A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sepse e neutropenia nos recém-nascidos de muito baixo peso de mães com pré-eclâmpsia Sepsis and Neutropenia in Very Low Birth Weight Infants Delivered.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sepse e neutropenia nos recém-nascidos de muito baixo peso de mães com pré-eclâmpsia Sepsis and Neutropenia in Very Low Birth Weight Infants Delivered."— Transcrição da apresentação:

1 Sepse e neutropenia nos recém-nascidos de muito baixo peso de mães com pré-eclâmpsia Sepsis and Neutropenia in Very Low Birth Weight Infants Delivered of Mother with Pre-eclampsia Renato S. Procianoy, MD, PhD, Rita C. Silveira, MD, PhD, Marisa M. Mussi-Pinhata, MD, PhD, Ligia Maria S. Souza Rugolo, MD, PhD, Clea R. Leone, MD, PhD, Jose Maria de Andrade Lopes, MD, PhD, and Maria Fernanda B. de Almeida, MD, PhD for the Brazilian Network on Neonatal Research J Pediatr2010;157:434-8 Apresentação:Raphael Manollo, André Amorim Coordenação: Paulo R. Margotto Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) Brasília, 15 de setembro de 2010

2 Ddos Raphael Manollo, Jairon e André

3 Introdução Trabalhos associando sepse, neutropenia e Doença Específica da Gravidez (DHEG) mostram sempre resultados conflitantes. Objetivo: Pretende determinar a associação entre pré-eclampsia e sepse neonatal.

4 Métodos 06 UTIs neonatais da Rede Pública. Critérios de inclusão: Pré-termos nascido com peso entre 500 e 1500g durante jan/06 e dez/07. Critérios de exclusão: crianças com anomalias congênitas, natimortos e gestantes com HAS crônica.

5 Métodos Estudo retrospectivo. Dois grupos: 1: Mães com diagnóstico de pré-eclampsia; 2: Mães sem pré-eclampsia. Pré-eclampsia: PA >= 140x90mmHg (após IG de 20 semanas) Proteinúria > 300mg/24h; Edema;

6 Métodos Variáveis: Peso ao nascer, Idade gestacional (lG) (US e DUM), Modalidade de parto, Sexo, Uso de corticóide pré- natal, Tempo de bolsa rota, Apgar, Uso de nutrição parenteral total (NPT), Presença de cateter central, Uso de VM, Corticóide pós-natal, Primeira contagem absoluta de neutrófilos nas primeiras 72h de vida, Sepse tardia, Sepse precoce, Morte durante internação, Score for Neonatal Acute Physiology Perinatal Extension II (SNAPE-II)

7 Métodos Variáveis: Sepse: Achados clínicos (3 ou mais dos seguintes sintomas) mais hemocultura positiva; Apnéia/ Esforço respiratório/ cianose Taquicardia/Bradicardia Choque Irritabilidade/Letargia Hipotonia Distensão abdominal/Vômitos Hepatomegalia Icterícia idiopática Instabilidade térmica Petéquia ou púrpura Mal estado geral

8 Métodos Variáveis: Neutropenia: Contagem absoluta de neutrófilos < que 1500/mm³ nas primeiras 72hs (de acordo com Mouzinho et al)

9 Métodos Análise estatística: Os grupos foram comparados utilizando o Qui- quadrado (variáveis categóricas) e Student t (variáveis contínuas) e regressão logística múltipla (foram incluídas no modelo a presença de pré-eclâmpsia e outras variáveis clínicas significativas com P<0,05). Utilizado SPSS for Windows versão 13,0

10 Resultados: 911 recém-nascidos A neutropenia foi mais freqüente nos RN do grupo da pré-eclâmpsia; sem diferença na sepse entre os dois grupos

11 Resultados Sem diferença na incidência de sepse e pneumonia entre os grupos nos 3 estratos de IG; a neutropenia foi associada com pré-eclâmpsia nos RN<32seman, mas não foi associada com sepse em nenhum dos 3 estratos de IG.

12 Resultados Há uma associação significante de sepse precoce com parto normal e neutropenia

13 Resultados Há uma significante associação entre sepse tardia e ventilação mecânica, cateter central e nutrição parenteral

14 Discussão Pré-eclampsia não é fator de risco para sepse neonatal nos RN muito baixo peso, mesmo na presença de neutropenia; Parto vaginal e neutropenia estão associados a sepse precoce. Ventilação Mecânica, cateter central e NPT estão associados a sepse tardia. Neutropenia esta associada com morte independente da presença de pré-eclampsia ou sepse.

15 -A incidência de sepse nos RN de mães com pré-eclampsia é controversa -O uso de recombinant human granulocyte colony-estimulating factor (rhG-CSF) em RN com neutropenia de mães com pré-eclâmpsia mostrou melhora na contagem de neutrófilos, havendo diminuição da incidência de sepse, principalmente nos RN ventilados (Makhloud RA et al;La Gamma EF et al) -Na pré-eclâmpsia pode haver inibidor do fator de estimulação de colônias de granulócitos (Zuppa AA et al) -Não tem sido descrito infartos placentários ou vasculopatias associados com a neutropenia nos RN de muito baixo peso de mães com pré-eclâmpsia. Discussão

16 Não há aumento de incidência de sepse neonatal em filhos de mães com pré-eclampsia independentemente da presença de neutropenia; Neutropenia esta associado com sepse precoce independente da presença de pré-eclampsia; A presença de neutropenia se associou com a morte independentemente da sepse O presente estudo não encontrou associação entre morte nos RN com neutropenia e presença de pré- eclâmpsia ou sepse.

17 -Palta et al relataram associação entre displasia broncopulmonar e hemorragia intraventricular com neutropenia nos RN de muito baixo peso -Os autores do presente estudo sugerem que a presença de neutropenia nos RN de muito baixo peso é um fator de risco para a morte independente da sepse Discussão

18 Abstract A pré-eclâmpsia não aumenta a sepse neonatal nos recém-nascidos de muito baixo peso e morte foi associada com neutropenia nestes recém-nascidos

19

20

21 Consultem: Associação de displasia broncopulmonar e hemorragia intraventricular com as contagens precoces de leucócitos e neutrófilos nos recém- nascidos de muito baixo peso Autor(es): Palta M et al. Apresentação:Leonardo Esteves, Thiago Batista, Ricardo Pereira, Paulo R. Margotto

22 Mouzinho A, Rosenfeld Cr, Sanches PJ, et al. Revised reference ranges for circulating neutrophils in very-low-birth- weight neonates. Pediatrics 76:94,1994. Revised reference ranges for circulating neutrophils in very-low-birth-weight neonates.Revised reference ranges for circulating neutrophils in very-low-birth-weight neonates.Mouzinho A, Rosenfeld CR, Sánchez PJ, Risser R. Pediatrics Jul;94(1): Referências para neutrófilos Totais nos RN<1500g (usado neste estudo)

23 Como interpretamos o Leucograma na Unidade de Neonatologia do HRAS/SES/DF Consultem: Interpretação do leucograma no recém-nascido:valores normais para neutrófilos, linfócitos, monócitos e eosinófilos (PDF) Autor(es): Barbara Manroe et al. Apresentação|: Ana Carla Holanda, Candice C. Q. de Araújo, Flávia Gomes de Campos, Camila Amaral Venuto, Paulo R. Margotto

24

25 Ddos Raphael Manollo, Jairon, André e Dr. Paulo R. Margotto


Carregar ppt "Sepse e neutropenia nos recém-nascidos de muito baixo peso de mães com pré-eclâmpsia Sepsis and Neutropenia in Very Low Birth Weight Infants Delivered."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google