A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RELAÇÕES PÚBLICAS EM APOIO AO MARKETING. 2 ESTRUTUTURA DA PALESTRA Princípios Básicos Princípios Básicos Expectativas do Consumidor Expectativas do Consumidor.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RELAÇÕES PÚBLICAS EM APOIO AO MARKETING. 2 ESTRUTUTURA DA PALESTRA Princípios Básicos Princípios Básicos Expectativas do Consumidor Expectativas do Consumidor."— Transcrição da apresentação:

1 RELAÇÕES PÚBLICAS EM APOIO AO MARKETING

2 2 ESTRUTUTURA DA PALESTRA Princípios Básicos Princípios Básicos Expectativas do Consumidor Expectativas do Consumidor Imagem Imagem Fortalecimento da Marca Fortalecimento da Marca Cases Cases MC DONALDSMC DONALDS MARGARINA BECELMARGARINA BECEL

3 3 PRINCÍPIOS BÁSICOS Relações Públicas não são aquela atividade apostólica somente voltada para o institucional, para a formação da imagem institucional. Relações Públicas não são aquela atividade apostólica somente voltada para o institucional, para a formação da imagem institucional. As ferramentas de Relações Públicas têm por objetivo o apoio às vendas. As ferramentas de Relações Públicas têm por objetivo o apoio às vendas. O marketing precisa trabalhar em três níveis: O marketing precisa trabalhar em três níveis: da comunicação de massa (Propaganda),da comunicação de massa (Propaganda), no interno da empresa (Endomarketing) eno interno da empresa (Endomarketing) e da comunidade onde opera a empresa (Relações Públicas)da comunidade onde opera a empresa (Relações Públicas). Dois cases de sucesso da INFORM Dois cases de sucesso da INFORM Projeto de implantação do McDonalds no BrasilProjeto de implantação do McDonalds no Brasil Programa desenvolvido para a margarina BecelPrograma desenvolvido para a margarina Becel

4 4 EXPECTATIVAS DO CONSUMIDOR Certas coisas, pelas quais já passaram outros povos do mundo, estão acontecendo no Brasil. Certas coisas, pelas quais já passaram outros povos do mundo, estão acontecendo no Brasil. O público hoje espera muito mais das empresas do que esperava e exigia há bem pouco tempo.O público hoje espera muito mais das empresas do que esperava e exigia há bem pouco tempo. De um lado vemos a massificação como conseqüência do aumento populacional e econômicoDe um lado vemos a massificação como conseqüência do aumento populacional e econômico De outro vemos a necessidade das pessoas de afirmação como indivíduo, de reconhecimento de sua personalidade, distinta e única.De outro vemos a necessidade das pessoas de afirmação como indivíduo, de reconhecimento de sua personalidade, distinta e única. Se em alguns produtos a escolha se prende à fantasia, à necessidade de status, ao impulso, da grande maioria Se em alguns produtos a escolha se prende à fantasia, à necessidade de status, ao impulso, da grande maioria O consumidor exige mais qualidade, justo preço, garantia, higiene, responsabilidade social e muito mais. O consumidor exige mais qualidade, justo preço, garantia, higiene, responsabilidade social e muito mais.

5 5 Relações Públicas em apoio ao Marketing. É aqui que surgem Relações Públicas em apoio ao Marketing. É aqui que surgem Relações Públicas em apoio ao Marketing. E qual seria a função de Relações Públicas neste intrincado mundo dos negócios? E qual seria a função de Relações Públicas neste intrincado mundo dos negócios? Seria mais uma das técnicas da administração de uma empresa? Seria mais uma das técnicas da administração de uma empresa? Não, Relações Públicas são parte de toda a atitude da Administração Não, Relações Públicas são parte de toda a atitude da Administração

6 6 IMAGEM Tom pejorativo. Tom pejorativo. Algo inconsistente, algo que não vende. Algo inconsistente, algo que não vende. Por que então tantas empresas investem tanto tempo e dinheiro para criar imagem? Por que então tantas empresas investem tanto tempo e dinheiro para criar imagem? Filosofia do seu negócio. Filosofia do seu negócio. Conceito de empresa cidadã.Conceito de empresa cidadã. Empresa com responsabilidade social.Empresa com responsabilidade social. Consciente de seus direitos e deveres perante a sociedade.Consciente de seus direitos e deveres perante a sociedade.

