A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fonte: Operações de créditos 2010 / IBGE Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2010, Indicadores sociais municipais Brasil e Regiões: Dados Financeiros, 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fonte: Operações de créditos 2010 / IBGE Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2010, Indicadores sociais municipais Brasil e Regiões: Dados Financeiros, 2010."— Transcrição da apresentação:

1 Fonte: Operações de créditos 2010 / IBGE Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2010, Indicadores sociais municipais Brasil e Regiões: Dados Financeiros, 2010 Operações de Crédito (Comparativamente à relação PIB região / PIB Brasil) Evolução das taxas de analfabetismo por região Taxa de analfabetismo (%) Desigualdades regionais no Brasil

2 Taxa de analfabetismo funcional Pessoas de 15 anos ou mais; divisão por sexo; em % De acordo com a Unesco o analfabeto funcional sabe decifrar o código da escrita, mas não consegue aplicá-la em suas atividades cotidianas e promover o seu desenvolvimento pessoal. Fonte: Pnad/ IBGE 2008

3 Integração regional(esforços para superação das desigualdades regionais) Ação das superintendências de desenvolvimentos regionais(Sudam, Sudene); Novos fluxos de investimentos internacionais direitos espalhados pelo territórios nacional; Esforços governamentais para superar as desigualdades regionais; Surgimento de novos polos econômicos no Brasil.

4 Integração regional (novos polos econômicos no Brasil) Nordeste: Bahia (polo industrial de Camaçari e polo do agronegócio do Oeste Baiano); Pernambuco (Suape, Goiana, o polo têxtil Toritama, o polo de agronegócio de Petrolina- Juazeiro), o de frutas irrigadas de Assú no Rio Grande do Norte. E a indústria do turismo em todo nordeste. Norte: (Programa Grande Carajás, Zona Franca de Manaus, projeto Jarí). Centro-oeste: agronegócio e turismo.

5 Milton Santos e os 4 Brasis

6 Pressupostos da proposta do prof. Milton Santos As diferenciações no território: “A noção de desigualdade territorial persiste nas condições atuais. Todavia, produzir uma tipologia de tais diferenciações é, hoje, muito mais difícil do que nos períodos históricos precedentes. As desigualdades territoriais do presente têm como fundamento um número de variáveis bem mais vasto, cuja combinação produz uma enorme gama de situações de difícil classificação” (Santos, 2001)

7 Esboço da proposta

8 Regionalização do Brasil segundo Santos e Silveira, Fonte: SILVA, Simone Affonso, 2010.

9 Região Concentrada O meio técnico-científico-informacional se implantou sobre um meio mecanizado, portador de um denso sistema de relações, decorrente, em parte de uma urbanização importante, ao padrão de consumo das empresas e das famílias e a uma vida comercial mais intensa; Atividades ligadas à globalização, belts modernos, aumento da importância dos capitais fixos, dos capitais constantes e da circulação.

10 Região Centro-Oeste Área de “ocupação periférica” recente; O meio técnico-científico-informacional se estabelece sobre um território praticamente “natural” ou “pré-técnico”, onde a vida de relações era rala e precária; Região produtora de uma agricultura globalizada, com alto consumo de fertilizantes e defensivos agrícolas e utilização de tecnologia de ponta.

11 Nordeste Área de povoamento antigo, onde a constituição de um meio mecanizado se deu de forma pontual e pouco densa; Agricultura alicerçada sobretudo no trabalho, com baixos níveis de mecanização; Numerosos núcleos urbanos, mas com uma urbanização “raquítica”

12 Amazônia Última a ampliar sua mecanização; Forte participação do transporte aéreo de cargas em função de sua geografia; Sua ocupação decorre de um conhecimento fundado em modernos satélites e radares; Existências de áreas de agricultura moderna e “cidades- cogumelo”; Convivência entre sistemas de movimento modernos e rápidos e sistemas de movimento lentos (estes a serviço de atividades tradicionais).


Carregar ppt "Fonte: Operações de créditos 2010 / IBGE Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2010, Indicadores sociais municipais Brasil e Regiões: Dados Financeiros, 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google