A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual - 2003 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Brasília – DF, 31 de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual - 2003 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Brasília – DF, 31 de."— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Brasília – DF, 31 de dezembro de 2003

2 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA PRESIDENTE DA REPÚBLICA MÁRCIO THOMAZ BASTOS MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA PAULO FERNANDO DA COSTA LACERDA DIRETOR-GERAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL

3 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PAULO FERNANDO DA COSTA LACERDA DIRETOR-GERAL O Departamento de Polícia Federal, por meio da apresentação do Relatório Anual, referente ao exercício do ano 2003, encerra mais um ciclo de atividades e, com a devida transparência, presta contas ao Governo e à sociedade brasileira. O ano de 2003 foi marcado pela realização de operações com resultados altamente positivos, dentro do esforço do Órgão para o combate à criminalidade. Algumas dessas operações, que chegaram ao conhecimento do público em geral, tiveram grande repercussão e, por conseqüência, a sociedade pode mais uma vez, conhecer e avaliar o trabalho desenvolvido por todo o corpo funcional que compõe esta Instituição Pública. Acreditamos que o Departamento de Polícia Federal cumpriu no exercício findo, com determinação e eficiência, as metas propostas, contribuindo para a consecução dos objetos traçados pelo Governo Federal na área de Segurança Pública. Resta, pois, agradecer a todos os integrantes deste Departamento pelo empenho e profissionalismo, que tornaram possível alcançar os objetivos almejados, bem como aos órgãos e autoridades do Governo que nos prestaram o indispensável apoio e a efetiva colaboração.

4 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual UNIDADES CENTRAIS Gabinete MARIA DO SOCORRO SANTOS NUNES TINOCO Diretoria-Executiva ZULMAR PIMENTEL DOS SANTOS Coordenação de Operações Especiais de Fronteira MAURO SPÓSITO Coordenação do Comando de Operações Táticas DANIEL GOMES SAMPAIO Coordenação de Aviação Operacional MÁRIO JOSÉ OLIVEIRA SANTOS Coordenação-Geral de Defesa Institucional JOSÉ MILTON RODRIGUES Coordenação-Geral de Polícia Fazendária PAULO ROBERTO ORNELAS DE LINHARES Coordenação-Geral de Polícia Internacional ARMANDO DE ASSIS POSSA Coordenação-Geral de Polícia de Imigração SÔNIA ESTELA DE MELO Coordenação-Geral de Controle de Segurança Privada JOSÉ IVAN GUIMARÃES LOBATO Diretoria de Combate ao Crime Organizado GETÚLIO BEZERRA SANTOS Coordenação-Geral de Polícia de Repressão a Entorpecentes RONALDO URBANO Corregedoria-Geral da Polícia Federal NEIDE ALVES ALMEIDA ALVARENGA Coordenação-Geral de Correições PAULO CORREIA IUNG Coordenação de Assuntos Internos RICARDO GARCIA ENNES Coordenação de Disciplina SEBASTIÃO CARLOS CARVALHO

5 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual UNIDADES CENTRAIS Coordenação de Altos Estudos de Segurança Pública OSWALDO PAIVA DA COSTA GOMIDE Coordenação de Ensino FERNANDO DE JESUS Diretoria de Administração e Logística Policial ALCIOMAR GOERSCH Coordenação-Geral de Planejamento e Modernização ALCIOMAR GOERSCH Coordenação de Orçamento e Finanças HELDER LOPES DA COSTA Coordenação de Administração SANDRA CRISTINA DE ARAÚJO Coordenação de Tecnologia da Informação PAULO MARTINS BELTRÃO FILHO Diretoria de Inteligência Policial MARIAN IBRAHIM Diretoria Técnico-Científica GERALDO BERTOLO Instituto Nacional de Criminalística OTÁVIO BRANDÃO CALDAS NETTO Instituo Nacional de Identificação GLEDSTON CAMPOS DOS REIS Diretoria de Gestão de Pessoal JOSÉ ROBERTO ALVES DOS SANTOS Coordenação de Recursos Humanos ROGÉRIO SALES Coordenação de Recrutamento e Seleção MARIA LÚCIA COSTA RIBEIRO PACHECO Academia Nacional de Polícia VIVIANE DA ROSA

6 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS SR/Acre PAULO FERNANDO BEZERRA SR/Alagoas JOSÉ PAULO RUBIM RODRIGUES SR/Amapá ALDAIR DA ROCHA SR/Amazonas JOSÉ FERREIRA SALES SR/Bahia SILVAN SANTOS FRENZEL SR/Ceará BERGSON TOLEDO SILVA SR/Distrito Federal EUCLIDES RODRIGUES DA SILVA FILHO SR/Espírito Santo UBIRAJARA VIEIRA BELLO SR/Goiás LACERDA CARLOS JÚNIOR SR/Maranhão FRANCISCO LEONIDAS GOMES DA SILVA SR/Mato Grosso DELCI CARLOS TEIXEIRA SR/Mato Grosso do Sul WANTUIR FRANCISCO BRASIL JACINI SR/Minas Gerais OSWALDO ROBERTO VARELLA SR/Pará GERALDO JOSÉ DE ARAÚJO

7 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS SR/Paraíba MARCELO MONTEIRO DE BARROS FONSECA SR/Paraná JABER MAKUL HANNA SAADI SR/Pernambuco WILSON SALLES DAMÁZIO SR/Piauí CARLOS ROGÉRIO FERREIRA COTA SR/Rio de Janeiro ROBERTO PRECIOSO JÚNIOR SR/Rio Grande do Norte AUGUSTO CESAR OLIVEIRA SERRA PINTO SR/Rio Grande do Sul RUBEN ALBINO FOCKINK SR/Rondônia MARCOS AURÉLIO PEREIRA DE MOURA SR/Roraima AGRIPINO OLIVEIRA NETO SR/Santa Catarina RENATO HALFEN DA PORCIÚNCULA SR/São Paulo FRANCISCO BALTAZAR DA SILVA SR/Sergipe KERCIO SILVA PINTO SR/Tocantins RUBEM PAULO DE CARVALHO PATURY FILHO

8 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – GABINETE - GAB – Divisão de Comunicação Social – DCS – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX – Coordenação de Operações Especiais de Fronteira – COESF – Coordenação do Comando de Operações Táticas – COT – Coordenação de Aviação – CAOP – Coordenação-Geral de Defesa Institucional – CGDI – Coordenação-Geral de Polícia Fazendária – CGPFAZ – Coordenação-Geral de Polícia Criminal Internacional – INTERPOL – Coordenação-Geral de Polícia de Imigração – CGPI – Coordenação-Geral de Controle de Segurança Privada – CGCSP – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR – Coordenação-Geral de Polícia de Repressão a Entorpecentes – CGPRE – CORREGEDORIA-GERAL DA POLÍCIA FEDERAL – COGER – Coordenação-Geral de Correições – CGCOR – Coordenação de Disciplina – CODIS – DIRETORIA DE INTELIGÊNCIA POLICIAL – DIP – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA – DITEC – Instituto Nacional de Criminalística – INC – Instituto Nacional de Identificação – INI

9 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL – DGP – Coordenação de Recursos humanos – CRH – Coordenação de Recrutamento e Seleção – COREC – Academia Nacional de Polícia – ANP – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG – Coordenação-Geral de Planejamento e Modernização – CPLAM – Coordenação de Orçamento e Finanças – COF – Coordenação de Administração – COAD – Coordenação de Tecnologia da Informação – CTI

10 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual Compete prestar apoio administrativo e técnico ao Diretor-Geral; organizar a pauta dos trabalhos e das viagens do Diretor-Geral; providenciar a divulgação dos atos normativos e despachos do Diretor-Geral, bem como preparar matéria a ser publicada no Boletim de Serviço. (Art. 15 do RI/DPF) 1 – GABINETE – GAB

11 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EVENTOS DE PARTICIPAÇÃO DO DIRETOR-GERALORDEMEVENTO 1 Empossar o DPF Bérgson Toledo Silva no cargo de Superintendente Regional do DPF no Ceará; Empossar o DPF Francisco Baltazar da Silva no cargo de Superintendente Regional em São Paulo; Empossar o DPF Oswaldo Roberto Varella no cargo de Superintendente Regional em Minas Gerais; Empossar o DPF Ubirajara Vieira Bello no cargo de Superintendente Regional no Espírito Santo; Empossar o DPF José Ferreira Sales no cargo de Superintendente Regional no Pará; e Empossar o DPF Jerry Antunes de Oliveira no cargo de Chefe da Delegacia de Polícia Federal e Presidente Prudente/SP. 2 Integrar Comissão para entender-se com autoridades públicas estaduais de Rondônia sobre providências a serem adotadas na área de Segurança Pública. 3Participar de reuniões para tratar de assuntos de interesse do Ministério da Justiça. 4Participar de reunião na cidade de Vitória/ES, em decorrência do assassinato do Juiz Corregedor Alexandre Martins. 5 Participar da reunião do Conselho de Segurança Pública da Região Sul e da reunião dos secretários de segurança pública do Brasil. 6 Integrar comitiva do Senhor Ministro da Justiça para lançamento, pelo Exmo Sr. Presidente da República, do Sistema Único de Segurança Pública. 7Inaugurar as novas instalações da Delegacia de Polícia em Bauru/SP. 1 – GABINETE – GAB

12 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EVENTOS DE PARTICIPAÇÃO DO DIRETOR-GERAL 1 – GABINETE – GABORDEMEVENTO 8 Integrar comitiva do Senhor Ministro da Justiça para desenvolver, as seguintes atividades: - Acordo de Cooperação na área policial entre Brasil e Colômbia, em Tabatinga/AM; - Inauguração de Posto de Controle de Fronteira em Melo Franco/AM; - Visita ao Posto Avançado da Polícia Federal em São Gabriel da Cachoeira/AM; - Reunião com o Governador e com o Secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro; e - Reunião com o Diretor da Agência Nacional de Petróleo. 9 Integrar comitiva do Senhor Ministro da Justiça para participar de cerimônia de assinatura de protocolo de intenções para adesão dos Estados de Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins, ao Sistema Único de Segurança Pública. 10Integrar comitiva do Senhor Ministro da Justiça, para participar do Seminário sobre o Crime Organizado, em Vitória/ES. 11Participar da solenidade de recebimento dos equipamentos dos Projetos Pró-Amazônia e Promotec do DPF do Rio de Janeiro. 12Participar de reunião da Operação Rio. 13Participar de reunião de coordenação – Missão Especial no Rio de Janeiro. 14Representar o Brasil na 72ª Reunião da Assembléia-Geral da O.I.P.C – INTERPOL.

13 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EVENTOS DE PARTICIPAÇÃO DO DIRETOR-GERAL 1 – GABINETE – GABORDEMEVENTO 15Visita a empresas que fazem fiscalização de transporte de cargas. 16 Integrar comitiva do Senhor Ministro da Justiça para participar da 13ª Conferência dos Chefes Nacionais das Agências de Combate ao Tráfico de Drogas – América Latina e Caribe – HONLEA. 17Participar do lançamento da Missão Suporte no Rio de Janeiro. 18Participar da reunião do Conselho Federal da OAB em Vitória/ES.

14 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNÚMEROASSUNTO BOLETIM DE SERVIÇO NÚMERODATA 1672 Regulamenta viagens de servidores para missões ou curso no exterior Disciplina o trânsito seguro de informações e acesso aos bancos de dados do DPF por usuários externos Constitui no âmbito do DPF Comissão Permanente de Avaliação de Documentos Sigilosos Estabelece a forma da autorização das concessões de viagens a serviço Dispõe sobre instalação da Delegacia de Polícia Federal no município de Piracicaba/SP PRINCIPAIS PORTARIAS 1 – GABINETE – GAB

15 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNÚMEROASSUNTO BOLETIM DE SERVIÇO NÚMERODATA 1001/03 Cria o Sistema de Meios Eletrônicos de Comunicação de Polícia Criminal Internacional – SINTERPOL /03Estabelece diretrizes pra concessão de auxílio transporte /03 Altera o Sistema Integrado de Inteligência Policial (SINPOL) e disciplina a organização e o funcionamento do Órgãos de Inteligência do DPF. Reservado 4004/03 Institui no âmbito das Unidades Gestoras do DPF o Sistema Integrado de Gerenciamento Orçamentário e Financeiro de Concessões de Diárias – SIGOF /03 Dispõe sobre a remoção e movimentação dos servidores do Departamento de Polícia Federal e disciplina o Concurso de Remoção PRINCIPAIS INSTRUÇÕES NORMATIVAS 1 – GABINETE – GAB

16 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ATOS ADMINISTRATIVOS PUBLICADOS ORDEMEXPEDIENTEQUANTIDADE 1Portaria Boletim de Serviço251 3Instrução Normativa09 1 – GABINETE – GAB

17 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ATIVIDADES MÉDIA ANUAL ORDEMI – ÁREA DE IMPRENSA E DIVULGAÇÃOQTD 1 TAXAÇÃO E INSERÇÃO DE TELEJORNAIS (7 diários) NA AGÊNCIA DE NOTICIAS DA POLÍCIA FEDERAL (ANPF) – TELEVISÃO LEITURA E TAXAÇÃO DE MÍDIA IMPRESSA NA ANPF-JORNAL (17 diários) E REVISTA (5 semanais) PRODUÇÃO DE “FOLDER”.1 4REDAÇÃO DA PF EM REVISTA.1 5COBERTURA JORNALÍSTICA E ASSESSORIA DE IMPRENSA DAS OPERAÇÕES DO DPF.49 6ATENDIMENTO A JORNALISTAS/PRODUÇÃO INFORMAÇÕES REDAÇÃO DE NOTAS JORNALÍSTICAS E AVISOS DE PAUTAS – ANPF – GABINETE – GAB 1.1 – DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - DCS

18 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ATIVIDADES MÉDIA ANUAL ORDEMI – ÁREA DE IMPRENSA E DIVULGAÇÃOQTD 8 ENTREVISTAS À IMPRENSA PRODUÇÃO DE VÍDEO REPORTAGENS.16 10DIVULGAÇÃO DE MENSAGEM SEMANAL DE MOTIVAÇÃO.53 11FOTOS DE EVENTOS FILMAGEM E EDIÇÃO DE IMAGENS DE EVENTOS.20 13CÓPIAS DE VT E CD PARA OUTROS SETORES DO DPF EXIBIÇÃO DE FILMES-PROJETO MEIO DIA CULTURAL.54 15CORREIO ELETRÔNICO - Intranet/Internet – GABINETE – GAB 1.1 – DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - DCS

