A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1/35 A produção de conhecimento e estratégias para sua melhor disseminação Jürgen Döbereiner Pesquisador Dr.h.c. do Projeto Sanidade Animal Embrapa/UFRRJ.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1/35 A produção de conhecimento e estratégias para sua melhor disseminação Jürgen Döbereiner Pesquisador Dr.h.c. do Projeto Sanidade Animal Embrapa/UFRRJ."— Transcrição da apresentação:

1 1/35 A produção de conhecimento e estratégias para sua melhor disseminação Jürgen Döbereiner Pesquisador Dr.h.c. do Projeto Sanidade Animal Embrapa/UFRRJ (Antigo Instituto de Biologia Animal, DNPA, Ministério da Agricultura) (Conferência de abertura do I Workshop da Pós-Graduação da UNESP, Áreas de Veterinária, Zootecnia e Ciência de Alimentos, 13 de agosto de 2008, São Paulo, SP)

2 2/35 Ao lado de suas atividades de pesquisa em patologia animal dedicou-se durante 50 anos à publicação de resultados de pesquisa: Responsável pela edição dos Arquivos do Instituto de Biologia Animal, DNPA, Ministério da Agricultura ( ) Editor-Chefe da revista Pesquisa Agropecuária Brasileira, DNPEA, Ministério da Agricultura ( ) Editor da revista Pesquisa Veterinária Brasileira (1981- ) editada pelo Colégio Brasileiro de Patologia Animal, a partir de 2007, em parceria com quatro outras sociedades científicas, a Anclivepa-SP, ABOV, Abravas e o CBAA, publicando fascículos específicos de LivestockDiseases, Small Animal Diseases / Veterinary Dentistry, Wildlife Medicine e Animal Morphophysiology Presidente da ABEC ( ) Presidente do Colégio Brasileiro de Patologia Animal ( )

3 3/35 OS PESQUISADORES, autores de artigos científicos, são peças-chaves na produção do conhecimento e devem receber o adequado apoio na sua atuação.

4 4/35 A Ciência avança pela colaboração entre os pesquisadores, mas depende da ética na competição.

5 5/35 A Pós-Graduação tem um papel de relevante importância para o treinamento de pesquisadores e, sobretudo, para o aumento do conhecimento científico.

6 6/35 O Mestrado significa treinamento científico básico de especialização com uma possível contribuição científica.

7 7/35 O Doutorado exige uma contribuição científica substancial.

8 8/35 Pesquisadores multiplicam o seu potencial de produção científica, através da orientação de pós-graduandos.

9 9/35 Os resultados de pesquisa gerados na pós- graduação e publicados em periódicos de adequada indexação, contribuem de forma significativa para o conhecimento científico.

10 10/35 A confiança na integridade da pesquisa e da literatura científica é de importância vital para o progresso da Ciência.

11 11/35 A publicação dos resultados de pesquisa justifica os investimentos.

12 12/35 Os cursos de pós-graduação devem oferecer a Disciplina de Comunicação Científica, onde os candidatos aprendem a elaborar e apresentar seus resultados de pesquisa.

13 13/35 A agilidade na tramitação dos artigos submetidos para publicação (peer review) depende da capacidade dos autores na elaboração dos seus trabalhos.

14 14/35 Durante a realização da pesquisa, a tese deve ser redigida seguindo as normas de apresentação do periódico científico escolhido para evitar atrasos na publicação.

15 15/35 O domínio da língua inglesa tem que ser priorizado nos cursos de pós-graduação, especialmente nos de doutorado.

16 16/35 No Brasil, estão sendo editados 37 periódicos científicos de veterinária, zootecnia e tecnologia de alimentos.

17 17/35 Destes 37 periódicos, 31 (84%) publicam artigos originais de pesquisa e os 6 (16%) restantes são de Educação Continuada.

18 18/35 A metade dos 31 periódicos de artigos originais têm periodicidade mínima exigida pelo programa SciELO, sendo 7 periódicos trimestrais, 5 bimestrais e 3 mensais.

19 19/35 Somente 12 (39%) dos 31 periódicos de artigos originais são mais especializados, outros 12 (39%) publicam juntos artigos de veterinária e de zootecnia, e 7 (22%) são heterogêneos.

20 20/35 A metade dos 31 periódicos de artigos originais está sendo editada por instituições universitárias e os periódicos de Sociedades Científicas existem em número reduzido.

21 21/35 Os 37 periódicos de Veterinária, Zootecnia e Tecnologia de Alimentos editados no Brasil (Indexados pela SciELO, editados por Sociedades Científicas) A Hora Veterinária (Alcy José de VargasCheuiche, Porto Alegre, RS) Acta Scientiae Veterinariae (UFRGS, Porto Alegre, RS) Animal Reproduction (CBRA, Belo Horizonte, MG) Archives of Veterinary Science (UFPR, Curitiba, PR) Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia (FEPMVZ Editora, vinculada à Escola de Veterinária da UFMG, Belo Horizonte, MG) Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da Unipar (Umuarama, PR) Arquivos do Instituto Biológico (Instituto Biológico, São Paulo, SP) Ars Veterinária (FCAV, Unesp-Jaboticabal, SP) Brazilian Journal of Microbiology (SBM, São Paulo, SP) Brazilian Journal of Morphological Sciences (Pan-American Association of Anatomy, em parceria com o Departamento de Histologia e Embriologia, Unicamp, Campinas, SP) Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science (Fumvet, em parceria com FMVZ-USP, São Paulo, SP)

