A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

METODOLOGIA CIENTÍFICA Profa. Ms. Márcia Kurogi

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "METODOLOGIA CIENTÍFICA Profa. Ms. Márcia Kurogi"— Transcrição da apresentação:

1 METODOLOGIA CIENTÍFICA Profa. Ms. Márcia Kurogi

2 PROJETO DE PESQUISA Amadurecimento de uma experiência de vida intelectual e científica O projeto deve ser explicitado da perspectiva técnica, levando-se em conta certas exigências acadêmicas postas pelas instituições para as quais são feitos os trabalhos.

3 OBJETIVOS Define e planeja para o próprio orientando o caminho a ser seguido no desenvolvimento do trabalho de pesquisa. Demonstra as etapas a serem alcançadas, os instrumentos e estratégias a serem usados. Apresenta proposta para apreciação. Serve de base para bolsa de estudo.

4 ESTRUTURA CAPA FOLHA DE ROSTO SUMÁRIO TEMA JUSTIFICATIVA PROBLEMA OBJETIVO REFERENCIAL TEÓRICO METODOLOGIA CRONOGRAMA REFERÊNCIAS

5 TEMA Deve expressar o assunto a ser tratado no estudo Deve delimitar as perspectivas de abordagem do tema, tornando-so objetivo e direto

6 PERGUTAS IMPORTANTES NA ESCOLHA DO TEMA O tema é de interesse científico? É um assunto que se deseja provar ou resolver? É possivel de se resolver? Há material bibliográfico sobre o assunto escolhido? O pesquisador tem familiaridade com o tema? Que tempo o pesquisador tem disponível? Quais recursos possui para realizar a investigação?

7 DETERMINAÇÃO E DELIMITAÇÃO DO TEMA E DO PROBLEMA Demonstra o conteúdo da problemática que vai se pesquisar e estudar. Idéia clara do problema da pesquisa a ser resolvido Apresentação em que se coloca inicialmente a gênese do problema, ou seja, como o autor chegou a ele, explicitando-se os motivos mais relevantes que levaram à abordagem do assunto.

8 JUSTIFICATIVA Apresentar as justificativas, sobretudo aquelas baseadas na relevância social e científica da pesquisa proposta. Responder a pergunta: Por quê? Contribuir para aceitação da pesquisa Exposição sucinta, porém completa, das razões de ordem teórica e dos motivos de ordem prática que tornam importante e realização da pesquisa.

9 OBJETIVO GERAL Visão global e abrangente do tema Objetivos que o trabalho visa atingir relacionados com a contribuição que pretende trazer.

10 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Caráter mais concreto. Têm função intermediária e instrumental, permitindo, de um lado, atingir o objetivo geral e, de outro, aplicá-lo a situações particulares.

11 HIPÓTESE Resposta provável, suposta e provisória.

12 EXERCÍCIO Elaboração das etapas: - Tema - Justificativa - Delimitação do problema - Hipotese - Objetivo geral e especifico

13 REFERÊNCIAL TEÓRICO Abordagem clássica ou atual, ligado diretamente ao problema de pesquisa. Diálogo entre diferentes autores. Busca informações: livros, teses e artigos, internet.

14 REFERÊNCIAL TEÓRICO Histórico Definição – conceito Classificações, abordagens, tipos,...

15 ABNT – DEFINIÇÃO DE CITAÇÃO Citação: menção de uma informação extraída de outra fonte

16 ABNT - TIPOS DE CITAÇÕES DIRETA – transcrição textual de parte da obra do autor consultado INDIRETA – texto baseado na obra do autor consultado A expressão apud: citado por, conforme, segundo

17 ABNT – LOCALIZAÇÃO DAS CITAÇÕES No texto Em nota de rodapé

18 ABNT - NOTAS Notas de rodapé: indicações, observações ou aditamentos ao texto feitos pelo autor ou editor. Notas explicativas: notas usadas para comentários, esclarecimentos ou explanações, que não possam ser incluídos no texto

19 ABNT – REGRAS DE CITAÇÕES As chamadas pelo sobrenome do autor, pela instituição ou título incluído na sentença devem ser em letras maiúsculas e minúsculas e, quando estiverem entre parênteses, devem ser em letras maiúsculas Sousa (1988) (SOUSA, 1988).