19 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ATIVIDADES MÉDIA ANUAL ORDEMII – ÁREA DE CERIMONIALQTD 1616POSSE DE SUPERINTENDENTES REGIONAIS.5 17INAUGURAÇÃO DE DELEGACIAS REGIONAIS INAUGURAÇÃO DE SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS.1 19PARTICIPAÇÃO EM FORMATURAS E ENCONTROS.13 20HASTEAMENTO DAS BANDEIRAS EVENTOS RELIGIOSOS.3 22ABERTURA DE CURSOS.7 23POSSES DE DIRETORIA E COORDENAÇÕES.27 24ENCERRAMENTO DE CURSOS.5 25APOIO A EVENTOS DE TERCEIROS.7 1 – GABINETE – GAB 1.1 – DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL -DCS

20 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual Compete principalmente planejar, coordenar, dirigir, controlar e avaliar as atividades e operações especiais de defesa institucional, polícia fazendária, polícia marítima, aeroportuária, de fronteiras e de segurança privada; coordenar e executar operações relacionadas a crimes cuja prática tenha repercussão interestadual ou internacional e exija repressão uniforme, propor ao Diretor-Geral inspeções periódicas às unidades descentralizadas do DPF e elaborar diretrizes específicas para o planejamento operacional. (Art. 16 do RI/DPF) 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX

21 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNOME DATA PERÍODO LOCALUNIDADESÍNTESE DA OPERAÇÃO 1ÁGUIA Manaus e Tabatinga SR/AM Repressão ao tráfico internacional de drogas realizados por quadrilha composta por traficantes, sediada em Tabatinga e Policias Civis de Manaus. 6 IPL’s Instaurados e 36 presos. 2SUCURI a Foz do Iguaçu SR/SC/RS/ SP/RJ/PR e COT Repressão a crimes praticados por servidores públicos federais e outros que atuavam principalmente na Ponte Internacional da Amizade, através do recebimento de propinas, com a finalidade de facilitar e dar cobertura à passagem de mercadorias estrangeiras, utilizando-se de intermediários para agenciar interessados. 44 presos. 3NICOTINA II São PauloSR/SP Repressão ao contrabando e descaminho de mercadorias, especialmente cigarros. Prisão em São Paulo de “LOBÃO”, tido como o maior contrabandista de cigarros do país. 4PLANADOR a Rio de Janeiro SR/SP/RJ/ MG/AL/PE/ AM e COT Organização criminosa com atuação nos Estados do Amazonas e de São Paulo, dedicada ao tráfico internacional de drogas, extorsão, roubo, receptação, adulteração de veículos e formação de quadrilha, contando com a participação de policiais civis, magistrados estaduais e um advogado. 5 JUIZ CORREGEDOR a Presidente Prudente /SP DPF/PDE e COT Auxiliar a Delegacia de Presidente Prudente/SP, no combate ao crime organizado, durante investigação sobre a morte do Juiz Corregedor daquela comarca. OPERAÇÕES REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX

22 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNOMEDATAPERÍODOLOCALUNIDADE SÍNTESE DA SÍNTESE DA OPERAÇÃO 6CONTRABANDO Distrito Federal SR/DF e COT Auxiliar a SR/DPF/DF e a Receita Federal em operação de combate ao contrabando, em Brasília/DF, tendo resultado na apreensão de grande quantidade de mercadorias estrangeiras. 7 SETEMBRO NEGRO Ariquemes/ROSR/RO e COT Combate ao contrabando de madeiras em Rondônia (Ariquemes), com envolvimento de funcionários do IBAMA. Crime: falsidade ideológica, concussão, formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva. 8 meses de investigação, multas no valor aproximado de R$ 3 milhões; Operação com o apoio do IBAMA/RO. 13 presos. 8ANACONDA São Paulo SR/SP/AL e COT Organização criminosa com base em São Paulo e ramificação em outros Estados: crimes de formação de quadrilha, prevaricação, tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, facilitação ao contrabando, lavagem de dinheiro e concussão. As investigações duraram um ano e meio e tiveram início com a denúncia recebida na SR/AL. 8 presos. 9ANACONDA II a São PauloSR/SP e COT Dar cumprimento a mandado de prisão, em desfavor do Juiz Federal JOÃO CARLOS DA ROCHA MATTOS, como fase da OPERAÇÃO ANACONDA, no período de 07 a 08 NOV, em SÃO PAULO/SP. 10LINCE Rondônia SR/RO/MT e COT Extração ilegal de diamantes na Reserva Indígena Roosevelt (Vilhena/RO, Cacoal/RO e Juína/MT). Reserva Roosevelt – palco de diversos conflitos entre os índios Cinta Larga e garimpeiros. 4 presos. OPERAÇÕES REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX

23 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNOMEDATAPERÍODOLOCALUNIDADE SÍNTESE DA SÍNTESE DA OPERAÇÃO 11 CAVALO DE TRÓIA Pará SR/PA/GO/ MA/PI Investigação de uma quadrilha de “hackers” que se utilizava da Internet para desviar dinheiro da conta de clientes de bancos. Estima-se que a quadrilha movimentou cerca de 30 milhões de reais. 27 presos. 12 PRAGA DO EGITO Rondônia SR/RJ/MG/ BA/SE/PE/ CE/AM/SC/ RR e COT Desvio de dinheiro público por parlamentares, ex-parlamentares, altos funcionários do Executivo Estadual e Tribunal de Contas do Estado. O esquema consistia em incluir o nome de laranjas (gafanhotos) na folha de pagamento do Estado. Os gafanhotos passavam procurações para o recebimento dos proventos. O dinheiro era recebido por procuradores e repassado aos mentores do esquema. A fraude contava também com a participação da empresa NSAP Ltda que fazia os pagamentos e arrecadava tributos. Estima-se o desvio em cerca de 70 milhões de reais ao ano, durante o período de 1998 e presos. 13 BISTURI – TRÁFICO DE ÓRGÃOS PernambucoSR/PE Os doadores/vendedores eram levados até a África do Sul, onde era feita a retirada do órgão (rim). Valor aproximadamente de US$ por órgão. 11 presos. 14 TRÂNSITO LIVRE Foz do Iguaçu SR/MS/BA/ PA/MA/SC e RS Repressão a crimes praticados por policiais rodoviários federais, que com a ajuda de “batedores”, promoviam a facilitação ao contrabando e ao tráfico de drogas, escondidas em ônibus de turistas (muambeiros). 50 presos. 15 MISSÃO ESPECIAL a Vitória SR/ES e COT Operação de combate ao crime organizado, em Vitória, apoiando a Missão Especial, tendo resultado em prisão de 4 pessoas e busca em vários locais (residenciais e comerciais) com o intuito de arrecadar provas. OPERAÇÕES REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX

24 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNOMEDATAPERÍODOLOCALUNIDADE SÍNTESE DA SÍNTESE DA OPERAÇÃO 16BEIRA MAR26 a Rio de Janeiro COT Proceder à escolta do preso LUIZ FERNANDO DA COSTA, “Fernandinho Beira Mar”, da penitenciária BANGU I, para a penitenciária de Presidente Bernardes/SP. 17BEIRA MAR a Alagoas SR/AL e COT Coordenar a transferência do presidiário LUIZ FERNANDO DA COSTA, “Fernandinho Beira Mar” do presídio de Presidente Bernanrdes/SP para a SR/DPF/AL, bem como auxiliar aquela descentralizada na segurança de suas instalações. 18 DESOBSTRUÇÃO DA ESTRADA DO COLONO Foz do Iguaçu SR/PR e COT Desobstruir o acesso à estrada localizada no interior do Parque Nacional do Iguaçu. 19 PAZ NO CAMPO I (GUARAPUAVA) SP São Paulo SR/PR e COT Reprimir o uso de pistoleiros e segurança em fazendas (busca em acampamento – MST). 66 armas apreendidas, 9 TC’s lavrados e 8 presos. 20 PAZ NO CAMPO II (PONTAL DO PARANAPANEMA – SP) OPERAÇÃO 12 DE OUTUBRO – CONTRA A PROSTITUIÇÃO INFANTIL Mês 11São Paulo SR/SP/COT e DPF/ Presidente Pudente/SP 20 armas apreendidas, 1 flagrante em fazenda. Mês 01 e Carnaval de 2003 BrasilTodas Contra a prostituição infantil, com apoio do Ministério Público, Conselho Tutelar e outros Órgãos (PRF e PC). Mais de 30 presos. OPERAÇÕES REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX

25 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNOMEDATAPERÍODOLOCALUNIDADE SÍNTESE DA SÍNTESE DA OPERAÇÃO 21 PRISÃO DE UMA QUADRILHA DE ASSALTO A BANCOS TocantinsSR/TO Facção criminosa formada para assaltar instituições bancárias em vários Estados. Ramificações no PI, MA e PA. 11 presos 22PC a ParáCOT Cumprimento de Mandado de Prisão em desfavor de AUGUSTO CESAR FARIAS, indicado como membro do crime organizado, em Marabá/PA, tendo o preso ficado recolhido na PM/PA, na cidade de Marabá. 23GAVIÃO a Pará SR/PA e COT Dar cumprimento à determinação judicial no sentido de desobstruir linha ferroviária federal, em poder dos índios Gavião, na cidade de Marabá/PA. 24PAU BRASIL a Bahia SR/BA e COT Participar da Operação PAU BRASIL, no período de 10 a 14 JUL, na cidade de PAU BRASIL/BA, para retirada de índios Pataxós de propriedades rurais, por determinação judicial. 25FÓRUM a Amazonas SR/AM e COT Participar da segurança do fórum da Justiça Federal, durante interrogatório dos acusados da Operação Águia, na cidade de Manaus/AM. OPERAÇÕES REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX

26 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNOMEDATAPERÍODOLOCALUNIDADE SÍNTESE DA SÍNTESE DA OPERAÇÃO 26FÓRUM II a Pará SR/PA e COT Proceder à segurança das testemunhas durante julgamento do Tribunal do Júri, dos acusados do crime de emasculação de crianças, na cidade de Belém/PA. 27FÓRUM III a Amazonas SR/AM e COT Participar da segurança do fórum da Justiça Federal, durante interrogatório dos acusados da Operação Águia, na cidade de Manaus/AM. 28PILÃO ARCADO a Bahia SR/BA e COT Participar da Operação PILÃO ARCADO, na cidade de Pilão Arcado/BA, no sentido de capturar assaltantes de banco que haviam assassinado policial federal em serviço, durante assalto ao Banco do Brasil. A operação resultou na morte de 07 bandidos e na prisão de um. 29 ASSALTO A BANCO a Tocantins SR/TO e COT Auxiliar a SR/DPF/TO, no combate ao crime organizado, no sentido de reprimir assalto ao banco do Brasil, previsto para a cidade de Palmas/TO. 30PORTO BELO II a Paraná SR/PR e COT Operação no sentido de interditar a “ESTRADA DO COLONO”, no Parque Nacional do Iguaçu, por determinação judicial, visando impedir a degradação do meio ambiente, na cidade de Foz do Iguaçu/PR. OPERAÇÕES REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX

27 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual OPERAÇÕES REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX ORDEMNOMEDATAPERÍODOLOCALUNIDADE SÍNTESE DA SÍNTESE DA OPERAÇÃO 31PAZ NA TERRA a Paraná SR/PR e COT Participar da operação de desarmamento no meio rural, (proprietários e sem terra), na cidade de Guarapuava/PR. 32MISSÃO SUPORTE a Rio de Janeiro SR/RJ e COT Auxiliar a SR/DPF/RJ em operação de combate ao crime organizado, na cidade do Rio de Janeiro/RJ, como parte de um plano do governo do Estado do Rio de Janeiro de combate à criminalidade. 33 CONDUÇÃO DE PRESOS a Acre SR/AC e COT Coordenar e promover a remoção do preso CEL. WALTER GOMES FERREIRA, integrante do crime organizado do Estado do Espírito Santo, da cadeia pública PAPUDINHA, em Rio Branco/AC, para a penitenciária de Dourados/MS.

28 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ATIVIDADES DESENVOLVIDAS ORDEMATIVIDADES 1Fiscalização de embarcações pesqueiras. 2Verificação de embarcações de cargas transportadas. 3Controle de 54 embarcações militares peruanas. 4Instaurados 31 inquéritos policiais. 5Iniciadas 408 investigações policiais. 6Efetuadas 18 prisões em flagrante. 7Patrulhamento Fluvial nos vários rios da região. 8Patrulhamento Aéreo. 9Localização de entreposto pesqueiro clandestino. 10Detonadas 5 pistas clandestinas. 11Identificação das bases de produção de cocaína na Colômbia em regiões sob domínio das FARC. 12Processamento de imagens dos satélites LANDSAT e RADARSAT em convênio com o INPE. 13Coleta de amostra d’água, diariamente, no Rio Solimões, Rio Japurá, Rio Negro e Rio Içá. 14Transporte de 23 doentes para Tabatinga em Missões Humanitárias e atendimentos ao público. 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.1 – COORDENAÇÃO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS DE FRONTEIRA – COESF

29 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS OPERAÇÕES REALIZADAS ORDEMNOME SÍNTESE DA OPERAÇÃO 1CRAF – FARC Coleta de provas das ações delituosas praticadas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia contra cidadãos e interesses brasileiros. 2RIBEIRINHO Procedeu ao levantamento sócio-geográfico das Comunidades Ribeirinhas situadas ao longo dos rios que adentram território brasileiro a partir da Colômbia. 3JAVARI Visou a realização de patrulhamento contínuo no Rio Javari, que delimita grande parte da fronteira Brasil – Peru. 4AMAZONAS Instalação de um Centro Regional de Inteligência, baseada em Tabatinga, envolvendo a Polícia Federal do Brasil, a Polícia Nacional da Colômbia, a Polícia Nacional do Peru e a Drug Enforcement Administration. 5CAMELO Manutenção de uma rede de informantes que atuam em todas as regiões de produção de drogas, identificando seu local de origem, trânsito e destino das mesmas, assim como as pessoas envolvidas nas atividades delituosas. 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.1 – COORDENAÇÃO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS DE FRONTEIRA – COESF

30 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS OPERAÇÕES REALIZADASORDEMNOME 1MISSÃO ESPECIAL 2BEIRA MAR 3PC 4SUCURI 5JUIZ CORREGEDOR 6BEIRA MAR II 7CONTRABANDO 8JUIZ CORREGEDOR 9ÁGUIA 10GAVIÃO 11PAU BRASIL 12PLANADOR 13FÓRUM 14FÓRUM II 15FÓRUM III ORDEMNOME 16NICOTINA II 17SETEMBRO NEGRO 18PILÃO ARCADO 19ASSALTO A BANCO 20PORTO BELO II 21PAZ NA TERRA 22ANACONDA 23ANACONDA II 24PAZ NA TERRA II 25CAVALO DE TROIA 26MISSÃO SUPORTE 27LINCE 28CONDUÇÃO DE PRESO 29PRAGA DO EGITO 30TRÂNSITO LIVRE 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COMANDO DE OPERAÇÕES TÁTICAS - COT

31 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CURSOS MINISTRADOS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COMANDO DE OPERAÇÕES TÁTICAS - COTORDEMCURSOSÍNTESE 1ATIRADOR DE PRECISÃO Ministrado para 12 integrantes do COT/DIREX, CORE/PC/RJ, BOPE/PM/RJ, GATE/PM/SP, GER/PC/SP e GATE/PMA/GO, no período de 05 a 10 MAI, na sede do COT. 2CONTROLE DE DISTÚRBIOS CIVIS Realizado para policiais federais do Mato Grosso do Sul, no período de 10 a 15 NOV, em CAMPO GRANDE/MS.