7 7 IMAGEM Já foi dito a responsabilidade social das empresas é lucrar. Já foi dito a responsabilidade social das empresas é lucrar. Hoje seria um passo certo para o precipício. Hoje seria um passo certo para o precipício. Não estaríamos olhando para o futuro. Não estaríamos olhando para o futuro. Estaríamos alheios aos problemas do Século XXI. Estaríamos alheios aos problemas do Século XXI. Novas pressões estão sendo impostas às empresas Novas pressões estão sendo impostas às empresas Novas pressões em forma de leis,Novas pressões em forma de leis, Novas pressões em forma de grupos de defesa do consumidor, ambientalistas, ecologistas, sindicalistas e outros.Novas pressões em forma de grupos de defesa do consumidor, ambientalistas, ecologistas, sindicalistas e outros.

8 8 NOVAS PRESSÕES As organizações não governamentais ganharam ascensão e credibilidade. As organizações não governamentais ganharam ascensão e credibilidade. Forçam as empresas a operar não apenas visando o lucro.Forçam as empresas a operar não apenas visando o lucro. Exigem que produzam mais e melhores produtos e serviços elas.Exigem que produzam mais e melhores produtos e serviços elas. Querem que as empresas não venham em detrimento dos bens sociais e pessoais.Querem que as empresas não venham em detrimento dos bens sociais e pessoais. Código de Defesa do Consumidor Código de Defesa do Consumidor

9 9 RELAÇÕES PÚBLICAS Daí a necessidade do apoio de Relações Públicas: Daí a necessidade do apoio de Relações Públicas: a empresa precisa conhecer os seus públicos,a empresa precisa conhecer os seus públicos, integrar-se,integrar-se, comunicar-se bem com eles,comunicar-se bem com eles, criar envolvimentocriar envolvimento criar participação estabelecer interaçãocriar participação estabelecer interação

10 10 FORTALECIMENTO DA MARCA As organizações tiveram que passar a adotar uma nova postura de trabalho. As organizações tiveram que passar a adotar uma nova postura de trabalho. Necessidade de planejar estrategicamente a comunicaçãoNecessidade de planejar estrategicamente a comunicação Administrar os relacionamentos com seus públicosAdministrar os relacionamentos com seus públicos Comunicação ampla e estratégicaComunicação ampla e estratégica O fortalecimento da Marca passou a ser indispensável O fortalecimento da Marca passou a ser indispensável abertura dos mercados, com as incríveis facilidades produtivasabertura dos mercados, com as incríveis facilidades produtivas oferta superando a demandaoferta superando a demanda alta competitividadealta competitividade

11 11 FORTALECIMENTO DA MARCA Hoje valor financeiro e tangível, do balanço patrimonial das maiores empresas mundiais. Hoje valor financeiro e tangível, do balanço patrimonial das maiores empresas mundiais. É a alma da empresa, é como clientes (internos e externos), fornecedores, colaboradores e comunidade reconhecem sua empresa É a alma da empresa, é como clientes (internos e externos), fornecedores, colaboradores e comunidade reconhecem sua empresa É essa a IMAGEM que se deve zelar É essa a IMAGEM que se deve zelar O conceito de uma marca não está ligado apenas à sua representação gráfica e à sua publicidade. O conceito de uma marca não está ligado apenas à sua representação gráfica e à sua publicidade. Marca é tudo e não somente os pequenos detalhes. Marca é tudo e não somente os pequenos detalhes. é a soma intangível dos atributos de uma empresa e/ou produto: nome, embalagem e preço, história, reputação e maneira como é promovida. é a soma intangível dos atributos de uma empresa e/ou produto: nome, embalagem e preço, história, reputação e maneira como é promovida.