20 ABNT – REGRAS DE CITAÇÕES Citação: menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte. Com menos de três linhas devem ser feitas no corpo do texto entre aspas duplas e seguidas da referência bibliográfica correspondente, em que devem constar o último sobrenome do autor citado, o ano de publicação da obra e a página em que se encontra a citação.

21 ABNT – CITAÇÕES Com mais de três linhas: parágrafo separado, com recuo para o lado direito, espaçamento simples e fonte 10 com a referência bibliográfica correspondente, em que devem constar o último sobrenome do autor citado, o ano de publicação da obra e a página em que se encontra a citação. Pode estar no início ou fim.

22 ABNT – REGRAS DE CITAÇÕES Quando houver coincidência de sobrenome de autores, acrescentam-se as iniciais de seus prenomes, se mesmo assim existir coincidência, colocam-se os prenomes por extenso.

23 ABNT – REGRAS DE CITAÇÕES As citações indiretas de diversos documentos da mesma autoria, publicados em anos diferentes e mencionados simultaneamente, têm as suas datas separadas por vírgula As citações indiretas de diversos documentos de vários autores, mencionados simultaneamente, devem ser separadas por ponto-e-vírgula, em ordem alfabética.

24 EXERCÍCIO Elaboração da etapa: - Referêncial teórico

25 METODOLOGIA Como se procederá a pesquisa ? Quais os caminhos para se chegar aos objetivos propostos? Qual o tipo de pesquisa? Qual o universo da pesquisa? Será utilizado a amostragem? Quais os instrumentos de coleta de dados? Como foram construídos os instrumentos de pesquisa?

26 METODOLOGIA Qual a forma que será usada para a tabulação de dados? Como interpretará e analisará os dados e informações? Explicitar a metodologia de pesquisas de campo ou de laboratório? Como pretende acessar suas fontes de consulta? Quais são as técnicas de coletas de dados utilizadas?

27 PESQUISA CIENTÍFICA “É a realização concreta de uma investigação planejada, desenvolvida e redigida de acordo com as normas da metodologia consagradas pela ciência”.

28 FINALIDADES DA PESQUISA  Pesquisa pura: desejo de adquirir conhecimentos, sem que haja uma aplicação prática prevista.  Pesquisa aplicada: conhecimentos adquiridos para aplicação prática voltados para a solução de problemas concretos da vida moderna.

29 OBJETO DA PESQUISA  Pesquisa de campo: é a observação dos fatos tal como ocorre.  Experimental: cria condições para interferir no aparecimento ou na modificação dos fatos.  Bibliográfica: recuperar o conhecimento científico

30 OBJETIVOS DA PESQUISA Exploratória: familiaridade com o problema, pesquisa bibliográfica ou estudo de caso. Levantamento bibliográfico ou entrevista. Descritiva: fatos observados, registrados, analisados, classificados, sem interferência do pesquisador. Técnicas padronizadas (questionário e observação) Explicativa: identificar fatores determinantes para a ocorrência do fenômeno. Método experimental ou observacional.

31 METODOLOGIA Estrutura: - Finalidade da pesquisa - Tipo da pesquisa - Instrumento de coleta de dados - Campo de pesquisa - População - Amostra - Tabulação e análise de dados

32 EXERCÍCIO Elaborar a etapa: - Metodologia

33 CRONOGRAMA Tempo e atividades que serão realizadas durante a execução da pesquisa. Exemplo: elaboração da contextualização teórica, elaboração dos instrumentos de coleta de dados, aplicação dos instrumentos de coleta de dados, análise dos dados coletados, análise e discussão dos resultados, conclusão da pesquisa, apresentação da pesquisa.