22 22/35 Ciência Animal (UECE, Fortaleza, CE) Ciência Animal Brasileira (Escola de Veterinária, Universidade Federal de Goiás (UFG). Goiânia, GO) Ciência Rural (UFSM, Santa Maria, RS) Ciência de Tecnologia de Alimentos (SBTA, Campinas, SP) Ciência Veterinária nos Trópicos (CRMV-PE, Recife, PE) Clínica Veterinária (Editora Guará Ltda, São Paulo, SP) Higiene Alimentar (José Cezar Panetta, São Paulo, SP) Nosso Clínico (Editora Troféu Ltda, São Paulo, SP) Pesquisa Agropecuária Brasileira (Embrapa, Brasília, DF) Pesquisa Agropecuária Gaúcha (Fepagro, Porto Alegre, RS) Pesquisa Veterinária Brasileira (CBPA, Seropédica, RJ) Revista Brasileira de Ciência Avícola (World Poultry Association, Brazilian Branch, Campinas, SP) Revista Brasileira de Ciência Veterinária (UFF, Niterói, RJ) Revista Brasileira de Medicina Veterinária (Somverj, Rio de Janeiro, RJ) Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária (SBPV, Seropédica, RJ) Os 37 periódicos de Veterinária, Zootecnia e Tecnologia de Alimentos editados no Brasil (Indexados pela SciELO, editados por Sociedades Científicas)

23 23/35 Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal (UFBA Salvador, BA) Revista Brasileira de Reprodução Animal (CBRA, Belo Horizonte, MG) Revista Brasileira de Zootecnia (SBZ, Viçosa, MG) Revista de Ciências Agroveterinárias (CAV-UDESC, Lages, SC) Medvep-Revista Científica de Pequenos Animais (Bio Editora, Curitiba, PR) Revista Científica de Produção Animal (SNPA, Teresina, PI) Revista de Educação Continuada CRMV-SP (São Paulo, SP) Revista de Ciências da Vida (UFRRJ, Seropédica, RJ) Revista CFMV (CFMV, Brasília, DF) Semina, Ciências Agrárias (UEL, Londrina, PR) Veterinária Notícias (UFU, Uberlândia, MG) Os 37 periódicos de Veterinária, Zootecnia e Tecnologia de Alimentos editados no Brasil (Indexados pela SciELO, editados por Sociedades Científicas)

24 24/35 SciELO, AGRICULTURAL SCIENCES, Veterinária, Zootecnia e Tecnologia de Alimentos (Periódicos mais especializados) Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, 57 issues Brazilian Journal of Microbiology, 33 issues Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 45 issues Ciência Rural, 66 issues Ciência e Tecnologia de Alimentos, 40 issues Pesquisa Agropecuária Brasileira, 114 issues Pesquisa Veterinária Brasileira, 54 issues Revista Brasileira de Ciência Avícola, 29 issues Revista Brasileira de Zootecnia, 68 issues

25 25/35 Em 2004, criou-se o Fórum de Editores das Revistas Científicas de Veterinária e Zootecnia, num Encontro em Belo Horizonte, realizado pelo CBPA em parceria com o CFMV. Neste evento foi eleita a Profa. Maria Angélica Miglino (USP) como Coordenadora, que assumiu o compromisso de criar uma Biblioteca Virtual de Veterinária e Zootecnia para sanear o fenômeno da Lost Science. O site está sendo instalado na FMVZ-USP com apoio do CRMV-SP.

26 26/35 Será vantajoso o estabelecimento de parcerias entre Sociedades Científicas e Universidades, para aproveitar a dinâmica de um e a infra-estrutura do outro, na publicação dos resultados de pesquisa.

27 27/35 A publicação do Relatório Institucional de Pesquisa (Bi-annual Research Review) pode dar melhor status do que a edição de periódico científico não suficientemente indexado.

28 28/35 Devemos raciocinar, cada vez mais, num Sistema de publicação científica que favoreça a especialização e internacionalização de periódicos brasileiros.

29 29/35 É importante seguir os exemplos dos periódicos científicos de melhor sucesso.

30 30/35 A parceria com Editoras de iniciativa privada (Publishers) permite profissionalizar a edição de periódicos científicos.

31 31/35 Torna-se necessária a multiplicação de fontes de recursos através de page charges, para assegurar a consolidação dos periódicos científicos.

32 32/35 Deve ser dado maior reconhecimento e apoio aos Editores e manuscript reviewers, os quais, na qualidade de pesquisadores, empregam o seu conhecimento e tempo na publicação de resultados de pesquisa de colegas.

33 33/35 Resumindo os tópicos mais importantes da nossa apresentação, devemos: 1.Oferecer a Disciplina de Comunicação Científica nos Cursos de Pós-Graduação; 2.Raciocinar dentro de um Sistema da edição de periódicos científicos; 3.Adotar maior critério na criação de revistas; 4.Aumentar o número de artigos em inglês e a visibilidade eletrônica dos periódicos; 5.Estabelecer parcerias entre Sociedades Científicas e Universidades;

34 34/35 Resumindo os tópicos mais importantes da nossa apresentação, devemos: 6.Profissionalizar a edição de periódicos científicos pelo envolvimento de Editoras de iniciativa privada (Publishers); 7.Dar maior reconhecimento e apoio aos Editores e aos Relatores do peer review; 8.Publicar Relatórios Institucionais de Pesquisa (Research Reviews) em vez da edição de revistas que não atingem o mainstream da comunicação científica; 9.Multiplicar as fontes de recursos, sobretudo por page charges; 10.Dar a necessária prioridade à edição de periódicos científicos.

35 35/35 Agradeço a sua atenção !

36 36/35 Anexos


Carregar ppt "1/35 A produção de conhecimento e estratégias para sua melhor disseminação Jürgen Döbereiner Pesquisador Dr.h.c. do Projeto Sanidade Animal Embrapa/UFRRJ."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google