A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Desafio Limitação Haiki Limitação: Ato ou efeito de limitar Restrição, redução, modificação, confinação. Michaelis – Moderno Dicionário da língua.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Desafio Limitação Haiki Limitação: Ato ou efeito de limitar Restrição, redução, modificação, confinação. Michaelis – Moderno Dicionário da língua."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5 Desafio Limitação Haiki Limitação: Ato ou efeito de limitar Restrição, redução, modificação, confinação. Michaelis – Moderno Dicionário da língua portuguesa Limitation: Limitação, restrição, termo, prescrição, demarcação. Michaelis Dictionary Limitation: kaupalena, haiki Hawaiian Dictionary Mary Kawena Pukui Samuel H. Elbert Haiki: Estreito, limitação, restrição Kaupalena: Limitar, restrito, moderado, limitação. Hawaiian Dictionary Mary Kawena Pukui Samuel H. Elbert

6 A tradução da palavra haiki refere-se a restrição, estreitamento e limitação. No caso em estudo, o Desafio Limitação mostra que há restrição e estreitamento nas possibilidades de crescimento por estar a pessoa limitada pelas causas que veremos a seguir. Limitação como Desafio do Princípio Kala tem para fins de estudo, o deslocamento do Talento Visão para o Princípio Kala, na roda do Ho’o Hua. Isso significa que nessa reencarnação já trabalhamos o Desafio Ignorância, criando condições de crescimento espiritual. Livramo-nos dos apegos de acordo com as possibilidades existentes de desenvolvimento do sonho básico de vida. É um passo dado em nosso crescimento.

7 Segundo nosso entendimento, podemos colocar como causas do Desafio Limitação, o corpo, a velocidade e espaço/tempo. São os responsáveis pela restrição nas atitudes e ações. As limitações provocadas pelo corpo são devidas à timidez, inibição, ansiedade, tensão e estresse. O corpo quando está sob qualquer uma dessas condições impede a concretização das ações que deveriam ser executadas em determinadas situações, as quais propiciariam desenvolvimento e crescimento espiritual. É como se algo poderoso nos proibisse de exercer atitudes e ações, por mais desejadas que sejam. Não se produz nada sem a participação corporal. Todas nossas ações estão ligadas a um componente psicofísico. Tudo que nos acontece tem uma parte psíquica e uma física responsável pela atitude ou ação.

8 A ansiedade é uma condição mental própria do ser humano e atua em grau fisiológico impulsionando-nos para a satisfação dos desejos. Se atingirmos um grau de ansiedade que foge do natural, criamos uma tensão que modifica os desejos e a intenção de praticar determinadas ações fica prejudicada. Passamos a vivenciar um estado de ansiedade/tensão/estresse que provoca a timidez, isto é, o corpo paralisa devido a emoções criadas por memórias de fixação que formam pensamentos inibidores das ações.

9 O pensamento que dirige a emoção, sendo restritivo, leva nossa imaginação e ideação a uma reação que empobrece a ação, ou chega mesmo a um grau tal de tensão e estresse, que inibe totalmente a realização. Tais emoções podem tornar-se tão intensas que terminam por influenciar corporalmente, reduzindo ou paralisando os movimentos para as ações desejadas.

10 Essas situações são causadas pelo Desafio Limitação, devido a fatores como confusão mental, procrastinação, raiva, medo, dúvida e ignorância. É a falta de visão de um estado novo a ser vivenciado. Acontece por ignorarmos que agora a visão interior passou de um desafio para outro. Está sob orientação de um novo Desafio o do Princípio Kala (não há limites), que era desconhecido de quem saiu do Desafio Ignorância. Caminha agora para novas experiências que lhe darão novos esclarecimentos, praticando ações sob influências novas de um desafio até então desconhecido e limitante.

11 Não nos esqueçamos de que a mente é fruto das memórias trazidas do unihipili para serem decodificadas pelo cérebro, produzindo os pensamentos do uhane; assim sendo, tudo está ligado ao corpo físico que é a imagem/modelo do unihipili e uhane, com a permanente presença de aumakua. Dentro do conceito de seres limitados, estamos sujeitos às leis naturais que regem nossas ações dentro de um espaço/tempo dependente da velocidade com que pensamos e executamos todas as tarefas de nossa vida.