34 REFERÊNCIAS Todas os autores mencionados no corpo do trabalho devem obrigatóriamente serem apresentados nas referências de acordo com as normas da ABNT.

35 ABNT (2012) NBR 6023 Referências Alinhadas somente à margem esquerda do texto e de forma a se identificar individualmente cada documento, em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo. Em notas de rodapé, serão alinhadas, a partir da segunda linha da mesma referência, abaixo da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas.

36 ABNT (2012) NBR 6023 Referências O recurso tipográfico (negrito, grifo ou itálico) utilizado para destacar o elemento título deve ser uniforme em todas as referências de um mesmo documento.

37 ABNT (2012) NBR 6023 Referências – TODO Elementos essênciais: autor(es), título, edição, local, editora e data de publicação. Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento. Ex.: ISBN, página...

38 ABNT (2012) NBR 6023 Referências – TODO MEIO ELETRÔNICO - As referências devem obedecar aos padrões indicados acrescidas das informações relativas à descrição física do meio eletrônico. Ex CD-ROM Quando se trata de obras consultadas online, também são essenciais as informações sobre o endereço eletrônico, apresentado entre os sinais, precedido da expressão Disponível em: e a data de acesso ao documento, precedida da expressão Acesso em:, opcionalmente acrescida dos dados referentes a hora, minutos e segundos. Ex.:... Disponívels em:. Acesso em: 10 jan. 2002, 16:30:25.

39 ABNT (2012) NBR 6023 Referências – PARTE Elementos essenciais seguidos da expressão “In:”, e da referência completa da monografia no todo. No final da referência, deve-se informar a paginação ou outra forma de individualizar a parte referenciada. Ex.:... Imagens da juventude modern. In: LEBI, G. (Org.). História dos jovens: a época contemporânea. São Paulo: Saraiva, p.5-14.

40 ABNT (2012) NBR 6023 Referências – TODO PUBLICAÇÃO PERIÓDICA: fascículo, revista, jornal, caderno, artigos científicos... Elementos essenciais: título, local de publicação, editora, data de início e de encerramento da publicação. Ex.: REVISTA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA. Rio de Janeiro: IBGE,

41 ABNT (2012) NBR 6023 Referências – TODO EVENTO: atas, anais, resultados... Elementos essenciais: nome do evento, numeração (se houver), ano e local (cidade) de realização. Em seguida deve-se mencionar o título do documento (anais, atas, tópicos...) seguido dos dados de local de publicação, editora e data da publicação. Ex.: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUIMICA, 20., 1997, Poços de Caldas. Química: academia, industria, sociedade: livro de resumos. São Paulo: Sociedade Brasileira de Química, 1997.

42 ABNT (2012) NBR 6023 Referências – PARTE Trabalhos apresentados em eventos: Elementos essenciais: autores, título do trabalho apresentado, seguido da expressão In:, nome do evento, numeração do evento (se houver), ano e local de realização, título do documento (anais, atas...), local, editora, data de publicação e página inicial e final da parte referenciada. Ex.: SOUZA, L. S Influência a correção... In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE..., 21., 1994, Petrolina. Anais... Petrolina, EMBRAPA, CPTA, p.3-5.

43 ABNT (2012) NBR 6023 Referências – TODO Legislação: constituição, emendas constitucionais e os textos legais (lei complementar, decreto...) e normas emanadas das entidades públicas e privadas (ato normativo, resolução, circular...) Elementos essenciais: jurisdição (ou cabeçalho da entidade, no caso de se tratar de normas), título, numeração, data e dados da publicação. No caso de Constituições e suas emendas, entre o nome da jurisdição e o título, acrescenta-se a palavra Constituição, seguida do ano de promulgação, entre parênteses. Ex.: BRASIL, Código civil. 46. Ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

44 EXERCÍCIO Elaborar a etapa: - Referências

45 ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO (MONOGRAFIA) PARTE EXTERNA: - Capa (obrigatório)

