A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Medidas Recentes de Estímulo ao Crescimento e Evolução do Câmbio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Medidas Recentes de Estímulo ao Crescimento e Evolução do Câmbio."— Transcrição da apresentação:

1 Medidas Recentes de Estímulo ao Crescimento e Evolução do Câmbio

2 2 Principais Medidas de Estímulo ao Crescimento Medidas financeiras –Mais crédito para aquisição de automóveis, a partir da liberalização de R$ 18 bilhões de depósitos compulsórios; –Contrapartida dos bancos: entrada e juros menores, bem como prazos maiores de financiamento. Medidas tributárias –Redução do IOF de 2,5% para 1,5% sobre operações de crédito para pessoas físicas (renúncia fiscal de R$ 900 milhões); –Redução do IPI sobre automóveis (renúncia de R$ 1,2 bilhão). Compromisso entre o Governo, o setor produtivo e o setor financeiro –Procura tornar o produto mais barato para o consumidor e reduzir o custo do crédito.

3 Medidas Tributárias - Regime Automotivo Fonte: Ministério da Fazenda. *: Renúncia estimada até 31 de Agosto de Setor Privado – Contrapartida ** Fonte: Ministério da Fazenda. **: há ainda acordo para não demissão de trabalhadores até 31 de Agosto de 2012.

4 4 Principais Medidas de Estímulo ao Crescimento Efeitos –não lidam com questões de produtividade e competitividade do setor industrial; –não devem ter um impacto significativo sobre consumo Grau de endividamento e inadimplência é maior atualmente do que no início de 2009; Pequena abrangência das medidas, focadas no setor automotivo, e com baixa renúncia fiscal.

5 Variação Cambial em relação ao Dólar % nos últimos 12 meses - Maio de 2012 Fonte: The Economist. +: valorização frente ao dólar; -: Desvalorização frente ao dólar.

6 Evolução do Câmbio (R$/US$ comercial – fim de período e taxa real efetiva*) Fonte: Banco Central. *: média de 2005=100.

7 7 Exame da Recente Flutuação Cambial Causas da forte desvalorização do real –Representa um movimento internacional, natural em momentos de instabilidade Agentes buscam ativos com baixo risco (voo para a qualidade). Por que no Brasil ela foi maior? –Redução do diferencial de juros entre o Brasil e os demais países Embora país ainda mantenha as maiores taxas reais de juros do mundo. –Expectativa de novas reduções dos juros e do crescimento da economia Menor crescimento desestimula a entrada de IDE e de capitais no mercado acionário e mobiliário.

8 8 Exame da Recente Flutuação Cambial Importância da estabilidade cambial –Câmbio estável é mais importante para estimular o comércio do que fortes e inesperadas desvalorizações cambiais; –Brasil tem vivido grandes oscilações cambiais na última década (R$/U$ 3,89 a R$/U$1,56), maior do que seus principais parceiros comerciais. Efeitos da desvalorização cambial contínua –Estimula as exportações e a produção doméstica, em detrimento das importações; –Incentiva o turismo no país, em detrimento do turismo brasileiro no exterior; –Eleva a inflação; –Reduz o tamanho da economia em US$ Cotação acima de R$/US$ 2 deverá fazer país deixar de ser a 6ª economia do mundo.


Carregar ppt "Medidas Recentes de Estímulo ao Crescimento e Evolução do Câmbio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google