12 Essa velocidade está subordinada ao estreitamento da mente que restringe as atitudes e ações. Quando a timidez atinge um grau tão elevado que interfere intensamente na realização das ações, essa velocidade de ação tende para o zero, o que causa a inibição, paralisação total da ação corporal. Isso gera conflitos, não só na atuação, mas também na comunicação com o meio. São causas de isolamento, conflitos mentais e mesmo distúrbios sérios, não só de conduta, como também por confusão mental. De acordo com esse conceito, as memórias genéticas programadas preparadas em Po, na formação do sonho básico de vida, dão as diretrizes da personalidade, tendo o meio e a criação como fatores que contribuirão como facilitadores ou não do desenvolvimento e crescimento do individuo. Fica claro que não somos frutos de nosso meio, mas que ele contribui para nossa formação e que a vontade é a mola propulsora de nossas atividades.

13 O que chamamos aqui de velocidade é o tempo gasto entre o início da ação ou sua paralisação pelo corpo e a decodificação cerebral que impede a ação, provocando pensamentos de timidez e muitas vezes a inibição por uma percepção estereotipada. O espaço é primordial, pois nossa aproximação de outra pessoa ou de um objeto de nossos desejos está marcada pelo distanciamento existente entre nós e eles. A velocidade dessa aproximação depende da rapidez com que executamos a ação. A timidez causando tensão ou estresse provoca aumento da ansiedade e impede nosso contato, surgindo, assim, a frustração de um desejo insatisfeito. Nossa cultura propicia essa dificuldade de aproximação corporal por não ser atualmente natural o contato físico entre pessoas que não estejam ligadas por laços familiares ou amorosos, no sentido homem/mulher. É conseqüência de um fator moral religioso que tem como grande valor o sexo. Isso é também um fator limitante no relacionamento social.

14 O Desafio Limitação pode causar confusão, procrastinação, raiva, medo, dúvida e ignorância (não são desafios), o que também contribui para a exacerbação das causas da Limitação a serem vencidas nesse sonho básico de vida.

15 A timidez está latente nas memórias genéticas programadas e, no desenvolvimento psicocorporal da pessoa nos primeiros dois anos de vida. O grau maior de ansiedade a que é submetida uma criança vai refletir dificultando seu desenvolvimento e crescimento espiritual, mas não determinando seu caráter e as propriedades de seu sonho básico de vida.

16 É nessa fase da vida que começa a formar as memórias Aprendidas responsáveis pela atuação da pessoa no desenrolar da existência. O grau de ansiedade maior na formação dos papeis que se desenvolverão com as vivências, criará uma maior tensão ou estresse e conseqüentemente timidez e inibição. Isso causa maiores conflitos internos que impedem seu desenvolvimento interior e social.

17 Pelo Talento Visão, aos poucos o individuo adquire esclarecimentos que o impulsiona na direção do Princípio Makia, quando irá dar seguimento ao trabalho de desenvolvimento e crescimento espiritual. Como passou do Desafio Ignorância para o da Limitação sem ter a percepção de um novo Desafio a vivenciar, o Talento Visão prossegue seu caminho rumo ao Desafio Confusão, de acordo com o sonho básico de vida.

18 E perguntaram aos havaianos: Por que vocês andam nus? Eles responderam: Nus? Nós estamos vestidos com os raios do sol enviados pelo Deus Lono

19 TEXTO: Sebastião de Melo Julho de 2009 Associação de Estudos Huna Formatação: Consolação Monducci Kc Angelóloga, taróloga e pesquisadora da Psicofilosofia Huna Belo Horizonte, 01 de outubro de 2009


Carregar ppt "Desafio Limitação Haiki Limitação: Ato ou efeito de limitar Restrição, redução, modificação, confinação. Michaelis – Moderno Dicionário da língua."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google