32 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CURSOS RECEBIDOSORDEMCURSOSÍNTESE 1 OPERAÇÃO DE INTELIGÊNCIA Curso Básico de Operações de Inteligência, ministrado pela Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), em março, com a participação de 02 integrantes. 2LAD´S Feira e Conferência Internacional de Tecnologia e Defesa – LAD´S 2003, realizada no período de 22 a 25 ABR, no Rio de Janeiro/RJ, com a participação de 02 integrantes. 3COMANFES Curso Especial de Comandos Anfíbios, realizado pelo Corpo de Fuzileiros Navais, da Marinha Brasileira, no período de 21 JUL A 21 NOV, no Rio de Janeiro/RJ e outras localidades do país, com a participação de 01 integrante. 4EMBARCAÇÃO Curso Especial Básico de Operações de Embarcações, realizado em outubro, em Santos/SP, ministrado pela empresa SINGILER, com a participação de 02 integrantes. 5CAATINGA Curso de Adaptação à Caatinga, ministrado pelo 72º BIS/PETROLINA/PE, no período de 20 a 24 OUT, com a participação de 06 integrantes. 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COMANDO DE OPERAÇÕES TÁTICAS - COT

33 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual FROTA DE AERONAVES - HELICÓPTEROS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO DE AVIAÇÃO OPERACIONAL - CAOPORDEMMODELO ANO DE FABRICAÇÃOPREFIXOCAPACIDADETRIPULANTESPASSAGERIOS 1BELL PT-HRH411 2BELL PT-HRG411 3AS350 B-22002PR-HFA24 4AS350 B-22002PR-HFB24 5AS355 N2002PR-HFC24 6AS355 N2002PR-HFD24 CAPACIDADE TOTAL DE TRANSPORTE 1638

34 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMMODELO ANO DE FABRICAÇÃO PREFIXO CAPACIDADE TRIPUL.PASSAG. 1KING-AIR1972PP-FOY27 2BANDEIRANTE1976PT-FRF27 3SENECA II1976PP-FFY16 4CESSNA1980PT-WAI15 5CESSNA1981PP-FHD14 6CARAJÁ1989PT-VKJ26 7CITAION III1989PT-LVF213 8SENECA III1995PT-VSD16 9GRAND CARAVAN2001PR-AAB19 10GRAND CARAVAN2001PR-AAC19 TOTAL – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO DE AVIAÇÃO OPERACIONAL - CAOP FROTA DE AERONAVES - AVIÕES

35 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual MISSÃO – APOIO OPERACIONAL 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO DE AVIAÇÃO OPERACIONAL - CAOP

36 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual TOTAL DE HORAS VOADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO DE AVIAÇÃO OPERACIONAL - CAOP

37 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual TOTAL DE HORAS VOADAS – 1991 a 2003 – AVIÕES/HELICÓPTEROS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO DE AVIAÇÃO OPERACIONAL - CAOP

38 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual OPERAÇÕES REALIZADAS ORDEMNOMELOCALPERÍODO AERONAVES QUE PARTICIPARAM 1MACONHA “ALIANZA X” SR/MS e GOVERNO DO PARAGUAI 11 a 23.02PT-HRG, PR-HFB 2MACONHA “CONTROLE III”SALGUEIRO/PE e SR/BA06 a 16.03PT-YZQ, PT-YZD e PT-HRG 3MACONHASR/AM e SR/PI09 a 10.04PT-YZD 4MACONHAJUAZEIRO/BA10 a 25.05PR-HRA, PR-HFB 5MACONHA “CONTROLE IX”SR/PE e SR/BA26.05 a 13.06PT-YZQ, PR-HFA e PR-HFB 6MACONHAILHÉUS/BA17 a 20.06PR-HFA, PR-HFB 7MACONHA “MOXOTÓ”CARUARU/PE01 a 05.07PR-HFB 8MACONHA “LIMITE I”SR/AM13.07 a 01.08PT-HRG, PR-HFA 9MACONHABARREIRAS/BA05 a 07.08PR-HFB, PR-AAC, PT-VKJ 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO DE AVIAÇÃO OPERACIONAL - CAOP

39 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual OPERAÇÕES REALIZADAS ORDEMNOMELOCALPERÍODO AERONAVES QUE PARTICIPARAM 10MACONHA “CONTROLE X”SR/PE e SR/BA17.08 a 21.09PR-HFA, PR-HFB, PR-HFC, PT-HRG 11MACONHASALGUEIRO/PE29.11 a 06.12PT-HRH, PR-HFA 12MACONHA “ALIANZA XI” SR/MS e GOVERNO DO PARAGUAI 08 a 20.12PT-HRH, PR-HFA 13COBRAREGIÃO NORTEANO TODOPR-HFC, PR-HFD, PR-AAB 14MISSÃO SUPORTERIO DE JANEIRO07.11 a 18.12PR-HFA, PR-HFB 15SUCURISR/SP11 a 13.03PT-VKJ 16BEIRA-MARESTADOS DIVERSOS PERÍODOS DIVERSOS AERONAVES DIVERSAS 17SETEMBRO NEGROSR/RO15 a 17.09PT-FRF 18BAÚSR/PA19 a 21.09PR-AAC 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO DE AVIAÇÃO OPERACIONAL - CAOP

40 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMNOMELOCALPERÍODO AERONAVES QUE PARTICIPARAM 19ANACONDASR/SP29 a 31.10PP-FOY 20CAVALO DE TRÓIASR/PA04 a 06.11PT-FRF, PR-AAC 21LINCESR/RO12 a 15.11PT-FRF 22ANACONDASR/SP22.11PR-AAC 23ANACONDASR/SP19.12PT-VKJ 24ESCOLTAS DE PRESOS/TESTEMUNHASTODO O PAÍSANO TODOAERONAVES DIVERSAS OPERAÇÕES REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO DE AVIAÇÃO OPERACIONAL - CAOP

41 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA- EXECUTIVA - DIREX 2.4 – COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL – CGDISITUAÇÃOQUANTIDADE INSTAURADOS4.363 RELATADOS3.872 EM ANDAMENTO INQUÉRITOS INSTAURADOS – RELATADOS – EM ANDAMENTO FONTE: COGER/DPF

42 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI PROTEÇÃO DE TESTEMUNHAS INSTAURAÇÃO DE IPL´S INVESTIGANDO VIOLAÇÕES AOS DIREITOS HUMANOS: PROTEÇÃO DE DEPOENTES ESPECIAIS: 136 PESSOAS 3- DENÚNCIAS RECEBIDAS SOBRE PEDOFILIA NA WEB: INSTAURAÇÃO DE IPL´S INVESTIGANDO VIOLAÇÕES AOS DIREITOS HUMANOS: PROTEÇÃO DE DEPOENTES ESPECIAIS: 48 PESSOAS 3- DENÚNCIAS RECEBIDAS SOBRE PEDOFILIA NA WEB: INSTAURAÇÃO DE IPL´S INVESTIGANDO VIOLAÇÕES AOS DIREITOS HUMANOS: PROTEÇÃO DE DEPOENTES ESPECIAIS: 88 PESSOAS 3- DENÚNCIAS RECEBIDAS SOBRE PEDOFILIA NA WEB: FONTE: DDH/CGDI

43 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PROTEÇÃO DE DEPOENTES ESPECIAIS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

44 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DENÚNCIA SOBRE PEDOFILIA NA WEB 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

45 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INQUÉRITOS INSTAURADOS SOBRE VIOLAÇÃO AOS DIREITOS HUMANOS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

46 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DENÚNCIAS VIA WEB SOBRE PORNOGRAFIA INFANTIL/PEDOFILIA 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

47 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual FONTE: SETRAF/CGDI ANOS Nº DE AÇÕES MUNICÍPIOS VISITADOS ESTABELECIMENTOS FISCALIZADOS TRABALHADORES LIBERTADOS TOTAL AÇÕES REALIZADAS DE FISCALIZAÇÃO E REPRESSÃO AO TRABALHO ESCRAVO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

48 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual AÇÕES REALIZADAS MUNICÍPIOS VISITADOS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

49 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ESTABELECIMENTOS FISCALIZADOS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

50 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual OPERAÇÕES DE REPRESSÃO AO TRABALHO ESCRAVO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

51 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual TRABALHADORES LIBERTADOS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI

52 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual FONTE: DSD/CGDI SEGURANÇAS FÍSICAS REALIZADAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI ANOQUANTIDADE TOTAL2.067

53 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual FONTE: SEINC/CGDI OPERAÇÕES EM ÁREAS INDÍGENAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX COORDENAÇÃO-GERAL DE DEFESA INSTITUCIONAL - CGDI ANOQUANTIDADE TOTAL452

54 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZSITUAÇÃOQUANTIDADE INSTAURADOS RELATADOS EM ANDAMENTO INQUÉRITOS INSTAURADOS – RELATADOS – EM ANDAMENTO FONTE: COGER/DPF

55 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INQUÉRITOS POLICIAIS INSTAURADOS MOEDAS FALSAS Fonte: SINPRO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZ

56 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual APREENSÕES DE MOEDAS FALSAS PERÍODO REALDÓLAR QUANTIDADEVALORQUANTIDADEVALOR , , , , , , , , , ,00 TOTAL , ,00 Fonte: SINPRO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZ

57 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual APREENSÕES DE CÉDULAS DE REAL QUANTIDADE E VALOR FINANCEIRO Fonte: SINPRO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZ R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,50 R$ ,00

58 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual APREENSÃO DE CÉDULAS DE DÓLAR QUANTIDADE E VALOR FINANCEIRO Fonte: SINPRO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZ

59 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS APREENSÕES ORDEMMATERIALQTDMEDIDA/UNIDADE 01ALIMENTOS QUILOS 02ANIMAIS SILVESTRES800UNIDADES 03APARELHOS DE SOM E VÍDEO ” 04BEBIDAS DIVERSAS40.615GARRAFAS 05BRINQUEDOS COMPACT DISC - CD’s UNIDADES 07CIGARROS CARTEIRAS 08COMBUSTÍVEIS LITROS 09COSMÉTICOS11.862“ 10FITAS CASSETE18.443UNIDADES 11FITAS DE VÍDEO15.124“ 12MATERIAIS DE INFORMÁTICA ” 13MATERIAIS ELETRO-ELETRÔNICOS ” 14MADEIRAS METROS ³ 15MINÉRIOS QUILOS 16PEDRAS PRECIOSAS GRAMAS 17RELÓGIOS UNIDADES 18VEÍCULOS599” 19VESTUÁRIOS ” 20TECIDOS6.884UNIDADES 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZ

60 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual BENS E MERCADORIAS APREENDIDAS OBS: VALOR EXTRAÍDO DO SISTEMA NACIONAL DE PROCEDIMENTOS (SINPRO), SUJEITO A SER MODIFICADO QUANDO DA ATUALIZAÇÃO PELAS UNIDADES DESCENTRALIZADAS. OBS: VALOR EXTRAÍDO DO SISTEMA NACIONAL DE PROCEDIMENTOS (SINPRO), SUJEITO A SER MODIFICADO QUANDO DA ATUALIZAÇÃO PELAS UNIDADES DESCENTRALIZADAS. 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZ

61 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS INCIDÊNCIAS PENAIS Classifica ç ão ENQUADRAMENTO QuantidadePercentual TipoCrime 01Art. 334 (C.P.B) Contrabando ou Descaminho ,0 02Art. 171 (C.P.B) Estelionato ,0 03Art.289 (C.P.B) Moeda Falsa ,0 04Lei nº 8.137/90 Ordem Tributária ,0 05Art. 157 (C.P.B) Roubo ,4 06Lei nº 7.492/86 Sistema Financeiro Nacional ,3 07Art. 155 (C.P.B) Furto ,2 08Lei nº 9.605/98 Meio Ambiente ,1 09Art. 299 (C.P.B) Falsidade Ideológica ,0 10Art. 304 (C.P.B) Uso de Documento Falso ,9 11Lei nº 9.472/97 Serviços de Telecomunicações ,8 12Art. 312 (C.P.B) Peculato960 2,4 13Art. 297 (C.P.B) Falsificação de Documento Público947 2,3 14Art. 168 (C.P.B) Apropriação Indébita922 2,2 15Lei nº 4.117/62 Telecomunicações862 2,1 16Art.342 (C.P.B) Falso Testemunho730 1,8 17Art. 293 (C.P.B) Falsificação de Papéis Públicos212 0,5 18Outros Diversos ,0 TOTAL – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZ

62 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INCIDÊNCIAS PENAIS 10 PRINCIPAIS Uso de Documento Falso Contrabando ou Descaminho Estelionato Moeda Falsa Ordem Tributária Roubo Meio Ambiente Furto Sistema Financeiro Nacional Falsidade Ideológica Fonte: SINPRO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.5 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA FAZENDÁRIA - CGPFAZ

63 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual TROCA DE INFORMAÇÕES CRIMINAIS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.6 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA CRIMINAL INTERNACIONAL – INTERPOL/BRASIL INFORMAÇÕESQUANTIDADEPERCENTUAL RECEBIDAS ,88 EXPEDIDAS ,12 TOTAL OBS.: TROCA DE INFORMAÇÕES CRIMINAIS COM OS 181 PAÍSES MEMBROS DA ORGANIZAÇÃO DE POLÍCIA CRIMINAL INTERNACIONAL – OIPC – INTERPOL E UNIDADES DO DPF

64 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS PRISÕES ORDEM INDICIADOMOTIVOLOCAL DA PRISÃO 1EDÍLSON NERI CÁCERES DE VITTA Lesões corporais gravíssimas e omissão contumacial dos deveres do cargo de médico Santana do Livramento/RS 2JOSÉ BENEDITO HORTELÃO BONIFÁCIOHomicídio qualificadoSalvador/BA 3CARLOS DUARTE FIGUEIREDO CARVALHOTráfico internacional de drogasCuritiba/PR 4ADOLFO GIL RIBEIRO Contrabando, falsificação de documentos e associação delituosa Florianópolis/SC 5GIUSEPPE MANCINI Homicídio, furto qualificado, porte ilegal de armas, receptação, lesões Espírito Santo/ES 6IOANNIS DASKALAKISFraudesBrasília/DF 7CARLOS ALBERTO BENEDITO CARVALHOHomicídioLisboa/Portugal 8GARRY FRANS DONALD LA ROCHE Tráfico de haxixe, lavagem de dinheiro e outros crimes Búzios/RJ 9SILVIA CHIRATA ARCANJO RIBEIRO Cúmplice do procurado internacional JOÃO ARCANJO RIBEIRO Montevidéu/Uruguai 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.6 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA CRIMINAL INTERNACIONAL – INTERPOL/BRASIL