46 ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO (MONOGRAFIA) PARTE INTERNA: Elementos pré-textuais: - Folha de rosto (obrigatório) - Errata (opcional) - Folha de aprovação (obrigatório) - Dedicatória (opcional) - Agradecimentos (opcional) - Epígrafe (opcional) - Resumo (obrigatório) - Abstract (obrigatório) - LIsta de ilustrações - Lista de tabelas (opcional) - Lista de abreviaturas (opcional) - Lista de simbolos (opcional) - Sumário (obrigatório)

47 ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO (MONOGRAFIA) PARTE INTERNA Elementos textuais: - Introdução - Desenvolvimento - Considerações Finais

48 ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO (MONOGRAFIA) PARTE INTERNA: Elementos pós-textuais: - Referências (obrigatório) - Glossário (opcional) - Apêndice (opcional) - Anexo (opcional) - Indice (opcional)

49 ESTRUTURA – PARTE EXTERNA CAPA: proteção externa do trabalho sobre a qual se imprimem as informações indispensáveis à sua identificação. - Nome da instituição (opcional); nome do autor. - Autor: pessoa física responsável pela criação do conteúdo intelectual ou artístico do trabalho - Lombada (opcional): parte da capa do trabalho que reúne as margens internas das folhas, sejam elas costuradas, grampeadas, coladas ou mantidas juntas de outra maneira.

50 ESTRUTURA – PARTE EXTERNA - Título: palavra, expressão ou frase que designa o assunto ou o conteúdo de um trabalho. - Subtítulo: informações apresentadas em seguida ao título, visando esclarecê-lo ou complementá-lo, de acordo com o conteúdo do trabalho.

51 ESTRUTURA – PARTE EXTERNA - Volume: unidade física do trabalho. Se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume. - Local (cidade): da instituição onde deve ser apresentado - Ano de deposito da entrega

52 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pré-textuais  FOLHA DE ROSTO (obrigatório): folha que contém os elementos essenciais à identificação do trabalho. -Nome do autor -Título e subtitulo (se houver) -Número do volume, se houver mais de um, deve constar em cada folha de rosta a especificação do respectivo volume -Natureza: tipo do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); nome da instituição a que é submetido; área de concentração. -Nome do orientador e, se houver, do co-orientador -Local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado -Ano de deposito (da entrega) -Deve conter no verso os dados da ficha catalográfica quando solicitado.

53 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pré-textuais  ERRATA (opcional): lista dos erros ocorridos no texto, seguidos das devidas correções. Deve ser inserida logo após a folha de rosto, constituída pela referência do trabalho e pelo texto da errata. Apresentada em papel avulso, acrescida ao trabalho depois de impresso. Ex.: folha 16 linha 10 onde se lê: auto-clavado leia-se: autoclavado.

54 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pré-textuais  FOLHA DE APROVAÇÃO (obrigatório): folha que contém os elementos essenciais à aprovação do trabalho. Deve ser inserida após a folha de rosto, constituída pelo nome do autor do trabalho, título do trabalho e subtítulo (se houver), natureza (tipo do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetido, área de concentração) data de aprovação, nome, titulação e assinatura dos componentes da banca examinadora devem ser colocadas após a aprovação do trabalho.

55 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pré-textuais  DEDICATÓRIA (opcional): texto em que o autor presta homenagem ou dedica seu trabalho.  AGRADECIMENTOS (opcional): texto em que o autor faz agradecimentos dirigidos àqueles que contribuíram de maneira relevante à elaboração do trabalho.  EPÍGRAFE (opcional): Deve ser inserida após os agradecimentos. Podem também constar epígrafes nas folhas ou páginas de abertura das seções primárias.

56 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pré-textuais  RESUMO NA LÍNGUA VERNÁCULA (obrigatório): apresentação concisa dos pontos relevantes de um texto, fornecendo uma visão rápida e clara do conteúdo e das conclusões do trabalho.  RESUMO NA LÍNGUA ESTRANGEIRA (obrigatório): versão do resumo para idioma de divulgação internacional  LISTA DE ILUSTRAÇÕES (opcional): Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, travessão, título e respectivo número da folha ou página.