12 12 FORTALECIMENTO DA MARCA Para o sucesso de uma empresa é indispensável o estabelecimento de uma identidade visual forte Para o sucesso de uma empresa é indispensável o estabelecimento de uma identidade visual forte Reconhecida em seu mercado de atuação e pelos seus clientes internos Reconhecida em seu mercado de atuação e pelos seus clientes internos Depende da harmonia e do equilíbrio na veiculação de diferentes elementos gráficos reunidos, objetivando a emissão de uma mensagem positiva. Depende da harmonia e do equilíbrio na veiculação de diferentes elementos gráficos reunidos, objetivando a emissão de uma mensagem positiva. Assim o marketing de hoje, precisa trabalhar em três níveis: de comunicação de massa, interno da empresa e da comunidade onde opera. Assim o marketing de hoje, precisa trabalhar em três níveis: de comunicação de massa, interno da empresa e da comunidade onde opera.

13 13 MC DONALDS

14 14 MC DONALDS Cliente atendido desde sua chegada ao Brasil Cliente atendido desde sua chegada ao Brasil Consciência empresarial, responsabilidade social e importância dada à imagem Consciência empresarial, responsabilidade social e importância dada à imagem Responde à pergunta que fiz no início desta palestra – por que ter imagem? Responde à pergunta que fiz no início desta palestra – por que ter imagem? A resposta é fácil: é só prestarmos atenção à indústria de fast food A resposta é fácil: é só prestarmos atenção à indústria de fast food Existem, em todo o mundo, vendendo basicamente a mesma coisa: hambúrgueres, batatas fritas, milk-shakes, refrigerantes. Existem, em todo o mundo, vendendo basicamente a mesma coisa: hambúrgueres, batatas fritas, milk-shakes, refrigerantes.

15 15 MCDONALDS O que é que faz o McDonalds tão diferente? O que é que faz o McDonalds tão diferente? Por que para muitas pessoas, o McDonalds significa algo especial? Por que para muitas pessoas, o McDonalds significa algo especial? O que pôs o McDonalds acima de todos, num negócio que todos vendem a mesma coisa? O que pôs o McDonalds acima de todos, num negócio que todos vendem a mesma coisa? A resposta é a religião do McDonalds que se resumia em quatro letras e que todos rezavam todos os dias, quatro letras: QLSV, A resposta é a religião do McDonalds que se resumia em quatro letras e que todos rezavam todos os dias, quatro letras: QLSV,

16 16 MCDONALDS QLSV, que significa: QLSV, que significa: Qualidade,Qualidade, Limpeza,Limpeza, Serviço eServiço e Valor justo.Valor justo. Esse é o mote do McDonalds, Esse é o mote do McDonalds, É a filosofia por trás dessa palavra de ordem. É a filosofia por trás dessa palavra de ordem. A filosofia de servir, servir realmente, até as últimas conseqüências. A filosofia de servir, servir realmente, até as últimas conseqüências.

17 17 MCDONALDS Quando se tem a filosofia do verdadeiro servir Quando se tem a filosofia do verdadeiro servir busca-se conhecer realmente bem a quem serve.busca-se conhecer realmente bem a quem serve. Você busca se comunicar realmente bem com quem serve.Você busca se comunicar realmente bem com quem serve. Você gosta de se envolver e de participar da vida daquele a quem você serve. Você gosta de se envolver e de participar da vida daquele a quem você serve. E aqui nasceu a filosofia do McDonalds: conhecer seu público, comunicar-se bem com ele, pretender atingi-lo e criar envolvimento e participação com ele.E aqui nasceu a filosofia do McDonalds: conhecer seu público, comunicar-se bem com ele, pretender atingi-lo e criar envolvimento e participação com ele.

18 18 PROPAGANDA Em comunicação de massa, em estratégia publicitária, o McDonalds tem sempre acrescentado uma dimensão extra à sua publicidade: Em comunicação de massa, em estratégia publicitária, o McDonalds tem sempre acrescentado uma dimensão extra à sua publicidade: É mais do que um simples vendedor de hambúrguer.É mais do que um simples vendedor de hambúrguer. Muito mais do que simples lanchonete ou restaurante.Muito mais do que simples lanchonete ou restaurante.