65 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS PRISÕES ORDEM INDICIADOMOTIVOLOCAL DA PRISÃO 10JOÃO ARCANJO RIBEIRO (O Comendador) Operações fraudulentas, homicídio e outros Montevidéu/Uruguai 11JENS NAGEL Fraude contra a receita federal alemã Cidade de Pomerode/SC 12AURÉLIO INSERILLO Associação criminosa (máfia), fraudes e outros Salvador/BA 13KRZYSZTOF BUBELCrime de rouboRio de Janeiro/RJ 14MICHEL SYLVAIN COHENAtividades fraudulentasRio de Janeiro / RJ 15THIERRY BALMATEstelionatoSão Paulo/SP 16ADOLFO OSCAR OLIVEIRO SESINI Formação de quadrilha, sistema financeiro, lavagem de dinheiro e outros Uruguai 17RAMON ISABELINO GONSALEZ NUNEZ Fraudes bancárias, lavagem de dinheiro Paraná/PR 18PRIMO SIMIONATOHomicídioLondrina/PR 19MANFRED LANDGRAF Fraude grave e falsificação de documentos na Alemanha Natal/RN 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.6 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA CRIMINAL INTERNACIONAL – INTERPOL/BRASIL

66 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS PRISÕES ORDEM INDICIADOMOTIVOLOCAL DA PRISÃO 20DOMINIQUE JEAN CRISTOPHER ROBERTTráfico de drogasNatal/RN 21 MOHAMAD BAKER EL SAYED MAHMOUD KANDIL Tráfico de drogasLíbano 22JORGE HUMBERTO CORDEROTráfico de drogasArgentina 23PATRICE REGAMEYFraudesSão Paulo/SP 24JOSÉ DE ALMEIDA MAGALHÃESTráfico de drogasManaus/AM 25PEDRO IVO MARQUES RIBEIRO Abuso de confiança (cúmplice) Fortaleza/CE 26MANUEL MARIO PIRES RIBEIROAbuso de confiançaFortaleza/CE 27ANA CRISTINA DA SILVA LIBERATO Porte de documento ideologicamente falso Oslo/Noruega 28ILAN MUALEM E/OU GIBI LEVIASVILITráfico de drogasPorto Seguro/BA 29ROMEU MICHAELSEN Fraude vultosa contra empresa administradora de consórcios Uruguai 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.6 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA CRIMINAL INTERNACIONAL – INTERPOL/BRASIL

67 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS PRISÕES ORDEM INDICIADOMOTIVOLOCAL DA PRISÃO 30IVO DA ROSA BALSAMO Contrabando, falsificação de documentos e outros Porto Alegre/RS 31ROBERTO MARDONEZ GONZALEZTráfico de drogasJuazeiro/BA 32ANTONIO CARLOS RODRIGUESHomicídio Santa Cruz de La Sierra/Bolívia 33SILVIO BERRI JUNIOR Tráfico internacional de drogas Paraguai 34SHAIN JUDEH / SABIN JUDEHTráfico de drogasItaqui/RS 35MARGIT CHARLOTTE PAYNE Fraudes em larga escala através de títulos hipotecários São José dos Campos/SP 36DAVID PETER REUMERDesfalques e outrosRio de Janeiro/RJ 37OLDRICH LAHODA / RADOMIR CESPIVA Evasão de divisas e outros crimes Porto Alegre/RS 38VOJTECH ZIMMERMANN Fraudes, falsificação de documentos e outros Porto Seguro/BA 39FERNANDO BARBOSA BELOHomicídioItália 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.6 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA CRIMINAL INTERNACIONAL – INTERPOL/BRASIL

68 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS PRISÕES ORDEM INDICIADOMOTIVOLOCAL DA PRISÃO 40RONALD MARIO NEYRA BARREIRO Furto, extorsão e outros crimes Rio Grande do Sul 41ANTÔNIO JOSÉ MENDES DA SILVA PEREIRAFraude bancáriaSalvador/BA 42GEORGE HOWARD NASON Fraude financeira e atividades ligadas à lavagem de dinheiro Rio de Janeiro/RJ 43RONALD PETER EICHBERG LEEDSFraudes financeirasSão Paulo/SP 44FELIX PIFRADERSeqüestroFortaleza/CE 45ENRICO ROBERTO RACCA Tráfico de drogas, fraude e outros Porto Alegre/RS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.6 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA CRIMINAL INTERNACIONAL – INTERPOL/BRASIL

69 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CONEXÃO EM TODO O DPF. - EFETIVA OPERAÇÃO NO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, DIP,11 SR´S E 04 DELEGACIAS. - INCLUSÃO DE TODOS OS PASSAPORTES BRASILEIROS ROUBADOS E EXTRAVIADOS CONSTANTES DO SINPA (A PARTIR DE JAN/2000). 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.6 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA CRIMINAL INTERNACIONAL – INTERPOL/BRASIL IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA MUNDIAL DE COMUNICAÇÃO PERMANENTE - I - 24/7 AC AM RR AP PA MA TO MT RO MS GO DF PI BA CE AL SE PB PE MG ES RJ SP PR SC RS RN

70 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI INQUÉRITOS INSTAURADOS – RELATADOS – EM ANDAMENTOSITUAÇÃOQUANTIDADE INSTAURADOS683 RELATADOS669 EM ANDAMENTO2.281 FONTE: COGER/DPF

71 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ESTATÍSTICA 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI

72 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI ESTATÍSTICA

73 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ESTATÍSTICA 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI

74 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI ESTATÍSTICA

75 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ESTATÍSTICA 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI

76 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual REGISTRO DE ESTRANGEIRO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI

77 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CARTEIRAS DE ESTRANGEIROS EMITIDAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI

78 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PASSAPORTE COMUM EXPEDIDO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI

79 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ARRECADAÇÃO TAXAS ,90 90% MULTAS ,00 10% TOTAL , % FONTE FUNAPOL 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.7 – COORDENAÇÃO-GERAL DE POLÍCIA DE IMIGRAÇÃO – CGPI

80 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.8 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA – CGCSP SERVIÇOS PRESTADOS PELA DIVISÃO DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA TOTAL VIGILANTES CADASTRADOS * CARTEIRAS NACIONAL DE VIGILANTES EXPEDIDAS *4.427** EMPRESAS DE VIGILÂNCIA CADASTRADAS * EMPRESAS DE TRANSPORTE DE VALORES CADASTRADAS * CURSO DE FORMAÇÃO DE VIGILANTES CADASTRADOS * EMPRESAS DE SEGURANÇA ORGÂNICA REGISTRADA* VEÍCULOS/CARRO FORTE CADASTRADOS * ESTABELECIMENTOS FINANCEIROS CADASTRADOS * REVISÃO DE AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO OBSERVAÇÕES: (*) – Estes dados foram fornecidos pelo SISVIP. (**) – A Carteira Nacional de Vigilante surgiu em agosto de ATIVIDADES E SERVIÇOS DESEMPENHADOS

81 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual Relatório Anual PENALIDADES APLICADAS PENALIDADES TOTAL MULTAS ADVERTÊNCIAS CANCELAMENTO DE AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO FECHAMENTO DE EMPRESAS CLANDESTINAS – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.8 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA – CGCSP

82 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ARMAS CADASTRADAS PELAS EMPRESAS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.8 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA – CGCSP FONTE: DSD/CGDI ANOQUANTIDADE TOTAL35.574

83 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual COMPARATIVO DE AGÊNCIAS BANCÁRIAS AGÊNCIAS BANCÁRIAS TOTAL CADASTRADAS NO BANCO CENTRAL CADASTRADAS NO DPF – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.8 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA – CGCSP

84 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual Relatório Anual ARRECADAÇÃO POR RECEITA RECEITA VALOR (R$) VISTORIA DAS INSTALAÇÕES DE EMPRESA DE SEGURANÇA ,86 VISTORIA DE VEÍCULOS ESPECIAIS DE TRANSPORTE DE VALORES ,39 RENOVAÇÃO DE CERTIFICADO DE SEGURANÇA DAS INSTALAÇÕES ,86 RENOVAÇÃO DE CERTIFICADO DE VISTORIA DE VEÍCULOS ESPECIAIS DE TRANSPORTE DE VALORES ,70 AUTORIZAÇÃO PARA COMPRA DE ARMAS, MUNIÇÕES E PETRECHOS ,30 AUTORIZAÇÃO PARA TRANSPORTE DE ARMAS E MUNIÇÕES ,14 ALTERAÇÃO DE ATOS CONSTITUTIVOS96.118,11 AUTORIZAÇÃO PARA MUDANÇA DE MODELO DE UNIFORME19.838,32 REGISTRO DE CERTIFICADO DE FORMAÇÃO DE VIGILANTES ,64 EXPEDIÇÃO DE ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO DE EMPRESA DE VIGILÂNCIA OU ORGÂNICA ,00 EXPEDIÇÃO DE ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO DE CURSO DE FORMAÇÃO DE VIGILANTES14.489,61 EXPEDIÇÃO DE CARTEIRA NACIONAL DE VIGILANTES ,38 VISTORIA DE ESTABELECIMENTO FINANCEIRO POR AGÊNCIA OU POSTO ,60 TOTAL ,91 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.8 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA – CGCSP

85 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual Relatório Anual ARRECADAÇÃO NOS ÚLTIMOS 5 ANOS 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.8 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA – CGCSP

86 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual VALOR DA ARRECADAÇÃO POR ESTADO 2 – DIRETORIA-EXECUTIVA - DIREX 2.8 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA – CGCSP

87 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR Compete principalmente planejar, coordenar, dirigir, controlar e avaliar as atividades de repressão ao tráfico ilícito de armas, a crimes contra o patrimônio, crimes financeiros, ao tráfico ilícito de entorpecentes e de combate ao crime organizado; coordenar e executar operações policiais relacionadas a crimes cuja prática tenha repercussão interestadual e internacional e exija repressão uniforme; propor ao Diretor-Geral inspeções periódicas junto às unidades descentralizadas do DPF e elaborar diretrizes específicas de planejamento operacional. (Art. 17 do RI/DPF)

88 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCORSITUAÇÃOQUANTIDADE INSTAURADOS2.107 RELATADOS123 EM ANDAMENTO1.984 INQUÉRITOS INSTAURADOS – RELATADOS – EM ANDAMENTO FONTE: COGER/DPF

89 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INQUÉRITOS INSTAURADOS 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR

90 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DFIN/DCOR SR/RJ 266 DEMAIS SR’s SR/SP INQUÉRITOS INSTAURADOS PELA DFIN/DCOR e SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR

91 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS OPERAÇÕES REALIZADAS ORDEMLOCALOPERAÇÃOSÍNTESE 1SR/PRBANESTADO Realizada na cidade de Curitiba/PR, em razão do Inquérito Policial 207/98, tombado atualmente sob o nº IPL 1026/2003, com 16 volumes e 430 apensos, o qual visa apurar crimes relativos à evasão de divisas. Instaurados 261 inquéritos. 2SR/SPPARMALAT Realizada na cidade de São Paulo para apurar possíveis delitos praticados em território nacional por parte da Empresa Parmalat do Brasil. Instaurado inquérito policial nº 004/2004 SR/SP. 3SR/MAVAQUEJADA Realizada pela Superintendência Regional do Maranhão com apoio da DPAT/DCOR/DPF e Polícia Civil/MA, visando prender quadrilha interestadual de roubo a bancos. 4SR/BAPILÃO ARCADO Realizada na cidade de Pilão Arcado, Estado da Bahia, com apoio do COT/DIREX/DPF, CEPAC/PM/BA, CEOSAG/PM/PE e POLÍCIA RODOVIÁRIA, FEDERAL visando prender quadrilha interestadual de roubo a bancos, conhecida como “FAMÍLIA ARAQUÔ. 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR

92 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMLOCALOPERAÇÃOSÍNTESE 5SR/BABARREIRAS Realizada pela DPAT/DCOR/DPF na cidade de Barreiras/BA, visando impedir roubo à Agência do BB que iria ser praticado pela quadrilha interestadual chefiada pelo meliante conhecido como “Bin Laden”. 6SR/CEFORTALEZA Realizada pela SR/CE com apoio da DPAT/DCOR/DPF, visando abortar roubo contra carro-forte que iria ser praticado por quadrilha interestadual comandada por indivíduo conhecido como “ VELHO DE MORADA NOVA”. 7SR/PECODEVASF Realizada pela SR/PE, com apoio da DPAT/DCOR/DPF, visando reprimir roubo de cabos de transmissão que estavam ocorrendo nos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco e Alagoas. 8SR/GOCRISTALINA Realizada pela DPAT/DCOR/DPF, DELEPAT/SR/DPF/DF e com apoio da Polícia Civil/DF, visando prender quadrilha interestadual de roubo a bancos comandada por KLEITON OTACIANO. 9SR/SP SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Realizada pela DPAT/DCOR/DPF em conjunto com a Polícia Civil/DF, visando prender quadrilha interestadual de roubo a bancos comandada pelo indivíduo conhecido por “JAPONÊS”. 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR PRINCIPAIS OPERAÇÕES REALIZADAS

93 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE INQUÉRITOS INSTAURADOS – RELATADOS – EM ANDAMENTOSITUAÇÃOQUANTIDADE INSTAURADOS3.275 RELATADOS2.834 EM ANDAMENTO2.751 FONTE: COGER/DPF

94 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PRINCIPAIS PROGRAMAS 1 - CÃES FAREJADORES DE DROGAS; 2 - CONTROLE DE PRECURSORES QUÍMICOS; 3 - ERRADICAÇÃO DE MACONHA; 4 - FECHAMENTO DA AMAZÔNIA - UPE/AM; 5 - INTERDIÇÃO DE TRÁFICO POR VIA POSTAL; 6 - INTERDIÇÃO EM PORTOS E AEROPORTOS; 7 - PROGRAMA ESPECIAL - PLANO COBRA; 8 - PROGRAMA DE PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS. 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

95 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual APREENSÕES DE DROGAS DROGA COCAÍNA (KG)5.709, , , , ,474 CRACK (KG)175,15439,338109,734156,036136,183 HAXIXE (KG)33,23840,92943,51935,01055,724 L.S.D. (UN) LANÇA PERFUME (FR) M.D.M.A. (UN) MACONHA (KG)62.309, , , , ,292 MERLA (KG)4,4593,1993,2394,75119,738 PASTA BASE (KG)627,863697,050676,378281,849370,044 PÉS DE MACONHA (UN) ,00 PSICOTRÓPICOS (UN) ,00 SEMENTE DE MACONHA (KG)54,89099,04774,17317, ,00 CLORETO DE ETILA (L)-107, HEROÍNA (KG)---56,65566,265 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

