A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

5ª Conferência Brasileira de Arranjos Produtivos Locais

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "5ª Conferência Brasileira de Arranjos Produtivos Locais"— Transcrição da apresentação:

1 5ª Conferência Brasileira de Arranjos Produtivos Locais
O Modelo de Gestão de Compras José Carlos Wanderley Dias de Freitas Presidente Brasília, 09 de novembro de 2011

2 REGISTRO DE PREÇOS NACIONAL
Contexto Histórico RESOLUÇÃO/CD/FNDE/Nº 027 de 2005: gestão compartilhada de compras entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE e o Ministério da Educação - MEC O FNDE passou a ser a entidade responsável pelas grandes compras do MEC e a utilizar somente o Pregão Eletrônico para suas aquisições Atendimento às demandas da educação de estados e municípios diante das seguintes constatações: Falta de produtos/materiais padronizados e adequados Capacidade técnico-administrativa reduzida Desvinculação do processo de formulação e implementação de políticas públicas Falta de transparência REGISTRO DE PREÇOS NACIONAL

3 Registro de Preços Nacional – RPN RPN Registro de Preços Nacional
Demanda de alunos da Educação Básica (ganho de escala) Especialistas geram a 1ª proposta de especificação padronizada Variedade de especificações Estudo de mercado: - Dados econômicos - Cadeia produtiva - Cadeia logística - Referência de preço (definição da estratégia de licitação) RPN Registro de Preços Nacional Adesão pelos estados, municípios e instituições federais: - Recursos próprios - Emenda parlamentar - Orçamento Federal (FNDE) - Linha de crédito (BNDES) - Convênio Audiência Pública: Consolida as especificações e o modelo de aquisição Controle e acompanhamento da qualidade feitos pelo INMETRO e outros. Pregão eletrônico

4 BENEFÍCIOS Menor risco de corrupção e cooptação – uma compra de grande vulto é acompanhada pelos órgãos de controle e empresas participantes Ganho de escala – maior poder de compra governamental Racionalidade processual Adequação, qualidade e padronização dos produtos adquiridos Transparência

5 Resultados Medicamentos e equipamentos médicos: HUs participam na origem valor estimado valor registrado economia 666,7 milhões 426,8 milhões 239,9 milhões – 35,98% Uniformes escolares: itens autorizados valor estimado valor registrado economia 266,4 milhões 185,1 milhões 81,3 milhões – 30,5% Caminho da Escola – Bicicletas Escolares: adesões concedidas valor estimado valor registrado economia 130,5 milhões 89,4 milhões 41 milhões – 31,48% Caminho da Escola – Ônibus Escolar: adesões concedidas – 2008/2010 valor estimado valor registrado economia 2,7 bilhões 2,4 bilhões 229 milhões – 20,73% Mobiliários escolares: itens autorizados valor estimado valor registrado economia 413,5 milhões 354,7 milhões 58,8 milhões – 14,21%

6 Resultados Laptop PROUCA: 177.747 adesões
Laboratórios Móveis: Aquisição pelo FNDE de 40 conjuntos de caminhão, baú e laboratório, para distribuição aos Institutos Federais de Ensino Superior - IFES valor estimado valor registrado Economia 87,5 milhões 41,1 milhões 46,4 milhões – 53% Projetores Interativos: adesões valor estimado valor registrado Economia 282,3 milhões 146,9 milhões 135,4 milhões – 47,9% Laptop PROUCA: adesões valor estimado valor registrado economia 296,2 milhões 213 milhões 83,2 milhões – 28% Capacete : adesões concedidas valor estimado valor registrado economia 26,7 milhões 15,7 milhões 11 milhões – 20,73% Laboratórios PROINFO: unidades valor estimado valor registrado economia 265,1 milhões 230,1 milhões 35 milhões – 13,2%

7 O Registro de Preços Nacional e os Arranjos Produtivos Locais
RPN Estudo de mercado: conhecimento da realidade local e seus arranjos produtivos para determinar a melhor estratégia logística da compra governamental Controle de qualidade: garantia de adequação dos produtos às especificações desenhadas pelo governo para atendimento às políticas públicas educacionais Audiência Pública: discussão junto aos setores produtivos, favorece a adequação dos produtos em relação à capacidade produtiva dos fornecedores, agrega transparência ao processo Quantitativo para atendimento à todo o território nacional: fomento ao setor produtivo interno Compras parceladas: os pedidos de aquisição no sistema de registro de preços, geralmente, não abrangem o quantitativo total registrado APL Agregação de valor aos bens e serviços produzidos Criação de nichos de mercado, com diversos segmentos, para atendimento às demandas específicas da educação Aumento da produção, considerando serem aquisições de abrangência nacional Estímulo à competitividade diante do volume de materiais/equipamentos a serem adquiridos A possibilidade de aquisições de volumes menores atrai as pequenas e médias empresas

8 Conclusões Para que haja maior acesso dos APLs no mercado é necessário que haja investimentos em organização e tecnologia com vistas à aprimorar a qualidade dos produtos oferecidos As requisições de produtos de especificações complexas, para entrega em todo o território nacional, contribuem para uma maior competitividade, obrigando as empresas a efetuar investimentos em métodos e processos inovadores, ao mesmo tempo em que contribuem para estimular a articulação entre as empresas que compõem os arranjos produtivos locais, com a formação de consórcios, por exemplo, para que cumpram com todos os requisitos necessários para participação dos processos licitatórios

9 5ª Conferência Brasileira de Arranjos Produtivos Locais
O Modelo de Gestão de Compras José Carlos Wanderley Dias de Freitas Presidente Brasília, 09 de novembro de 2011


Carregar ppt "5ª Conferência Brasileira de Arranjos Produtivos Locais"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google