez novas competências para ensinar. Ramos PV, tradutora. Porto Alegre: Artes Médicas; 2000. Moran JM, Masetto MT, Behrens MA. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas (SP): Papirus; 2012. Belloni ML. Tecnologia e formação de professores: rumo a uma pedagogia pós-moderna? Educ Soc [Internet] [citado 2010 Nov 5];19(65): Disponível em:

4 3-4 Introdução de tecnologias no ambiente educacional: É preciso incorporar as TIC nos processos de ensino e aprendizagem realizados na formação docente (Carlini, 2008). Professor reflexivo: pensar sua própria ação pedagógica, refletir sua prática didática, criar situações de aprendizagem, experimentar e corrigir sua atuação (Pérez Goméz, 1995). Qualidade de ensino = formação do professor: aprender continuamente; não separar a teoria da prática (Nóvoa, 2002). Carlini AL. O professor do ensino superior e a inclusão digital. São Paulo: Avercamp; 2008. Pérez Gómez A. O pensamento prático do professor: a formação do professor como profissional reflexivo. In: Nóvoa, A. (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1995, p Nóvoa A. Professores imagens do futuro presente [Internet]. Lisboa: Educa; 2009 [citado 2012 Mar 10]. Disponível em:

5 Funções das Instituições de Ensino Superior
4-4 Atualização e formação dos professores - novas abordagens pedagógicas: como EaD. Mudanças de paradigmas (Kenski, 2006) : quanto à abordagem do professor a compreensão do aluno o conteúdo veiculado Aplicação das TIC – potencial para aumentar o acesso, a qualidade do ensino e o sucesso da aprendizagem, porém, a simples introdução das TIC na sala de aula não garante a melhora no resultado do processo, mas precisam ser compreendidas e incorporadas pedagogicamente . Kenski VM. Tecnologias e ensino presencial e a distância. 3a ed. Campinas (SP): Papirus; 2006.

6 OBJETIVOS Geral Descrever a utilização das TIC em práticas acadêmicas por professores do Ensino Superior da UNIFESP Específicos Descrever os perfis demográficos e profissionais dos professores. Identificar quais ferramentas TIC são utilizadas. Identificar se a idade está relacionada com o maior uso de ferramentas TIC. Identificar se a realização de Curso para a Docência no Ensino Superior é determinante para o uso de ferramentas TIC.

7 Procedimento de coleta de dados
MÉTODOS Estudo Observacional Descritivo do tipo Transversal Abordagem Quantitativa Amostra aleatória simples (sorteio) Procedimento de coleta de dados Questionários em papel, autoaplicável Amostra *Professor : A pesquisa considerou como Professor o profissional que ministra aula, independente do seu vínculo empregatício ou sua categoria profissional. População total de professores: 1510 Tamanho da amostra: 150 professores Amostra aleatória: 191 professores

8 RESULTADOS Descrição da Amostra
1-11 Descrição da Amostra Perfis demográficos e profissionais dos professores: Idade Sexo Categoria profissional Área de formação Titulação Atuação Tempo de docência Participação em curso para a docência no Ensino Superior

9 Idade Sexo 2-11 N Mínima Máxima Idade 191 27 81 N % Masculino 75 39,3
N Mínima Máxima Idade 191 27 81 Sexo N % Masculino 75 39,3 Feminino 116 60,7

10 Categoria Profissional
4-11 N Professor Adjunto 56 Professor Associado 33 Professor Titular 5 Professor Afiliado 3 Assistente 4 Convidado 14 Técnico Administrativo 76

11 Área de Formação Acadêmica
5-11 N Ciências Humanas 9 Ciências Exatas 6 Biológicas - Modalidade Médica 75 Ciências da saúde 94 Ciências e Tecnologia 5 Outras 2

12 Titulação 6-11 N Especialização 16 Mestrado 36 Doutorado 96
Pós-doutorado 43

13 Tempo de Ensino Docente na Unifesp
Tempo de Docência 7-11 N Mínimo Máximo Tempo de Docência 179 1 51 Tempo de Ensino Docente na Unifesp 178 Correlação forte e positiva entre as variáveis: tempo de docência no Ensino Superior e tempo de docência na UNIFESP.

14 Participação em curso preparatório para a Docência no Ensino Superior
8-11 87 professores realizaram curso para o exercício docente, 102 não fizeram.

15 Quantidade de ferramentas
Ferramentas de TIC 9-11 TIC N % (sim) Usa computador 189 99,0 Conecta-se à internet Faz pesquisa em bases de dados de saúde 178 93,2 Usa programa de apresentação 175 91,6 Utiliza processador de texto Usa buscadores 169 88,5 Envia 159 83,2 Sugere sites específicos em saúde 139 72,8 Usa programa de análise estatística 108 56,5 Disponibiliza vídeos 96 50,3 N média desvio-padrão mínimo máximo Quantidade de ferramentas 191 12,1 4,0 23

16 diminui à medida que a idade aumenta.
TIC por idade 10-11 Correlação negativa entre as duas variáveis = o uso das TIC diminui à medida que a idade aumenta.

17 TIC por sexo TIC por titulação 11-11 N média mínimo máximo masculino
75 11,8 23 feminino 116 12,3 4 TIC por titulação N média mínimo máximo especialização 16 11,1 5 20 mestrado 36 11,6 3 22 doutorado 96 12,3 4 23 pós-doutorado 43 12,4

18 12-12 As variáveis: “Idade”, “Participação em curso” e “Titulação” são significantes, pois: A quantidade de ferramentas de TIC utilizadas: diminui com o avanço da idade; aumenta com a participação do professor em curso para a docência no ensino superior; aumenta com a titulação mais alta. Qtd. TIC = 14, ,123 * Idade + 1,818 * participação em curso + 0,991 * titulação

19 DISCUSSÃO Este estudo explicita a necessidade de formação de professores, no que diz respeito a uma utilização efetiva e de qualidade das TIC, na esfera educacional. A formação continuada de professores, portanto, torna-se obrigatória e a reflexão na e sobre a prática docente possibilita que o professor reveja sua própria atuação. As disciplinas de Didática, Metodologia e Prática de Ensino têm papel fundamental na formação de futuros docentes. Necessidade de mudanças, não só da escola, como também na concepção de educação e nas atitudes dos professores.

20 CONCLUSÃO É preciso que o professor reflita sobre sua formação docente, desenvolvendo competência pedagógica e tecnológica na utilização das TIC. Trabalhar com as tecnologias como aliadas à sua prática, obtendo, assim, resultados mais satisfatórios nos processos de ensino e aprendizagem.

21 Obrigada, Teresa Avalos Pereira


Carregar ppt "Estudo sobre o uso das TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) POR PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR TERESA AVALOS PEREIRA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google