96 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual OPERAÇÕES DE ERRADICAÇÃO DE MACONHA OPERAÇÃOLOCALIDADEPÉS DE MACONHAIPL’S INSTAURADOS CONTROLE VIIIPERNAMBUCO ,0017 SIGA-MEMARANHÃO3.759,001 JUAZEIROBAHIA73.603,0014 JUAZEIRO IIBAHIA ,0027 CONTROLE IXPERNAMBUCO ,0021 COMANDOBAHIA ,0031 COMANDO IIBAHIA13.938,0010 LIMITE IMARANHÃO34.341,009 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

97 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual APREENSÕES DE MACONHA (KG) 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

98 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual APREENSÕES DE COCAÍNA (KG) 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

99 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual APREENSÕES DE COCAÍNA, MACONHA E PÉS DE MACONHA POR REGIÃO REGIÃOCOCAÍNA (g)MACONHA (g)PÉS DE MACONHA (un) NORTE , ,9010 NORDESTE , , CENTRO-OESTE , ,18- SUDESTE , ,42- SUL , ,57- 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

100 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ERRADICAÇÃO DE PÉS DE MACONHA INICIATIVA DA POLÍCIA FEDERAL OBS.: UM PÉ DA ERVA MACONHA PRODUZ APROXIMADAMENTE 400 g PARA CONSUMO. 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

101 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual QUANTIDADE DE APREENSÕES DE DROGAS – EM TONELADAS 1998 a 2003 MÉDIA ANUAL – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

102 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INDICIADO TOTAL TRAFICANTE USUÁRIO TOTAL INDICIADOS 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

103 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INDICIADOS POR NACIONALIDADE INDICIADOS POR FAIXA ETÁRIA IDADEQUANTIDADE 18 a 24 anos a 29anos a 34 anos a 39 anos a 44 anos a 49 anos 264 Maiores de 50 anos304 Não classificados31 TOTAL4.007 MASCULINO3.292 FEMININO715 TOTAL4.007 INDICIADOS POR SEXO INDICIADOS POR FAIXA ETÁRIA NACIONALIDADE E SEXO 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE NACIONALIDADEINDICIADOS Brasil3.150 Paraguai24 Colômbia10 Argentina9 Peru32 Bolívia22 África do Sul4 Angola4 Bélgica- Itália5 Nigéria8 Espanha11 Nacionalidade não informada728 TOTAL4.007

104 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual BENS E VALORES APREENDIDOS BENS/VALORES TOTAL DINHEIRO - REAL , , , , , ,9 DÓLARES , , , , , ,00 CHEQUES29.655, , , , FLs- ARMAS (Un) MUNIÇÃO (Un) AERONAVES VEÍCULOS CELULARES DIAMANTES (US$) ,00- OUTRAS MOEDAS (R$) , , ,00 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

105 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual QUANTIDADE DE CÃES POR ESTADO ESTADOQUANTIDADE ACRE1 CEARÁ2 DISTRITO FEDERAL46 MINAS GERAIS3 PARAÍBA1 PERNAMBUCO2 RIO DE JANEIRO4 RIO GRANDE DO SUL2 RONDÔNIA2 SANTA CATARINA2 SERGIPE2 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

106 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ACETONA ÁCIDO CLORÍDRICO ÁCIDO SULFÚRICO ANIDRIDO ACÉTICO CLOROFÓRMIO CLORETO DE ETILA CLORETO DE METILENO ÉTER ETÍLICO METIL ETIL CETONA PERMANGANATO DE POTÁSSIO SULFATO DE SÓDIO TOLUENO ACETONA ÁCIDO CLORÍDRICO ÁCIDO SULFÚRICO ANIDRIDO ACÉTICO CLOROFÓRMIO CLORETO DE ETILA CLORETO DE METILENO ÉTER ETÍLICO METIL ETIL CETONA PERMANGANATO DE POTÁSSIO SULFATO DE SÓDIO TOLUENO 146 PRODUTOS CONTROLADOS PELA POLÍCIA FEDERAL DECRETO Nº DE 10/06/2002 E PORTARIA Nº MJ DE 21/08/2003 LISTA DAS PRINCIPAIS SUBSTÂNCIAS 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

107 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ATIVIDADES CONTROLADAS FABRICAÇÃO TRANSPORTE AQUISIÇÃO TRANSFORMAÇÃO ARMAZENAMENTO PRODUÇÃO TRANSFERÊNCIA DISTRIBUIÇÃO EMBALAGEM VENDA COMERCIALIZAÇÃO POSSE PERMUTA REMESSA IMPORTAÇÃO EXPORTAÇÃO REEXPORTAÇÃO REAPROVEITAMENTO RECICLAGEM UTILIZAÇÃO COMPRA EMPRÉSTIMO DOAÇÃO CESSÃO 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

108 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual FISCALIZAÇÃO E CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS EMPRESAS FISCALIZADAS 29 CADASTROS APROVADOS LICENÇAS RENOVADAS AUTORIZAÇÕES PRÉVIAS EMITIDAS – IMPORTAÇÃO AUTORIZAÇÕES PRÉVIAS EMITIDAS – EXPORTAÇAO 781 AUTORIZAÇÕES ESPECIAIS EMITIDAS 17 PRODUTOS QUÍMICOS APREENDIDOS (LÍQUIDO - L) ,54 PRODUTOS QUÍMICOS APREENDIDOS (SÓLIDO -KG) 7.659,44 VALORES ARRECADADOS – TAXAS R$ ,26 VALORES ARRECADADOS – MULTAS R$ ,09 3 – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR COORDENAÇÃO-GERAL DE PREVENÇÃO E REPRESSÃO A ENTORPECENTES - CGPRE

109 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER Compete, principalmente, elaborar normas orientadoras e coletar dados estatísticos das atividades de polícia judiciária e disciplinar; controlar, fiscalizar e avaliar os trabalhos das Comissões de Disciplina, bem como elaborar os planos de correições periódicas e apurar as irregularidades e infrações cometidas por servidores do DPF. (Art. 18 do RI/DPF)

110 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INQUÉRITOS INSTAURADOS - RELATADOS - EM ANDAMENTO ANOINSTAURADOSRELATADOS EM ANDAMENTO TOTAL – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CORREIÇÕES - CGCOR

111 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INQUÉRITOS INSTAURADOS, RELATADOS E EM ANDAMENTO 4 – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CORREIÇÕES - CGCOR

112 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEM ENQUADRAMENTO QUANTIDADE TIPOCRIME 1Art. 171 – CPESTELIONATO Art. 334 – CPCONTRABANDO/DESCAMINHO Art. 289 – CPMOEDA FALSA LEI Nº 6.368/76ENTORPECENTES Art. 304 – CPUSO DE DOCUMENTO FALSO Art. 299 – CPFALSIDADE IDEOLÓGICA LEI Nº 4.737/65ELEITORAL Art. 157 – CPROUBO Art. 155 – CPFURTO LEI Nº 7.492/86SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Art. 297 – CPFALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTO PÚBLICO LEI Nº 8.212/91SEGURIDADE SOCIAL Art. 342 – CPFALSO TESTEMUNHO959 14Art CPPECULATO LEI Nº 4.117/62TELECOMUNICAÇÕES977 16LEI Nº 9.613LAVAGEM DE DINHEIRO417 17LEI Nº 9.605/98MEIO AMBIENTE DIVERSOS TOTAL INCIDÊNCIA PENAL 4 – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CORREIÇÕES - CGCOR

113 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual UF IPL’s INSTAURADOSRELATADOS EM ANDAMENTO AC AL AP AM BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA INQUÉRITOS INSTAURADOS, RELATADOS E EM ANDAMENTO POR UNIDADE FEDERATIVA 4 – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CORREIÇÕES - CGCOR

114 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual UF IPL’s INSTAURADOSRELATADOS EM ANDAMENTO PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO TOTAL – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CORREIÇÕES - CGCOR INQUÉRITOS INSTAURADOS, RELATADOS E EM ANDAMENTO POR UNIDADE FEDERATIVA

115 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INQUÉRITOS INSTAURADOS POR REGIÃO SUDESTE 47% SUL 22% CENTRO-OESTE 9% NORDESTE 14% 8% NORTE 4 – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CORREIÇÕES - CGCOR

116 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CORREIÇÕES ORDINÁRIAS ANOQUANTIDADELOCAL AL, DF, GO, MA, MG, PA, PB, PE, PI, RJ, RN, SE, SP, TO AL, AM, BA, DF, ES, GO, MA, MG, MS, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RR, RS, SC, SE, SP, TO AP, AL, AM, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RR, RS, SC, SE, SP, TO AP, AL, AM, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RR, RS, SC, SE, SP, TO. 4 – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CORREIÇÕES - CGCOR

117 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ANOQUANTIDADELOCAL RJ, BA, DCOIE e DF AC, AP, MT, RO, RR e DCOIE PR e DPF.A/FIG/PR. CORREIÇÕES EXTRAORDINÁRIAS 4 – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE CORREIÇÕES - CGCOR

118 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DADOS DISCIPLINARES, PROCEDIMENTOS E PENAS APLICADAS PROCESSO DISCIPLINAR SINDICÂNCIA ADVERTÊNCIA REPREENSÃO SUSPENSÃO SUSPENSÃO PREVENTIVA DEMISSÃO PROCEDIMENTO TOTAL PENA – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.2 – COORDENAÇÃO DE DISCIPLINA - CODIS

119 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PROCEDIMENTOACALAMAPBACEDFESGOMA PROCESSO DISCIPLINAR SINDICÂNCIA PENA ADVERTÊNCIA REPREENSÃO SUSPENSÃO SUSPENSÃO PREVENTIVA DEMISSÃO DADOS DISCIPLINARES POR SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL 4 – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.2 – COORDENAÇÃO DE DISCIPLINA - CODIS

120 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PROCEDIMENTOMGMSMTPAPBPEPIPRRJRN PROCESSO DISCIPLINAR SINDICÂNCIA PENA ADVERTÊNCIA REPREENSÃO SUSPENSÃO SUSPENSÃO PREVENTIVA DEMISSÃO DADOS DISCIPLINARES POR SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL 4 – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.2 – COORDENAÇÃO DE DISCIPLINA - CODIS

121 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DADOS DISCIPLINARES POR SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL PROCEDIMENTORORRRSSCSESPTO PROCESSO DISCIPLINAR SINDICÂNCIA PENA ADVERTÊNCIA REPREENSÃO SUSPENSÃO SUSPENSÃO PREVENTIVA DEMISSÃO – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.2 – COORDENAÇÃO DE DISCIPLINA - CODIS

122 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DADOS DISCIPLINARES DAS UNIDADES CENTRAIS PROCEDIMENTOANPCOGERDGMJ PROCESSO DISCIPLINAR-07-- SINDICÂNCIA-22-- PENA ADVERTÊNCIA---01 REPREENSÃO-01-- SUSPENSÃO SUSPENSÃO PREVENTIVA---- DEMISSÃO – CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER 4.2 – COORDENAÇÃO DE DISCIPLINA - CODIS

123 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE INTELIGÊNCIA POLICIAL – DIP Compete planejar, coordenar, dirigir e orientar as atividades de inteligência; compilar, controlar e analisar dados, bem como planejar e executar operações de contra- inteligência, inteligência e antiterrorismo. (Art. 19 do RI/DPF)

124 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ATIVIDADES DE INTELIGÊNCIA 5 – DIRETORIA DE INTELIGÊNCIA POLICIAL – DIP ATIVIDADE TOTAL RESPOSTA DE HABEAS DATA IMPLANTAÇÃO DE DOC. NO BANCO DE DADOS PROJETO - X----1, IMPLANTAÇÃO DE DOC. NO BANCO DE DADOS - SCI IMPLANTAÇÃO DE DOC. NO BANCO DE DADOS - SRIM IMPLANTAÇÃO DE DOC. NO BANCO DE DADOS - SIPOL ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CASO BUSCAS EXPLORATÓRIAS PEDIDOS DE BUSCA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTOS ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE INTELIGÊNICA CUMPRIMENTO DE ORDEM DE MISSÃO CURSOS DE INTELIGÊNCIA POLICIAL OPERAÇÃO DE CONTRA-INTELIGÊNICA-COORDENAÇÃO OPERAÇÃO DE CONTRA-INTELIGÊNCIA-PARTICIPAÇÃO IMPLANTAÇÃO/INSTALAÇÃO DE TELEFONIA CRIPTOGRÁFICA NAS UNIDADES CENTRAIS E DESCENTRALIZADAS DO DPF.

125 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE INTELIGÊNCIA POLICIAL – DIP ORDEMNOMEDATAPERÍODOLOCAL SÍNTESE DA OPERAÇÃO 1SUCURI a PARANÁ Foz do Iguaçu Repressão a crimes praticados por servidores públicos federais e outros que atuavam principalmente na Ponte Internacional da Amizade, através do recebimento de propinas com a finalidade de facilitar e dar cobertura à passagem de mercadorias estrangeiras, utilizando-se de intermediários para agenciar interessados. 44 presos. 2PLANADOR a Rio de Janeiro Organização criminosa com atuação nos Estados do Amazonas e de São Paulo, dedicada ao tráfico internacional de drogas, extorsão, roubo, receptação, adulteração de veículos e formação de quadrilha, contando com a participação de policiais civis, magistrados estaduais e um advogado. 3CAUBOY a Fortaleza Organização criminosa com atuação no Estado e dedicada à lavagem de capitais, contanto com a participação de policiais federais. 4PINHAIS a Curitiba Identificação da participação do ex-Superintendente do Paraná em esquema criminoso. 5ANACONDA São Paulo Organização criminosa com base em São Paulo e ramificação em outros Estados: crimes de formação de quadrilha, prevaricação, tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, facilitação ao contrabando, lavagem de dinheiro e concussão. Investigações duraram um ano e meio e tiveram início com a denúncia recebida na SR/AL. 8 presos. OPERAÇÕES DE CONTRA-INTELIGÊNCIA

126 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA – DITEC Compete, principalmente, planejar, coordenar, dirigir, orientar, controlar e executar as atividades de identificação humana, relevantes para procedimentos pré-processuais e judiciários, bem como coordenar e executar as atividades técnico-científicas no campo da criminalística. (Art. 20 do RI/DPF)

127 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual QUADRO DE LAUDOS EMITIDOS 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.1 – INSTITUTO NACIONAL DE CRIMINALÍSTICA – INC Tipos de Laudos Variação Solicitações Pendentes (unit.)(%) Balística Forense Arma / Munição Confronto Microbalístico / Outros Constatação de Dano Ambiental ,1266 Contábil / Econômico e Financeiro Diversos (Material - Veículos) Documentoscópico Papel Moeda / Moeda Grafotécnico / Outros , Engenharia Obras / Outros Equipamentos Elétricos/ Eletrônicos ,1682 Informática ,3517 Laboratório Entorpecentes/ Psicotrópicos ,9400 Explosivos / Outros ,7104 Laudo Preliminar de Constatação ,4- Local ,2203 Material Áudio Visual ,5363 Merceológico ,8781 TOTAL , Nota: Em 2002 foram solicitações de exames periciais pendentes.