19 19 PROPAGANDA É um lugar que é parte real da vida das pessoas como o lugar para se freqüentar.É um lugar que é parte real da vida das pessoas como o lugar para se freqüentar. É uma dimensão destinada a sensibilizar as pessoas e a desenvolver forte laço emocional com eles.É uma dimensão destinada a sensibilizar as pessoas e a desenvolver forte laço emocional com eles. A publicidade funciona a longo prazo, mas também a curto prazo.A publicidade funciona a longo prazo, mas também a curto prazo.

20 20 ÁREA INTERNA Na área interna de cada loja o McDonalds oferece a seu público exatamente o que ele vê na publicidade: Na área interna de cada loja o McDonalds oferece a seu público exatamente o que ele vê na publicidade: os funcionários têm aquela aparência e oferecem aquele atendimento, baseados na religião das quatro letras do McDonaldsos funcionários têm aquela aparência e oferecem aquele atendimento, baseados na religião das quatro letras do McDonalds Os produtos são como o prometido,Os produtos são como o prometido, o ambiente, a atmosfera da loja é aquela que o público viu.o ambiente, a atmosfera da loja é aquela que o público viu. O McDonalds se comunica dentro das lojas com material cuidadosa e estrategicamente estudado, como a programação de mídia e as demais atividades promocionais.O McDonalds se comunica dentro das lojas com material cuidadosa e estrategicamente estudado, como a programação de mídia e as demais atividades promocionais.

21 21 COMUNIDADE O McDonalds estabelece relacionamento continuado de cada loja com seus vizinhos com uma série de atividades: O McDonalds estabelece relacionamento continuado de cada loja com seus vizinhos com uma série de atividades: mini-shows do personagem Ronald McDonald em escolas, creches e hospitais,mini-shows do personagem Ronald McDonald em escolas, creches e hospitais, participação em eventos comunitários como o dia da árvore, campanhas de vacinação e outros.participação em eventos comunitários como o dia da árvore, campanhas de vacinação e outros. Oferece prêmios aos escolares que se destacam não só em seus estudos como em seus trabalhos;Oferece prêmios aos escolares que se destacam não só em seus estudos como em seus trabalhos; participa das entidades sociais da comunidade;participa das entidades sociais da comunidade; patrocina esportes e grupos musicais, além do apoio dado aos grandes movimentos que buscam atender às necessidades sociais, com campanhas de prevenção de doenças e de preservação ecológica e o Mc Dia Feliz. patrocina esportes e grupos musicais, além do apoio dado aos grandes movimentos que buscam atender às necessidades sociais, com campanhas de prevenção de doenças e de preservação ecológica e o Mc Dia Feliz.

22 22 CONCLUSÃO DO CASE É a comunicação, a integração e o envolvimento levados a sério. É a comunicação, a integração e o envolvimento levados a sério. É a participação na vida real e cotidiana do consumidor. É a participação na vida real e cotidiana do consumidor. Não existem segredos e as portas estão abertas: Não existem segredos e as portas estão abertas: para os jornalistas, para os jornalistas, para os nutricionistaspara os nutricionistas para o estudante que quer fazer trabalhos sobre a organizaçãopara o estudante que quer fazer trabalhos sobre a organização para as autoridades que querem saber o que é o McDonalds e para que veio.para as autoridades que querem saber o que é o McDonalds e para que veio.

23 23 BECEL

24 24 BECEL - PREMISSAS O sucesso apenas relativo de Becel no início de sua comercialização fez com que a Van Den Bergh, pelo departamento de Marketing, decidisse passar a apoiar o produto exclusivamente por meio de programa de Relações Públicas. O sucesso apenas relativo de Becel no início de sua comercialização fez com que a Van Den Bergh, pelo departamento de Marketing, decidisse passar a apoiar o produto exclusivamente por meio de programa de Relações Públicas. Esta decisão foi fundamentada no fato de que o enorme esforço exigido para apoiar a marca por intermédio de propaganda ao consumidor não obteve resposta em vendas na proporção desejada. Esta decisão foi fundamentada no fato de que o enorme esforço exigido para apoiar a marca por intermédio de propaganda ao consumidor não obteve resposta em vendas na proporção desejada. O apelo publicitário posicionava o produto quase como remédio, exaltando suas características. O apelo publicitário posicionava o produto quase como remédio, exaltando suas características. A classe médica e a paramédica contestavam, alegando que as características anunciadas não eram verdadeiras A classe médica e a paramédica contestavam, alegando que as características anunciadas não eram verdadeiras

