A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação Técnica dos Aparelhos de Fototerapia do Serviço de Neonatologia do Hospital Regional da Asa Sul Autor: Jussara Velasco de Oliveira Orientador:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação Técnica dos Aparelhos de Fototerapia do Serviço de Neonatologia do Hospital Regional da Asa Sul Autor: Jussara Velasco de Oliveira Orientador:"— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação Técnica dos Aparelhos de Fototerapia do Serviço de Neonatologia do Hospital Regional da Asa Sul Autor: Jussara Velasco de Oliveira Orientador: Carlos Alberto Zaconeta

2 INTRODUÇÃO

3 Introdução Icterícia Neonatal: patologia freqüente. Hiperbilirrubinemia Indireta – risco de lesão cerebral irreversível (Kernicterus).

4 Introdução Cremer e Perryman (1958) observaram que a exposição de recém nascidos ictéricos a luz fluorescente levava a uma queda nos níveis sanguíneos de bilirrubina – FOTOTERAPIA.

5 Fototerapia: mecanismo de ação A aplicação de luz promove a transformação da bilirrubina em produtos hidrossolúveis eliminados pelos rins ou pelo fígado. A eficácia da fototerapia depende de vários fatores...

6 VARIÁVEIS DO RN DISTÂNCIA EFICÁCIA DA FOTOTERAPIA SUPERFÍCIE CORPORAL EXPOSTA TIPO DE ICTERÍCIA NÍVEL DE BILIRRUBINA TIPO DE LUZ DOSE DE IRRADIÂNCIA

7 Dose de Irradiância Dose terapêutica mínima: 4mw/cm 2 /nm Dose terapêutica ideal: 16mw/cm 2 /nm

8 Fototerapia: Tipos Convencional Azul Halógena Biliblanket Biliberço Outros

9 Objetivos GERAL: avaliar o estado de manutenção dos aparelhos de fototerapia da Unidade de Neonatologia do Hospital Regional da Asa Sul. ESPECÍFICOS: caracterizar os equipamentos existentes. medir a irradiância emitida por todos os aparelhos da Unidade de Neonatologia.

10 MATERIAIS E MÉTODOS

11 Materiais e Métodos Estudo descritivo prospectivo Coleta de dados - Ficha Estruturada A irradiância dos aparelhos foi medida utilizando um fotodosímetro modelo 620 fabricado pela Fanem.

12 Materiais e Métodos

13

14 As medições foram feitas após uma hora de funcionamento dos aparelhos de fototerapia - irradiância máxima. A célula fotossensível era apoiada em pequena mesa cuja superfície era coberta com tecido branco fosco de algodão para evitar o reflexo. Distância: 45cm

15 Materiais e Métodos Todos os aparelhos foram testados na mesma sala e na mesma tarde. Afastados da janela. A luz artificial do ambiente era desligada para minimizar sua interferência nos resultados. Mesmo examinador.

16 RESULTADOS E DISCUSSÃO

17 Resultados e Discussão Existem 47 aparelhos de fototerapia na Unidade de Neonatologia do HRAS.

18 Marcas de Fototerapia n% Fanem® Bilispot 1838,3 Fanem® Fluorescente 510,7 Gigante® 1225,5 Olidef CZ® 1225,5 Total Tabela 1 – Marcas de Fototerapias usadas na Unidade Neonatal do Hospital Regional da Asa Sul. Brasília – DF, 2006

19 Tipos de Fototerapia n% Lâmpada Azul 48,5 Lâmpada Branca 817 Mista (branca/azul) 1327,7 Lâmpada Halógena 2246,8 Total Tabela 2 – Tipos de Fototerapias usadas na Unidade Neonatal do Hospital Regional da Asa Sul. Brasília – DF, 2006

20 Aparelhos que não acenderam n% Não Acendem1736,2 Acendem3063,8 Total47100 Tabela 3 – Aparelhos de Fototerapia que não acendem na Unidade Neonatal do Hospital Regional da Asa Sul. Brasília – DF, 2006

21 Lâmpadas queimadas por aparelho Números de lâmpadas queimadas por aparelho Quantidade de aparelhos Percentual (%) Tabela 4 – Número de Lâmpadas Fluorescentes Queimadas por Aparelho de Fototerapia

22 Dose de Irradiância Faixa de Irradiância

23 Resultados e Discussão Não constavam a data de manutenção dos aparelhos. Não foi possível verificar o tempo de vida útil das lâmpadas por ausência de registro desse dado.

24 Resultados e Discussão A manutenção dos aparelhos de fototerapia deixa muito a desejar – ônus econômico? Os resultados desta pesquisa foram entregues à chefia da Unidade e à chefia da enfermagem.

25 CONCLUSÃO

26 Conclusão Os aparelhos de fototerapia da Unidade de Neonatologia do HRAS precisam de providências urgentes em relação à manutenção e a compra de novas lâmpadas. Necessidade de um fotodosímetro dentro do serviço.

27 Nem tudo o que ilumina trata. De Carvalho Manoel; Lopes J.

28


Carregar ppt "Avaliação Técnica dos Aparelhos de Fototerapia do Serviço de Neonatologia do Hospital Regional da Asa Sul Autor: Jussara Velasco de Oliveira Orientador:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google