A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Profª Jaqueline Leite- Esp. GESTÃO ESTRATÉGICA PRINCÍPIOS E VALORES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Profª Jaqueline Leite- Esp. GESTÃO ESTRATÉGICA PRINCÍPIOS E VALORES."— Transcrição da apresentação:

1 CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Profª Jaqueline Leite- Esp. GESTÃO ESTRATÉGICA PRINCÍPIOS E VALORES

2 PRINCÍPIOS E VALORES Valores são padrões profundamente arraigados que influenciam quase todos os aspectos da vida das pessoas, definindo suas atitudes quanto à: julgamentos morais, respostas aos outros, compromissos em relação a metas pessoais e organizacionais. As pessoas são motivadas e tomam decisões com base em seus sistemas de crenças e valores, normalmente inconscientes.

3 Os princípios ou valores (ou crenças) são bússolas 1 - para a convivência no dia a dia dos membros de uma organização na busca do seu sucesso no presente e, 2 – para o processo de tomada de decisão e do comportamento da empresa no cumprimento da Missão e na busca da Visão de Futuro, com vistas a assegurar o seu sucesso no futuro.

4 A importância da formalização dos valores são: Explicitar a ética e moral da organização; Motivar as pessoas à ação; Orientar comportamento; Clarificar as responsabilidades sociais; Impulsionar para conquistas extraordinárias.

5 PRINCÍPIOS E VALORES Os valores também podem ser vistos como um conjunto de crenças, ou princípios, que: definem e facilitam a participação das pessoas no desenvolvimento da Missão, Visão e dos próprios Valores; definem e facilitam a articulação da Missão, Visão e Valores; facilitam a colaboração entre os empregados; facilitam o comprometimento dos empregados com o mercado; facilitam o comprometimento dos empregados com a comunidade e a sociedade.

6 PRINCÍPIOS E VALORES  O enunciado de cada valor deve ser curto. Os valores são inegociáveis, e os mais perenes (duradouros) de uma empresa.  O conjunto de valores define a regra do jogo, em termos de comportamentos e atitudes, devendo conter um subconjunto das respostas às perguntas abaixo:  Como os empregados devem se portar, individualmente?  Como os empregados se relacionam entre si?  Como os empregados se relacionam com os clientes?

7 PRINCÍPIOS E VALORES  Como a empresa trata seus clientes?  Como a empresa faz negócios?  Como nos relacionamos com a comunidade?  Qual a nossa responsabilidade frente à sociedade?  Que valores, crenças ou princípios são importantes para a empresa fazer o que faz, para quem faz, e para o que ela quer se tornar?

8 PRINCÍPIOS E VALORES Resumidamente, os valores:  Definem as regras básicas que norteiam os comportamentos e atitudes de todos empregados.  São as regras do jogo para que, executando a Missão, alcancemos a Visão.  São o suporte, o estofo moral e ético da empresa.

9 PRINCÍPIOS E VALORES E finalmente, mas não finalizando: a construção de um conjunto de Missão, Visão e Valores, só é útil se a prática do dia a dia, do presidente ao porteiro, mostra e demonstra ser esse o conjunto de regras que regem a conduta do pessoal da sua empresa. Caso contrário, é pura perda de tempo, pois se o que se diz e o que se prega, é diferente do que se faz; a Missão, a Visão e os Valores tornam-se somente um apanhado de letras, caindo no vazio da rotina. Por fim, o conjunto Missão, Visão e Valores serve também para facilitar e promover a convergência dos esforços humanos, materiais e financeiros.

10 PRINCÍPIOS Conceito de Princípios: Princípios são preceitos, leis ou pressupostos considerados universais que definem as regras pela qual uma sociedade civilizada deve se orientar.  Em qualquer lugar do mundo, princípios são incontestáveis, (quando adotados não oferecem resistência alguma).  Entende-se que a adoção desses princípios está em consonância com o pensamento da sociedade.  Vale tanto para a elaboração da constituição de um país quanto para acordos políticos entre as nações ou estatutos de condomínio.  Vale no âmbito pessoal e profissional.

11 VALORES Conceito de Valores:  Valores são normas ou padrões sociais geralmente aceitos ou mantidos por determinado indivíduo, classe ou sociedade, portanto, em geral, dependem basicamente da cultura relacionada com o ambiente onde estamos inseridos.  Valores organizacionais são crenças e atitudes que dão uma personalidade à empresa, definindo uma "ética" para a atuação das pessoas e da Organização como um todo.

12 VALORES  Os valores são pessoais, subjetivos e, acima de tudo, contestáveis.  O que vale para um profissional não vale necessariamente para os demais colegas de trabalho.  Sua aplicação pode ou não ser ética.  Depende muito do caráter ou da personalidade da pessoa que os adota.

13 PRINCÍPIOS  É comum existir certa confusão entre valores e princípios, todavia, os conceitos e as aplicações são diferentes. PRINCIPIOS: São universais e atemporais (eternos). Exemplos: Ética; Respeito a leis;Diversidade; Proteger e sustentar o meio ambiente; Tratar as pessoas e as comunidades com respeito; Servir o bem comum...