25 25 BECEL – AUDITORIA DE OPINIÃO PÚBLICA Diagnóstico resultante de uma auditoria de ouma pesquisa qualitativa com o objetivo de Diagnóstico resultante de uma auditoria de ouma pesquisa qualitativa com o objetivo de conhecer qual era o conceito de Becel junto aos públicosconhecer qual era o conceito de Becel junto aos públicos governo; governo; associações de classe e sindicatos; associações de classe e sindicatos; revendedores; revendedores; indústrias do setor; indústrias do setor; fornecedores; fornecedores; comunidade médica; comunidade médica; imprensa; imprensa; consumidores consumidores quanto os públicos prioritários conheciam sobre colesterol, poliinsaturados, margarinas etcquanto os públicos prioritários conheciam sobre colesterol, poliinsaturados, margarinas etc Entrevistas, nas seguintes cidades: São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.Entrevistas, nas seguintes cidades: São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.

26 26 RESULTADOS DA PESQUISA Conceitos favoráveis e os desfavoráveis emitidos pelos entrevistados : Conceitos favoráveis e os desfavoráveis emitidos pelos entrevistados : desinformação e desinteresse quanto a uma dieta alimentar, saudável e às doenças cardíacas;desinformação e desinteresse quanto a uma dieta alimentar, saudável e às doenças cardíacas; incerteza quanto à relação existente entre colesterol e risco para as doenças cardíacas;incerteza quanto à relação existente entre colesterol e risco para as doenças cardíacas; os líderes de opinião pública, como jornalistas, médicos, nutricionistas, presidentes de entidades de classe, professores e autoridades governamentais não acreditavam que uma margarina pudesse ser poli- insaturada.os líderes de opinião pública, como jornalistas, médicos, nutricionistas, presidentes de entidades de classe, professores e autoridades governamentais não acreditavam que uma margarina pudesse ser poli- insaturada.

27 27 BECEL - RECOMENDAÇÕES Ações de relacionamento: Ações de relacionamento: Análise, em profundidade, do programa de Relações Púbicas até então desenvolvido para Becel;Análise, em profundidade, do programa de Relações Púbicas até então desenvolvido para Becel; Ampliação dos públicos prioritários;Ampliação dos públicos prioritários; criação de testemunhas de confiançacriação de testemunhas de confiança Divulgação e ampliação das atividades do Centro de Informações Becel – CIB;Divulgação e ampliação das atividades do Centro de Informações Becel – CIB; Programas de visitas de à fábrica da Van Den Bergh;Programas de visitas de à fábrica da Van Den Bergh; Apoio às campanhas educativas promovidas por órgãos do governo e por associações de classeApoio às campanhas educativas promovidas por órgãos do governo e por associações de classe Menor dramatização nos apelos ao público geral,Menor dramatização nos apelos ao público geral, Assumir uma postura permanente educativa, a fim de se criar uma nova mentalidade perante os problemas de saúde e alimentação;Assumir uma postura permanente educativa, a fim de se criar uma nova mentalidade perante os problemas de saúde e alimentação; Atividades de Relações Públicas a serem desenvolvidas para que este quadro começasse a se inverter.Atividades de Relações Públicas a serem desenvolvidas para que este quadro começasse a se inverter.

28 28 BECEL Dois pontos importantes a serem observados no Programa de Relações Públicas: Dois pontos importantes a serem observados no Programa de Relações Públicas: Cada público colocou ênfase naquele aspecto que mais lhe dizia respeito.Cada público colocou ênfase naquele aspecto que mais lhe dizia respeito. Adotar o procedimento de análise por públicos, fornecendo, assim, os diferenciais do produto junto às liderançasAdotar o procedimento de análise por públicos, fornecendo, assim, os diferenciais do produto junto às lideranças Implantar um conceito correto de um produto e abrir caminho para as vendas para modificando a imagem distorcida do produto e criando confiabilidade em seus públicos.Implantar um conceito correto de um produto e abrir caminho para as vendas para modificando a imagem distorcida do produto e criando confiabilidade em seus públicos.

