A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Carlos Magno webnode.com

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Carlos Magno webnode.com"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Carlos Magno webnode.com

2 Plano de aula Cultura E identidade Atividade prática III

3 Elaboração de um banner sobre os temas: – Raça e Etnicidade – Tribos Urbanas Data de apresentação: 30 outubro. Em equipe entre 3 a 5 membros, a depender do tamanho da turma.

4 Introdução Não há sociedade sem cultura, tampouco cultura sem sociedade. Do mesmo modo que não há cultura sem identidade. Cultura - um conjunto de crenças, costumes, atividades de um grupo social. Aspectos intangíveis – as crenças, as ideias e os valores que formam o conteúdo da cultura. Aspectos tangíveis – os objetos, os símbolos ou a tecnologia que representam esse conteúdo.

5 Um monumento de uma cidade Para cada imagem projetada no monumento quer se expressar uma ideologia, um valor, uma crença.

6 O que é Cultura A soma das ideias, práticas e dos objetos materiais compartilhados que as pessoas usam para se adaptar aos seus ambientes.

7 Determinismo biológico e geográfico, segundo Roque Laraia Determinismo biológico - derrubado pelo próprio desenvolvimento das sociedades. Embora haja diferenças anatômicas e fisiológicas, estas não são responsáveis pela forma de comportamento do ser humano. “O comportamento dos indivíduos depende de um aprendizado” - processo de endoculturação. O determinismo geográfico - “as diferenças do ambiente físico condicionam a diversidade cultural”, também encontra barreiras práticas. Exemplo, as diferenças entre os lapões e os esquimós (os primeiros habitantes da calota polar ao norte da Europa e os segundos, ao norte da América). Embora em ambientes semelhantes, possuem características distintas entre si. Diferenças também entre índios na América do Norte e no Brasil.

8 Esquimós

9 Identidade Vivemos um tempo de um sujeito com identidades fragmentas e múltiplas que põe em questão uma série de certezas firmadas.

10 Identidade

11 Identidade social Característica que são atribuídas a um indivíduo pelos outros: o estudante, a mãe, o advogado, o católico, asiático, sem-teto, disléxico, casado.

12 Tradições novas e antigas Não há uma anulação das tradições antigas para serem substituídas por outra, mas é possível que convivam em diferentes tempos e no mesmo espaço. O Forró do São João da Roça agora está nos shows espetacularizados da indústria cultural. Mas isso não impede que as pessoas vivenciem o forró tradicional: Gosto mais do forró pé de serra.

13 Supermercado cultural global Como pensar em culturas nacionais quando uma boa parcela da população mundial, diariamente, escolhe aspectos da sua vida nas prateleiras de um supermercado cultural global? Pode-se comer ovos e bacon no café da manhã, lasanha no almoço e sushi no jantar; Pode-se ouvir jazz, samba, reggae e salsa;Pode-se escolher entre se tornar cristão, budista ou ateu.

14 Identidade e Diferença A identidade é o que nos diferencia dos outros, o que nos caracteriza como pessoa ou como grupo social. Ela é definida pelo conjunto de papéis que desempenhamos e é determinada pelas condições sociais decorrentes da produção da vida material.

15 Identidade e senso de pertencimento Quando nos referimos à identidade cultural, nos referimos ao sentimento de pertencimento a uma cultura nacional, ou seja, aquela cultura em que nascemos e que absorvemos ao longo de nossas vidas.

16 Identidade e Globalização A globalização cria um modo de vida em que os processos de formação da identidade estão relacionados ao consumo de mercadorias. Esse processo destrói as culturas locais e sua identidade cultural: surge, assim, uma nova cultura que contém elementos tanto da cultura local quanto da cultura dominante.

17 O que faz o brasil, Brasil? Mas o Brasil com B maiúsculo é algo muito mais complexo. É país, cultura, local geográfico, fronteira e território reconhecidos internacionalmente, e também casa, pedaço de chão calçado com o calor de nossos corpos, lar, memória e consciência de um lugar com o qual se tem uma ligação especial, única, totalmente sagrada. É igualmente um tempo singular cujos eventos são exclusivamente seus, e também temporalidade que pode ser acelerada na festa do carnaval; que pode ser detida na morte e na memória e que pode ser trazida de volta na boa recordação da saudade. Tempo e temporalidade de ritmos localizados e, assim, insubstituíveis. Sociedade onde pessoas seguem certos valores e julgam as ações humanas dentro de um padrão somente seu.

18


Carregar ppt "Prof. Carlos Magno webnode.com"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google