A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OBRAS DAS BARRAGENS PEDREIRA E DUAS PONTES

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OBRAS DAS BARRAGENS PEDREIRA E DUAS PONTES"— Transcrição da apresentação:

1 OBRAS DAS BARRAGENS PEDREIRA E DUAS PONTES
Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos Departamento de Águas e Energia Elétrica AUDIÊNCIA PÚBLICA OBRAS DAS BARRAGENS PEDREIRA E DUAS PONTES OUTUBRO/2014

2 Instruções gerais A apresentação será realizada sem interrupções e na sequência será aberto debate presencial, obedecendo ao seguinte regramento: A participação dos convidados nos debates far-se-á mediante inscrição por ordem de solicitação, oral ou escrita, em formulário próprio; Para as manifestações orais os interlocutores deverão se identificar sendo obrigatório o uso do microfone, para suas formulações; Cada manifestação dos convidados terá a duração de no máximo 3 minutos; A Mesa Técnica se manifestará para responder às perguntas que lhe forem dirigidas, no ato ou depois de encerrada as intervenções, sobre cada item isoladamente ou em blocos; Não haverá réplicas para manifestação da Mesa Técnica.

3 Breve Histórico Necessidade de aumento da disponibilidade hídrica nas Bacias dos rios Jaguari e Camanducaia; Em Julho/2010 o Comitê PCJ aprovou, entre as opções estudadas, a escolha das Barragens Pedreira e Duas Pontes como alternativas, iniciando a elaboração dos Projetos; Em Julho/2013 os Projetos Básicos e o Estudo de Viabilidade Ambiental destas barragens foram aprovados no Comitê PCJ, por suas Câmaras Técnicas; Em Fevereiro/2014 foi publicado o Decreto Estadual nº , declarando as áreas das barragens de utilidade pública, para fins de desapropriação pelo DAEE; Em Abril/2014 o DAEE contratou a elaboração dos Projetos Executivos e EIA/RIMA das barragens. Ausência, na porção da bacia à jusante do Sistema Cantareira de estruturas de regularização das águas, o que torna excessivamente vulneráveis os sistemas de abastecimento público de água ao longo do rio Atibaia como as cidades de Itatiba, Valinhos, Campinas e Sumaré, principalmente nos períodos de estiagem.

4 Aumento da Disponibilidade Hídrica
Possibilidade de regularização: Barragem Duas Pontes - Rio Camanducaia Barragem Pedreira - Rio Jaguari 1 2 1 2 Pedreira: Área da Bacia Total: km2 Intermediária: 930 km² Volume Útil: 26 hm³ Duas Pontes: Área da Bacia: 863 km² Volume Útil: 41 hm³ Benefício: O aumento da disponibilidade hídrica nestas bacias contribui para flexibilizar a operação do Sistema Cantareira

5 Objetivo das Barragens
Objetivo Principal: Aumento da Vazão Garantida para Abastecimento Rio Jaguari - Atual Mínima Vazão Média Mensal: 5,9 m³/s Rio Camanducaia - Atual Mínima Vazão Média Mensal: 4,4 m³/s +2,3 m³/s +3,8 m³/s Com Barragem Pedreira Vazão Garantida: 8,2 m³/s Com Barragem Duas Pontes Vazão Garantida: 8,2 m³/s Vazões com 98% de Garantia

6 Localização

7 Barragem Pedreira

8 Barragem Pedreira-Arranjo Geral
Tipo de Barragem: Solo Enrocamento Altura: 50 m Tomada D’Água Seletiva Vertedor Livre tipo Escada Q = m³/s TR anos Vazão Ambiental: Q = 2,80 m³/s Quantitativos Principais: Aterro: m³ Escavação: m³ Concreto: m³

9 Barragem Pedreira - Cortes

10 Barragem Pedreira-1ª Fase do Desvio
Ensecadeira de 1ª Fase Galeria de Desvio: 3 células de 5,00 m x 6,50 m Q = 580 m³/s TR 25 anos Ensecadeira de 1ª Fase

11 Barragem Pedreira-2ª Fase do Desvio
Galeria de Desvio: 3 células de 5,00 m x 6,50 m Q = 580 m³/s TR 25 anos Ensecadeira de 2ª Fase Ensecadeira de 2ª Fase

12 Barragem Duas Pontes

13 Barragem Duas Pontes – Arranjo Geral
Vertedor: 60m de largura Carga Máxima: 4 m Q= 715 m³/s TR anos

14 Barragem Duas Pontes – Cortes

15 Barragem Duas Pontes – 1ª Fase do Desvio

16 Barragem Duas Pontes – 2ª Fase do Desvio
Ensecadeira Montante Ensecadeira Jusante

17 das Barragens Pedreira e Duas Pontes
Estudos de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) das Barragens Pedreira e Duas Pontes