128 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual LAUDOS EMITIDOS 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.1 – INSTITUTO NACIONAL DE CRIMINALÍSTICA – INC

129 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual LAUDOS EMITIDOS 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.1 – INSTITUTO NACIONAL DE CRIMINALÍSTICA – INC

130 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual QUADRO DE PRODUÇÃO DE LAUDOS POR TIPO INC e SETEC´s 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.1 – INSTITUTO NACIONAL DE CRIMINALÍSTICA – INC

131 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual LAUDOS EMITIDOS POR TIPO INC e SETEC’s 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.1 – INSTITUTO NACIONAL DE CRIMINALÍSTICA – INC

132 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DOCUMENTOS EXPEDIDOS TIPO TOTAL Folha de Antecedentes Informa ç ões Criminais Passaportes Laudos Papiloscópicos Carteiras Funcionais Boletim de Distribui ç ão Judicial Boletim de Decisão Judicial Retrato Falado – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.2 – INSTITUTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO – INI

133 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DOCUMENTOS EXPEDIDOS POR TIPO 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.2 – INSTITUTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO – INI

134 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual TIPO TOTAL Individuais Dat. de Indiciados – classificadas Individuais Dat. de Indiciados – arquivadas DOCUMENTOS PROCESSADOS POR TIPO 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.2 – INSTITUTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO – INI Boletins de Distribuição e de Decisão Judicial

135 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PASSAPORTES – INCIDÊNCIA DE DOCUMENTOS FALSIFICADOS POR TIPO 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.2 – INSTITUTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO – INI CERTIDÃO DE NASCIMENTO CERTIDÃO DE CASAMENTO

136 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PASSAPORTES - INCIDÊNCIA DE DOCUMENTOS FALSIFICADOS 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.2 – INSTITUTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO – INI

137 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual Ó rgãos Laudos e Inf. T é cnica Retrato Falado Identif. Criminal Identif. de Estrangeiro Identif. Funcional Identif. Diversas FACs Emitidas BDI e BDJ Emitidos BDI e BDJ Inclu í dos Inclusões no SINIC Consultas ao SINIC SR/AC SR/AL SR/AM SR/AP SR/BA SR/CE SR/DF SR/ES SR/GO SR/MA SR/MG SR/MS SR/MT SR/PA SR/PB – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.2 – INSTITUTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO – INI PRODUÇÃO DE LAUDOS EMITIDOS POR TIPO INI e NÚCLEOS DE IDENTIFICAÇÃO

138 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual Ó rgãos Laudos e Inf. T é cnica Retrato Falado Identif. Criminal Identif. de Estrangeiro Identif. Funcional Identif. Diversas FACs Emitidas BDI e BDJ Emitidos BDI e BDJ Inclu í dos Inclusões no SINIC Consultas ao SINIC SR/PE SR/PI SR/PR SR/RJ SR/RN SR/RO SR/RR SR/RS SR/SC SR/SE SR/SP SR/TO INI TOTAL PRODUÇÃO DE LAUDOS EMITIDOS POR TIPO INI e NÚCLEOS DE IDENTIFICAÇÃO 6 – DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA - DITEC 6.2 – INSTITUTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO – INI

139 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP Compete planejar, coordenar, executar as atividades concernentes à administração de pessoal do Departamento; realizar o recrutamento e a seleção de candidatos à matrícula em cursos de formação profissional para o ingresso da carreira Policial Federal; propor e participar da elaboração de convênios e contratos com órgãos e entidades nacionais e estrangeiros; realizar planos, estudos e pesquisas que visem ao estabelecimento de doutrina orientadora das atividades policiais do País; promover a difusão de matéria doutrinária, informações e estudos sobre a evolução dos serviços e técnicas policiais e estabelecer intercâmbio com escolas de polícia do País e organizações estrangeiras, objetivando o aperfeiçoamento e a especialização dos servidores policiais. (Art. 21 do RI/DPF)

140 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual GRUPO POLICIAL EFETIVO DA POLÍCIA FEDERAL GRUPO ADMINISTRATIVO DPFPCFEPFAPFPPFTOTAL – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRH LEGENDA: DPF – DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL PCF – PERITO CRIMINAL FEDERAL EPF – ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL APF – AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL PPF – PAPILOSCOPISTA POLICIAL FEDERAL LEGENDA: NS – NÍVEL SUPERIOR NI – NÍVEL INTERMEDIÁRIO NA – NÍVEL AUXILIARNSNINATOTAL

141 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CARREIRA POLICIAL (ATIVO) CARGO DPF PCF EPF APF PPF TOTAL – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRH

142 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ANOADMINISTRATIVO GRUPO ADMINISTRATIVO (ATIVO) 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRH

143 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EFETIVO POLICIAL – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRH

144 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual POLICIAIS APOSENTADOS NO ANO CATEGORIASHOMENSMULHERESTOTAL DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL PERITO CRIMINAL FEDERAL ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL PAPILOSCOPISTA POLICIAL FEDERAL TOTAL GERAL – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRH

145 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual POLICIAIS ATIVOS X APOSENTADOS POLICIAISTOTALPERCENTUAL ATIVOS APOSENTADOS TOTAL – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRH

146 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ESTATÍSTICA DA CARREIRA POLICIAL FEDERAL DPFPCFEPFAPFPPFTOTAL 20 A 30 ANOS HOMENS MULHERES TOTAL A 40 ANOS HOMENS MULHERES TOTAL A 50 ANOS HOMENS MULHERES TOTAL A 60 ANOS HOMENS MULHERES TOTAL MAIS DE 60 ANOS HOMENS MULHERES TOTAL TOTAL DOS CARGOS – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRH

147 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual FAIXA ETÁRIA DA CARREIRA POLICIAL FEDERAL FAIXATOTALPERCENTUAL 20 A 30 ANOS A 40 ANOS A 50 ANOS ,6 51 A 60 ANOS3194,23 MAIS DE 60 ANOS130,17 TOTAL – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRH

148 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SERVIDORES CEDIDOS POLICIAL CATEGORIAQUANTIDADE DPF16 PCF5 EPF3 APF29 PPF4 TOTAL57 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.1 – COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS – CRHADMINISTRATIVO NÍVELQUANTIDADE NS4 NI6 NA TOTAL64

149 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.2 – COORDENAÇÃO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO – CORECCARGOQUANTITATIVO DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL495 PERITO DE POLÍCIA FEDERAL160 AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL891 ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL636 TOTAL2.182 FORMAÇÃO PROFISSIONAL

150 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual FORMAÇÃO PROFISSIONAL CARGO TOTAL DPF PCF EPF APF PPF TOTAL – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

151 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO REALIZADOS ITEMCURSOALUNOS 1CURSO BÁSICO DE GUIAS DE CÃES FAREJADORES DE DROGAS11 2 IV CURSO DE INTRUTOR DE GUIAS DE CÃES FAREJADORES DE DROGAS1 3 I CURSO DE METODOLOGIA E TÉCNICAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM30 4 CURSO DE BUSCA E INSPEÇÃO EM CONTÊINERES (SANTOS/SP)20 5 CURSO DE ANÁLISE E INTELIGÊNCIA POLICIAL NO DESVIO DE PRODUTOS QUÍMICOS 30 6 CURSO DE TREINAMENTO QUÍMICO PRELIMINAR20 7 CURSO CERIMONIAL25 8 CURSO DE ATIRADOR DE PRECISÃO11 9 CURSO DE EXPLORAÇÃO DE DOCUMENTOS E ANÁLISE DE INFORMAÇÃO44 10 CURSO DE GESTÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO23 11XIII CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM BOMBAS E EXPLOSIVOS45 12CURSO DE FOTOGRAFIA20 13CURSO E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DISCIPLINARES41 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

152 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ITEMCURSOALUNOS 14CURSO DE IDENTIFICAÇÃO VEICULAR10 15II CURSO BÁSICO DE SOBREVIVÊNCIA NA SELVA24 16CURSO DE PREPARAÇÃO DE INSTRUTORES PARA ATIVIDADE AÉREA DO DPF7 17CURSO DE IMOBILIZAÇÃO, TONFA E TIRO TÁTICO COM PISTOLA21 18CURSO DE TIRO TÁTICO COM PISTOLA32 19CURSO BÁSICO DE ARMAMENTO E TIRO33 20CURSO DE TREINAMENTO DE DIREÇÃO DEFENSIVA E OFENSIVA - MS20 21CURSO BÁSICO DE ARMAMENTO E TIRO PARA PROMOTORES DE JUSTIÇA60 22CURSO DE TREINAMENTO EM SECRETARIADO50 23CURSO DE NEGOCIAÇÃO EM CRISES44 24CURSO DE INSTRUTOR DE ARMAMENTO E TIRO12 TOTAL646 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO REALIZADOS 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

153 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual COMPARATIVO DE ALUNOS 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

154 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EVENTOS REALIZADOS ENCONTROSCLIENTELA 1ENCONTRO DE SUPERINTENDENTES REGIONAIS DO DPF27 23º ENCONTRO DE DELEGADOS REGIONAIS EXECUTIVOS33 3 I ENCONTRO NACIONAL DE CHEFES DE DELEGACIAS DE CONTROLE DE SEGURANÇA PRIVADA E PRESIDENTES DE COMISSÃO DE VISITORIA DO DPF 46 TOTAL106 REUNIÃOCLIENTELA 1 3ª REUNIÃO DO CONSELHO DE DIRETORIA DE POLÍCIA JUDICIÁRIA E INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E DIRETORES DAS ESCOLAS DE POLÍCIA JUDICIÁRIA DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA 15 ESTÁGIOCLIENTELA 1 IV ESTÁGIO DE PREPARAÇÃO DE ADIDOS DE POLÍCIA FEDERAL JUNTO ÀS REPRESENTAÇÕES DIPLOMÁTICAS BRASILEIRAS NO EXTERIOR 2 WORKSHOPCLIENTELA 1I WORKSHOP SOBRE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO INSTITUCIONAL123 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

155 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EVENTOS REALIZADOS OFICINACLIENTELA 1 OFICINA DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO PLURIANUAL (2004/2007) 20 SEMINÁRIOCLIENTELA 1SEMINÁRIO SOBRE LAVAGEM DE DINHEIRO E SEQÜESTRO DE BENS41 2II SEMINÁRIO DE PERÍCIAS DE ENGENHARIA CIVIL DO DPF18 3I SEMINÁRIO DE PREVENÇÃO À DELINQÜÊNCIA AMBIENTAL49 TOTAL108 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP FORUMCLIENTELA 1FÓRUM SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA NOVA REDE DE RADIOCOMUNICAÇÃO DO DPF41

156 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual COMPARATIVO DE EVENTOS 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

157 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CURSOS À DISTÂNCIA REALIZADOS ORDEMCURSOSALUNOS 1PORTUGUÊS PRÁTICO28 2COMO FALAR EM PÚBLICO17 3INTELIGÊNCIAS E COMPETÊNCIAS16 4O NOVO CÓDIGO CIVIL16 5COMUNICAÇÃO EFICAZ NAS ORGANIZAÇÕES14 6APRENDENDO POWER POINT12 7ÉTICA PROFISSIONAL12 8DESENVOLVIMENTO DE CAPACIDADES CRIATIVAS11 9NADA NO MUNDO É DIFÍCIL10 CRIATIVIDADE E HEARTSTORMING07 11MENTORING07 12MOTIVAÇÃO EM TEMPOS DE MUDANÇA06 13PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO06 14ÉTICA PROFISSIONAL E CIDADANIA06 15TEAM BUILDING – FORTALECIMENTO DE EQUIPES06 16GESTÃO DE PROCESSOS06 17GESTÃO DE PESSOAS : VISÃO SOCIOLÓGICA E ESTRUTURAL06 18SYNAPSYS - IMAGEM E COMUNICAÇÃO CORPORATIVA06 19ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA05 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

158 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMCURSOSALUNOS 20APERFEIÇOANDO O EXCE L05 21FINANÇAS PESSOAIS04 22EXCELÊNCIA PROFISSIONAL04 23SUA EQUIPE VAI RENDER MAI$04 24TÉCNICAS PARA O LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES DE TREINAMENTO04 25LIDERANÇA04 26GESTÃO EFICAZ DE EQUIPES04 27LIDER DO FUTURO: VIVENDO, APRENDENDO E VENCENDO04 28INTRODUÇÃO AO MODELO DE COMPETÊNCIAS E GESTÃO DE TALENTOS03 29EDUCAÇÃO CORPORATIVA & UNIVERSIDADE CORPORATIVA03 30SELEÇÃO: UMA RESPONSABILIDADE DE TODOS03 31COMO NEGOCIAR E GANHAR SEMPRE?03 32PROGRAMA TI03 33DIAGNÓSTICO EMPRESARIAL03 34MARKETING PESSOAL: TRANSFORMANDO PESSOAS EM ALIADOS03 35TV MEDIA TRAINNING03 36CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO03 37COACHING: PARCERIA PARA RESULTADO02 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP CURSOS À DISTÂNCIA REALIZADOS

159 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMCURSOSALUNOS 38FAÇA A DIFERENÇA02 39LIDERANÇA NO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO02 40QUALIDADE EM PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS02 41COMO FAZER UM PLANO DE MARKETING02 42ESTRATÉGIA DE CUSTOS: NOÇÕES BÁSICAS02 43GESTÃO SÓCIO-AMBIENTAL: FERRAMENTA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL02 44ALTO IMPACTO DE GESTÃO PROFISSIONAL02 45ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA E BALANCED SCORED CAR02 46AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO02 47 CRIATIVIDADE: UM ESTADO DE ARTE OU DE MARTE!02 48PROSPERIDADE PLENA01 49SATISFAÇÃO E FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES01 50FINANÇAS: IMPORTE-SE COM A MATEMÁTICA01 51COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL01 52EXPLORANDO A INTERNE T01 53PROGRAMA EXCELÊNCIA EMPRESARIAL01 54EM BUSCA DE NOVAS CABEÇAS PENSANTES01 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP CURSOS À DISTÂNCIA REALIZADOS