14 VALORES Portanto: Valores são atributos e virtudes específicos da Organização. Negócios mais sustentáveis normalmente estão ancorados em valores como: honestidade, transparência, qualidade, valorização das pessoas e da sua qualidade de vida, espírito de equipe, política do ganha-ganha, respeito ao cliente e responsabilidade social e ambiental.

15

16 ATIVIDADES 1. Dê o conceito de Princípios. 2. Dê o conceito de Valores Organizacionais. 3. Qual a diferença entre Princípios e Valores? 4. Qual a importância da formalização dos valores para as empresas? 5. Por que é importante que a empresa tenha princípios?

17 RESPOSTAS 1. Dê o conceito de Princípios. Princípios são preceitos, leis ou pressupostos considerados universais que definem as regras pela qual uma sociedade civilizada deve se orientar. 2. Dê o conceito de Valores Organizacionais. Valores organizacionais são crenças e atitudes que dão uma personalidade à empresa, definindo uma "ética" para a atuação das pessoas e da Organização como um todo.

18 RESPOSTAS 3. Qual a diferença entre Princípios e Valores? Princípios: São universais e atemporais (eternos). Atitude compromissada da organização com o seu modo “ser”; imutável e inflexível; reflete o “caráter” da organização. Valores: São atributos e virtudes específicos da organização que orientam seu comportamento em relação às suas clientelas. 4. Qual a importância da formalização dos valores para as empresas? Explicitar a ética e moral da organização; Motivar as pessoas à ação; Orientar comportamento; Clarificar as responsabilidades sociais; Impulsionar para conquistas extraordinárias..

19 5. Por que é importante que a empresa tenha princípios? Os princípios criam diferencial competitivo; orientam o comportamento; orientam o recrutamento, a seleção e o treinamento; fundamentam as estratégias. RESPOSTAS

20 PRINCÍPIOS Atitude compromissada da organização com o seu modo “ser”; imutável e inflexível; reflete o “caráter” da organização; um conjunto de posturas inegociáveis, inalienável que independem do meio de atuação; inexiste o implemento ou descarte de novos princípios independente do cenário; pertencem à dimensão permanente da empresa; um posicionamento entre o “certo” e o “errado”, sem meio termo; uma indicação do que é devido. Não são princípios: objetivos, missão, costumes, caprichos, hábitos, políticas, interesses, obrigações, conveniências... A firmeza moral, o sinal visível de sua natureza interior. É o que somos por baixo de nossa personalidade (máscara), a nossa marca.

21 Exemplos de Princípios organizacionais Austeridade, Probidade, Trabalho, Equidade, Impessoalidade, Legalidade, Imparcialidade, Moralidade, Transparência, Flexibilidade, Disciplina, Eficácia, Efetividade, Eficiência, Perseverança, Justiça, Humildade, Disciplina, Perseverança, Persistência, Temperança, Coragem, Integridade, Sustentabilidade, Visão Holística, Respeitabilidade, Indiscriminação, Respeito ao Indivíduo (Diversidade), Comprometimento, Autonomia, Confiabilidade, Presteza...

22 VALORES Atitude compromissada da organização com seu modo de “estar”; uma dimensão situacional porém não volúvel, função da interação com o meio ambiente; uma escala de referência para as políticas de ações que podem ser aferidas numa escala de limites entre bom e mau sendo um guia “externo” de sua atuação; permite à sociedade identificar as atitudes da organização ante suas clientelas (em sentido figurado – a personalidade*); novos valores podem ser adquiridos e outros descartados, na adequação às variâncias sociais do ambiente. Por exemplo, a Responsabilidade Social é um valor novo para algumas empresas e outras, ainda virão a adotá-lo. O portfólio de valores: ditames morais, regras, leis, preceitos da organização orientam seu comportamento em relação às suas clientelas não podendo ser confundidos com objetivos ou interesses. * Personalidade: “aspecto visível que compõe o caráter individual e moral de um ser, segundo a percepção alheia”. (Houaiss)

23 Exemplos de Valores praticados nas empresas : Exemplos de Valores praticados nas empresas: Inovação, Pioneirismo, Competitividade, Comprometimento, Integridade, Transparência, Ética, Política conservadora de preços (ou de crédito), Interdependência, Motivação, Responsabilidade Social e/ou Ambiental, Lucratividade, Rentabilidade, Consciência Ecológica, Educação Continuada, Empowerment, Compromisso com (Prazo, Qualidade, Contratos, Negociação, Imagem), Encantamento do Cliente’, Busca da Excelência, Felicidade Pessoal, Inteligência Competitiva’, Liderança Participativa, Administração de Conflitos, Níveis mínimos de Burocracia, Sociabilização, Inserção Social, Respeito à Clientela, Melhoria Contínua’, Cooperação, Delegação, Empreendedorismo, Construção do Bem-estar.


Carregar ppt "CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Profª Jaqueline Leite- Esp. GESTÃO ESTRATÉGICA PRINCÍPIOS E VALORES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google