A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Slide 1 Reunião de Abertura Auditoria Anual de Contas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas IFAM (contas do exercício de 2013)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Slide 1 Reunião de Abertura Auditoria Anual de Contas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas IFAM (contas do exercício de 2013)"— Transcrição da apresentação:

1 Slide 1 Reunião de Abertura Auditoria Anual de Contas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas IFAM (contas do exercício de 2013)

2 Slide 2 Objetivos do encontro Apresentar à direção da unidade auditada uma visão geral sobre a forma de execução da Auditoria Anual de Contas. Prestar esclarecimentos sobre as questões relevantes que serão abordadas.

3 Slide 3 Visão do Controle Interno sobre a Auditoria Anual de Contas – 1/2 Nas auditorias anuais de contas, o Controle Interno busca atingir os seguintes objetivos: Avaliar os principais resultados alcançados, com ênfase na eficácia, eficiência e economicidade da gestão dos programas de governo (ou equivalentes) pela unidade auditada; Informar e destacar as boas práticas administrativas e seus impactos no desempenho da unidade; Destacar as falhas que impactaram no atingimento dos resultados, informando as providências corretivas em andamento e/ou previstas.

4 Slide 4 Visão do Controle Interno sobre a Auditoria Anual de Contas – 2/2 O Controle Interno também considera a auditoria anual de contas como uma oportunidade para: Identificar riscos decorrentes de fragilidades nos controles administrativos; A partir da interação com os gestores, propor providências para sua eliminação e/ou redução dos riscos detectados.

5 Slide 5 Visão geral sobre fases da auditoria anual Trabalho de campo Relatório Preliminar Recebimento do Plano de Providências Encaminhamento do relatório para a unidade auditada Encaminhamento do Processo de Contas ao Ministro Relatório, Certificado e Parecer do Controle Interno Manifestação da unidade auditada sobre Relatório Preliminar Reunião de Busca Conjunta de Soluções

6 Slide 6 Mudanças introduzidas pela Portaria CGU/SE 650/2014 – 1/2 Ajustes no processo de apresentação dos fatos: A primeira oportunidade de manifestação sobre o teor do campo “fato” de uma constatação será aberta mediante o envio do registro por Solicitação de Auditoria. A Reunião de Busca Conjunta de Soluções passa a ser realizada da íntegra do Relatório Preliminar, que já traz as recomendações para debate com os gestores.

7 Slide 7 Mudanças introduzidas pela Portaria CGU/SE 650/2014 – 2/2 A Reunião de Busca Conjunta de Soluções deve ser realizada até cinco dias úteis após o encaminhamento do Relatório Preliminar. Manifestações escritas sobre o Relatório Preliminar: Preparação deve ser iniciada logo após o recebimento do relatório. Envio deve ocorrer até cinco dias úteis após a reunião.

8 Slide 8 Utilização da manifestação final como “consolidada” ou “retificadora” Caso, após a Reunião de Busca Conjunta, a manifestação transcrita no Relatório Preliminar continue avaliada como adequada pela unidade auditada, não é necessária segunda manifestação. Para evitar a transcrição de questões já resolvidas, as eventuais manifestações após o Relatório Preliminar substituirão as transcritas no campo “Manifestação da unidade examinada” da respectiva constatação. Se necessária manifestação após o Relatório Preliminar, a unidade auditada deve qualificar esse conteúdo para conter tudo que a unidade tem a dizer sobre a última versão do campo “fato”.

9 Slide 9 Informações gerais sobre o Planejamento da ação de controle

10 Slide 10 Conteúdos que serão abordados na auditoria Item 1 - Conformidade das peças do processo; Item 2 - Resultados quantitativos e qualitativos; Item 3 - Gestão de pessoas; Item 4 - Gestão do patrimônio imobiliário; Item 5 – Estrutura e atuação da AUDIN; Item Cumprimento de deliberações do TCU; Item Recomendações da CGU; Item 6.3 – Carta ao Cidadão; Item Sistema CGU-PAD Item Parecer de Auditoria Interna.

11 Slide 11 Informações e documentos que devem ser solicitados no período de campo Normas relativas à atuação dos docentes nas atividades de ensino, pesquisa e extensão da Rede Federal de EPCT; Manifestação ao Ofício-Circular nº 120/2012/CPPCE/DP/ SFC/CGU-PR, de 29/06/2012; Registros relativos à gestão do patrimônio imobiliário de responsabilidade da UJ; Manifestação acerca das determinações/recomendações do TCU e CGU; Outras informações e documentos necessários às análises que comporão o Relatório e subsidiarão a elaboração do Certificado e do Parecer do Controle Interno.

12 Slide 12 Informações e documentos que devem ser solicitados no período de campo Carta de Serviços ao Cidadão do IFAM ; Informações acerca do gerenciamento do Sistema CGU- PAD; Outras informações e documentos necessários às análises que comporão o Relatório e subsidiarão a elaboração do Certificado e do Parecer do Controle Interno.

13 Slide 13 Reunião de Busca Conjunta de Soluções

14 Slide 14 Discussão das causas das falhas detectadas. Evidenciação da necessidade das providências e da sua viabilidade. Humanização da interlocução, que deixa de ser feita apenas por documentos (solicitações, relatórios, ofícios etc.). Papéis da Reunião de Busca Conjunta

15 Slide 15 Norma atual sobre Reunião de Busca (Portaria CGU/SE 650/2014) “(...) a UJ deverá observar os seguintes procedimentos: (...) ii. Reunião de Busca Conjunta de Soluções: garantir que, a partir do conhecimento do Relatório Preliminar, a Reunião de Busca Conjunta de Soluções, conte com a participação do Dirigente Máximo da Unidade e demais representantes detentores dos conhecimentos necessários dos temas envolvidos e identificação das soluções, e com condições de tomar as decisões requeridas pelas mudanças a serem implementadas. Tais discussões servirão de base para a manutenção ou reforma das recomendações apresentadas no ‘Relatório Preliminar de Auditoria Anual de Contas’.”

16 Slide 16 Conclusão

17 Slide 17 Demandas da CGU necessárias ao bom andamento da auditoria anual Designação de um interlocutor, com acesso às subunidades organizacionais abrangidas pela auditoria, para atender às demandas da CGU. Colaboração do interlocutor e demais gestores na viabilização de entrevistas e outros procedimentos que envolvam questionamentos presenciais. Esforço da unidade auditada para atender às Solicitações de Auditoria dentro dos prazos fixados. Coleta, pela unidade auditada, de manifestações de servidores (inclusive os que não estejam em exercício devido a cessão, aposentadoria etc.).

18 Slide 18 Contatos Controladoria-Regional da União no Estado do Amazonas Av. Japurá, nº Centro Manaus/AM - CEP: Tel: , e


Carregar ppt "Slide 1 Reunião de Abertura Auditoria Anual de Contas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas IFAM (contas do exercício de 2013)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google