160 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEMCURSOSALUNOS 55COMPETÊNCIA EMOCIONAL E RELACIONAL PARA LÍDERES01 56SYNAPSYS – O FUTURO DA COMUNICAÇÃO E A COMUNICAÇÃO DO FUTURO01 57EMPREGABILIDADE01 58NEGOCIAÇÃO – UMA VISÃO SISTÊMICA E COMPORTAMENTAL PARA RESULTADOS01 59TECNOLOGIAS LIMPAS: COMO SER UMA EMPRESA AMBIENTALMENTE RESPONSÁVEL01 60DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL01 61ESTATÍSTICA: NÃO SE AGITE ANTES DE USAR01 62EDUCAÇÃO CORPORATIVA01 63NEGOCIANDO E ADMINISTRANDO CONFLITOS DE FORMA CRIATIVA01 64COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL01 65CHEFIA E LIDERANÇA01 66ENDOMARKETING COMO UMA ESTRATÉGIA DE GESTÃO01 67PROGRAMA PODER E POLÍTICA01 68PROGRAMA COMUNICAÇÃO E MARKETING01 69MOTIVANDO TALENTOS PARA A QUALIDADE DE VIDA01 70TÉCNICAS E PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA01 71DIÁLOGO ENTRE SABERES: PARADIGMAS DA CIÊNCIA E AS MUDANÇAS COTIDIANAS01 72JACK WELCH – PRINCÍPIOS E ESTRATÉGIAS01 73MERGULHANDO NO WORD01 TOTAL DE CERTIFICAÇÕES EMITIDAS310 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP CURSOS À DISTÂNCIA REALIZADOS

161 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EVENTOS REALIZADOS CÍRCULO DE ESTUDOS E PALESTRASCLIENTELA 1CÉREBRO TRIÁDICO15 2MATERIAIS DIDÁTICOS13 3A TERAPIA ORGANIZACIONAL NO PROCESSO EDUCACIONAL E A CIBERNÉTICA SOCIAL12 4APRENDIZAGEM BASEADA NA SOLUÇÃO DE PROBLEMAS12 5ABORDAGEM POR SITUAÇÕES PROBLEMAS09 6COMO ELABORAR PROBLEMAS16 7CRITÉRIOS E CARACTERÍSTICAS NA FORMULAÇÃO DE PROBLEMAS10 8MATRIZ CURRICULAR20 TOTAL107 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

162 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual CALENDÁRIO EVENTOSQUANTIDADESALUNOS CURSOS À DISTÂNCIA7467 ENCONTROS08107 CURSOS BÁSICOS0270 TOTAL – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

163 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EVENTOS REALIZADOS CURSOS BÁSICOSCLIENTELA 1 INTERNE T BÁSICA35 2 INTRODUÇÃO AO WORD E MALA DIRETA35 TOTAL70 7 – DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL - DGP 7.3 – ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA – ANP

164 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG Compete principalmente propor diretrizes para o planejamento da ação global e elaborar planos e projetos anuais e plurianuais do DPF; desenvolver estudos destinados ao contínuo aperfeiçoamento do Órgão e promover reformulação de suas estruturas; realizar estudos sobre recursos humanos e materiais, bem como propor a lotação inicial e distribuição de servidores policiais e as prioridades de construção, locação e reformas de unidades do Órgão. (Art. 22 do RI/DPF)

165 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual MAPAS DAS UNIDADES DO DPF 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

166 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual DELEGACIAS DE POLÍCIA FEDERAL A SEREM INSTALADAS RESENDE/RJ SÃO MATEUS/ ES CARUARU/PE CRUZEIRO/SP 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM MOSSORÓ/RN

167 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual NOVAS UNIDADES 1DELEGACIA EM CRUZEIRO / SP. PORTARIA Nº DG/DPF DE 14/08/ DESATIVAÇÃO DA DELEGACIA DE MONTE DOURADO/PA E TRANFERÊNCIA PARA A CIDADE DE REDENÇÃO/PA. PORTARIA Nº DG/DPG DE 05/08/2003 ATIVIDADES NORMATIVAS 1 ELABORAÇÃO DO REGIMENTO INTERNO, ORGANOGRAMAS E FUNCIONOGRAMAS DO DPF SEGUNDO DECRETO Nº DE 5 DE JUNHO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DE METAS DO DPF. 3APERFEIÇOAMENTO DE MINUTA DE ATOS NORMATIVOS DO DPF. 4RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE GESTOR. - CONSOLIDAÇÃO 5RELATÓRIO ANUAL. 6ESTUDO SOBRE LOTAÇÃO IDEAL DAS UNIDADES CENTRAIS E DESCENTRALIZADAS. 7CONSOLIDAÇÃO DA LEGISLAÇÃO DO DPF. 8ELEBORAÇÃO DO PLANO ANUAL DE REAPARELHAMENTO – PARP. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

168 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual UNIDADES CENTRAIS  CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE 7 DIRETORIAS: 1. DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX; 2. DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR; 3. CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER; 4. DIRETORIA DE INTELIGÊNCIA POLICIAL –DIP; 5. DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA – DITEC; 6. DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL – DGP; e 7. DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG.  CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE 7 DIRETORIAS: 1. DIRETORIA-EXECUTIVA – DIREX; 2. DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DCOR; 3. CORREGEDORIA-GERAL DE POLÍCIA FEDERAL – COGER; 4. DIRETORIA DE INTELIGÊNCIA POLICIAL –DIP; 5. DIRETORIA TÉCNICO-CIENTÍFICA – DITEC; 6. DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL – DGP; e 7. DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG. 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM REESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL DO DPF

169 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual UNIDADES CENTRAIS  CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE COORDENAÇÃO E DIVISÕES: 1. COORDENAÇÃO DE OPERAÇÕES ESPECIAS DE FRONTEIRA - COESF; 2. DIVISÃO DE REPRESSÃO AO TRÁFICO ILÍCITO DE ARMAS – DARM; 3. DIVISÃO DE REPRESSÃO A CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO – DPAT; 4. DIVISÃO DE REPRESSÃO A CRIMES FINANCEIROS – DFIN  REMANEJAMENTO DE COORDENAÇÕES E DIVISÕES.  CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE COORDENAÇÃO E DIVISÕES: 1. COORDENAÇÃO DE OPERAÇÕES ESPECIAS DE FRONTEIRA - COESF; 2. DIVISÃO DE REPRESSÃO AO TRÁFICO ILÍCITO DE ARMAS – DARM; 3. DIVISÃO DE REPRESSÃO A CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO – DPAT; 4. DIVISÃO DE REPRESSÃO A CRIMES FINANCEIROS – DFIN  REMANEJAMENTO DE COORDENAÇÕES E DIVISÕES. 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM REESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL DO DPF

170 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual  AUMENTO DE 48 % NO QUANTITATIVO DE DAS’s NAS SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS ;  CRIAÇÃO DE 4 NOVAS DELEGACIAS ESPECIALIZADAS NAS 27 SUPERINTENDÊNICAS; 1. DELEGACIA DE REPRESSÃO A CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO – DELEPAT; 2. DELEGACIA DE REPRESSÃO A CRIMES FINANCEIROS – DELEFIN; 3. DELEGACIA DE REPRESSÃO AO TRÁFICO ILÍCITO DE ARMAS - DELEARM; e 4. DELEGACIA DE REPRESSÃO A CRIMES CONTRA O MEIO-AMBIENTE E PATRIMÔNIO HISTÓRICO – DELEMAPH.  MELHORIA DO STATUS DAS SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS, PASSANDO DE DAS e PARA DAS 101.3;  CRIAÇÃO DE 3 CARGOS COM DAS 101.1: 1. DELEGACIA REGIONAL EXECUTIVO – DREX; 2. DELEGACIA REGIONAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DRCOR; e 3. CORREGEDORIA REGIONAL DE POLÍCIA FEDERAL – COR.  AUMENTO DE 48 % NO QUANTITATIVO DE DAS’s NAS SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS ;  CRIAÇÃO DE 4 NOVAS DELEGACIAS ESPECIALIZADAS NAS 27 SUPERINTENDÊNICAS; 1. DELEGACIA DE REPRESSÃO A CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO – DELEPAT; 2. DELEGACIA DE REPRESSÃO A CRIMES FINANCEIROS – DELEFIN; 3. DELEGACIA DE REPRESSÃO AO TRÁFICO ILÍCITO DE ARMAS - DELEARM; e 4. DELEGACIA DE REPRESSÃO A CRIMES CONTRA O MEIO-AMBIENTE E PATRIMÔNIO HISTÓRICO – DELEMAPH.  MELHORIA DO STATUS DAS SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS, PASSANDO DE DAS e PARA DAS 101.3;  CRIAÇÃO DE 3 CARGOS COM DAS 101.1: 1. DELEGACIA REGIONAL EXECUTIVO – DREX; 2. DELEGACIA REGIONAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DRCOR; e 3. CORREGEDORIA REGIONAL DE POLÍCIA FEDERAL – COR. UNIDADES DESCENTRALIZADAS 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM REESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL DO DPF

171 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual REESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL DO DPF QUANTITATIVO DE DAS’s UNITÁRIO COMPARATIVO DECRETO Nº DE 05/06/03 DASUNITÁRIO UNIDADES CENTRAIS 249,80 UNIDADES DESCENTRALIZADAS 209,82 TOTAL459,62 SITUAÇÃO ANTERIOR X SITUAÇÃO ATUAL DECRETO Nº DE 13/12/01 DASUNITÁRIO UNIDADES CENTRAIS 269,99 UNIDADES DESCENTRALIZADAS 141,26 TOTAL411,25 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM COMPARATIVO EM % DEC X DEC AUMENTO DE 11,76

172 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual METASESTABELECIDAS IPOLICIAIS33 IIADMINISTRATIVAS145 IIIINSTITUCIONAIS19 TOTAL197 PLANO ANUAL DE METAS 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

173 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PROJETO PRÓ-AMAZÔNIA/PROMOTEC Recebimento e instalação do Sistema Automatizado de Identificação de Impressões Digitais - AFIS; Recebimento de 10 botes infláveis para o Comando de Operações Táticas – COT e para os Núcleos Especiais de Polícia Marítima - NEPOM do Rio de Janeiro, Santos, Guaíra e Foz do Iguaçu; Manutenção dos 4 helicópteros Esquilo adquiridos pelo Projeto; Continuidade da construção da nova sede do Instituto Nacional de Criminalística - INC (9.800m²); Realização de estudo de soluções para a Tecnologia da Informação; e Realização de estudo de engenharia da nova rede de rádiocomunicação. 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

174 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual  Aquisição de 3 lanchas para o Núcleo Especial de Polícia Marítima – NEPOM de Foz do Iguaçu/PR;  Processo licitatório para a aquisição do sistema de inteligência policial para NEPOM/Foz de Iguaçu;  Aquisição de 2 impressoras de alta produção para a emissão de licenças;  Aquisição de HDs, upgrade de memória de computador;  Aquisição de licenças de antivírus;  Atualização do programa de controle de bens patrimoniais;  Aquisição de material de suporte e prateleiras para ampliar setor de arquivo de processos de empresas cadastradas;  Confecção de material de divulgação institucional;  Material de divulgação institucional do Workshop São Paulo;  Aquisição de placa Vguard para sistema de segurança CCPQ; e  Complementação do sistema de segurança CCPQ. PROJETO AD BRA/98/D33 FORTALECIMENTO DO CONTROLE DE PRECURSORES QUÍMICOS 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

175 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PROJETO AD BRA/98/D31 FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL DA ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA  Aquisição de mobiliário para a Biblioteca, Museu Criminal e a Coordenação de Ensino da Academia Nacional de Polícia;  Aquisição de expositores para o Museu Criminal;  Aquisição de equipamentos de informática: gravador de CD, scanner de mesa, impressora laser, impressora térmica e leitor e código de barras;  Aquisição de equipamentos para reprodução e impressão para o setor gráfico da ANP;  Contratação de serviço para a realização de Curso de Cerimonial “in company”;  Contratação de assinatura de serviço de disponibilização de Cursos à Distância;  Contratação de serviço de consultoria para a atualização dos perfis profissiográficos dos cargos da carreira policial federal;  Participação em congresso sobre ensino à distância; e  Contratação da FINATEC para a realização de Curso de Indexação. 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

176 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PROJETO BRA/00/007 MODERNIZAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL  Contratação de consultoria para revisão das instruções normativas referentes às atividades de planejamento; programação orçamentária do DPF, sua articulação com o PPA do Governo Federal, planejamento setorial das suas unidades e o processo de elaboração e execução orçamentária, conforme diretrizes da União;  Aquisição de mobiliário para a remodelação da Divisão de Planejamento e Projetos – DPP/CPLAM;  Aquisição de solução integrada piso/cabeamento no âmbito da remodelação da DPP/CPLAM; e  Contratação de empresa para a realização do serviço de ambientação da DPP/CPLAM. 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

177 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EDIFICAÇÕES DE SEDE PRÓPRIAS CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO OBRACUSTO EXECUÇÃO PREVISTA PARA 2003 (%) TOTAL EXECUTADO EM 2003 (%) Construção do Edifício Sede da SR/ES ,1752,2941,15 Construção da DPF/Imperatriz/MA ,00ConclusãoConcluído Construção da DPF/Foz do Iguaçu/PR ,8624,0036,39 Construção do Edifício Sede da SR/RN ,1326,7025,47 Construção da DPF/Uberlândia/MG ,00ConclusãoConcluído Construção do Edifício Sede da SR/PR ,0017,8218,10 Construção do Edifício Sede da SR/TO ,0019,165,01 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

178 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual REFORMAS E AMPLIAÇÕES DE UNIDADES REFORMAREFORMA OBRACUSTO EXECUÇÃO PREVISTA PARA 2003 (%) TOTAL EXECUTADO EM 2003 (%) Reforma e ampliação do INC - Pró-Amazônia/Promotec ,564421,88 Reforma do Edifício Sede da CAOP – Hangar ,91ConclusãoConcluída Reforma do Edifício Sede da SR/AP ,00ConclusãoConcluída Reforma do Edifício da DPF/Santos/SP ,00ConclusãoConcluída Reforma do Edifício Sede da SR/RS ,005042,61 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.1 – COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E MODERNIZAÇÃO – CPLAM

179 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORÇAMENTO FONTE VALOR (R$) TESOURO ,00 FUNAPOL ,00 FUNAD ,83 TOTAL ,83 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.2 – COORDENAÇÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS – COFAPLICAÇÃO VALOR (R$) PESSOAL ,00 INVESTIMENTO ,29 CUSTEIO ,54 JUROS DA DÍVIDA ,00 AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA ,00 TOTAL ,83

180 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORÇAMENTO R$ , ,00 12,32% ,83 0,51% ,00 87,17% 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.2 – COORDENAÇÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS – COF

181 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual EVOLUÇÃO ORÇAMENTÁRIA FUNAPOLFUNAPOL TESOUROTESOURO EXERCÍCIODESPESAS(A)TESOURO(B) VARIAÇÃO % (C) 1998 CUSTEIO , ,004, ,0011, ,00180, ,0011, ,0072,50 EXERCÍCIODESPESAS(A)FUNAPOL(B) VARIAÇÃO % (C) 1998 CUSTEIO , ,0040, ,0021, ,0042, ,00161, ,002,55 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.2 – COORDENAÇÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS – COF