57 ILUSTRAÇÃO Ilustração: qualquer que seja o tipo de ilustração, sua identificação aparece na parte superior, precedida da palavra designativa (desenho, gráfico, figura...), seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismo arábicos, travessão e do respectivo título. Após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonte consultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor).

58 ABNT - RESUMO Palavra chave: palavra representativa do conteúdo do documento Resumo: apresentação concisa dos pontos relevantes de um documento

59 ABNT – TIPOS DE RESUMO Crítico: redigido por especialistas com análise crítica de um documento (resenha) Indicativo: indica apenas os pontos principais do documento, não apresentando dados qualitativos ou quantitativos. Não dispensa a consulta ao original. Informativo: finalidade, metodologia, resultados e conclusões. Dispensa a consulta ao original.

60 ABNT – RESUMO E REFERÊNCIA O resumo deve ser precedido da referência do documento, com exceção do resumo inserido no próprio documento.

61 ABNT - RESUMO Deve ser composto de uma sequência de frases concisas, afirmativas e não de enumeração de tópicos. Recomenda-se o uso de parágrafo único. Verbo na voz ativa e na terceira pessoa do singular. A palavra-chave devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão palavra-chave, separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto em ordem alfabética.

62 ABNT – EXTENSÃO DOS RESUMOS 150 a 500 palavras os de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros) 100 a 250 palavras os artigos de periódicos

63 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pré-textuais  LISTA DE TABELAS (opcional): forma não discursiva de apresentar informações das quais o dado numérico se destaca como informação central.  LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS (opcional): representação de uma palavra por meio de alguma(s) de sua(s) sílaba(s) ou letra(s). Consiste na relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas das palavras ou expressões correspondentes grafadas por extenso.

64 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pré-textuais  LISTA DE SÍMBOLOS (opcional): sinal que substitui o nome de uma coisa ou de uma ação.  SUMÁRIO (obrigatório): enumeração das divisões, seções e outras partes do trabalho, na mesmo ordem e grafia em que a matéria nele se sucede.

65 ABNT – APRESENTAÇÃO DO SUMÁRIO A palavra sumário deve ser centralizada e com a mesma tipologia da fonte utilizada para as seções primárias. Os elementos pré-textuais não devem constar no sumário.

66 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos textuais INTRODUÇÃO: parte introdutória, que apresenta os objetivos do trabalho e as razões de sua elaboração. Redação do autor DESENVOLVIMENTO: detalha a pesquisa ou estudo realizado. CONSIDERAÇÕES FINAIS: parte conclusiva com análise geral. Objetivos foram alcançados? Redação do autor

67 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pós-textuais REFERÊNCIAS (obrigatório): conjunto padronizado de elementos descritivos retirados de um documento, que permite sua identificação individual. GLOSSÁRIO (opcional): relação de palavras ou expressões técnicas de uso restrito ou de sentido obscuro, utilizadas no texto, acompanhadas das respectivas definições. APÊNDICE (opcional): texto ou documento elaborado pelo autor, a fim de complementar sua argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho. Deve ser precedido da palavra APÊNDICE, identificado por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelo respectivo título.

68 ESTRUTURA – PARTE INTERNA Elementos pós-textuais ANEXO (opcional): texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de fundamentação, comprovação e ilutração. Deve ser precedido da palavra ANEXO, identificado por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelo respectivo título. INDICE (opcional): lista de palavras ou frases, ordenadas segundo determinado critério, que localiza e remete para as informações contidas no texto.