29 29 BECEL - PROGRAMA O programa estabeleceu os seguintes objetivos: O programa estabeleceu os seguintes objetivos: Criar maior confiabilidade entre a Becel e seus públicos.Criar maior confiabilidade entre a Becel e seus públicos. Tornar o Centro de Informações Becel (CIB) entidade conhecida com a divulgação de publicações confiáveis ligadas às áreas de saúde e alimentação, destinadas às classes médicas, paramédicas, de nutrição e a leigosTornar o Centro de Informações Becel (CIB) entidade conhecida com a divulgação de publicações confiáveis ligadas às áreas de saúde e alimentação, destinadas às classes médicas, paramédicas, de nutrição e a leigos O programa foi desenvolvido continuamente com periodicidade anual e com base nos resultados das atividades de cada período anterior O programa foi desenvolvido continuamente com periodicidade anual e com base nos resultados das atividades de cada período anterior

30 30 BECEL - ESTRATÉGIA Utilização do CIB como canal de comunicação e interação entre os públicos prioritários, Utilização do CIB como canal de comunicação e interação entre os públicos prioritários, Distribuição de material informativo, de orientação quanto a uma alimentação saudável e sobre saúde. Distribuição de material informativo, de orientação quanto a uma alimentação saudável e sobre saúde.

31 31 BECEL - PROGRAMA Participação em eventos internos em indústrias, entidades, instituições, universidades, escolas, faculdades, clubes e de contato permanente com as classes médicas, de nutrição e imprensa. Participação em eventos internos em indústrias, entidades, instituições, universidades, escolas, faculdades, clubes e de contato permanente com as classes médicas, de nutrição e imprensa. Atuação para os consumidores se corresponderem com o CIB. Atuação para os consumidores se corresponderem com o CIB. Reforço a imagem da Van den Bergh como empresa preocupada com o bem-estar do consumidor e da Becel como produto de alta qualidade. Reforço a imagem da Van den Bergh como empresa preocupada com o bem-estar do consumidor e da Becel como produto de alta qualidade.

32 32 ATIVIDADES As atividades de Relações Públicas para Becel foram desenvolvidas em trabalhos específicos. As atividades de Relações Públicas para Becel foram desenvolvidas em trabalhos específicos. Ampliação da base de dados (cadastro) do CIB referente aos cardiologistas e endocrinologistas.Ampliação da base de dados (cadastro) do CIB referente aos cardiologistas e endocrinologistas. Envio de uma malas-diretas informando sobre as atividades do CIB e suas publicações.Envio de uma malas-diretas informando sobre as atividades do CIB e suas publicações. Presença em Eventos Médicos e ParamédicosPresença em Eventos Médicos e Paramédicos Participação em Congressos de Cardiologia e distribuição de publicações do CIB.Participação em Congressos de Cardiologia e distribuição de publicações do CIB. Participação nas Semanas do NutricionistaParticipação nas Semanas do Nutricionista Participação em Congressos da Sociedade Brasileira de CardiologiaParticipação em Congressos da Sociedade Brasileira de Cardiologia