182 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual INVESTIMENTOS - EVOLUÇÃO EXERCÍCIODESPESAS(A)TOTAL(B) VARIAÇÃO % (C) 1998 INVESTIMENTO , ,003, ,0034, ,0043, ,006, ,0026,00 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.2 – COORDENAÇÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS – COF

183 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ARRECADAÇÃO DO FUNAPOL MÊSTAXA MIGRAÇÃOTAXA DPFTOTAL JANEIRO , , ,74 FEVEREIRO , , ,21 MARÇO , , ,62 ABRIL , , ,49 MAIO , , ,76 JUNHO , , ,54 JULHO , , ,03 AGOSTO , , ,78 SETEMBRO , , ,73 OUTUBRO , , ,46 NOVEMBRO , , ,86 DEZEMBRO , ,07 TOTAL , , ,29 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.2 – COORDENAÇÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS – COF

184 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual % 63% ARRECADAÇÃO DO FUNAPOL , ,68 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL - DLOG 8.2 – COORDENAÇÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS – COF

185 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ACERVO DE ARMAS 8 – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO - COAD ESPÉCIE QUANTIDADE, CONSIDERANDO A CONDIÇÃO DA ARMA BOAOCIOSARECUPERÁVELANTIECONOMICAIRRECUPERAVELTOTAL CARABINA ESCOPETA ESPINGARDA FUZIL GUN LANÇA GÁS LANÇA GRANADAS METRALHADORA PISTOLA SINALIZADOR REVÓLVER RIFLE SUBMETRALHADORA SPA TOTAL

186 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual PERCENTUAL DE ARMAS CONSIDERANDO A CONDIÇÃO DA ARMA – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO - COAD

187 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ACERVO DE VIATURAS TEMPO DE USO QUANTIDADEPERCENTUAL ATÉ 5 ANOS ,0 ENTRE 5 E 10 ANOS43422,0 ACIMA DE 10 ANOS23212,0 TOTAL – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO - COAD

188 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual VIATURAS – ESTADO DE CONSERVAÇÃO TEMPO DE USO ESTADO DE CONSERVAÇÃO/QUANTIDADE BOAOCIOSARECUPERÁVELANTIECONÔMICOIRRECUPERÁVELTOTAL ATÉ 5 ANOS ENTRE 5 e 10 ANOS COM MAIS DE 10 ANOS TOTAL – DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO - COAD

189 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SISTEMAS CORPORATIVOS - ADMINISTRATIVOS Além da manutenção e operacionalização diária de todos os sistemas baseados no Mainframe, foram desenvolvidos novos sistemas e realizadas implementações para atender aos usuários e/ou exigências legais. 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI SISTEMAS ADMINISTRATIVOSÓRGÃO GESTOR 1 - SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS - SRHCRH/DGP/DPF 2 - SISTEMA DE MATERIAL PERMANENTE – SMPCOAD/DLOG/DPF 3 - SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO DE PROCESSOS – SIAPROCOAD/DLOG/DPF 4 – SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO DISCIPLINAR – SADCOGER/DPF 5 – SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO – SCACGDI/DIREX/DPF 6 - SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE ARRECADAÇÃO – FUNAPOLCOF/DLOG/DPF

190 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SISTEMAS CORPORATIVOS - POLICIAIS SISTEMASÓRGÃO GESTOR 1 - SISTEMA NACIONAL DE PASSAPORTE - SINPACGPI/DIREX/DPF 2 - SISTEMA DE CONTROLE DE TRANSPORTE INTERNACIONAL - SINACTICGPI/DIREX/DPF 3 - SISTEMA NACIONAL DE PROCEDIMENTOS - SINPROCOGER/DPF 4 - SISTEMA NACIONAL DE TRÁFEGO INTERNACIONAL - SINTICGPI/DIREX/DPF 5 - SISTEMA NACIONAL DE CADASTRAMENTO E REGISTRO DE ESTRANGEIROS - SINCRECGPI/DIREX/DPF 6 - SISTEMA NACIONAL DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA PRIVADA - SISVIPCGCSP/DIREX/DPF 7 - SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES CRIMINAIS - SINICINI/DITEC/DPF 8 - SISTEMA DE CONTROLE DE ENTIDADES DE ADOÇÃO DE CRIANÇAS - SIGECGPI/DIREX/DPF 9 - SISTEMA DE NACIONAL DE DADOS EST. DE REPRESSÃO A ENTORPECENTES - SINDRECGPRE/DCOR/DPF 10 - SISTEMA NACIONAL DE ORDEM POLÍTICA E SOCIAL - SINOPSCGDI/DIREX/DPF 11 - SISTEMA NACIONAL DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS - SINPQCCPQ/DCOR/DPF 12 - SISTEMA NACIONAL DE ARMAS - SINARMCGDI/DIREX/DPF 13 - SISTEMA NACIONAL DE PROCURADOS E IMPEDIDOS - SINPICGPI/DIREX/DPF 14 – SISTEMA DE CONTROLE DE INFORMAÇÕES - SCIDIP/DPF 15 - SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÕES POLICIAIS - SIPOLDIP/DPF 16 – SISTEMA ALMANAQUE DOS POLICIAIS FEDERAISCRH/DGP/DPF 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI

191 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SISTEMAS CORPORATIVOS - LOCAIS SISTEMASPLATAFORMA 1 - SISTEMA DE CONTROLE E EMISSÃO DE DIÁRIASDELPHI/PARADOX 2 - SISTEMA PARA EMISSÃO DE FOLHA DE PONTODELPHI/PARADOX 3 - SISTEMA DE CONTROLE DE VIATURAS E COMBUSTÍVEL (COAD/DLOG/DPF)DELPHI/PARADOX 4 - SISTEMA DE CONTROLE DE SUSPEITOS E INFORMANTESDELPHI/PARADOX 5 - SISTEMA DE CONTROLE DE SOFTWAREDELPHI/PARADOX 6 - SISTEMA DE CONTROLE DE DESPESAS ORÇAMENTÁRIAS E FINANCEIRAS (COAD/DLOG/DPF)DELPHI/PARADOX 7 - SISTEMA DE CONTROLE DE MATERIAL DE CONSUMODELPHI/PARADOX 8 - SISTEMA DE CONTROLE DE FICHÁRIO E AGENDA ELETRÔNICADELPHI/PARADOX 9 - SISTEMA DE ANÁLISE FINANCEIRA (CGCOIE/DCOR/DPF)DELPHI/ORACLE 9i 10 – SISTEMA DE CONTROLE DE CANIL (CGPRE/DPF)DELPHI/PARADOX 11 - SISTEMA PARA CONTROLE DE ORDEM DE MISSÃODELPHI/PARADOX 12 - SISTEMA DE CONTROLE DE RADIOGRAMADELPHI/PARADOX 13 - SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS – SISDOCJAVA/ORACLE 9i 14 – SISTEMA DE CONTROLE DE OPERAÇÕES DA DIREX – SISCOP (DIREX/DPF)JAVA/ORACLE 9i 15 – SISTEMA DE METAS E PROGRAMAÇÃO ORÇAMENTÁRIA DO DPF (CPLAM/DPF)DELPHI/ORACLE 9i 16 – SISTEMA DE CONTROLE E MANUTENÇÃO DE AERONAVES (CAOP/DIREX/DPF)DELPHI/ORACLE 9i 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI

192 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS À COMUNIDADE PARA CONSULTA VIA WEB 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI ORDEM SERVIÇOS 1 EMISSÃO DA CARTEIRA NACIONAL DE VIGILANTE 2 CONTROLE DE EMPRESAS DE SEGURANÇA PRIVADA 3 INFORMAÇÕES SOBRE ENTIDADES DE ADOÇÃO INTERNACIONAL 4 INFORMAÇÕES SOBRE EMISSÃO DE PASSAPORTE 5 DISPONIBILIZAÇÃO DE EDITAL DE LICITAÇÃO – CONCORRÊNCIA E TOMADA DE PREÇO 6 INFORMAÇÕES SOBRE UNIDADES DO DPF 7 INFORMAÇÕES SOBRE POSTO DE IMIGRAÇÃO AEROPORTUÁRIA 8 CONSULTA A OUTROS SÍTIOS ÚTEIS 9 INFORMAÇÕES SOBRE EMISSÃO DE PORTE FEDERAL DE ARMA 10 INFORMAÇÕES SOBRE PROCURADOS 11 INFORMAÇÕES SOBRE CONTROLE E FISCALIZAÇÃO DE PRODUTOS QUÍMICOS

193 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS À COMUNIDADE PARA CONSULTA VIA WEB 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI ORDEM SERVIÇOS 12 FORMULÁRIO ELETRÔNICO DE MIGRAÇÃO COM EMISSÃO DE RECIBO 13 FORMULÁRIO DE CADASTRO SINIC 14 PESQUISA À LISTA DE CONTROLE CONSULAR PARA O ITAMARATI – LCC 15 FORMULÁRIO DE CADASTRO SINARM 16 CONSULTA ENTREGA DA CARTEIRA NACIONAL DE ESTRANGEIRO – SINCRE 17 INFORMAÇÕES SOBRE CONCURSO PARA O DPF 18 INFORMAÇÕES SOBRE VISTO CONSULAR 19 ORGANOGRAMA DO DPF 20 FORMULÁRIO DE ACESSO À CTI 21 RELATÓRIO ANUAL - CPLAM 22 EXTRATO DE CONTRATOS DAS UNIDADES GESTORAS DO DPF

194 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS ÀS UNIDADES DO DPF PELA INTRANET ORDEM SERVIÇOS 1INFORMAÇÕES SOBRE DIÁRIAS 2LINKS PARA SÍTIOS DE UNIDADES DO DPF 3 LISTA TELEFÔNICA DO DPF 4MANUAIS DE USUÁRIO 5 FORMULÁRIOS DE CADASTRAMENTO CTI E SISTEMAS MAINFRAME 6SERVIÇO DE WEBMAIL PARA INTERNET/INTRANET 7ATUALIZAÇÃO DA REDE DPF-NET 8INFORMATIVOS 9BOLETINS DE SERVIÇO – BS 10DOWNLOAD DE APLICATIVOS 11LEGISLAÇÃO 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI

195 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual RESULTADOS ALCANÇADOS - GESTÃO 1.Implantação do Escritório de Projetos com o gerenciamento de três sistemas: ALMANAQUE, AFIS e SINPRO ETAPA 1; 2.Implantação do gerenciamento da produtividade no SDS/DINF/CTI e SST/DINF/CTI, outro fato inédito em toda história da Coordenação; 3.Confeccionado o relatório Gestor de 2003 no novo modelo com análise crítica, estabelecimento das não-conformidade e ações corretivas necessárias; 4.Início da conscientização quanto ao atendimento e qualidade de nossos serviços e produtos. No Sistema de Informações Gerenciais os gráficos demonstram a qualidade de nossos serviços e seu monitoramento para possibilitar melhoria continua nos processos da Coordenação; 5.Iniciado o processo de planejamento na Coordenação. 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI

196 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual RESULTADOS ALCANÇADOS - PESSOAL 1.Treinamento, nas tecnologias de desenvolvimento WEB, de boa parte da equipe e certificação de funcionários terceirizados; 2.Realizadas palestras administrativas e técnicas, e participação em eventos externos com o objetivo de atualização tecnológica da Coordenação; 3.Treinamento em tecnologia de gestão tais como gerência de projetos, de segurança, MS Project, administração de produtividade, etc; 4.Remanejamento dos analistas e programadores entre equipes na busca de troca de conhecimento, integração e melhor aproveitamento dos recursos; 5.Realização de 90% do plano de T&D estabelecido para Treinamento, nas tecnologias de desenvolvimento WEB, de boa parte da equipe e certificação de funcionários terceirizados; 2.Realizadas palestras administrativas e técnicas, e participação em eventos externos com o objetivo de atualização tecnológica da Coordenação; 3.Treinamento em tecnologia de gestão tais como gerência de projetos, de segurança, MS Project, administração de produtividade, etc; 4.Remanejamento dos analistas e programadores entre equipes na busca de troca de conhecimento, integração e melhor aproveitamento dos recursos; 5.Realização de 90% do plano de T&D estabelecido para DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI

197 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual REALIZAÇÕES ORDEM REALIZAÇÕES 1 Conclusão dos estudos de engenharia da nova rede de radiocomunicação para o DPF, em âmbito nacional. 2 Apoio técnico de telecomunicação em operações policiais: MA – Montagem e operação de equipamento de rádio comunicações, “Operação Limite”. PE – Montagem e operações de equipamento de rádio comunicações, “Operações Controle 10”. 3 Planejamento e projeto da nova rede de radiocomunicação em todos os Estados. Reunião de: - Levantamento de dados; - Elaboração de pré-projeto; - Apresentação e validação de dados; - Elaboração da versão final pré-projeto; e - Demonstração da tecnologia e equipamento. 4 Apoio operacional técnico. AL – Instalação de equipamento de radiocomunicação; MG – Instalação de antena repetidora; TO/MA – Reparos e instalações de equipamento de telecomunicações no DPF. 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI

198 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual REALIZAÇÕES ORDEM REALIZAÇÕES 5 Mensagens enviadas e recebidas pelo Serviço de Mensageria: Enviadas Recebidas TOTAL Assessória técnica na aquisição e instalação de novas centrais telefônicas nas descentralizada e órgãos centrais: - PABX DPF/STS/SP; - PABX SR/PR; - PABX DPF/JVE/SC - PABX INC - PABX DPF/JZO/BA - Ampliação PABX Sede - Projeto Básico e Plano de Trabalho para serviço de Telefonia fixa e celular. - Projeto Básico do contrato de serviço e manutenção da central telefônica instalada: Hangar e INTERPOL. 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI

199 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual ORDEM REALIZAÇÕES 7 Participação de servidores no 1º e 2º Curso sobre Sistema Integrados de Comunicação Crítica. 8 Realização do Fórum sobre Divulgação do novo Sistema de Telecomunicações do DPF. 9 Realizações de testes da tecnologia TETRAPOL de rádios na freqüências UHF (Ultra Alta Freqüência), pertencentes à Empresa EADS e rádios HF (alta Freqüência de propriedade da Empresa THALES, para verificar se os mesmos atendem às necessidades do DPF. Foram realizados os referidos testes junto aos NTIs nos estados: AC, AL, AM, AP, BA, DF, ES, MA, MG, MT, PA, PI, RN, RO, RJ, RR, SE,TO e órgãos centrais. 8 - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL – DLOG COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - CTI REALIZAÇÕES

200 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual


Carregar ppt "MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Relatório Anual - 2003 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL Brasília – DF, 31 de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google