69 ABNT - ARTIGO O artigo pode ser: original (relatos de experiências de pesquisa, estudo de caso, etc) ou de revisão.

70 ABNT – ESTRUTURA DO ARTIGO Título, subtítulo (se houver) Nome(s) do(s) autor(es) Resumo na lingua do texto e palavra-chave Introdução Desenvolvimento Considerações finais Referências Abstract

71 ORIENTAÇÕES GERAIS Papel: branco formato A4 Tipo de letra: ARIAL Texto digitado em cor preta

72 ORIENTAÇÕES GERAIS  Margens: - Esquerda: 3,0 cm - Direita: 2,0 cm - Superior: 3,0 cm - Inferior: 2,0 cm  Espaçamento de entrelinhas - Texto: 1,5 - Citação literal acima de três linhas: simples e recuo de 4 cm - Bibliogragia: simples entre uma linha e outra. Dois “enters” entre uma obra e outra.

73 ORIENTAÇÕES GERAIS  Parágrafo: 2,0 cm  Palavra em língua estrangeira: em itálico Tamanho da fonte: - 14 para títulos (negrito e centralizado) - 12 para o texto e subtítulos (no subtítulo é obrigatório negrito) - 10 para citações (acima de três linhas) - 10 para notas de rodapé

74 ORIENTAÇÕES GERAIS Página: cada uma das faces de uma folha. As páginas pré-textuais devem ser contadas, mas não numeradas. Todas as folhas a partir da folha de rosto, devem ser contadas sequencialmente. A numeração deve figurar a partir da primeira folha da parte textual, em algarimos arábicos, no canto superior direito da folha, a 2,0 cm da borda superior, ficando o último algarismo a 2cm da borda direita da folha.

75 ORIENTAÇÕES GERAIS PLÁGIO DIÁLOGO COM O AUTOR LINGUAGEM CIENTÍFICA INTRODUÇÃO E CONSIDERAÇÕES FINAIS SEM CITAÇÕES TÍTULO REVISÃO TEXTUAL TERMO DE ACEITE SIGILO

76 ORIENTAÇÕES NÚMERO DE ORIENTAÇÕES CRONOGRAMA DE ORIENTAÇÕES RESPONSABILIDADE DA ORIENTADORA SUGESTÕES DE ALTERAÇÕES ATIVIDADES A SEREM REALIZADAS COMPROMETIMENTO ENTREGA DAS ULTIMAS VIAS ÚLTIMAS ORIENTAÇÕES

77 APRESENTAÇÃO LEITURA SEGURANÇA SLIDES TEMPO CONTEÚDO BANCA AVALIADORA NOTA DE APRESENTAÇÃO - SEMINÁRIO NOTA DO TRABALHO ANÁLISE DA BANCA APRESENTAÇÃO X CONTEÚDO

78 REFERÊNCIAS ___________________ Informação e documentação – resumo - apresentação: NBR6028. Rio de Janeiro: ABNT, LAKATOS, Eva Maria e MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, REIMER, Ivoni Richter Trabalhos Acadêmicos: modelos, normas e conteúdos (Trabalho de Conclusão de Curso) São Leopoldo: Oikos, RODRIGUES, William Costa Metodologia Científica acesso em SEVERINO, Antônio Joaquim Metodologia do trabalho científico São Paulo: Cortez, VANDRÉ, Artur Metodologia do trabalho científico (apostila) Faculdade Católica de Anápolis-Go: Anápolis, 2011.

79 REFERÊNCIAS ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS Informação e documentação – trabalhos acadêmicos - apresentação: NBR Rio de Janeiro: ABNT, ___________________ Informação e documentação – artigo em publicação periódica científica impressa- apresentação: NBR Rio de Janeiro: ABNT, 2003 ___________________Informação e documentação – sumário - apresentação: NBR Rio de Janeiro: ABNT, ___________________ Informação e documentação – referências – elaboração: NBR Rio de Janeiro: ABNT, ___________________Informação e documentação – citações em documentos - apresentação: NBR Rio de Janeiro: ABNT, 2002.


Carregar ppt "METODOLOGIA CIENTÍFICA Profa. Ms. Márcia Kurogi"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google