A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Gestão de RH na Era do Conhecimento Anderson Cleyton – Outubro/2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Gestão de RH na Era do Conhecimento Anderson Cleyton – Outubro/2006."— Transcrição da apresentação:

1 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Gestão de RH na Era do Conhecimento Anderson Cleyton – Outubro/2006

2 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Apoio à Inovação e ao Espírito de Risco ◄ Ignora-se as novas idéias; ◄ Punição para quem assume riscos e fracassam; ◄ Desestímulo a quem tenta mudar o status quo.

3 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Apoio à Inovação e ao Espírito de Risco ► Programa que estimulem os colaboradores a dar idéias, premiando as melhores; ► As pessoas que assumem riscos e fracassam são estimuladas a tentar novamente; ► A Atitude é um dos requisitos mais importantes para um profissional de sucesso.

4 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Ênfase no aprendizados ◄ Existem poucas oportunidades de aprender novas habilidades; ◄ Não há recompensa ao know how adquirido; ◄ Aprendizado apenas nas atividades referentes ao seu próprio cargo;

5 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Ênfase no aprendizados ► Programas de Recrutamento Interno; ► Existem Job Rotation e Promoções; ► e-learning, programas executivo de aprendizagem;

6 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição ◄ O trabalho é concebido de modo a praticamente não exigir habilidade alguma; ◄ As pessoas que executam o trabalho não tomam decisões importantes, apenas executam; ◄ As pessoas trabalham sozinhas; Concepção de Trabalho

7 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Concepção de Trabalho ► Especialização e Know How são a chave para carreira nas organizações de alto desempenho; ► Tomada de Decisão é constante em todos os níveis da organização; ► Ênfase total no trabalho em equipe;

8 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição ◄ As solicitações em muitas vezes não são claras, nem objetivas; ◄ Consideram-se responsáveis por dar ordens; ◄ Só se importam com seu próprio departamento, turno ou função; ◄ Nunca são avaliados por seus subordinados, e raramente dizem aos funcionários como eles estão se saindo; ◄ Os gerentes são selecionados principalmente por suas habilidades técnicas; Papel da Gerência

9 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Papel da Gerência ► Explicam os resultados necessários e ajudam seus subordinados a descobrir como farão o trabalho; ► Suporte a equipe e oferecem feedback regular aos funcionários; ► Ênfase na relação Cliente x Fornecedor; ► Avaliações 360 graus; ► Uma pessoa que não possua excelentes habilidades para lidar com as pessoas jamais poderá ser um líder.

10 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição ◄ Apenas algumas pessoas na organização conversam diretamente com os clientes a fim de descobrir o que a organização pode fazer para melhor servi-los; ◄ Não há relação cliente x fornecedor interno; ◄ Ninguém entende inteiramente os padrões usados pelo cliente. Relacionamento com o cliente

11 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Relacionamento com o cliente ► Ombudsman (Palavra de origem sueca e significa “Representante do Homem”; ► Todos tentam superar as necessidades e expectativas dos clientes; ► Todos conhecem os padrões que os clientes usam para julgar a qualidade do produto ou serviço final e sabem o que a organização precisa fazer para cumprir esses padrões.

12 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição ◄ A organização reage lentamente às mudanças em seu ambiente; ◄ A organização demora a adotar novas tecnologias ou converter as tecnologias existentes para novos propósitos; ◄ A organização produz apenas um número limitado de produtos e serviços e os introduz lentamente no mercado; Flexibilidade

13 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Flexibilidade ► A organização prevê as mudanças em seu ambiente e se adapta rapidamente às novas demandas; ► A organização explora rapidamente os progressos tecnológicos e busca encontrar formas inovadoras de utilizar a tecnologia existente;

14 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição ◄ As pessoas olham apenas para si mesmas. Normalmente não vão além de suas tarefas normais para ajudar os outros; ◄ Competição entre os setores; ◄ Poucas pessoas sabem quais são os valores subjacentes às decisões tomadas; ◄ Os valores quando existem, dizem respeito apenas aos lucros; Trabalho em equipe

15 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Trabalho em equipe ► Ênfase no trabalho em equipe; ► Setores atuam para alcançar um único objetivo; ► Todos sabem quais são os valores da organização e como eles são usados para tomar decisões; ► A organização valoriza o trabalho em equipe, a participação, a inovação, a qualidade e assim por diante, tanto quanto valoriza os lucros.

16 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição ◄ Só algumas pessoas no topo da organização se sentem pessoalmente responsáveis pelo desempenho da organização; ◄ Poucos estão dispostos a se esforçar além do mínimo necessário para realizar seu próprio trabalho; Dedicação

17 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Dedicação ► Todos se sentem pessoalmente responsáveis pelo desempenho geral da organização; ► As pessoas frequentemente dão o melhor de si, independente da presença do líder;

18 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição ◄ Poucas informações sobre o andamento dos negócios são compartilhados com os colaboradores; ◄ Gerentes e especialistas técnicos “retêm” informações; ◄ As informações são vistas como uma fonte de poder e privilégio; ◄ O acesso aos sistemas de informação e aos dados é rigidamente controlado. Acesso à informação

19 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Acesso à informação ► Disponibilização da Intranet e programas e- learning; ► Informações relevantes são compartilhadas, até mesmo por contingência; ► No mundo globalizado colaboradores sem informação formam um empresa “cega” consequentemente fadada ao fracasso.

20 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição ◄ Todos recebem as mesmas recompensas financeiras, independente de seu desempenho; ◄ As pessoas são recompensadas com base na senioridade; ◄ Existem grandes diferenças na forma pela qual os gerentes e seus colaboradores são remunerados; ◄ Os ganhos financeiros decorrentes de melhorias no desempenho não são compartilhados entre os colaboradores; Remuneração

21 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Remuneração ► As pessoas são recompensadas de acordo com seu desempenho e ou com o desempenho da equipe; Acordo de Objetivos; Décimo quarto salário; ► Os ganhos financeiros devidos a melhorias no desempenho são repartidos equitativamente entre todos os colaboradores; PLR ► As pessoas são recompensadas principalmente pelo trabalho em equipe.

22 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Oito dicas para se alcançar o sucesso. ► Ter Atitude; ► Comprometimento; ► Dedicação; ► Estar em constante aprendizado; ► Plano de Contingência; ► Plano de Carreira bem definido com metas e objetivos claros; ► Ser persistente; ► Ser Otimista;

23 Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Dados para Contato Anderson Cleyton Soluções em Gestão Empresarial


Carregar ppt "Fonte: Boyett, Joseph H. “O Guia dos Gurus”, RJ: Campos - 4 edição Gestão de RH na Era do Conhecimento Anderson Cleyton – Outubro/2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google