33 33 ATIVIDADES Nos eventos a presença de Becel foi marcada pela execução das seguintes atividades : Nos eventos a presença de Becel foi marcada pela execução das seguintes atividades : montagem de estande em local de destaque;montagem de estande em local de destaque; distribuição dos folhetos do CIBdistribuição dos folhetos do CIB projeção do audiovisual de Becel sobre o processo de fabricação;projeção do audiovisual de Becel sobre o processo de fabricação; registro dos participantes para ampliar o cadastro;registro dos participantes para ampliar o cadastro; degustação de Becel;degustação de Becel; inserção de anúncios em Revistas Especializadas de Medicinainserção de anúncios em Revistas Especializadas de Medicina Inserção de separata na Revista ARS Curandi Cardiologia: "Dieta, Colesterol Sérico e Morte por Moléstia Coronariana",.Inserção de separata na Revista ARS Curandi Cardiologia: "Dieta, Colesterol Sérico e Morte por Moléstia Coronariana",. FAPEC vai aos Bairros - montagem de postos para verificação da pressão sangüínea nestes bairros;FAPEC vai aos Bairros - montagem de postos para verificação da pressão sangüínea nestes bairros; produção e distribuição de faixas, cartazetes e folhetos;produção e distribuição de faixas, cartazetes e folhetos; divulgação dos eventos com a distribuição de noticiário prévio e durante a realização.divulgação dos eventos com a distribuição de noticiário prévio e durante a realização.

34 34 ATIVIDADES Seleção de trabalhos científicos para a produção de novas publicações tais como: Seleção de trabalhos científicos para a produção de novas publicações tais como: "O Papel da gordura, do colesterol e da dieta na arteriosclerose e no metabolismo da lipoproteína"O Papel da gordura, do colesterol e da dieta na arteriosclerose e no metabolismo da lipoproteína "Comparação das tendências na mortalidade por cardiopatias coronarianas na Austrália, Estados Unidos, Inglaterra, País de Gales, com referência aos três maiores fatores de risco: hipertensão, fumo e dieta"."Comparação das tendências na mortalidade por cardiopatias coronarianas na Austrália, Estados Unidos, Inglaterra, País de Gales, com referência aos três maiores fatores de risco: hipertensão, fumo e dieta". Produção de folhetos como Produção de folhetos como "Processo de Fabricação da Margarina Becel""Processo de Fabricação da Margarina Becel" "Efeitos de uma dieta de alto teor de colesterol na mortalidade por doença cardíaca" e"Efeitos de uma dieta de alto teor de colesterol na mortalidade por doença cardíaca" e "Relação entre gordura saturada e morte por moléstia coronariana"."Relação entre gordura saturada e morte por moléstia coronariana". Livro de Receitas Livro de Receitas E organização de visitas de jornalistas e de médicos às instalações da fábrica da Van Den Berg. E organização de visitas de jornalistas e de médicos às instalações da fábrica da Van Den Berg.

35 35 RESULTADOS O principais resultados de mais de 10 anos de trabalhos para implantação de uma marca e de um conceito são: O principais resultados de mais de 10 anos de trabalhos para implantação de uma marca e de um conceito são: Hoje a Becel já pode voltar à PropagandaHoje a Becel já pode voltar à Propaganda CIB transformou-se em Central de Relações com o ConsumidorCIB transformou-se em Central de Relações com o Consumidor Um 0800, mantém, contato com milhares e milhares de pessoas informando sobre os seus produtos, àqueles que buscam orientação pessoal ou para familiares.Um 0800, mantém, contato com milhares e milhares de pessoas informando sobre os seus produtos, àqueles que buscam orientação pessoal ou para familiares. Tudo isso complementado pelas modernas ferramentas de comunicação como a Internet com as possibilidades do e- mail e do atendimento on-line.Tudo isso complementado pelas modernas ferramentas de comunicação como a Internet com as possibilidades do e- mail e do atendimento on-line. A Becel goza hoje alto conceito entre consumidores, médicos e nutricionistas, pela alta qualidade e pelo trabalho intenso desenvolvido em apoio ao Marketing A Becel goza hoje alto conceito entre consumidores, médicos e nutricionistas, pela alta qualidade e pelo trabalho intenso desenvolvido em apoio ao Marketing

36 36 PROJETO CONTINUA

37 37 PROJETO CONTINUA

38 38 PROJETO CONTINUA

39 39 PROJETO CONTINUA

40 CARLOS EDUARDO MESTIERI UMA APRESENTAÇÃO


Carregar ppt "RELAÇÕES PÚBLICAS EM APOIO AO MARKETING. 2 ESTRUTUTURA DA PALESTRA Princípios Básicos Princípios Básicos Expectativas do Consumidor Expectativas do Consumidor."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google