18 Macro Localização:

19 Audiências/ Seminários
Estudos Ambientais - Cronograma EIA/RIMA Diagnóstico Ambiental Meio Físico Meio Biótico Meio Socioeconômico Impactos Programas Ambientais Audiências/ Seminários Audiências Públicas Momento Atual Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Jan Fev Mar Abr 2014 2015

20 Estudos de Impacto Ambiental – EIA/RIMA
Atendimento aos Princípios de: Reuniões / Seminários Municípios - Amparo, Campinas e Pedreira - Prefeitura, Câmara Municipal, População Afetada, Comunidade Organizada Ministério Público Órgãos Públicos – Comitê PCJ, Câmara de Comércio, Universidade - Participação da Sociedade Civil - Amplo Acesso à Informação - Ampla Publicidade - Transparência nas Informações - Educação Ambiental Atendimento Legal: Lei n°13.798/2009 Política Estadual de Mudanças Climáticas Resoluções CONAMA nº 001/1986 e nº009/1987 Audiências Públicas Municípios - Amparo, Campinas e Pedreira Publicidade e Acesso a Informação Divulgação Contínua: Site do DAEE Para os Eventos - Jornais, Rádio, Faixas

21 Municípios Diretamente Envolvidos
Amparo Pedreira Campinas

22 Área de Abrangência dos Estudos Ambientais
Barragem Pedreira: Área de Abrangência dos Estudos Ambientais ADA: 441,25 ha AID: 3.456,30 ha

23 Barragem Pedreira: Ocupação Humana

24 Barragem Pedreira: Uso e Ocupação do Solo

25 Área de Abrangência dos Estudos Ambientais
Barragem Duas Pontes: Área de Abrangência dos Estudos Ambientais ADA: 775,03 ha AID : 5.964,50 ha

26 Barragem Duas Pontes: Ocupação Humana

27 Barragem Duas Pontes: Uso e Ocupação do Solo

28 Uso e Ocupação do Solo nas áreas inundadas
Uso do Solo Pedreira Duas Pontes Áreas (ha) Área Total Em APP Floresta Ombrófila Densa 58,97 50,59 9,50 6,43 Floresta Estacional 0,00 24,40 11,80 Vegetação Pioneira 1,64 1,05 4,43 3,57 Floresta Ripária 19,12 18,58 35,90 34,49 Agrupamento Arbóreo 0,15 0,05 Reflorestamento 3,89 2,83 5,98 1,94 Campo úmido 8,25 7,31 Campo Antrópico 63,40 42,53 215,80 124,28 Bambúzal 0,70 Agricultura 2,68 1,99 53,40 14,96 Solo Exposto 0,25 0,06 Edificações 6,23 5,07 2,15 0,63 Estrada 6,12 5,64 5,79 2,90 Corpos d'água 18,6 0,42 27,25 3,37 Total 181,06 129,46 393,00 211,73 Ressalta-se que na Barragem Pedreira 45,4% da área de APP já sofreu intervenção antrópica e em Duas Pontes 39%

29 Principais Interferências
- Ocupação de áreas: Pedreira Duas Pontes Reservatório e área das obras ,25 ha ,03 ha Área de Preservação Permanente ,00 ha ,00 ha Compensação: Aquisição das áreas a serem ocupadas. - Propriedades Rurais: Interferência parcial/total em 35 imóveis rurais em Pedreira e 31 em Duas Pontes. Compensação: Indenização aos proprietários. - Interferência com População: Serão brevemente iniciados os serviços de cadastramento de moradores nas áreas a serem desapropriadas. Compensação: Será caso a caso, se é proprietário, meeiro ou empregado, podendo ser aquisição da propriedade, indenização ou relocação.

30 Principais Interferências
- Supressão de vegetação nativa ou em estágio de regeneração. 80,49 ha em Pedreira e 77,08 ha em Duas Pontes, 43,0% e 18,8% da área total dos respectivos reservatórios. Compensação: Recomposição da vegetação nas APP’s. - Interferência com Pequenas Centrais Hidrelétricas - PCH PCH Macaco Branco da CPFL (2,36 MW) no rio Jaguari. PCH Feixos da Companhia Energética Salto do Lobo (1,15MW), no rio Camanducaia. Compensação: Indenização aos proprietários. - Estradas vicinais e acessos Interferência pela formação do reservatório Compensação: Relocação das estradas e acessos.

31 FIM


Carregar ppt "OBRAS DAS BARRAGENS PEDREIRA E DUAS PONTES"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google